Por Redator Rock Content

um de nossos especialistas.

Publicado em 10 de julho de 2019. | Atualizado em 15 de abril de 2020


A análise setorial é um estudo imersivo ao cenário externo de uma empresa, alimentando as equipes internas e embasando decisões estratégicas. Ela é uma das etapas estratégicas mais importantes do Marketing e funciona como um pontapé inicial para o crescimento das marcas.

Diante das muitas atribuições de um profissional de Marketing, sabemos que existem análises estratégicas essenciais para nortear as ações do negócio.

Entre elas, está a análise setorial, que engloba etapas fundamentais de mapeamento do cenário externo em que a empresa está inserida.

Para que seja realizada de forma efetiva, é preciso mapear o mercado, a concorrência e fazer projeções de como seu produto ou serviço estará posicionado diante desse cenário.

Porém, muitas vezes, o potencial da análise setorial não é explorado, porque gestores não se conscientizam sobre sua importância ou, simplesmente, acabam não sabendo como fazê-la na prática.

Pensando nisso, reunimos neste artigo todas as informações necessárias para que você consiga visualizar a importância da análise setorial e saiba como colocá-la em prática no dia a dia. Você vai aprender sobre os seguintes itens:

Aproveite a leitura e descubra tudo sobre o assunto!

O que é análise setorial?

Podemos definir a análise setorial como um estudo imersivo do cenário em que uma empresa está inserida, considerando:

  • mercado;
  • concorrência;
  • público-alvo;
  • demanda pelo produto ou serviço, entre outros.

A análise setorial, normalmente, é realizada pelas equipes de Marketing das empresas. Seu principal objetivo é entender questões que podem impactar o negócio, tais como:

  • realidade econômica;
  • forças e fraquezas da empresa;
  • oportunidades de vendas;
  • tendências;
  • novas descobertas não antes mapeadas.

Por que essa análise é fundamental no Marketing?

A análise setorial é relevante para que os times de Marketing a tomem como ponto de partida no planejamento de suas ações, não apenas em relação às campanhas publicitárias, mas também, para definir as estratégias de produto junto aos times de negócios.

Pode ajudar até a encontrar oportunidades para aumentar o mix de produtos e serviços oferecidos por sua marca.

Para exemplificar, vamos pensar que você recebeu a tarefa de planejar qual a melhor época para lançar um novo produto que a empresa está produzindo.

Por onde você começaria e como embasaria sua decisão quando fosse aprová-la com a diretoria da empresa?

Ao fazer uma análise setorial, você identificaria questões como:

  • quais concorrentes vendem esse produto;
  • como são comunicados;
  • quais atributos ainda não foram explorados;
  • diferenciais do seu produto;
  • a quais necessidades o produto atende;
  • o que os consumidores falam sobre ele;
  • possíveis sazonalidades.

Quando estivesse de posse dessas informações, aí sim, você teria condições de tomar uma decisão acerca do lançamento do novo produto, não é mesmo?

Mas não é só isso! Continue conosco e confira os demais benefícios da análise setorial.

Quais seus benefícios?

Além do melhor embasamento para as decisões de Marketing, como vimos no exemplo acima, existem outras vantagens que tornam a análise setorial extremamente relevante.

Confira algumas delas!

Agilidade para realizar mudanças

Ainda seguindo o exemplo do lançamento de um produto, vamos pensar que, ao realizar os estudos da análise setorial antes de lançá-lo, você tenha descoberto que ele está caindo em desuso e sendo muito criticado pelo público em geral.

Por mais que esse seja um cenário caótico, melhor descobrir antes do lançamento do que depois de fazer todo o esforço para incluí-lo no mercado, não é mesmo?

Realizar esse tipo de análise permite que você e toda a equipe envolvida no produto ganhem agilidade e corrijam rotas o mais rápido possível, evitando prejuízos e crises mais intensas.

Identificação de gaps deixados pelos concorrentes

Outro cenário oposto ao citado acima é que a análise setorial, por incluir um estudo detalhado da concorrência, permite encontrar as lacunas ainda não preenchidas pelas outras marcas.

Desse modo, você pode trabalhar nelas para que seu produto se destaque e entregue aquilo que está faltando no mercado.

Insights para comunicação

Um dos principais benefícios da análise setorial é que, ao realizar o estudo, você terá insights suficientes para entender quais os caminhos mais viáveis para comunicar seu produto.

Assim, ela embasa toda a criação que virá nas fases de execução de um projeto, direcionando etapas como:

  • desenvolvimento de identidade visual;
  • design;
  • conteúdo;
  • canais de distribuição.

Crescimento da sua marca

Ao se antecipar em relação às crises, identificar oportunidades e entender como se posicionar da melhor forma, suas ações certamente terão maior chance de sucesso, contribuindo para o objetivo mais importante da área de Marketing: vender.

primeiros passos no marketing digitalPowered by Rock Convert

Como realizar a análise setorial?

Gostando de saber mais sobre a análise setorial? Mas, para que você não fique só na teoria, vamos ensinar agora como colocá-la em prática, seguindo algumas etapas essenciais para obter o sucesso do estudo. Veja!

Estude o mercado

Para estudar o mercado, é preciso ter visão macro, olhando para questões que, aparentemente, não têm ligação direta com o seu negócio. Por isso, comece checando:

  • cenário econômico mundial;
  • questões políticas locais;
  • assuntos em maior destaque no momento;
  • crises ambientais;
  • condições em que a sociedade se encontra.

Por mais que você não veja como alguns desses itens se relacionam, hoje, com seu produto e com sua empresa, é preciso acompanhá-los de perto para prever possíveis impactos nos negócios.

Trace o perfil da concorrência

Para entender a concorrência, nada melhor do que usar metodologias que direcionem o estudo delas, ou você pode acabar deixando alguma análise importante de lado.

Diante disso, você para realizar o estudo usando as 5 forças de Porter.

Trata-se de um modelo de análise que segue etapas fundamentais para determinar a posição de qualquer empresa em seu respectivo mercado. De modo resumido, a metodologia considera as seguintes análises:

  1. rivalidade entre concorrentes;
  2. poder de negociação dos fornecedores;
  3. poder de barganha dos clientes;
  4. ameaça de novos concorrentes;
  5. ameaça de novos produtos ou serviços.

Você também pode considerar outras metodologias internas que se adaptem melhor ao mercado em que está inserido.

Mas lembre-se, sempre, de que traçar o perfil da concorrência e entender como sua marca está posicionada diante das demais é fundamental para ter sucesso na análise setorial e, consequentemente, ter um plano de Marketing mais efetivo.

Conheça seu cenário atual

Tão importante quanto olhar para fora é entender como o exterior reflete na sua marca internamente. Deve haver consciência sobre o cenário da sua marca, como ela está posicionada e quais suas oportunidades e fraquezas.

Para colocar essa etapa em prática, nossa sugestão é que você utilize a Análise SWOT, que consiste em traçar um perfil da marca, do produto ou serviço, considerando:

  • strenghts (forças);
  • weaknesses (fraquezas);
  • oportunities (oportunidades);
  • threats (ameaças).

Planeje seus próximos passos

Para planejar os próximos passos da empresa, do produto ou do serviço, você pode usar uma variação da SWOT, denominada Análise SOAR. Ela tem o objetivo de traçar oportunidades de inovação para os negócios.

Ela se assemelha com a SWOT em relação às forças e oportunidades, mas inclui em seu processo as definições de aspirações e resultados. Assim, faz com que o time busque projeções para o futuro, considerando todos os estudos já realizados como embasamento, tais como o cenário do mercado e da concorrência, entre outros.

Quais ferramentas podem ajudar na análise setorial?

Além das metodologias que apresentamos acima, outras ferramentas complementares podem — e devem — ser utilizadas estrategicamente para complementar a análise setorial. Confira quais são as mais indicadas

Jornada do consumidor

A jornada do cliente, tão relevante para muitos tipos de análise, também pode ser acoplada à análise setorial para entender os anseios dos consumidores e como a concorrência atende a eles, posicionando como sua marca vai atuar em cada uma das etapas dessa jornada.

Pesquisas internas

Acessar pesquisas internas já feitas pela sua organização contribui para saber mais sobre o cenário da vida dos consumidores, sua relação com o produto e seus principais anseios.

Além disso, encontra pontos a melhorar que possam ter passado despercebidos nas outras análises realizadas, complementando, assim, a análise setorial.

Social listening

As ferramentas de análise de engajamento nas redes sociais são efetivas porque captam aquilo que os consumidores expressam de forma espontânea e em tempo real.

Isso as torna ferramentas ideais para entender o presente e acentuar possíveis polarizações que demandem uma resposta rápida da marca.

Como usar a análise setorial no dia a dia do Marketing?

Tendo a análise setorial em mãos, você pode usá-la na rotina de Marketing nas seguintes ocasiões:

  • como ponto de partida para a tomada de decisões;
  • no embasamento de estratégias;
  • para orientar seus fornecedores;
  • para criar planos de Marketing;
  • para prestar conta aos outros setores da empresa, entre outros.

O importante é definir uma metodologia de como realizá-la e manter um ciclo de atualização da análise. Assim, ela será um documento que estará sempre em posse do Marketing, a ser usado nas ocasiões descritas acima e quando uma nova necessidade surgir em sua rotina.

Como vimos, a análise setorial é extremamente relevante para as empresas e deve ser um item obrigatório para nortear a área de Marketing. Afinal, seus benefícios podem ser colhidos nos resultados das ações propostas pelos gestores.

Se você gostou deste conteúdo e deseja colocá-lo em prática, saiba que estamos aqui para ajudar nessa missão! Então, que tal baixar o kit de análise da concorrência que preparamos para você?

Nele, você encontrará um guia de como usar as principais ferramentas do mercado para analisar os seus concorrentes e um checklist para garantir que você não se esqueça de nenhum ponto do processo!

Analise Concorrentes DigitaisPowered by Rock Convert

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *