Por Kellison Ferreira

Publicado em 19 de setembro de 2019. | Atualizado em 19 de setembro de 2019


O algoritmo de buscas locais do Google usa alguns parâmetros para entregar resultados eficazes nas pesquisas dos usuários. A intenção é indicar estabelecimentos relevantes e que realmente estejam próximos a quem pesquisa ou dentro da limitação geográfica solicitada.

Posicionar um negócio na web é importante para que ele tenha destaque diante da concorrência. Isso não é uma novidade, mas é importante entender que há duas maneiras de se fazer isso: na adequação às buscas orgânicas e na otimização para rankear pelo algoritmo da busca local do Google.

A segunda opção tem impacto direto na maneira como negócios de pequeno e médio porte, e até mesmo redes franqueadas, podem ser encontrados em uma simples busca, visto que é natural que usuários usem o Google para saber se há determinado estabelecimento nas proximidades.

Neste conteúdo, vamos aprofundar melhor no assunto das buscas locais. Você vai ler o post dividido de acordo com os seguintes tópicos:

Confira a seguir!

 

O que é o SEO local e qual é sua importância para as buscas locais?

Há várias motivações que levam um usuário a abrir um mecanismo de busca para encontrar algo de seu interesse. Muitas vezes, a intenção é saber se há um estabelecimento por perto, seja para ter mais informações a respeito, seja para ir até lá.

Um bom exemplo é quando estamos em viagem, visto que é comum usarmos o Google para encontrar um tipo de loja ou serviço. Nesses casos, pesquisamos termos como:

  • “comida vegana na Vila Mariana SP”;
  • “bar em Botafogo RJ”;
  • “pizzaria em Nova York”.

Há também outro tipo de pesquisa — esta mais voltada a encontrar um estabelecimento em um raio de distância curto. Geralmente o uso é feito quando você está na rua ou pretende buscar um negócio não muito longe de onde está:

  • “hospitais perto de mim”;
  • “farmácias em 1 km”;
  • “supermercados nesta rua”.

Em todos esses casos, o Google direciona a busca para o algoritmo de busca local, ou seja, a ideia é fazer com que o usuário consiga encontrar um estabelecimento próximo.

A identificação dessa intenção é guiada justamente pela pesquisa de termos como “perto de mim”, além do uso de especificações como nome de bairros e cidades, além de outras palavras que indiquem proximidade.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

O local SEO

Um dos principais parâmetros de entrega de resultados de pesquisas do Google é a localização do negócio, já que ele entende que o seu interesse está de acordo com a região onde você está. É simples: se você estiver no Rio de Janeiro e pesquisar por caixas eletrônicos, é natural que o Google indique os mais próximos de onde você está.

Os algoritmos estão preparados para dar respostas relevantes, então, o entendimento natural é que, se você não especifica locais, sua busca é feita na região em que se encontra. Por conta disso, ao posicionar um negócio na web, é fundamental associar as informações dele ao algoritmo da busca local.

É nesse momento que o SEO local se faz realmente importante para esses negócios. A otimização para os motores de busca deve ser feita buscando justamente enviar os sinais certos a eles. Ou seja, é preciso especificar onde sua empresa se encontra e que tipo de solução ela entrega ao público, seja um serviço, seja um produto.

Os resultados alcançados

Entender o algoritmo de busca local e atender aos seus padrões é uma estratégia inteligente na hora de posicionar um negócio na web. É importante partir de uma reflexão simples: se o Google prioriza a localização na hora de mostrar os resultados, é porque entende-se que é isso que os usuários buscam.

O caminho é natural para empresas que entendem a importância das buscas locais, visto que elas vão preparar seus conteúdos de modo que seja mais fácil encontrá-las em uma pesquisa no Google. A tendência é que subam no rankeamento de local SEO, que é diferente do que é projetado para as buscas comuns.

 

Como o mobile influenciou o aumento das buscas locais?

O algoritmo da busca local teve a sua atuação diretamente impactada pelo crescente aumento das buscas realizadas com a localização do usuário. Sendo assim, quando uma pesquisa é feita no Google, diante das palavras-chave utilizadas, também há dados sobre onde aquela pessoa está no momento.

Isso acontece normalmente em buscas feitas em computadores, mas o grande diferencial nos últimos anos foi com o avanço da tecnologia mobile. Afinal, é muito mais comum que os smartphones enviem essa informação de localização, o que faz toda a diferença para o algoritmo de busca local.

Naturalmente, ele vai detectar o ponto em que a pessoa está naquele momento e então rankear melhor os negócios que estão perto dele. Segundo o Google, um terço das buscas realizadas em aparelhos mobile estão relacionadas com a localização.

É simples entender esse cenário: uma pessoa está na rua e precisa encontrar determinado estabelecimento perto dela. Naturalmente, ela usará o seu smartphone para fazer a busca, e então, nesse momento, se destaca o negócio que soube trabalhar de acordo com o SEO local.

Não é à toa que podemos encontrar, em uma pesquisa do Google, alguns números como:

  • 50% das pessoas que fizeram uma busca de local no smartphone foram ao estabelecimento naquele mesmo dia;
  • 18% das pesquisas locais feitas em mobile levam a uma venda em um dia;
  • 50% dos usuários que fazem busca de negócios locais em smartphones procuram dados como o endereço de um estabelecimento.
 

Quais negócios se beneficiam das buscas locais?

Por mais que as buscas locais sejam realmente muito úteis, nem todo negócio pode se beneficiar dessa possibilidade. É necessário entender inicialmente que empresas que atuam online, como os e-commerces, não têm interesse em posicionar dessa forma.

Afinal, se elas podem ser encontradas nas buscas orgânicas, não há necessidade de cadastrar dados de contato ou endereço. Em contrapartida, o algoritmo da busca local pode ser um grande aliado para empresas que estão em estabelecimentos físicos e que recebem clientes.

Por outro lado, prestadores de serviços e varejistas, por exemplo, são as categorias que podem se beneficiar de um bom posicionamento usando a otimização de SEO local. A seguir, entenda melhor os tipos de negócios mais comuns nessa estratégia!

Escritórios de advocacia

Escritórios ou advogados independentes podem se beneficiar bastante da possibilidade de serem encontrados por meio da busca local. A questão é que realmente há demanda de pesquisas para essa categoria, uma vez que esses profissionais prestam serviços que podem ser de urgência.

Em situações emergenciais, como um acidente automobilístico ou uma detenção, o advogado precisa ser chamado rapidamente. Se a pessoa não tem um contato fixo, certamente fará uma busca no Google por um escritório ou um profissional que possa atender naquele momento.

Hospitais e clínicas médicas

Clínicas e hospitais também entram nessa categoria por conta da urgência. O atendimento de urgência é fundamental em diversas situações e nem sempre é possível se deslocar para um local distante.

Assim, uma busca no Google ajuda a localizar o local mais próximo de quem precisa de atendimento naquele momento.

O usuário recebe as informações básicas, como endereço e contato telefônico. Automaticamente ele já pode ligar para saber sobre convênios com planos de saúde, por exemplo.

Essa comodidade pode ser um diferencial e tanto para clínicas e hospitais que fazem bom uso do SEO local.

Você pode se interessar por esses outros conteúdos

👉 SEO local para grandes empresas: saiba como fazer!

👉 Os principais fatores de rankeamento do SEO local

👉 Marketing Local: entenda como atrair o público para seu pequeno negócio


Manutenção e mecânica

Seu carro quebrou? Você precisa de um encanador? Esses são outros serviços que também precisam ser urgentes e dependem de profissionais ou estabelecimentos próximos de quem faz a pesquisa.

Assim como no caso das clínicas e hospitais, uma rápida pesquisa coloca em conexão o estabelecimento e quem precisa do serviço.

Restaurantes e supermercados

Se você está em viagem, certamente está explorando a cidade e não quer perder tempo procurando supermercados ou mesmo um restaurante para descansar e almoçar.

Em grandes metrópoles há estabelecimentos por toda parte, mas o ideal é encontrar aquele que seja mais próximo!

A busca pode ser mais específica, como “restaurantes veganos perto de mim” ou mais ampla, como “melhores restaurantes no Brooklyn”.

Nessa busca mais personalizada, sai na frente o negócio que soube posicionar bem as suas características na otimização de SEO local.

 

Quais fatores são considerados pelo algoritmo da busca local?

Vários fatores são analisados quando o Google recebe uma entrada de pesquisa. Quanto mais um site atender a esses parâmetros, maiores as chances de ter um melhor rankeamento. Nesse caso, ele aparece entre os primeiros resultados.

O mesmo acontece nas buscas locais, mas, especificamente, são 3 os fatores principais de posicionamento no resultado da pesquisa: proximidade, destaque e relevância.

A seguir, entenda melhor como eles são considerados nos locais e porque impactam o rankeamento no local SEO

Proximidade

A proximidade é o fator primário de consideração do algoritmo da busca local. O Google quer indicar quais negócios estão mais próximos, afinal, muitas das buscas são feitas com o nome do tipo do negócio seguido de “perto de mim”.

Para isso, o Google usa as informações que o smartphone consegue transmitir a ele, desde que o usuário tenha habilitado a localização. Assim, o algoritmo vai mostrar como resultado as empresas locais que estão dentro do que a busca pede.

São consideradas as palavras-chave e o posicionamento geográfico do aparelho mobile. Quanto à localização, ela é detectada por meio da geolocalização do smartphone e do CEP detectado a partir dessa informação.

Destaque

O Google precisa entender quais negócios estão em destaque, para então recomendá-los ao usuário. Essa é uma forma de qualificar ao máximo os resultados das pesquisas e garantir a entrega de uma informação que será realmente útil a quem faz uso da ferramenta.

Para mensurar esse destaque, o Google utiliza 3 parâmetros principais:

  • visitas — se muitas pessoas vão ao local, é um bom sinal de que ele é relevante;
  • comentários — quanto mais comentários, maior o destaque da empresa, mesmo se eles não forem tão positivos assim;
  • citações — se o local é mencionado muitas vezes, também é um indicativo de que é um estabelecimento que tem destaque em sua categoria.

Relevância

A ideia neste ponto é relacionar as empresas que realmente tenham relevância para a busca feita pelo usuário.

Se você quer encontrar uma farmácia perto de onde está, por exemplo, um supermercado não seria a melhor indicação que o Google poderia dar.

Esse é um parâmetro que o algoritmo da busca local herda das exigências de SEO comum. Ele funciona para, basicamente, garantir que, se você busca por “X”, encontrará “X” em vez de “Y”.

 

Como melhorar o rankeamento diante dos algoritmos de busca local?

Quer algumas boas dicas para que seu negócio esteja mais visível para o algoritmo da busca local? Veja como conseguir posicioná-lo com eficácia e ter um rankeamento de destaque.

Faça otimizações básicas

As otimizações básicas são o padrão de SEO: cabeçalhos, URLs amigáveis, meta description e o que mais estiver entre desses parâmetros de otimização. Começar por aí é fundamental, já que o SEO local também exige essas adequações.

Registre seu negócio no Google Meu Negócio

O Google também usa a base de dados do Google Meu Negócio para listar empresas locais relevantes.

No seu cadastro é possível informar uma ampla gama de dados que também serão utilizados em outros aplicativos, como o Waze.

Registre-se em todos os diretórios

Há outros diretórios e aplicativos que localizam negócios locais. Em quanto mais deles sua empresa estiver, maior será o rastro que ela deixará na web, o que impacta o rankeamento. Por isso, registre seu negócio em diretórios como:

  • Yelp;
  • Bing Places;
  • Yahoo Local;
  • Google Maps.

Use palavras-chave estratégicas

As palavras-chave são a base de um SEO de destaque, o que não muda na hora de chamar a atenção do algoritmo da busca local.

Nesse caso, os termos ideais estão relacionados sempre ao seu segmento comercial e também à localização (bairro, cidade etc).

Crie páginas específicas e separadas

Se você tem uma rede de negócios, é importante ter registros separados para cada uma delas. Isso garante que o usuário encontre a que estiver mais próxima dele, por isso a segmentação é necessária.

Crie conteúdo com apontamento local

O Marketing de Conteúdo é fundamental em qualquer estratégia de posicionamento na web.

Em um blog, é possível criar conteúdos que tragam essa segmentação local bem específica, o que vai ajudar na hora de rankear páginas. Alguns exemplos de conteúdo são:

  • “Os 10 melhores restaurantes veganos no Centro de São Paulo”;
  • “Saiba como escolher um supermercado em Botafogo, no Rio de Janeiro”;
  • “O que um escritório de advocacia precisa oferecer no Centro de Belo Horizonte”.

Um negócio local pode se destacar e atrair cada vez mais interessados se você souber como funciona o algoritmo da busca local. Seguir as dicas que apresentamos é fundamental para gerar mais vendas e aumentar a popularidade e o movimento no seu estabelecimento.

Se você quer aprender ainda mais sobre SEO local, faça o download do nosso ebook gratuito!

SEO LocalPowered by Rock Convert

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *