Paulino Sulz

Estrategista de Marca na Rock Content.

Leonino, apaixonado por velas aromáticas, sonha em morar em New York e vê Reality Shows ruins sem ninguém saber (até agora).
37 publicações feitas.



TIME anuncia as 100 pessoas mais influentes de 2019

TIME anuncia as 100 pessoas mais influentes de 2019

Pioneiros, Artistas, Líderes, Ícones e Titãs: veja a lista com as 100 pessoas mais influentes em 2019, segundo a revista TIME.

Como é de costume todos os anos a TIME, umas das maiores revistas do mundo, divulgou sua lista com as 100 pessoas mais influentes do planeta. A lista contém desde grandes artistas da música como Lady Gaga aos maiores líderes do mundo como Donald Trump.

Já em sua 16ª edição a lista é uma das mais importantes nesse sentido, sendo um termômetro do tipo de liderança — em seus mais diversos campos da sociedade — que as pessoas estão se espelhando.

Lançada hoje, a revista separou os escolhidos em 5 categorias: Pioneiros, Artistas, Líderes, Ícones e Titãs.

Conheça as pessoas mais influentes de 2019 e por que elas foram escolhidas!

Como as pessoas são escolhidas?

Essa é provavelmente a dúvida que a maioria das pessoas tem ao se deparar com esse tipo de lista. Como são escolhidas esses 100 influenciadores e o que eles fizeram para chegar aqui?

De acordo com a própria TIME, esses indivíduos são líderes e representam o futuro da nossa sociedade.

São pessoas extraordinárias que vão além do seu campo de influência para serem representantes de causas, ideais e comunidades.

O 2019 TIME 100 de acordo com Edward Felsenthal, Editor-In-Chief da revista, significa muito mais do que a escolha dessas 100 pessoas: “Em muitas maneiras, essas conexões — feitas por meio e entre diversas indústrias — são o coração da TIME 100, que agora em sua 16ª edição, é muito mais do que uma lista. Ela é, na verdade, uma comunidade de centenas de líderes globais, muitos que inclusive se apoiam e desafiam uns aos outros.”

As 100 pessoas mais influentes

Como dissemos, a lista se dividiu entre cinco categorias que ajudam a entender o tipo de influência exercido por esses indivíduos.

Para cada escolhido a revista convidou um de seus pares para contar porque acreditavam que aquela pessoa está transformando a sociedade.

Reforçando a ideia de conexão entre líderes, que juntos podem fazer coisas ainda mais extraordinárias.

Alguns dos principais escolhidos foram convidados para criar capas para a edição da revista. O por trás das câmeras da criação dessas capas foi mostrado pela TIME e as lentes do fotógrafo Pari Dukovic.

capa da revista TIME

Pioneiros

Os escolhidos dessa categoria são pessoas extraordinárias que vem construindo caminhos e transformando os espaços por onde passam, como Sandra Oh, primeira mulher de descendência asiática a ganhar o prêmio de melhor atriz no Globo de Ouro em 40 anos.

A produtora de séries de TV como Scandal e Grey’s Anatomy, Shonda Rhimes, falou sobre o protagonismo que Sandra traz: “ Com seus personagens únicos, Sandra Oh vem escolhendo ocupar um espaço em um universo que nunca criou espaço para ela. Agora, o poder de seu talento cria espaço para outros, e esse é um presente para todos os artistas de cor que seguem seus passos”.

Sandra Oh

Artistas

Esses líderes expressam por meio de sua arte suas histórias e daqueles à sua volta. Dwayne Johnson, antigo lutador de luta livre e agora super astro é um dos exemplos de empreendedorismo e trabalho duro.

Sua parceira em Velozes e Furiosos, Gal Gadot, fala um pouco sobre o carisma do ator que conquistou Hollywood: “Ele é o representante da ideia que as pessoas podem esquecer o que você falou, podem esquecer o que você fez, mas nunca vão esquecer como você os fez sentir.”

Dwayne Johnson

Líderes

Todos da lista são líderes em seus campos de atuação, mas estes são líderes no cerne da palavra, mudando os rumos da político do planeta, como Nancy Pelosi tem feito.

A Presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos vem transformando a política no país, e sempre fazendo com que sua voz seja ouvida.

Hilary Clinton, que concorreu com Donald Trump nas eleições de 2016, fala do impacto do trabalho de Nancy: “ Tem um ditado que diz: se você quer que algo seja feito, peça para que uma mulher ocupada o faça. Nancy Pelosi é a prova viva que quando se trata de fazer um trabalho bem feito, mais vezes do que nunca, é preciso uma mulher.”

Nancy Pelosi

Ícones

Ícones dispensam comentários, afinal eles transcendem suas funções de cantores, atores, políticos, e se tornam símbolos de uma cultura.

Com Taylor Swift nada disso é diferente. A cantora, de apenas 29 anos, é dona de um dos maiores legados da história da música e a cada ano continua elevando seu status de ícone.

Shawn Mendes, também cantor e amigo pessoal de Taylor, comenta sobre o poder da amiga em, por meio da música, transformar a visão de mundo de quem tem contato com sua arte.

“Taylor faz com que qualquer pessoa mais velha se sinta jovem novamente, e empodera jovens a crerem que podem fazer qualquer coisa. É um talento raro e especial.”

Taylor Swift

Titãs

O dicionário descreve titã como “pessoa de características físicas ou morais extraordinárias” e os escolhidos dessa categoria são incríveis representantes dessa palavra.

Mohamed Salah é um dos jogadores de futebol mais importantes da atualidade, e é um exemplo para as comunidades que representa.

John Oliver, apresentador de um dos mais importantes talk shows dos Estados Unidos, diz que Mohamed é muito mais do que seu talento nos campos: “Mo Salah é um melhor ser humano do que é um bom jogador de futebol, e ele é um dos melhores jogadores do mundo.”

Mo Salah

A lista completa você pode conferir aqui!

E conta pra gente, qual os maiores nomes do mundo em 2019? Concorda com a lista da TIME? Deixe seu comentário!

Infográfico sobre Influenciadores DigitaisPowered by Rock Convert


19 backlinks de redes sociais para elevar seu SEO

19 backlinks de redes sociais para elevar seu SEO

Usar de backlinks nas redes sociais pode ser o principal diferencial da sua estratégia SEO em relação aos seus concorrentes. Veja 19 oportunidades de linkar seus domínios nas redes sociais!

Já se foi o tempo em que podíamos desconsiderar as redes sociais em uma estratégia de Marketing Digital.

Cada vez mais, elas são parte essencial do posicionamento online de uma empresa, mas elas podem trazer também outros tipos de resultados.

Essas plataformas podem ajudar também sua estratégia de SEO, e fazer com que você atinja posições ainda mais altas no Google.

E isso é mais simples do que você imagina: basta colocar os backlinks certos, em lugares estratégicos de suas redes.

Com o alcance que as redes sociais tem, os links que você escolher podem levar seus seguidores a descobrirem seu site, novas ofertas e até mesmo seus produtos. Além de ser um ótimo sinalizador para o Google da relevância do seu domínio.

Por isso, você não pode desperdiçar o potencial que backlinks em redes sociais podem ter, não só de trazer tráfego, mas de alcançar um público que você pode ainda não ter trazido para mais perto de sua empresa.

Para que você saia daqui com sua estratégia já muito mais forte, vou passar os melhores backlinks que você pode colocar em suas redes sociais.

Continue comigo.!

Backlinks no Instagram

1. O link em sua bio

Em sua bio no Instagram você consegue colocar apenas um link e, como em suas publicações você não consegue fazer isso, esse lugar se torna ainda mais estratégico.

Esse é um dos principais backlinks que você pode ter, principalmente por se tratar do Instagram.

Essa rede social que é a mais importante do momento e a que provavelmente concentra o maior número de seguidores de sua empresa.

Não se contente em colocar apenas o link para o seu site ali, afinal, você precisa pensar na experiência de vários tipos de usuários, seja ele um seguidor novo, seja de alguém que já te acompanha.

Eles estão procurando por coisas distintas, então você precisa ser capaz de atender a ambas as necessidades.

Plataformas como o linktree permitem direcionar seu usuário para mais de um lugar. Assim como o exemplo da confeitaria O Granulado.

Aproveitando de plataformas como essa, você consegue levar diferentes tipos de usuários para lugares distintos, que vão fazer sentido para o momento de contato com sua marca que ele estiver.

2. Links em seus stories

Nem todas as contas possuem acesso a links de “ver mais” nos stories. Geralmente esse recurso é liberado em contas com mais de 10.000 usuários.

Para aqueles que possuem, esse é um ótimo momento para divulgar blogposts e trazer seus seguidores para seu site.

Assim como fizemos para divulgar uma de nossas vagas. O botão “ver mais” levava o usuário para a página daquela vaga.

3. Produtos em sua loja

O Instagram também permite que você exponha seus produtos na função de loja.

Esse é um dos momentos mais estratégicos para se utilizar de links que levarão os seguidores diretamente para o momento de decisão de compra.

Como mostrado nas figuras da conta da Kate Spade NY, o link aparece primeiro como tag em sua postagem, para depois expor com mais precisão seu produto e então, fazer um call to action para acesso o site.

Backlinks no Facebook

4. Sua conta pessoal

Não é só a conta de sua empresa que pode trazer relevância para seu site, mas sua conta pessoal também.

Para pessoas públicas importantes e mais conhecidas de sua empresa é uma boa estratégia linkar seu site nesses perfis.

Além de linkar a página do próprio perfil do Facebook como local de emprego, você também pode colocar links para o seu site, como no canto superior direito da imagem.

5. Postagens estratégicas

Sim, você pode colocar links em qualquer publicação do Facebook e, inclusive, fazer com que eles sejam o principal foco de sua postagem — assim como quando divulgamos blog posts.

No entanto, precisamos pensar além disso: em quais momentos você poderia adicionar backlinks e continuar a promover seu site e garantir mais usuários em seu domínio?

Marcas estão cada vez mais investindo em branded content e esse tipo de conteúdo é um ótimo momento para mostrar seu site, uma vez que o seguidor que se interessou pela postagem já tem algum grau de interesse em sua marca.

6. Na página sobre de sua conta

A seção sobre de seu perfil do Facebook é um dos lugares nos quais seus seguidores e possíveis interessados em sua empresa vão para saber mais sobre ela.

Nesse momento, não incentivar esse público qualificado — visto que estão procurando saber mais sobre sua marca — a dar o próximo passo visitando seu site é um erro que vai te fazer perder muitas oportunidades.

7. Botão da home

Logo no topo do perfil de sua página, uma das partes que mais chama atenção dos usuários é esse botão:

Aqui é um dos principais pontos onde você deve colocar o que acredita ser mais estratégico para seus objetivos.

A plataforma permite que você escolha qual tipo de call to action utilizará.

Você pode escolher para onde levar seu seguidor — lembre-se que essa escolha precisa estar atrelada a seus KPI’s e objetivos de seguidores nas redes sociais.

8. Foto de capa e perfil

Sua foto de capa e perfil do Facebook também podem conter backlinks relevantes para sua estratégia, e não só aqueles que levam para a home de seu site.

Esse links podem ser ainda mais estratégicos.

Em nossa foto de capa convidamos nossos seguidores a darem o próximo passo e conversarem com um de nossos consultores.

9. Descrição de grupos

Grupos no Facebook cada vez mais se tornam uma das partes mais importantes de se fazer marketing, e por isso, são cada vez mais comuns.

Além de serem esses lugares para se criar verdadeiras comunidades, a descrição desses grupos também são uma ótima oportunidade para colocar links para o site.

Backlinks no Twitter

10. No campo de site em seu perfil

Em seu perfil você vai ter a oportunidade de colocar um link para o seu site, então, não deixe isso de lado.

11. Em sua bio

No Twitter você também poderá utilizar links em sua bio. Como você pode ver na imagem acima, os links ficam próximos um do outro. Por isso, pense bem em como um link pode complementar o outro.

Os links em nossa bio chamam para o nosso site e nosso blog: dois dos links mais importantes para nossa estratégia.

12. Postagens em imagem ou vídeo

Imagens e vídeos geralmente geram bastante engajamento no Twitter, e por isso, tem boas chances de atingir muitas pessoas.

Com um grande alcance, você não pode perder a oportunidade de ter um link em um tweet viralizado por aí. 

Backlinks no LinkedIn

13. Em seu perfil de contato

Assim como nos perfis de outras redes sociais, no LinkedIn você também consegue colocar um link importante para seu site na seção “sobre”.

Especialmente nessa plataforma, é importante entender que seu público é diferenciado e as oportunidades podem ser ainda mais qualificadas do que em outras redes.

Por isso, você pode testar até mesmo links para formulário de “converse com um consultor” já levando o usuário para uma landing page, na qual você tem mais controle sobre suas chances de conversão.

14. Botão na home

Um dos pontos de destaque de seu perfil é o botão de “visitar site” que é uma ótima oportunidade de levar quem está visitando seu LinkedIn para seu site.

É importante pensar que não necessariamente você precisa redirecionar sempre para a home de sua página.

Entendendo a intenção, e como seus seguidores interagem com suas redes sociais, é possível identificar se é mais interessante levá-la a página “sobre” de seu site ou até mesmo para um “fale com um consultor”.

Backlinks no Youtube

15. Na parte “sobre” de seu perfil

O Youtube é uma grande plataforma e vem crescendo cada vez mais junto com o grande boom de vídeos na internet.

Por isso, seu canal nessa rede social se torna um local em que potenciais consumidores podem encontrar sua empresa, e obviamente, você quer levá-los para o seu site.

16. Descrições de vídeo

Com uma estratégia de Youtube bem consolidada, seus vídeos provavelmente estão alcançando muitas pessoas.

E, como essa plataforma tem a característica de ser usada como mecanismo de busca, seus vídeos antigos ainda podem estar gerando um número considerável de visualizações.

Nesse sentido, os vídeos de seus canais tem um tempo de vida maior do que em outras redes sociais.

Utilizar, então, das descrições para levar esse grande número de pessoas para outros pontos de contato da sua marca é essencial.

Uma ótima estratégia é criar templates de links para colocar em todos os vídeos, assim como fizemos na imagem acima, em que convidamos o usuário a nos acompanhar mais de perto em nossas redes sociais e blog.

Backlinks no WhatsApp

17. Em seu status

Se você tem uma conta empresarial no WhatsApp é extremamente valioso colocar o link para o seu site em seu status.

Sim, isso é possível e pode ajudar seus consumidores que estão ali prontos para conversar com você a entender mais sobre sua empresa e sua marca.

Backlinks no Pinterest

18. O link em seu perfil

Como em qualquer rede social, a bio do Pinterest funciona como vitrine para sua empresa. Ela é o primeiro ponto de contato do seguidor com aquele perfil.

Uma descrição base de sua empresa e um call to action para conhecer mais com link para o seu site são essenciais.

19. Em todas suas postagens

Uma das principais ideias do Pinterest é funcionar como uma vitrine e um portfólio de ideias, referências e projetos, mas sempre com a intenção de fazer com que o seguidor vá para o seu site e saiba mais.

Não deixe nunca de colocar links em todas suas publicações, mesmo que eles redirecionem simplesmente para a página inicial de seu site.

Esses 19 backlinks são extremamente simples de se aplicar e podem ser o diferencial da sua estratégia de SEO em relação a seus concorrentes. Você pode começar agora mesmo a subir posições no Google com essas dicas.

Já que estamos falando sobre uma estratégia avançada de redes sociais, não podemos deixar de entender o panorama desse ambiente digital em 2019. Separamos as tendências das principais plataformas sociais ainda nesse ano. Confira e continue a potencializar seus resultados!



Melhores estratégias no Instagram

Descubra quais foram as melhores estratégias no Instagram em 2018 e como se preparar para o próximo ano

O Instagram é inegavelmente a rede social do presente, e será por muitos anos a do futuro também. Nesse ano, a plataforma ultrapassou um bilhão de usuários e, com o lançamento de novas funcionalidades como o IGTV, promete dominar 2019.

Mesmo com a grandiosidade do Instagram e cada vez mais pesquisas sobre as melhores práticas para se adotar nessa rede, ainda é possível ficar perdido. Por isso, vamos te apresentar os dados compilados pela Quintly, sobre o que realmente funcionou em 2018.

Pronto para saber como marcas obtiveram sucesso nesse ano que está acabando e como você pode preparar sua estratégia no Instagram em 2019? Então continue com a gente!

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Como a pesquisa foi realizada

Para entender o que deu certo para as empresas no Instagram em 2018, a pesquisa feita pela Quintly analisou perfis do aplicativo entre o primeiro dia de Janeiro e o final de Setembro. Foram mais de 44 mil perfis analisados e quase 9 milhões de postagens.

Para entender melhor como cada tamanho de perfil se comportou e seus resultados, eles foram agrupados de acordo com seu número de seguidores, como mostra o gráfico:
estratégias no instagram contas
Com base nessa divisão foi possível traçar o que funcionou em cada perfil, e como seus tamanhos e níveis de estratégias afetam no crescimento e escolha de suas abordagens.

As estratégias de 2018 no Instagram

A pesquisa possibilitou entender o panorama do Instagram em 2018, mas quais foram esses resultados?

Procuramos entender cada um deles e analisar o porquê dessas estratégias serem as mais utilizadas e como elas fizeram sucesso.

Tipos de postagem

O Instagram é uma das redes sociais mais dinâmicas da atualidade, e é bem possível ficar perdido na hora de escolher um formato para investir. Por isso, vamos te contar como os perfis se comportaram nesse sentido. Confira!

Mais de 72% das postagens são imagens

Muito se fala atualmente sobre o poder de conteúdos em vídeo, mas parece que no Instagram essa transição está acontecendo de forma mais gradual.

O que é bem compreensível devido às peculiaridades desse formato, que exige maior produção, e, consequentemente, mais recursos humanos e financeiros.
estratégias no instagram formatos
É interessante observar também a presença de postagens do tipo carrossel, que nada mais são do que os álbuns de fotos, em que podemos postar até 10 imagens em apenas uma publicação. Apesar de ter sido lançada há apenas 2 anos, já domina mais de 10% do Instagram.

Vídeos geram 21% mais interações

tipos de estratégias no instagram
Apesar de muito mais utilizadas, uma imagem pode gerar 21% menos interações do que vídeos.

Por isso, cada vez mais o Instagram tem se transformado de uma rede social visual para uma rede audiovisual.

É preciso, no entanto, pensar se esse é o passo certo para sua estratégia, devido à maior complexidade em se produzir vídeos do que fazer imagens, como já mencionamos.

É mais interessante para sua marca se posicionar como autoridade e criar conteúdos imagéticos relevantes para sua persona, do que vídeos de baixa qualidade por falta de investimentos.

É preciso ter em mente que, no momento em que vivemos, saber qual empresa utiliza a mais nova funcionalidade ou recurso primeiro não é o mais importante, mas sim quem consegue causar um impacto duradouro com suas publicações, e isso leva tempo e, principalmente, paciência.

Guia do IGTV para Empresas

Tamanho de legendas

Vez ou outra vemos publicações incríveis, com imagens relevantes ou vídeos impactantes, mas que claramente não tiveram o mesmo investimento em sua parte textual.

Subestimar essa parte importante de sua postagem pode prejudicar seus resultados. Vamos ver então como as legendas foram criadas e utilizadas em 2018.

31% dos perfis utilizam mais de 300 caracteres

Se depender da maioria dos perfis, teremos muitos textos no Instagram! Mais de 31% das legendas analisadas possuíam mais de 300 caracteres, enquanto postagens sem legenda são quase nulas na rede social.
legendas na estratégia para o Instagram
Isso mostra uma tendência que muda um pouco o panorama da utilização das legendas como vimos antes.

Por muito tempo essa parte da postagem era negligenciada, e agora vemos que existe o investimento de tempo para fazer essas grandes legendas. Mas essa é a estratégia correta?

Postagens com menos caracteres geram mais engajamento

Isso mesmo, os nove milhões de posts não mentem, postagens com até 50 caracteres geram mais engajamento do que os grandes textos, como mostrado pelo gráfico:
estratégias no instagram: legendas
Você pode estar se perguntando porque investir tempo nas legendas se as menores trazem mais resultados?

O fato é que essas chamadas provavelmente deram ainda mais trabalho, pois passaram por um processo de síntese, que te ajuda a deixar somente o essencial para aquela publicação.

Uma das grandes maneiras de se fazer chamadas curtas, eficientes e que incitam a interação é fazer perguntas. Elas foram muito utilizadas para criar essas legendas com menos de 50 caracteres em 2018, e não vão perder o fôlego no ano que vem.

Hashtags

Hashtags sempre geraram muitas discussões, utilizá-las ou não? Se sim, qual o número ideal? Colocá-las na legenda ou no primeiro comentário?

A verdade é que não existe receita de bolo, nunca existiu isso no Marketing Digital. Mas o que está sendo feito pela maior parte dos perfis hoje em dia?

Devem ser utilizadas de 1-3 hashtags

A pesquisa mostrou que a maioria das publicações possuem de 1 a 3 hashtags.
hashtags como estratégia no instagram
Isso mostra como cada vez mais as pessoas estão pensando bem antes de colocar qualquer hashtag em sua legenda. O que estávamos acostumados a ver antes, de publicações terem várias hashtags, está cada vez menos frequente, e isso é ótimo.

Escolher bem suas hashtags é importante não só para que as pessoas certas encontrem suas publicações. É também uma forma de sinalizar as palavras que você quer associadas a sua marca e aquele conteúdo.

Postagens sem hashtags geram mais engajamento

estratégia no instagram hashtag 2
Com tanta conversa sobre elas, era de se esperar que elas trouxessem mais resultados.

Mas com exceção dos grandes perfis, quanto menos hashtags sua postagem tem, maior será seu número de interações. Isso pode acontecer simplesmente por seu mau uso, o que podemos te ajudar a reverter com esse conteúdo.

Mas logo de antemão já podemos dizer que é melhor não utilizar nenhuma hashtag do que utilizar algumas com o único objetivo de conquistar boas métricas de vaidade.

Ninguém quer ver inúmeras hashtags que de nada acrescentam ao conteúdo e muito menos ajudam-no a ser encontrado na rede.

Como melhorar seus resultados orgânicos no Instagram ebook

Emojis

E os emojis? Muitas vezes pouco valorizados, eles podem ser a maneira perfeita de descontrair e dar mais significado à sua postagem.

No entanto, de acordo com os milhões de postagens analisadas, eles são deixados de lado por uma grande maioria dos perfis analisados.
estratégias no instagram emoji
O fato de poucas pessoas terem utilizado esse artifício pode ser um trunfo para deixar sua chamada ainda mais atrativa. No entanto, os emojis também trazem informalidade, o que nem sempre é o certo para todas as estratégias.

Está conversando com jovens ou nativos digitais em seu Instagram? Abuse (com moderação) dos emojis! Caso contrário, vale a pena repensar na mensagem que você quer transmitir e como seu público vai recebê-la.

Emojis ajudam no engajamento do seu post

Se você duvidava deles, chegou a hora de parar de subestimar os emojis, pois eles comprovadamente podem ajudar os resultados da sua estratégia!
estratégias no instagram emoji 2
Até mesmo grandes contas utilizam deles, afinal é assim que a geração de hoje gosta de se comunicar e, para fazer sucesso nesse segmento, é essencial compartilhar da mesma linguagem que seus componentes.

Vale ressaltar também a importância de pensar com cautela na quantidade de emojis utilizados. Os números presentes no gráfico anterior sobre as de contas de 10 mil até 1 milhão de seguidores podem te confundir, mas não se esqueça: se faz sentido para sua persona, faz sentido para você!

kit do instagram

Dias de publicação

Na vida de social media é normal se questionar: postar em um dia de semana ou aproveitar que todos estão em momentos de lazer nos finais de semana? Essa é uma dúvida que se passa na cabeça de qualquer profissional responsável por redes sociais.

Finais de semana são melhores para publicação

De acordo com o estudo, postagens nos finais de semana podem gerar mais até 22% de interações. Muito se deve ao maior número de pessoas com tempo livre para gastar no Instagram.
estratégias no instagram dias
Antes de já colocar todas suas publicações no final de semana é importante se atentar que existem tipos específicos de conteúdos que podem performar melhor nesse período.

Publicações de conteúdos muito densos e que exigem muita concentração provavelmente não trarão bons resultados.

Mas um post leve, com indicações de lazer, por exemplo, pode te ajudar a se aproximar do seu público até mesmo em seus momentos de lazer.

E aí? O que achou dessas estratégias? Elas trouxeram resultados em 2018 para você também? 2019 pode ser o ano em que sua conta no Instagram vai bombar, e isso só depende de você.

Por isso, aproveite esse momento e confira a pesquisa completa feita pela Quintly sobre as estratégias que funcionaram em 2018 no Instagram.

conta verificada no instagram

Instagram libera pedido de verificação de conta para qualquer usuário!

Sim! Você não leu errado, agora qualquer usuário vai poder pedir para ter uma conta verificada no Instagram.

Mas calma que as coisas não serão tão simples assim, o processo de pedido, apesar de poder ser feito por qualquer conta no Instagram ainda passará por critérios rigorosos de aceitação.

Além disso, o Instagram também vai liberar algumas informações, antes privadas, sobre contas com grande alcance.

Quer saber como essas novidades vão funcionar? Continue com a gente!

Solicitação de verificação de conta

A primeira grande novidade, e que já está causando burburinho, é a da solicitação de verificação de conta.

Antes da novidade, os perfis que possuíam o selo de verificação eram escolhidos por um processo de análise do próprio Instagram. Os critérios eram baseados na autenticidade, alcance, originalidade e relevância, e nesses pontos nada mudou.

No entanto, a grande mudança é que agora os próprios usuários podem solicitar a verificação e se aprovados, passam a fazer parte desse seleto grupo de influenciadores e grandes empresas.

O processo é simples e pode ser feito do próprio celular, como podemos ver.

conta verificada instagramconta verificada instagram

Como se podia imaginar, a grande mudança já está causando polêmica, e é realmente algo que podemos refletir sobre. Apesar da simplificação desse processo ser uma oportunidade de autenticar contas que já fazem um bom trabalho e possuem relevância, pode ser tratada também como uma banalização da verificação.

Só vamos saber como tudo vai acontecer quando começarmos a ver como será de fato o processo de aceitação das solicitações e as contas que serão aprovadas.

Se o Instagram conseguir manter o padrão criterioso de seleção, podemos ter uma poderosa ferramenta de acessibilidade. Só o tempo pode nos dizer.

Informações de grandes perfis

Mas essa não é a única novidade do Instagram. A plataforma, seguindo as ações para garantir a transparência em suas operações, vem com mais uma mudança.

 

Em setembro, usuários terão acesso a informações de contas com grande alcance e visibilidade.

Ainda não se sabe ao certo quais informações estarão disponíveis, mas imagens veiculadas pelo portal AdWeek já dão indícios do que está por vir.

conta verificada instagram

De acordo com representantes da plataforma, as contas poderão revisar as informações que estarão disponíveis para o público antes da novidade ser lançada oficialmente.

O Instagram também está com outras iniciativas de proteção do usuário e transparência. Continuando uma série de ações que a empresa, também dona do Facebook, vem tomando desde recentes polêmicas em ambas as redes.

E você, o que achou das novidades? Vai tentar verificar sua conta? Acha que elas vão melhorar sua experiência na plataforma? Conta pra gente!

Aproveite e confira tudo sobre uma das maiores novidades recentes do Instagram, o IGTV. Saiba tudo sobre como ter sucesso também nessa plataforma.

Guia do IGTV para Empresas

estrategia-sem-conteudo

Waze Carpool: entenda a estratégia do serviço de caronas compartilhadas por R$ 2 a corrida

O aplicativo de trânsito e mapa colaborativo, anuncia hoje (21) o lançamento oficial do Waze Carpool no Brasil que acontecerá em todo território nacional nesta quarta-feira (22). O serviço já está rodando mundialmente desde 2009 e funciona como um compartilhador de trajeto entre usuários que passam, rotineiramente, na mesma área.

O Carpool não possui nenhum intuito lucrativo para os usuários que propuserem dar carona. Além disso, o serviço não utiliza motoristas profissionais.

O objetivo do serviço é unir usuários (motoristas e passageiros) que utilizam uma rota diária para dividir, entre eles, custos do combustível e manutenção do veículo. Além de ajudar o dia a dia de quem utiliza o serviço, o aplicativo cria, cada vez mais, uma comunidade fortalecida.

Para conseguir ter acesso, os usuários deverão utilizar dois apps, sendo um para o passageiro e outro voltado exclusivamente para os motoristas. Ambos os usuários poderão ter opções como, por exemplo, pessoas do mesmo gênero, dividir rotas apenas para colegas que trabalham na mesma empresa.

Quanto ao valor, a própria companhia sugere, como sendo o custo compartilhado entre condutor e passageiro, um valor de R$4,00 a R$ 25,00 por carona e o app limita o total de duas caronas por dia para os condutores.

Os dois aplicativos do Waze Carpool já podem ser baixados tanto para Android quanto para iOS, entretanto os mesmos começam a funcionar apenas amanhã. E, com o intuito de divulgar o serviço no Brasil, as caronas custarão apenas R$2,00 para qualquer distância.

Como construir defensores para sua marca

O que essa estratégia representa

Essa nova estratégia do Waze, apesar de parecer inovadora, vem de uma jogada muito utilizada por marcas pelo mundo inteiro. Principalmente aquelas focadas em tecnologia, que em muitos momentos precisam se adaptar a um mercado extremamente mutável.

Podemos caracterizar o Waze Carpool como uma extensão da marca Waze, já consolidada e reconhecida pelos usuários.

Esse conceito representa a adição de novos produtos ou vertentes a uma empresa, em que não necessariamente segue o mesmo modelo do produto mais notório da marca.

Você já viu isso acontecer muitas vezes. A 99, por exemplo, empresa conhecida inicialmente como um aplicativo para viagens de táxi, extendeu sua marca para o 99POP. Esta se assemelha à Uber quando o assunto é serviço,.

É importante entendermos que uma extensão de marca não é uma mudança no modelo de negócios. Ela representa uma marca que está criando um novo serviço e adicionando uma marca que irá se comportar como uma submarca.

Empresas escolhem criar uma nova submarca como forma de diferenciar o entendimento do público dos serviços oferecidos. O Waze Carpool ainda conta com a marca Waze como sua marca mãe, o que dá consistência para suas operações e como ela será percebida pelo público.

Pense comigo, se uma marca desconhecida por você lançasse a mesma proposta, você não a receberia da mesma forma que irá receber a notícia do Waze. Isso porque você carrega consigo suas experiências com essa marca, o que será transposto para o Waze Carpool.

Se essa nova empreitada vai adicionar ainda mais valor para a marca Waze ou acabará por danificar a imagem desta. Ainda não sabemos, mas sabemos que tudo pode acontecer. E você? Acredita que essa extensão de marca será bem recebida pela público?

Se você quer entender ainda mais sobre marcas e o processo de branding, confira nosso material completo sobre o assunto!

Ebook Branding

redes sociais e dados no contexto atual

Panorama das redes sociais: insights do CEO da Quintly

Aprenda tudo sobre Redes Sociais

Analisar dados nunca foi uma tarefa simples, longe disso. E quando falamos sobre redes sociais podemos facilmente escolher as métricas erradas e prejudicar nossa estratégia.

Mas no cenário atual podemos contar com diversas plataformas para nos ajudar nessa jornada, e uma em específico sempre nos ajudou aqui na Rock. A Quintly, é uma plataforma que te ajuda a gerenciar seus resultados e tomar decisões baseadas em dados.

Para nos ajudar a entender ainda mais o atual cenário das redes sociais e o mercado, procuramos a Quintly e Alex Peiniger, CEO da empresa, para passar um pouco da sua experiência pra gente.

Se você quer saber mais sobre o mercado das mídias sociais, tendências da área, decis ões baseadas em números e muito mais é só continuar lendo nossa entrevista.

Para você, qual é o estado das mídias sociais hoje? O que você acha que as empresas estão fazendo certo e o que elas estão fazendo que não deveriam?

Alex Peiniger: As empresas têm percorrido um longo caminho nos últimos anos quando você compara uma campanha que estão rodando agora contra as campanhas que rodavam há alguns anos. Eu acho que eles fizeram um grande progresso, especialmente quando falo com nossos clientes, e vejo que eles estão muito mais avançados do que há alguns anos atrás.

Uma coisa que eu diria que as empresas ainda têm muito trabalho é como realmente utilizar das oportunidades das redes sociais com sua comunicação. Ainda, muitas marcas parecem muito mecânicas, muito mais parecidas com o estilo antigo de fazer publicidade nas mídias sociais. Mas acho que tudo está indo na direção certa, então estou ansioso para ver como isso vai se transformar.

Tenho uma sensação muito boa de ver como profissionais têm investimento disponível para investir em mídias sociais.

Como você acha que os dados e, essencialmente, o que a Quintly faz, podem transformar as estratégias das marcas nas mídias sociais?

Alex Peiniger: Eu acredito muito em dados, eles são necessários para tomar boas decisões. Eu não consigo fazer grandes decisões sem olhar os dados antes e acho que isso é algo realmente importante. Nossos clientes entenderam que precisam aprender a olhar da maneira correta para seus números. Conseguindo tirar deles o que é bom e o que é ruim.

Um desafio que vemos é que as marcas querem garantir que elas tenham o mesmo padrão de qualidade em todo o mundo, em todos os países e com todas as diferentes sub-marcas que usam. E eles realmente conseguem fazer isso olhando para os números comparando-os uns com os outros e com sua concorrência.

Eu acho que é fundamental para que eles possam ver o que funciona e como eles podem otimizar. Pra mim não é uma pergunta se você deve usar dados, eu acho que você deve usar dados para ser bem sucedido hoje em dia, e mais e mais empresas estão entendendo isso.

Como a Quintly funciona?

Alex Peiniger: O que queremos para nossos clientes é os ajudar a ser bem sucedidos nas mídias sociais, seja qual for seu objetivo. Para alguns isso pode ser vender mais, enquanto para outros talvez ampliar a visibilidade de sua marca seja uma prioridade ou melhorar seu suporte ao cliente.

Por isso, desenvolvemos um produto que basicamente dá todos os números que nossos clientes precisam para tomar suas decisões.

A Quintly é basicamente a peça central que traz os números do Facebook, Twitter, e do YouTube e várias outras redes juntas em uma plataforma. E os ajuda a moldar a estratégia daqui para frente. É isso o que temos feito nos últimos oito anos e vemos um grande progresso com nossos clientes e sua relação com suas métricas e resultados.

Você acredita que marcas deve focar em estratégias focadas em branding e engajamento ou estratégias mais focadas em aquisição e negócios? Se ambas, como é possível balancear essas estratégias?

Alex Peiniger: No final das contas é sempre uma combinação de ambos. Precisamos olhar o quanto de nosso orçamento de marketing devemos gastar em desempenho e aquisição e quanto devemos gastar com branding. Depende dos desafios de sua empresa, seu modelo de negócios e o mercado em que você está inserido.

Se você tem um produto off-line, por exemplo, talvez seja interessante investir em branding, enquanto que se seu produto for online, é perspicaz focar em aquisição de oportunidade. Se seu modelo for como o da Quintly, por exemplo, ou se você tiver um e-commerce, você provavelmente gastará muito mais dinheiro com aquisição.

Então eu acho que isso depende realmente sobre o que você faz e, com isso, você consegue definir o que é melhor pra você. E até mesmo consegue testar um equilíbrio entre essas estratégias.

 

Existe alguma métrica especial que todos devem acompanhar?

Alex Peiniger: Quando nossos clientes usam nossa ferramenta para analisar suas métricas, geralmente recomendamos não usar uma métrica padrão, porque ela realmente depende de seu projeto ou desafio específico que eles estão tentando resolver. Então criamos um sistema que permite aos clientes trazer suas próprias fórmulas e suas próprias definições, para que possamos ajudá-las apenas com o que é importante para eles.

E além disso, porque muitos clientes também se aproximam de nós porque precisam de alguma orientação sobre como eles devem medir seus resultados, também oferecemos um amplo conjunto de painéis e métricas predefinidos que podem ser usados, dependendo dos casos de uso que vimos com vários clientes no passado.

Então sim, acredito muito em trabalhar individualmente com casa métrica e realmente tentam entender qual é o objetivo do seu projeto ou campanha específica. E não tentar usar todas as métricas padrão que todo mundo também usa.

Qual é sua aposta para a próxima grande tendência para as redes sociais?

Alex Peiniger: Da minha experiência, eu não esperaria um movimento tão radical nos próximos anos. É mais uma evolução ao longo do tempo. Quando você olha em como as mídias sociais se transformaram nos últimos anos, eu não acredito que ocorreram grandes mudanças.

É claro, que sempre temos coisas novas como o Instagram quando foi criado, o Pinterest, e outras redes. Mas eu ainda acredito que será mais uma evolução. Para mim é realmente interessante do ponto de vista de uma empresa que as marcas realmente tem se tornado mais autênticas, e que usam os canais de uma maneira que parece mais natural, para eles e também para seus clientes.

Também espero que muito mais da comunicação de empresas foquem em conversas individuais, então plataformas como messenger, com chatbots devem crescer. Vai ser ainda mais importante que as empresas aprendam como podem trabalhar com essas interfaces que estão surgindo.

Não espero uma mudança tão radical menos nos próximos anos, mas sim, eu acho que as empresas ainda têm muito o que fazer. Integrando mais dados em seus processos, e olhando da maneira certa para seus resultados. O mundo das redes sociais deve se estabilizar nos próximos anos e ecossistema vai se beneficiar muito disso, assim como as empresas.

Agradecemos Alex Peiniger e Julian Gottke pela entrevista, e esperamos que ela tenha te ajudado a entender ainda mais o mundo das redes sociais.

Se você se interessou pela Quintly e quer conhecê-los melhor, você pode solicitar uma versão de teste da plataforma aqui!

E para continuar seus estudos nas redes sociais, recomendamos que você entenda tudo sobre a mais nova sensação desse mercado, o IGTV. Confira nosso guia completo de como utilizar da nova ferramenta do Instagram para multiplicar seus resultados.

Guia do IGTV para Empresas

Onde usar as hashtags no Instagram?

Rock Responde #1: hashtags no Instagram: comentário ou legenda?

Se você trabalha com redes sociais e principalmente com o Instagram já deve ter se deparado com essa dúvida algumas vezes, certo?

E não ache que é uma dúvida boba, porque realmente é um ponto de muita atenção. Nós aqui da Rock também sempre nos questionamos sobre o que era o certo para nossa estratégia.

Com alguns testes que fizemos começamos a ter indícios de que, apesar do que pensávamos previamente, postagens com hashtags nas legendas performam melhor.

Recentemente, a Agora Pulse divulgou um estudo sobre esse assunto e nos ajudou a confirmar essa hipótese.

O estudo analisou mais de 100 postagens em 3 diferentes contas e teve como resultado a comparação entre os comentários nesses dois lugares diferentes:

Apesar de uma pequena diferença na quantidade de comentários e visitas no perfil, podemos perceber a superioridade de postagens que contam com hashtags na própria legenda.

Hashtags no Instagram

Os resultados falam por si só!

As postagens com hashtags na legenda tem maior alcance e quantidade de likes, com resultados 18% melhores no geral.

É importante salientar que, em relação à média de comentários, o próprio comentário da conta com as hashtags pode ter afetado o resultado, tornando-o superior.

É claro que é importante fazer seus próprios testes! No final das contas vai depender do foco de sua estratégia nas redes sociais.

Por exemplo: se os comentários forem uma métrica mais relevante para você do que alcance e likes, então talvez faça sentido usar as hashtags nos comentários. Caso contrário, invista em hashtags nas próprias legendas, o que também vai economizar um tempo precioso.

Mas é claro que só prestar atenção em onde você usa as hashtags não é suficiente. É preciso ter um olhar global na sua estratégia no Instagram.

Por isso, separei conteúdos relevantes para você entender mais sobre hashtags e sobre o Instagram como um todo!

ENTENDA TUDO SOBRE O INSTAGRAM!
Hashtags no Instagram: entenda as melhores práticas!
Como obter resultados orgânicos no Instagram?
O Guia Completo do Instagram Stories!

marketing de produto e novas categorias

Como o Marketing de Produto e a criação de novas categorias podem revolucionar sua empresa

A criação de categorias para uma empresa de software é a melhor estratégia para crescimento. É um estratégia que vai além de inovação e é focada em criar algo diferente.

Se você alega ter uma oferta melhor que uma categoria existente, seus esforços simplesmente reforçam a posição de um líder de mercado de uma categoria que já existe. É melhor criar sua própria caixa de areia e se estabelecer como líder, do que jogar em uma caixa de areia já existente.

O espírito do empreendedorismo e os verdadeiros guias do progresso tecnológico e econômico estão enraizados na criação de categorias.

Uma nova categoria geralmente compartilha raízes com uma outra classe de produtos, mas entrega benefícios, experiências e economias exponencialmente melhores. Além de um modelo de negócios distinto.

Enquanto existe muito mérito (e lucro) em melhorar modelos já existentes, a longo prazo, dados mostram que o mercado reconhece positivamente empresas de novas categorias.

Mas como essas categorias surgem? Porque elas são realmente estratégias que beneficiam as empresas? Vamos te contar tudo isso, é só continuar a leitura:

O surgimento de novas categorias e seus benefícios

A maioria das oportunidades de categorias empresariais são criadas da confluência de um número de tendências macro que fazem redundantes as atuais categorias.

Oportunidades totalmente inovadoras não aparecem de repente. Um exemplo de uma nova categoria é a Gainsight. A empresa começou a desenvolver um software para o gerenciamento de Customer Success quando SaaS (Software as a Service) começou a ser o modelo dominante no mercado tecnológico.

Antes dessa mudança, Customer Success não era uma grande prioridade, mas quando sua adoção começou a se expandir, começamos a ver uma nova função organizacional emergir na forma de gerenciadores de Customer Success.

Outro exemplo é a Hubspot, que é basicamente um CRM. Quando a empresa foi criada, existiam muitas empresas de CRM no mercado, incluindo a gigante, Salesforce. Nesse momento, eles poderiam ter se posicionado como um CRM que faz XYZ de maneiras melhores que a Salesforce.

Ao invés disso, eles criaram uma nova categoria para o Inbound Marketing como um maneira totalmente diferente de engajar potenciais compradores. Eles escrevem conteúdo sobre o problema e então, introduzem uma nova maneira de geração de leads e conexão com prospects através do Inbound Marketing.

Eloqua e Marketo eram parte da mudança comportamental de consumidores que lideraram uma nova maneira de fazer negócios. No qual potenciais consumidores estavam cada vez mais pesquisando produtos e serviços online antes de comprar. Suas soluções B2B emergiram como uma categoria na automação de marketing.

Hootsuite e outros surgiram na categoria de marketing de redes sociais quando plataformas como Twitter e Facebook começaram a se popularizarem. E assim por diante.

O objetivo da criação de categorias não são somente para causar uma disrupção na maneira como empresas trabalham e no que os indivíduos fazem diariamente.

A criação de categorias é sobre estabelecer um preço. E esse processo é importante porque o preço determina o valor dessa categoria daqui em diante. Se você está em um mercado existente, precisa se adequar a um valor já estabelecido.

Se você cria um nova projeto de ferramenta de gerenciamento, o preço de plataformas dessa categorias já está estabelecido. No entanto, ao criar uma nova categoria você controla as regras do jogo, ditando o tamanho do mercado e seu preço.

Com a criação de categorias vem a necessidade de se criar um conceito nas mentes das pessoas. É sobre criar um nova problema e entregar a solução para ele. Esse processo não é como nenhum outro exercício de marketing e branding. Você não está descrevendo uma narrativa, você está criando e vendendo algo totalmente inovador.

O papel da TI na criação de categorias

Para complicar as coisas, teorias sobre a morte da tecnologia da informação, ou a convicção que empresas vão continuar a se empoderar por meio de softwares ainda estão em transição.

A linha entre funções empresariais e TI está cada vez mais tênue. E os serviços “SaaS” vão dominar o mercado de aplicativos de softwares. Criando novos times e papéis para o gerenciamento dessa nova tecnologia.

Isso significa que startups de tecnologia B2B precisam fazer tudo em duas fases: para o agora e para o futuro. Alinhando as diretrizes de sua empresa com a tecnologia. Se você pode criar uma novas funções, responsabilidades, papéis e mudar como as empresas trabalham diariamente, então pode criar uma nova categoria de mercado.

Startups precisam pensar o que isso significa em um contexto de duas fases. Na primeira focar mais em construir um plataforma que reflita aspectos-chave das organizações atuais. E na segunda focar em criar uma nova definição de como as empresas são gerenciadas. Assim você oferecerá um serviço que reflete o presente e o futuro.

Por que Marketing de Produto é tão importante

Com a criação de categorias, você está pedindo para os consumidores que acreditem em algo novo. No qual eles podem identificar um mercado ideal para o seu produto ou que a solução é um conceito já provado. No entanto, você está potencialmente pedindo para que paguem muito dinheiro, o que pode ser arriscado.

Os primeiros compradores serão visionários que acreditam em sua visão e sua narrativa. Empresas podem precisar integrar suas soluções com outras tecnologias já estabelecidas para facilitar essas transição. É aí que o Marketing de Produto entra.

Marketing de Produto é um ponto crucial de uma empresa de software, e uma das principais funções para o seu lançamento no mercado. Ele vai definir: o que é a caixa que estamos criando para nosso consumidor comprar? O que existe dentro dessa caixa? Como é o lado de fora da caixa?

Te ajuda a definir todo o seu ambiente competitivo, desconstruir seu tempero secreto e posicionar seu negócio para o sucesso.

O papel do Marketing de Produto é sobre três coisas primárias: posicionamento, sales enablement e o desenvolvimento do playbook. Em suma, é sobre síntese.

Posicionamento

Um profissional de Marketing de Produto tem a função de identificar o problema, o valor e a solução tecnológica para o consumidor. É sobre determinar os requerimentos de compra para que sua diferenciação é o que o consumidor mais dê valor.

Em um ciclo de vendas, você está primeiramente convencendo seu prospect do problema e apresentando uma mini-narrativa de como seu jeito de solucioná-lo é único, melhor e diferente de seus competidores.

Profissionais da área são aqueles que decompõem a narrativa. Frequentemente, a diferenciação é muito técnica, então esses profissionais tendem a trabalhar perto do time de produto. Assim como dos times que trabalham diretamente com os consumidores — Vendas, Customer Success, Suporte — para garantir que a mensagem está sendo entregue de forma consistente.

Sales Enablement

Frequentemente, empresas estão tentando descobrir como realmente vender. Elas podem contratar consultores de vendas antes de profissionais de marketing, e esses consultores fazem o seu melhor com os recursos que tem.

Quando um profissional de marketing se junta ao time, cada consultor de vendas está fazendo suas coisas de sua maneira. Não tem nenhum ponto na empresa que é capaz de traduzir tudo em uma maneira que pode ser escalável.

Como você ensina 1, 10 ou 50 consultores de vendas como vender o que é único sobre sua empresa? Onde você começa?

Uma tática inicial é pegar seus 10-20 consumidores e trazê-los para um grupo conselheiro de clientes. Pegando seus feedbacks e transformá-los em materiais e ferramentas que seus consultores de vendas que podem ajudar você a vender suas soluções.

Traga prospects para esses encontros de conselheiros para que escutem seus consumidores. Não tem nada mais valioso que cliente compartilhando seus casos e dores para seu time e seus potenciais clientes.

Sem essa função, você não vai conseguir escalar com sucesso durante o tempo ou em contratos duradouros. Isso só vai acontecer quando você sabe quais personas são seu alvo, e quando for capaz de criar conteúdo direto do seu posicionamento.

O objetivo do sales enablement é treinar seus consultores de vendas e pré-vendas para executar como máquinas. Se você se tornar bom nisso, você pode superar seus concorrentes deixando que seu consumidor organicamente chegue a conclusão que sua solução é obviamente melhor.

Ebook Times de Vendas

Desenvolvimento do Playbook

Durante o tempo, você vai recebendo feedbacks sobre seu posicionamento e sales enablement. Assim você consegue criar um padrão de jogadas escaláveis que reflitam as dores de sua persona. E se tornem em um processo de vendas que resulte na venda final.

Você está procurando por padrões e algoritmos que podem ajudar seu pipeline de vendas que se transformam em uma fórmula replicável.

Um componente disso é prestar atenção em sinais reais do mercado para determinar se você tem ou não um produto ideal para o mercado e posicionado para escalar.

Indicador que você atingiu esse ponto é quando você não precisa de seu CEO em todas as reuniões de vendas para fechar um negócio, e uma negociação pode ser fechada por alguém que não seja um especialista.

Outro componente é estar aberto para estar errado sobre seu playbook e suas hipóteses. Analisar suas negociações, sejam elas vitórias ou derrotas, podem te ajudar a refinar sua comunicação e sua estratégia.

A importância do Marketing de Produto para quem não está criando novas categorias

Marketing de Produto e uma dos papéis mais subestimados em um time de produto. Em muitos times, esse papel simplesmente não existe até que o time de vendas cresça exponencialmente e precise de conteúdo. Mas não tem a expertise técnica para elaborar relatórios de sales enablement efetivos.

Isso acontece por algumas razões primárias. Primeiramente, times de tecnologia acreditam que conhecem o seu mercado, as dores de seus usuários e acreditam que o valor da solução que oferecem é óbvio.

No entanto eles podem estar perdendo oportunidades chave do mercado se baseando em opiniões pessoais ou feedbacks limitados.

Eles podem não dar valor ao marketing, ou ter um conhecimento restrito do assunto. Como resultado, sua primeira contratação de marketing será de alguém que não tem um bom entendimento de Marketing de Produto. Podendo ser focado em trazer leads para seu funil, mas não sendo capazes de fechar um negócio.

Comece com um papel de Marketing de Produto e construa outras áreas a partir disso, como: geração de demanda, estratégia digital, conteúdo e relações públicas. Se você não tem seu posicionamento bem definido, essas outras áreas serão muito menos efetivas.

Um profissional de Marketing de Produto experiente pode ajudar seu time de produto a criar o produto certo, porque estão trabalhando diretamente com o mercado e os consumidores.

Em segundo lugar, como a função precisa ser altamente colaborativa com as funções de produto/experiência do usuário, sucesso do cliente e vendas, a função de marketing do produto geralmente precisa ser um agente de mudança dentro de uma organização.

Dependendo da equipe, conseguir a adesão das partes interessadas e estabelecer uma cadência interfuncional pode levar tempo. Por esse motivo, é um papel que não pode ser terceirizado facilmente.

Terceiro, a menos que você seja uma grande empresa em estágio de crescimento com equipes estabelecidas e disciplinas de marketing, os profissionais de Marketing de Produto tendem a assumir outras funções de marketing. Como: criar conteúdo para todas as etapas do funil do cliente, estratégia, gerenciamento de campanhas e operações de marketing, apoio a eventos de campo e esforços de marketing de parceiros e assim por diante.

Muitas vezes, os profissionais de marketing de produtos usam todos os chapéus; muitas vezes, é um papel consideravelmente exigente, mas que pode gerar um impacto significativo para o seu negócio.

Concluindo

No ramo de softwares empresariais, você tem dois objetivos principais: criar um conceito e implementá-lo. Se as pessoas acordarem de manhã e não estiverem pensando em você, provavelmente você não criou uma categoria. Se você não puder se estabelecer como um líder de categoria, alguém o fará e eles dominarão seu mercado.

Fazer com que os outros pensem no seu produto e vejam seu valor para que isso seja importante é fundamental para a criação de categorias. As empresas estão olhando para você por liderança de pensamento e narrativa. Investir em Marketing de Produto é essencial, não apenas para criação de categorias.

Também é necessário encontrar oportunidades importantes de mercado, estabelecer o ajuste do mercado de produtos, posicionar sua solução para que os clientes possam entendê-la em um contexto e criar uma estrutura escalável e repetível para o crescimento.

Serie Biblioteca de Vendas

Este conteúdo é uma tradução livre e adaptada, escrito por Jessie VanderVeen.

Anatomia do post perfeito para redes sociais

A anatomia do post perfeito: como criar uma postagem ideal para Facebook e Instagram?

Você provavelmente já se perguntou: como fazer uma postagem perfeita nas redes sociais?

Após um estudo da Quintly de mais de 10 milhões de posts, vamos mostrar para você como fazer uma postagem matadora nessas mídias.

Fazer marketing nas redes sociais nunca foi fácil. Afinal, são muitas mudanças que acontecem todos os dias e as variáveis para o sucesso são incontáveis.

Cada detalhe em uma postagem pode fazer uma diferença estrondosa em seus resultados, e eles são muitos. Formato, tamanho do texto, emojis e hashtags são apenas algumas dessas características.

Engajamento provavelmente é um dos objetivos de sua estratégia. Então saiba que tudo isso influencia diretamente no relacionamento com seus seguidores.

E você pode descobrir como utilizar desses detalhes a seu favor.

Afinal de contas, quais são os detalhes do post perfeito nas redes sociais?

Descubra com a gente a anatomia desta postagem almejada no Facebook e Instagram. É só continuar a leitura:

Construindo o post perfeito no Facebook

O Facebook, apesar da crise em que se encontra, ainda é a maior rede social do mundo e uma plataforma imprescindível para qualquer empresa.

No entanto, seu algoritmo complexo e com mudanças contrárias aos objetivos das empresas faz com que seja difícil entender como deve ser uma postagem nesta plataforma.

Isso só reforça a importância de entender a fundo o que realmente funciona.

Com análise de tamanho de texto, tipo, data, curtidas, comentários, compartilhamentos, interações, reações, emojis e hashtags, vamos entender: como construir uma postagem infalível nessa rede?

Tipo de postagem

A todo momento procuramos maneira de diversificar nossas postagens no Facebook, principalmente porque o algoritmo prioriza determinados formatos em detrimento de outros.  

Os resultados mostram que a maioria das postagens feitas na rede são links externos, seguidos por imagens e, por fim, vídeos. Como podemos ver no gráfico:

Tipo de post Facebook

É interessante notar a predominância de postagens de links, mesmo que esse formato seja o mais desvalorizado pelo Facebook. Já os vídeos, que geralmente são priorizados pela rede social, estão presentes em apenas 13% das postagens.

Isso pode ser explicado por uma simples questão logística, em qua compartilhar um link de seu blogpost, por exemplo, é mais prático do que produzir um vídeo ou uma imagem.

Por outro lado, esses dados também apontam como o conteúdo em vídeo ainda é subestimado pelas marcas, o que é muito contrastante com a média de interações que recebem quando comparada à outros tipos de postagem. Confira o gráfico abaixo:

Média de interação por tipo de post Facebook

Os vídeos claramente lideram o engajamento na rede. Levando em conta que esses formatos performam melhor e são valorizados pelo algoritmo, precisamos investir neles cada vez mais.

Uma sugestão é pensar em uma logística de produção que envolva um número menor de postagens, mas investindo recursos nos formatos mais efetivos.

Data de postagem

Qual o melhor dia para publicação?

Este é um dos detalhes que mais depende de suas personas.

É importante ressaltar que estamos conversando aqui de números gerais, já que é extremamente difícil analisar cenários muitos específicos (só você pode fazer isso com a sua marca).

E por isso, é essencial entender o que funciona para sua estratégia.

Distribuição de postagem por dia Facebook

A maioria das marcas acreditam que postar nos dias da semana trazem mais resultado, por isso, 79% das postagens analisadas são publicadas nesse período.

No entanto, será que essa percepção é real?

De acordo com a pesquisa da Quintly, não.

Mais da metade das postagens analisadas nos finais de semana tiveram resultados superiores dos dias da semana. Mas por que isso acontece?

Em certo momentos temos a ilusão que os finais de semana são marcados pelos usuários desconectados, pois estão fora de casa.

Isso pode até ser verdade em alguns casos, no entanto, no cenário em que vivemos, a conexão das pessoas é cada vez maior graças aos dispositivos móveis.

⏰ Para entender mais sobre dias e horários de postagem por setor, confira nosso post sobre horário de postagens para cada rede social.

O que é importante entendermos é qual tipo de conteúdo você compartilha em cada dia da semana.

Postar um conteúdo denso em um sábado a noite é um tiro no pé. Nesses períodos específicos é interessante pensar em conteúdos interativos e que vão gerar conversação entre amigos, colocando sua marca na boca de todos.

Tamanho do texto da postagem

Independente do formato de sua publicação, o texto de chamada é um adicional poderoso, podendo ser o ponto decisivo para um leitor investir ou não na leitura de seu conteúdo.  

Mas qual é o perfeito equilíbrio para um bom texto introdutório para seu post?

Muitas vezes menos é mais. E a maioria das publicações investem em até 150 caracteres. No entanto, às vezes até esse número reduzido poder ser demais.

Para termos uma noção mais palpável, vamos ver uma legenda de até 150 caracteres e uma de 50 caracteres para o mesmo conteúdo — no caso, o conteúdo é “Melhores horários para postagem nas redes sociais”.

  • Exemplo de até 50 caracteres:

“Domine as principais redes sociais agora mesmo.”

  • Exemplo de até 150 caracteres:

“Quer encontrar sua audiência nos momentos certos? Descubra os melhores horários para postagem nas maiores redes sociais do mundo.”

Qual exemplo é o melhor em sua opinião?

Eu, particularmente, acredito que o segundo é mais eficiente, pois introduz o conteúdo e mostra o valor dele para o leitor. No entanto, o primeiro tipo de chamada costuma engajar mais.

Como podemos ver:

Tamanho do texto Facebook

Pode parecer estranho, mas um número baseados em 10 milhões de postagens não mente.

Então precisamos buscar entendê-los e como podem ser aplicados em cada realidade.

A primeira hipótese que surge é a de que poucas pessoas realmente param para ler a chamada antes de ler um conteúdo ou visualizar uma imagem. Assim, outros elementos da publicação, como design e título do conteúdo são pontos de conversão mais eficientes.

Além disso, precisamos analisar como esses caracteres estão sendo utilizados. No exemplo que mostrei: “Domine as principais redes sociais agora mesmo:”, é difícil entender como ele performaria melhor que o segundo exemplo.

Agora se os 50 caracteres fossem usados para fazer uma pergunta, por exemplo, talvez a história seria outra.

Imagine a chamada: “Quais horários mais funcionam para vocês?”. Em apenas 41 caracteres, conseguimos incentivar o leitor a clicar no conteúdo e ainda deixar seu comentário.

Se seu objetivo é gerar interações, fazer perguntas e incentivar a participação do usuário são sempre boas apostas.

Hashtags e emojis no texto da postagem

Esses aditivos são, por muitas vezes, subestimados ou ignorados em publicações nas redes sociais.

Com pouca utilização dos mesmos, será que vale a pena o seu investimento?

Vamos analisar alguns dados antes de dar uma resposta:

Hashtags Facebook

O uso das hashtags no Facebook, como você pode ver, é mínimo. Além de pouco usadas, elas não trazem resultados significativos.

Prova disso é que postagens com nenhuma hashtag performam melhor do que aquelas que possuem alguma hashtag. Se podemos tirar alguma lição disso é que o Facebook não é o lugar para este recurso.

E os emojis? Já sabemos que eles são oportunidades para deixar o texto mais descontraído  fortalecer a conexão com usuários, principalmente os mais jovens. Mas será que eles podem ajudar a aumentar seu engajamento? Pelo visto sim, como veremos a seguir:

Emojis Facebook

Apesar da grande maioria de postagens não apresentar qualquer emoji, as que os contém se aproveitaram disso.

Como podemos ver, não postar nenhum emoji é a pior opção, sendo até mesmo melhor postar mais de 10 emojis.

Mas vá com calma! Qualquer tipo de exagero pode ser prejudicial.

Foque em postar sua chamada com 1 ou 2 emojis, como uma forma de completar seu texto e conduzir alguma reação no leitor.

A anatomia do post perfeito no Facebook

Como é então a anatomia do post perfeito no Facebook?

Texto:
Até 50 caracteres, com investimento em perguntas.
Sem hashtags e com pelo menos 1 emojis.
Formato:
Vídeos e imagens.
Data de publicação
Finais de semana.

Construindo o post perfeito no Instagram

O Instagram se posiciona cada vez mais como a melhor alternativa diante da decadência do Facebook. E cada momento nessa plataforma precisa ser gasto da melhor forma possível.

Mas como garantir o sucesso em uma rede social que cresce exponencialmente e que atrai um número gigante de empresas?

Confira as dicas a seguir!

Tipo de postagem

Diferente do Facebook, no Instagram temos menos opções de formatos de conteúdos e você com certeza vê mais imagens do que qualquer outro tipo de postagem. Confira o gráfico a seguir:

Distribuição das postagens por dia Instagram

Essa predominância não é surpresa para ninguém.

No entanto, novamente podemos perceber como ainda existe muito investimento para ser feito em conteúdos audiovisuais. Isso é ainda mais perceptível quando observamos a interação em relação ao tipo de conteúdo:  

Interações Instagram

Novamente, vídeos geram mais engajamento e não podem ser menosprezados.

Além disso, o contraste entre o número de publicações no formato de imagens e sua média de interações traz insights interessantes.

Quantas vezes você já viu uma imagem no Instagram? E quantas vezes viu um carrossel? Com certeza já viu mais fotos e imagens, certo?

Carrosséis não demandam a produção de um vídeo e geram mais engajamento que uma imagem sozinha.

Que tal começar a investir neles? Desde álbuns de fotos de eventos até o compartilhamento de algum conteúdo em diversas partes, esse formato é dinâmico e incentiva o engajamento.

Data de postagem

Quando se fala em data de postagem, temos a tendência de replicar o mesmo raciocínio que já falamos: as pessoas estão mais conectadas durante os dias da semana.

Mas podemos pensar também por uma outra ótica.

Quando você acredita que os usuários mais postam fotos e compartilham sobre suas vidas?

Quando estão fora de casa, ou seja, majoritariamente nos finais de semana. Isso significa que eles estão conectados no Instagram principalmente nesses dias.

Distribuição das postagens por dia Instagram

Apesar de o gráfico indicar a predominância de postagens durante a semana, os dados de engajamento dizem outras coisas. Postagens durante o final de semana tem um bom número de interações, até mesmo maior que nos dias da semana.  

Isso pode ser um ponto que reforça nossa teoria acima ou simplesmente mostra que as empresas estão conseguindo distribuir bem seus tipos de conteúdo, com postagens mais leves e divertidas aos sábados e domingos, e mais teóricas e densas durante a semana.

Tamanho do texto da postagem

Escrever uma legenda para uma foto no Instagram pode parecer uma tarefa simples, mas ela está totalmente ligada ao seu sucesso.

Afinal, ela é o que os usuários utilizam para entender melhor a imagem e seu contexto.

Geralmente o tamanho de texto vai de 0 a 150 caracteres, com uma surpreendente grande incidência para a ausência de textos.

Ou seja, muitas empresas estão compartilhando conteúdo sem nenhuma chamada. Mas será que essa é uma boa estratégia?

Tamanho do texto Instagram

Se julgarmos pela média de interações, podemos concluir que não é a pior das estratégias. Afinal, só perde para textos de 1 a 50 caracteres.

Já sabemos então que menos é mais, mas o número exato vai depender do seu conteúdo. O quanto ele se explica por si só?

No entanto, existe um outro detalhe fundamental para prestar atenção no Instagram: as hashtags.

Hashtags e emojis no texto da postagem

Hashtags são um dos principais pontos do Instagram, principalmente se sua marca quer ganhar visibilidade.

Apesar de os números mostrarem uma boa média de interações para postagens com nenhuma hashtag, ela não considera o considerável aumento de visibilidade que uma postagem pode ganhar a partir do uso correto das hashtags.

Hashtags Instagram

Invista em pelo menos três hashtags importantantes para sua empresa e área de atuação.

Aqui na Rock temos pelo menos três que sempre utilizamos: #marketingdigital, #rockcontent e #marketingdeconteudo. E, dependendo da postagem, investimos em hashtags relacionadas a ela.

E quanto ao uso de emojis? Temos um cenário semelhante ao do Facebook, no qual existe pouco investimento em emojis.

No entanto as postagens com mais de dez emojis, apresentam os maiores números de interações, seguido por aquelas com um a três emojis, o que consideramos o ideal.

Pense em seu público e tente utilizar um emoji para simular a reação que você espera que ele tenha ao visualizar seu conteúdo.

A anatomia do post perfeito no Instagram

A anatomia do post perfeito não é muito diferente do Instagram para o Facebook. Mas como ela é?

Texto:
De 0-150 caracteres.
De uma a 5 hashtags e com uso moderado de emojis.
Formato:
Vídeos e carrosséis.
Data de publicação
Finais de semana.

Apesar de falarmos sempre da postagem perfeita, queremos deixar claro que ela existe somente para os números. Perfeito é aquilo que funciona para sua estratégia.

De nada adianta você seguir todos esses dados e esperar os mesmos resultados, sua estratégia é sua e deve ser única. Seu público possui seus próprios hábitos e você deve sempre levar o comportamento dele em conta.

Este conteúdo é uma forma de guiar seus esforços e ajudar você a entender as melhores práticas de forma geral. Tenho certeza que algum desses detalhes vai funcionar para você também e é isso que esperamos.

Esses dados foram extraídos do relatório da Quintly que analisou mais de 10 milhões de postagens. Confira o relatório completo aqui.

Se você quiser aprofundar ainda mais seus estudos sobre marketing em redes sociais, recomendo nosso ebook completo sobre o assunto!

Kit Marketing nas Redes Sociais

Melhores horários de postagem em cada rede social

Melhores horários de postagem para Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn em 2018

Você já sabe que as redes sociais são fundamentais para sua estratégia. Mas como coordenar suas postagens e publicar em horários estratégicos para conseguir engajamento? Neste post indicamos os melhores horários de postagem para Facebook, LinkedIn, Instagram e Twitter. Confira!


(Clique no player para o ouvir a narração do nosso post! Deixe nos comentários o que achou.)

Você trabalhou duro em sua postagem para as redes sociais, mas você tem noção de quantas pessoas vão realmente engajar com ela?

Descobrir os melhores horários de publicação resulta em mais do que só fazer alguns cliques se tornarem dezenas. Esses dados vão te ajudar a entender seu público de maneira profunda.

E se você acha que os melhores horários são os mesmos em todas as mídias, você está terrivelmente enganado. Seus potenciais seguidores são diferentes em cada rede e até mesmo em cada setor do mercado, e entender isso demanda mais estudo do que você imagina.

No entanto, é importante saber que não existe um horário perfeito para resolver seus problemas de engajamento.

Neste post vamos mostrar através de mapas de temperatura o comportamento do público em cada uma das redes sociais.

Quer saber como melhorar seus resultados e encontrar seu públicas nessas mídias? Continue conosco:

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Melhores horários para postar no Facebook

O Facebook ainda reina no mundo das redes sociais, com mais de 1.4 bilhões de usuários ativos todos os dias.

Além disso, é também a principal escolha para as empresas, sendo que 93% de profissionais de marketing usam a plataforma regularmente.

O que isso significa para sua marca?

Não é tão fácil atingir seus consumidores.

Ainda mais com as mudanças no algoritmo do Facebook, nas quais os usuários veem mais postagens de seus amigos e família em vez de páginas empresariais.

As marcas ainda conseguem engajamento orgânico, no entanto, muitas vezes atiram no escuro esperando que tudo dê certo.

Com esses dados conseguimos tirar insights importantes para que empresas consigam mais engajamento em suas páginas no Facebook.

Dados importantes

  • Os melhores horários para postar no Facebook são Quartas das 12:00h as 14:00h e Quintas das 13:00h às 14:00h.
  • Quinta-feira é o melhor dia da semana para publicar no Facebook.
  • Os horários mais certeiros para postagem incluem dias da semana de 10:00h até as 15:00h.
  • Sábado é o dia com menor oportunidade de engajamento.
  • Períodos entre 17:00h e 19:00h e horários bem cedo na manhã não são bons se seu objetivo é engajamento.

Melhor horário Facebook

Se os dados nos mostram algo é que engajamento consistentemente tem seus picos durante dias da semana e em horários perto do meio dia.

Para muitos usuários é o horário de almoço, o que significa maior tempo para usar seus celulares, navegando pelas redes sociais.

Em contrapartida, finais de semana tendem a ser horários mais pobres para engajamento.

A maioria das pessoas estão fora nesses dias, principalmente aos sábados. Não espere engajamento quando sua audiência está mais ocupada.

A maior rede social do mundo está passando por situações adversas, no entanto, ela ainda é a mais importante para as marcas, sendo um poço de oportunidades para sua empresa. E para entender como se aproveitar dessas oportunidades, recomendo alguns materiais:

APRENDA COMO TER SUCESSO NO FACEBOOK
Marketing no Facebook: um guia completo para sua empresa atuar na rede social
O Guia Prático do Facebook Ads: aprenda a usar a plataforma e criar campanhas incríveis
Como otimizar suas conversões com Facebook Ads: torne seus resultados exponenciais

Melhores horários para postar no Facebook para empresas sem fins lucrativos

Para empresas sem fins lucrativos, o Facebook é uma ótima maneira de gerar visibilidade para eventos e ampliar o alcance atualizações de sua organização.

  • Os melhores horários são Quartas e Sextas às 14:00h.
  • Outros horários de engajamento alto incluem Segundas às 9:00h, Terças às 18:00h, Quintas às 10:00h e 12:00h e Sextas às 9:00h e 11:00h.
  • Os horários mais seguros para postagens são de 9:00h até 16:00h em dias da semana.
  • Domingo é o dia com menor engajamento.
  • Finais de semana e Segundas possuem menos engajamentos para organizações sem fins lucrativos.

Melhor horário Facebook Não Lucrativo

Melhores horários para postar no Facebook para Instituições de Ensino

Seja para alcançar antigos alunos ou novos estudantes, o Facebook é uma plataforma essencial para a visibilidade de instituições de ensino. Vamos entender então, como as pessoas engajam com empresas de educação no Facebook:

  • Escolas recebem o maior índice de engajamento Quinta às 14:00h e 15:00h.
  • Geralmente Terças e Quintas de 11:00h e 17:00h são os horários mai certeiros para se postar.
  • Sextas e finais de semana geram menos engajamento.
  • Engajamento tem seu pico em alguns horários noturnos nos finais de semana.

Melhor horário Facebook IES

Fazer marketing para instituições de ensino não é tão simples assim. Mas se você quiser saber como transformar seus resultados com esse tipo de estratégia, confira nosso ebook completo sobre o assunto.

Melhores horários para postar no Facebook para a Área da Saúde

Mais da metade das marcas de saúde possuem um perfil no Facebook. Essa indústria demanda organizações serem mais presentes nas redes sociais. Esperamos que esses dados consigam te ajudar a alcançar sua audiência de forma mais efetiva nessa plataforma.

  • O melhor horário para publicação no Facebook para essas empresas é Sexta-feira ao meio-dia.
  • Outros horários com alto engajamento são Segunda às 14:00h, Quarta de 12:00h até às 13:00h, Quinta às 14:00h e 19:00h até 20:00h e Domingo entre 12:00h e 14:00h.
  • Sábado tem o menor índice de engajamento para marcas do ramo da saúde.

Melhor horário Facebook Saúde

Melhores horários para postar no Facebook para o setor de Tecnologia

Enquanto o alcance do Facebook cai cada vez mais é cada vez mais importante do que nunca saber os melhores horários para publicação. E isso não é diferente para o ramo da tecnologia. E confira o que descobrimos:

  • Os melhores horários para postar são Segundas às 12:00h e Terças de 10:00h até 12:00h.
  • Geralmente bons horários para publicação são entre 8:00h e 16:00h nos dias de semana.
  • Empresas de tecnologia tem pouco engajamento no Facebook aos Sábados.
  • Engajamento cai consideravelmente bem cedo nas manhãs e à noite todos os dias.

Melhor horário Facebook tecnologia

Melhores horários para postar no Facebook para Varejo

Não importa se você está vendendo online ou em lojas físicas, o Facebook pode ser uma grande ferramenta de aquisição para garantir negócios e gerar visibilidade. Para empresas de bens de consumo, confira os melhores horários para atingir seus consumidores:

  • Os melhores horários para postar no Facebook para empresas de bens de consumo é Terça às 14:00h e Sexta às 11:00h.
  • Outros horários de grande engajamento são Quartas de 11:00h até 15:00h, Quintas às 16:00h e Sextas de 10:00h até 15:00h.
  • Dias da semana de 10:00h até 18:00h (horários comerciais) são horários seguros para se postar.
  • Finais de semana tem os menores índices para empresas do ramo.

Melhor horário Facebook Varejo

Melhores horários para postar no Instagram

Mais de 80% das empresas brasileiras estão no Instagram, de acordo com a Social Media Trends, e esse número só cresce anualmente.

Acesse o relatório completo da Social Media Trends 2018.

Com imagens de alto engajamento e vídeos de tirar o fôlego, o Instagram é o rei do conteúdo visual.

No entanto, existe um problema.

Assim como o Facebook, está cada vez mais difícil alcançar seu público organicamente e conseguir estar à frente do algoritmo dessa rede social.

Com a importância dessa mídia para os negócios e sua presença na vida dos usuários online, você provavelmente quer saber os melhores horários para ser certeiro em sua estratégia, certo?

Se você ainda não está convencido, saiba que o Instagram é a rede preferida de 47% dos usuários de redes sociais (dado também da Social Media Trends 2018).

Além disso, não podemos subestimar o poder dessas mídias para a geração de oportunidades de negócios. Então vamos contar o que foi descoberto:

  • Os melhores horários para se postar no Instagram são Quartas às 15:00h, Quintas às 5:00h, 11:00h, 15:00h às 16:00h e Sextas às 5:00h.
  • Quinta é o melhor dia para se postar no Instagram.
  • Os horários mais seguros para postagem vão de Terças às Sextas de 9:00h até às 18:00h.
  • Domingo é o dia com pior engajamento para o seu Instagram.

Melhor horário Instagram

Podemos tirar alguns insights interessantes e até mesmo surpreendentes com esses dados.

Para começar, alguns dos horários de maior engajamento são no final da madrugada, às 5 da manhã.

Um horário extremamente inusitado, mas que pode ser justificado por aquelas pessoas que acordam cedo e tem como o hábito checar o Instagram assim que acordam.

Outros bons horários de engajamento são nos meios da tarde durante dias da semana, o que caracteriza usuários que frequentemente olham suas redes sociais para se dispersar um pouco da rotina e o cansaço do dia.

Ao contrário do que podemos pensar, finais de semana não são tão piores para engajamento quanto dias da semana.

Na verdade, mesmo fora de casa, as pessoas usam seus celulares e estão altamente conectadas. Apesar disso, o engajamento cai bastante nas manhãs de Domingo e Segunda.

Atualmente é imprescindível para qualquer empresa estar nessa rede e saber como se portar nela. Afinal, o Instagram é considerado por muito a rede do futuro.

Pensando nisso, indico dois materiais para performar bem na rede:

COMO OBTER SUCESSO PARA SUA EMPRESA NO INSTAGRAM
Marketing no Instagram: aprenda a posicionar sua marca para obter e resultados
Como obter resultados orgânicos no Instagram? Aprenda a performar na rede sem anúncios

Melhores horários para postar no Instagram para empresas sem fins lucrativos

Várias empresas sem fins lucrativos vem utilizando o Instagram para representar visualmente sua organização. Já conseguimos adiantar que os melhores horários para esse setor são parecidos com os gerais da plataforma.

  • O melhor horário para publicações é entre às 10:00h e 14:00h nas Sextas.
  • Outros horários de alto engajamento: Terças 15:00h e 21:00h, Quartas 15:00h às 16:00h, Quintas 14:00h às 15:00h e Sextas às 10:00h.
  • Os horários mais seguros para publicação são em dias da semana de 12:00h até 17:00h.
  • Sábado tem o menor índice de engajamento.

Melhor horário Instagram sem fins lucrativos

Melhores horários para postar no Instagram para Instituições de Ensino

Empresas do ramo de educação tem muitas oportunidades para engajar com seus aluno e ex-alunos com uma rede tão visual como o Instagram. Os melhores horários para publicação são:

  • O melhor horário para postar no Instagram é Segunda-feira às 20:00h.
  • Segunda é o dia com maior engajamento.
  • Os horários mais seguros são dias de semana de 11:00 às 16:00.
  • Domingo tem os menores índices de engajamento.

Melhor horário Instagram IES

Melhores horários para postar no Instagram para a Área da Saúde

Organizações desse setor estão perdendo oportunidades incríveis de engajar com seus consumidores e mostrar histórias inspiracionais se não estiverem no Instagram. Imagens e vídeos são conectam com os usuários de forma sincera e são imprescindíveis nessa indústria.

  • O melhor horário para publicação é Terça-feira às 13:00h.
  • Terça é o melhor dia para publicações de marcas desse setor.
  • Os horários mais certeiros para postagens vão de 9:00h até às 16:00h de Terças às Sextas.
  • Finais de semana não geram tanto engajamento para essas empresas no Instagram

Melhor horário Instagram Saúde

Melhores horários para postar no Instagram para o setor de Tecnologia

Empresas de tecnologia geralmente tem dificuldade em visualizar sua marca através das redes sociais. No entanto, existem muitas maneiras delas fazerem isso de forma efetiva. Pegar inspiração das melhores marcas no Instagram é um bom começo.

Esses são os melhores horários para essas empresas:

  • O melhor horário é às 10:00h da Quarta-feira.
  • Quinta é o melhor dia para postagens nessa rede por esse tipo de empresa.
  • Os horários mais seguros são de 10:00h até 17:00h de Quarta até Sexta.
  • Domingo é o dia que gera menos engajamento.

Melhor horário Instagram Tecnologia

Melhores horários para postar no Instagram para Varejo

Com a introdução das lojas no Instagram, empresas de bens de consumo tem oportunidade de vender mais facilmente seus produtos. Por isso, é importante saber quando você terá possíveis compradores visitando o aplicativo.

  • Os melhores horários são 11:00h e 13:00h do Sábado.
  • Quartas tendem a ser os dias com engajamento mais consistente.
  • Poste todos os dias entre 10:00h e 15:00h, esses são os melhores horários.
  • Segunda-feira é o dia com menos engajamento.

Melhor horário Instagram Varejo

Melhores horários para postar no Twitter

Com mais de 350.000 tweets sendo enviados a cada minuto, conseguir engajamento no Twitter pode parecer impossível, mas não é.

Profissionais de Marketing Digital precisam ser inteligentes sobre como e quando atingir seus públicos.

Ainda existe muitas oportunidades para marcas nessa plataforma. Ela ainda é uma das redes sociais com mais chances de interação com seu público de maneira rápida, garantindo uma boa experiência do usuário.

  • O melhor horário é entre 9:00 e 10:00 da Sexta-feira.
  • Sexta é o melhor dia para postar no Twitter.
  • Poste em dias da semana de 10:00h até 12:00h, esses são os horários mais seguros.
  • Domingos de manhã recebem menos engajamento.

Melhor horário Twitter

Engajamento no Twitter não morre nos finais de semana. Pelo contrário, alguns do maiores índices acontecem nas tardes de sábado. Muito provavelmente pelo tempo livre dos usuários nesse períodos.

Além disso, o engajamento vai até tarde da noite quase todos os dias da semana, o que mostra o potencial do Twitter de atuar como uma segunda uma segunda tela, em que os usuários comentam os programas que estão vendo durante a noite.

O Twitter, mesmo que não tão grande quanto Facebook ou Instagram, é uma ferramenta poderosa para sua empresa. Quer saber mais sobre como atuar nela? Baixe nosso guia completo sobre essa rede.

Marketing no Twitter

Melhores horários para postar no Twitter para empresas sem fins lucrativos

Empresas sem fins lucrativos se apoiam em suas comunidades, e por isso o Twitter faz tanto sentido para essas organizações. Seja para arrecadações, eventos próximo ou atualizações, essa é uma ótima plataforma para essas instituições.

  • Melhores horários incluem Terças ao meio dia e Sextas de 11:00h até 12:00h.
  • Outros horários de engajamento notável são de 10:00h às 14:00h nas Terças, Quintas e Sextas.
  • Os horários mais seguros são de Segunda a Sexta de 10:00h às 16:00h.
  • Domingo é o dia com menor engajamento.

Melhor horário Twitter sem fins lucrativos

Melhores horários para postar no Twitter para Instituições de Ensino

Muitas universidade e escolas usam do Facebook para mostrar novidades e um pouco de de seus dias a dia. E com a velocidade que o Twitter muda e a quantidade de tweets que a plataforma recebe é essencial saber quando sua audiência vai estar online.

  • Os melhores horários para postar no Twitter para educação são Segundas de 15:00h até às 19:00h e Sábado às 15:00h.
  • O melhor dia é a Segunda-feira.
  • Os horários mais seguros são de Segunda a Sexta de 9:00h até 13:00h.
  • Finais de semana tem muito engajamento, mas Domingo ainda é um dos piores dias.

Melhor horário Twitter IES

Melhores horários para postar no Twitter para Área da Saúde

Assim como qualquer negócio, empresas nesse ramo precisam se comunicar e engajar com seus seguidores no Twitter.

  • Os melhores horários para postagem no Twitter é Quarta de 11:00h até 13:00h.
  • O melhor dia para postar é Quarta-feira.
  • Os horários mais seguros para postagem vão de Segunda à Sexta de 9:00h até 16:00h.
  • Domingos tem os piores índices de engajamento, mas tem números consideráveis às 14:00h e às 17:00h.

Melhor horário Twitter Saúde

Melhores horários para postar no Twitter para setor de Tecnologia

Twitter e tecnologia andam lado a lado, mas e quando falamos de engajamento? Empresas da área tendem a utilizar suas contas na plataforma para atendimento ao cliente e para alcançar consumidores mais rapidamente.

  • O melhor horário para postar no Twitter é Sexta de 8:00h até 9:00h.
  • Sexta-feira é o melhor dia para empresas de tecnologia no Twitter.
  • Horários seguros vão de Terça à Sexta de 8:00h até às 16:00h.
  • Domingo, novamente, é o pior dia para engajamento.

Melhor horário Twitter tecnologia

Melhores horários para postar no Twitter para Varejo

Vender no Twitter é depender de bons CTA’s para conversão e landing pages ainda melhores. No entanto, é sempre útil saber quando seus usuários estarão ativos na plataforma.

  • O melhor horário para postar é às 13:00h do Sábado.
  • O melhor dia para empresas de bens de consumo é o Sábado.
  • Poste entre 13:00h e 15:00h em qualquer dia da semana.
  • Domingos não são dias tão bons, mas às 11:00h e de 13:00h às 16:00h tem altos índices de engajamento.

Melhor horário Twitter Varejo

Melhores horários para postar no LinkedIn

Vamos falar a verdade, seus potenciais consumidores não estão fazendo filas para te ver no LinkedIn. E isso faz todo o sentido.

LinkedIn é a maior rede profissional do mundo, tanto é que temos o Curso de Marketing Pessoal no LinkedIn da Universidade Rock Content.

Ele é o canal perfeito para conectar líderes da indústria, conquistar advogados de sua marca e compartilhar dicas de carreira relevantes.

A plataforma também é ótima para encontrar conteúdo valioso, atrair e encontrar futuros colaboradores para sua empresa e compartilhar histórias relacionadas ao mercado.

Comparado com as outras redes sociais o LinkedIn tem números de engajamento muito mais tímidos. Vamos ver o que foi descoberto:

  • O melhor horário para postagem no LinkedIn é Quarta-feira de 15:00h às 17:00h.
  • Quarta é o melhor dia para postagem no LinkedIn.
  • Os números de engajamentos variam por dia, mas de Terças às Quintas eles são maiores.
  • Sexta até Segunda não é um período favorável para engajamento.

Melhor horário LinkedIn

Basicamente os melhores horários e dias são os comerciais, com destaque para as tardes.

Ao contrário de outras redes, o LinkedIn é bastante utilizado por profissionais durante seus expedientes, e pode ser um ótimo passo para entender os hábitos de uso das redes dessas pessoas.

Além disso, você pode entender como sua marca desse atuar nessa rede, com nosso ebook!

marketing no linkedin ebook
Como você pode perceber, os horários que funcionam para cada rede social são bem variadas.

E, por mais que existam boas práticas e indicações de melhores horários para publicação, não existe fórmula mágica para engajar seu público.

Muito pelo contrário, se conectar com seus consumidores vai muito além de um horário de publicação.

Existem formatos de postagem, tom de voz, a percepção de sua marca e como você se relaciona todos os dias com seus seguidores.

Tudo isso representa muito mais sobre a relação de sua empresa com os usuários de redes sociais.

Se você quiser saber muito mais sobre como isso é possível, e tudo sobre marketing nas redes sociais é só baixar nosso material completo sobre o assunto.

Marketing nas redes sociais

Este conteúdo é uma tradução livre e adaptada deste post, escrito por Alex York no blog da Sprout Social.