Por Ana Júlia Ramos

Redatora freelancer da Rock Content

Publicado em 4 de janeiro de 2019. | Atualizado em 29 de março de 2019


A análise SWOT é uma das principais metodologias aplicadas aos estudos da Administração. Seu forte potencial já foi mais do que comprovado em diversas áreas de atuação de um negócio, mas já pensou na possibilidade de usá-la em uma estratégia de marketing digital, durante a pesquisa de palavras-chave?

Já ouviu falar na análise SWOT? Ela é muito aplicada na área administrativa, principalmente, no que diz respeito a processos de tomada de decisão. Além disso, a inteligência de mercado e educação sobre o próprio negócio também são focos dessa metodologia.

O que muita gente não sabe é que ela também pode ser a aliada perfeita na hora de desenvolver uma estratégia de Marketing de Conteúdo.

Sim, é possível empregar a análise SWOT para pesquisa de palavra-chaveQuer saber como isso é possível?

Nos próximos tópicos, vamos compartilhar tudo que você precisa saber para tomar decisões ainda mais certeiras e aumentar as chances de rankear com excelência nos mecanismos de busca!

Para que serve a análise SWOT?

análise SWOT na pesquisa de palavra-chave

SWOT é uma sigla que significa Strengths (Forças), Weaknesses (Fraquezas), Opportunities (Oportunidades) e Threats (Ameaças). No português, podemos chamá-la de matriz F.O.F.A.

Além de auxiliar na tomada de decisões, a matriz também pode ajudar a aplicar melhorias em processos já existentes. Seus principais benefícios são:

  • maior embasamento e segurança na tomada de decisões;
  • desenvolvimento de um perfil altamente propositivo dentro da empresa;
  • aumento na percepção sobre o próprio negócio;
  • possibilidade de se antecipar em relação a possíveis problemas e crises;
  • aumento considerável na inteligência de mercado.

A partir dos pilares que compõem a matriz, o empreendedor se vê frente a uma série de levantamentos importantes e embasados. A partir deles, pode listar os prós, contras e outras reflexões fundamentais para seguir adiante com a decisão ou perceber que não era hora de mudar.

Por exemplo: uma loja de roupas famosa em uma região específica da cidade está indo muito bem e gostaria de expandir sua atuação para o e-commerce.

Existem várias formas de pensar em tomar ou não a decisão, desde as mais simples até outras extremamente complexas. A análise SWOT, no caso, entra de maneira prática e muito intuitiva, já que aborda temas facilmente aplicados no dia a dia de qualquer pessoa. A seguir, vamos explicar os desdobramentos práticos de cada um dos pilares que compõem a matriz.

Como aplicá-la na prática?

Volte ao exemplo citado anteriormente, no qual um empreendedor quer investir no universo do e-commerce. Para embasar a decisão, a análise SWOT exige que 4 pontos sejam analisados.

Strengths (Forças) e Weaknesses (Fraquezas)

Quais são suas forças e fraquezas? É possível que, atualmente, as vendas estejam arrasando na loja física — que é muito conhecida na região — e os meses de lucro se tornaram rotina. Essa é uma força considerável a se pensar, afinal, já que tudo corre tão bem, a possibilidade de expandir para o online só teria a agregar!

Porém, ao mesmo tempo, o investimento para começar um negócio online do zero seria muito alto e, até então, nunca foi prioridade, além do baixo conhecimento dos donos em e-commerce.

Ou seja: a possível falta de caixa unida à necessidade de capacitação é uma fraqueza atual a se pensar. É importante destacar que, neste primeiro momento, você estará atento apenas ao que diz respeito à realidade interna do negócio. Não se compare ou se embase em fatores externos.

Opportunities (Oportunidades) e Threats (Ameaças)

Agora, é hora de expandir a visão e pensar no mercado como um todo. Como anda o e-commerce no setor de vestuário? Uma oportunidade pode ser a falta de lojas com a variedade e qualidade do negócio em questão, ou, por exemplo, os preços acessíveis.

Ao mesmo tempo, é preciso reconhecer que o mercado de roupas online está saturado. Essa seria uma possível ameaça.

A ideia, então, é ponderar todas as questões apresentadas aqui. Para que a análise SWOT seja realizada com eficácia, valorize as forças e oportunidades, e pense em como as fraquezas e ameaças podem ser superadas. Se a conta fechar direitinho, pronto! Sua decisão foi tomada positivamente.

Como é feita a pesquisa de palavras-chave?

Agora que você compreendeu o necessário a respeito da análise SWOT, vamos falar um pouquinho sobre pesquisa de palavras-chave.

Esse é o processo de escolha de termos que resumem e definem muito bem um blog ou conteúdo em questão. É uma espécie de “aposta” em palavras específicas que, quando bem trabalhadas em uma estratégia de SEO, podem trazer resultados relevantes para as pesquisas feitas por pessoas ao redor de todo o mundo.

Por isso é tão importante encontrar oportunidade nas palavras-chave corretas: quanto mais certeira for a escolha, maiores se tornam as chances de o seu conteúdo ser encontrado. Visualize-as como a porta de entrada para todo o universo online de uma marca.

O aumento de buscas por usuários impulsiona o tráfego orgânico de um blog e, de acordo com o volume, o rankeamento nos mecanismos de busca tende a melhorar exponencialmente.

Para realizar a pesquisa, inicialmente, defina o tema das palavras-chave. Por exemplo: vamos imaginar que você tenha uma empresa de arquitetura. Neste momento, seu foco será a decoração de ambientes externos.

Depois de definir o tema, existem inúmeras ferramentas que farão a análise e curadoria das palavras-chave sobre o assunto específico que citamos acima. Além de selecionar as melhores opções, as plataformas permitem verificar qual o volume de buscas de cada um dos termos.

Assim, compreendemos corretamente qual é a demanda por aquele conteúdo, e a forma exata como as pesquisas são feitas.

Temos certeza que estes outros conteúdos podem te ajudar também!
👉 Canvas do marketing digital: planeje a sua estratégia online completa!
👉 4 Ps do marketing: entenda o conceito do Mix de Marketing
👉 Ferramentas de palavra-chave: confira os 8 melhores
👉 Google atualiza correspondência exata de palavras-chave
👉 Saturação de palavras-chave: como encontrar novas oportunidades?

Como aplicar a análise SWOT na pesquisa de palavras-chave?

Para compreender melhor a aplicação da análise SWOT nesse contexto específico, pense que a pesquisa de palavras-chave é um processo de decisão, assim como a possibilidade de abrir novas filiais, contratar novos funcionários ou explorar o mundo do e-commerce.

Afinal, ao selecionar as palavras-chave ideais, tomamos decisões cruciais no que diz respeito a uma estratégia de marketing de conteúdo. Ousamos dizer que é ela uma das mais importantes! Agora, vamos mostrar como utilizar a metodologia na prática.

Strengths (forças)

Já que começamos naturalmente pelas forças, analise o próprio negócio. Para exemplificar, vamos seguir com o exemplo do site de decoração.

Recapitulando: você tem um pequeno negócio no ramo da arquitetura que realiza a vendas de objetos decorativos e mantém um blog que fala sobre decoração como um todo. O domínio é tendenciasdecorativas.com, e o tema principal do mês será “decoração de áreas externas”.

O primeiro passo, então, é entrar nas ferramentas e responder às perguntas feitas por elas. Geralmente, é preciso preencher campos como os seguintes:

  • segmentação do blog;
  • domínio;
  • qual é o produto oferecido;
  • categoria do produto;
  • filtros de palavras-chave, ou seja, algumas ideias de termos que você imagina que possam ser úteis.

Depois disso, o sistema cruza os dados e entrega uma longa lista cheia de palavras-chave. Nem todas, porém, são necessariamente boas! Lembra do que falamos sobre analisar o tráfego, por exemplo?

Por isso, para definir as “forças do blog”, selecione as palavras-chave que se encontram no topo. Imaginando que o site retornou 100 delas, é possível escolher metade para colocar na lista de Strengths.

Weaknesses (fraquezas)

Agora, é o momento de fazer o contrário e selecionar as “piores” palavras-chave. É importante que o processo também tenha uma interferência pessoal sua: se encontrar palavras-chave irrelevantes ou que não se relacionam em absolutamente nada com o que você vende, por exemplo, corte-as da sua lista.

Opportunities (oportunidades)

Beleza, a primeira parte está feita! Você já tem uma noção de quais palavras-chave são uma boa aposta e se relacionam bem com o seu blog, além daquelas que podem ser dispensáveis.

Chegou o momento de pensar na concorrência. Muitas vezes, é possível encontrar uma palavra-chave com potencial, ou seja, com um bom volume de buscas, mas com pouca competitividade.

Isso pode acontecer, por exemplo, por falta de conhecimento e investimento em boas estratégias por parte dos blogs concorrentes. É seu trabalho encontrar oportunidades, justamente, nesses “espaços em branco”.

Dessa forma, além de se posicionar e trabalhar bem com as palavras-chave mais populares e com alta concorrência (muito provavelmente, várias delas estarão na lista de Forças), seu blog garantirá um domínio muitas vezes único em relação àquelas que podem não estar no topo da lista, mas que têm excelente potencial.

Threats (ameaças)

Lembra das palavras-chave mais populares na lista das Forças? Muitas delas podem se tratar de ameaças em potencial! Por exemplo: é muito provável que a palavra-chave “decoração” ou “decoração de ambientes” apareça em uma das primeiras posições da primeira lista.

Elas, no entanto, são extremamente abrangentes, ou seja, podem falar sobre uma série de nichos de mercado diferentes, além de terem uma concorrência grande demais — não valendo a pena, na maioria dos casos, o investimento.

Ao seguir com a análise SWOT para pesquisa de palavra-chave, você perceberá um cruzamento de dados muito interessante. Ele é natural e acontecerá em toda e qualquer aplicação da metodologia em um negócio: o que importa, no final das contas, é aplicar cada um deles na balança e medir qual das categorias pesa mais.

Se for uma grande ameaça, esqueça aquela palavra-chave específica. Se, no entanto, a oportunidade vale a pena a ponto de correr o risco de ser ameaçado por outros blogs, vá fundo!

O necessário, acima de tudo, é ter os dois conceitos na ponta da língua. Para isso, confira o nosso material completo sobre palavras-chave!

Dossiê das Palavras ChavesPowered by Rock Convert

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *