Por Redator Rock Content

um de nossos especialistas.

Publicado em 11 de junho de 2019. | Atualizado em 15 de abril de 2020


O agregador de conteúdo leva seu conteúdo até o consumidor mais interessado naquilo que sua marca tem a dizer. Embora existam diversas opções na internet, selecionamos as melhores para que você possa conhecê-las, confira!

Se você trabalha o Marketing de Conteúdo em sua empresa, sabe que atrair visitantes e ganhar destaque diante da infinidade de conteúdos da internet não é tarefa fácil, não é mesmo?

Dentre as muitas estratégias para atrair visibilidade para um blog, as mais efetivas são aquelas que possibilitam a ponte entre os conteúdos da marca e a persona, encontrando-a no momento certo.

Você sabia que os agregadores de conteúdo podem cumprir muito bem esse papel e contribuir para os bons resultados do Marketing Digital da sua marca? Se quiser saber mais sobre o assunto, confira o que preparamos para você neste artigo:

  • O que é um agregador de conteúdo
  • Quais os melhores agregadores de conteúdo
  • Quais as vantagens de usar um agregador de conteúdo

Ficou interessado? Então é só continuar conosco e conferir os tópicos abaixo. Boa leitura!

O que é um agregador de conteúdo?

Os agregadores de conteúdo atuam como plataformas de curadoria de sites e blogs, levando aos usuários os temas que mais interessam, possibilitando filtrar seus interesses e, em alguns casos, interagindo com outros usuários acerca dos conteúdos.

Um agregador de conteúdo é benéfico para o usuário porque, em vez de pesquisar diariamente por assuntos que interessam a ele, ele pode acessar somente uma plataforma centralizadora e, a partir dela, ser direcionado para outros conteúdos.

Tudo isso é feito por meio de um feed atualizado momentaneamente e que, muitas vezes, conta com tecnologias como o machine learning e a inteligência artificial para entregar o conteúdo mais relevante para esse usuário.

Quais os melhores agregadores de conteúdo?

Existem muitos tipos de plataformas que fazem curadoria de conteúdo e, para que você consiga conhecer as principais e entender a diferença entre elas, é só continuar conosco!

1. Pocket

Antigamente conhecido como Read It Later, o Pocket é uma extensão de navegadores que ajuda o usuário a salvar os conteúdos nos quais se depara ao longo da navegação.

Dessa forma, é possível organizá-los e não perder de vista os mais diversos tipos de conteúdo que despertam o interesse, tais como vídeos, artigos, tutoriais, conteúdos interativos etc.

Recentemente, a extensão também ganhou sua versão para dispositivos IOS e Android, possibilitando a integração de dispositivos para o mesmo usuário salvar seus conteúdos em um só lugar.

2. Flipboard

O Flipboard já é bastante conhecido no universo de agregadores de conteúdo e não é por menos! A ferramenta existe desde 2010 e funciona como um agregador de notícias e conteúdos de redes sociais.

A missão da empresa, de acordo com o seu site, é promover histórias relevantes e criar um ambiente de descobertas, que não promova apenas informação como também toda uma experiência diferenciada.

3. Feedly 

O Feedly é mais um agregador de conteúdos e notícias que permite organizar, ler e compartilhar conteúdos da internet. Seu grande diferencial para os usuários é a possibilidade de sincronizar os feeds do Google Reader, facilitando o acesso de qualquer lugar.

Ele também é muito querido pelos usuários por conta do design clean e da possibilidade de personalizar o layout do feed, contribuindo para a usabilidade e para que os usuários tenham foco nas leituras de seus conteúdos e notícias de interesse.

4. Pinterest

O Pinterest é um agregador de conteúdo voltado para que os usuários possam salvar e organizar imagens das mais diversas fontes.

Com um tom mais inspirador, ele permite que as marcas coloquem suas imagens em álbuns e sejam encontradas por usuários em buscas relacionadas, permitindo que o usuário salve-as em seus próprios álbuns.

O Pinterest também tem um viés de engajamento entre usuários, que podem subir suas próprias imagens e/ou deixar seus álbuns abertos para que outros usuários acessem e confiram as imagens ali salvas.

5. Zest

O Zest é uma ferramenta essencial para quem trabalha com Marketing Digital, isso porque os conteúdos selecionados são todos relacionados ao universo do marketing online.

O mais legal é que além de um aplicativo mobile, a plataforma também funciona como uma extensão do Google Chrome, de modo que a cada nova janela aberta, você pode conferir uma série de conteúdos relevantes para o mercado.

Por meio dela é possível filtrar por temas, mais clicadas, tipo de conteúdo (texto, áudio ou vídeo) e mais recentes. O seu único porém é que até o momento todos os conteúdos são em inglês.

6. Twitter

Mais um dos queridinhos dos brasileiros, o Twitter é uma das principais redes sociais do país, principalmente para o público mais jovem.

Por meio dele, é possível seguir sites de notícias, marcas e personalidades e acompanhar seus tweets.

O diferencial do Twitter é a velocidade: com posts que não podem passar de 280 caracteres, o feed é atualizado a cada segundo e permite que, de forma muito rápida, os usuários tenham um panorama sobre seus assuntos de interesse.

Outro ponto importante do Twitter é que os assuntos mais comentados são unificados nos “trend topics”, permitindo que usuários acessem rapidamente os temas mais importantes do mundo e de suas regiões.

Guia Prático para Divulgação de ConteúdosPowered by Rock Convert

Quais as vantagens de usar um agregador de conteúdo?

Agora que entendemos um pouco mais sobre o que são e quais os principais agregadores de conteúdo, vamos entender as vantagens de usá-los como disseminadores de conteúdo da sua marca.

Distribuição

Grande parte do sucesso de uma estratégia de Marketing de Conteúdo está em sua distribuição.

Isso significa que de nada adianta criar os melhores conteúdos se não houver quem os leia, e os agregadores são uma ótima forma de fazer com que seu blog seja propagado na internet.

Alcance e visibilidade

A propagação de um conteúdo precisa ser feita em locais escaláveis, permitindo que o máximo de pessoas tenha acesso a eles.

Os principais agregadores de conteúdo concentram milhões de usuários que os acessam todo dia, de modo que a presença das marcas se faz necessária para ganhar visibilidade.

Segmentação

Mais do que entregar conteúdo em meios de massa, a segmentação é o grande benefício que diferencia um agregador de conteúdo de outros meios de comunicação.

O desafio para as marcas é encontrar o canal ideal para divulgar seus conteúdos, analisando o público que o acessa e o tipo de conteúdo que tem mais destaque ali.

Agora que você conheceu os benefícios de um agregador de conteúdo, é importante analisar estrategicamente cada um deles, considerando em que sua persona está e qual o tipo de conteúdo que sua marca entrega.

Feito isso, comece a considerar os mais importantes dentro de sua estratégia digital. Outro ponto relevante é não esquecer da mensuração de resultados, pois só assim você saberá se um agregador está trazendo os resultados esperados para sua estratégia.

Gostou de saber mais sobre agregadores de conteúdo? Então que tal conferir nosso outro artigo sobre os principais blogs de Marketing para acompanhar e ficar informado sobre as novidades da área?

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *