Balanced Scorecard

Entenda o que é Balanced Scorecard (BSC) e como aplicar este framework no marketing da sua empresa

Balanced Scorecard — BSC é uma metodologia de gestão estratégica que permite medir o progresso de uma empresa em relação às suas metas de longo prazo. Entenda mais!

Para melhorar algo, é preciso medir suas variáveis. Esse princípio básico de gestão se aplica a praticamente qualquer situação de uma empresa, e é nesse contexto que o Balanced Scorecard (BSC) atua.

Esse conceito estratégico permite que as empresas entendam como devem ir, estabeleçam objetivos e definam iniciativas estratégicas. Por isso, além de entender o que é o BSC, é preciso saber quais são os seus benefícios para as organizações e como ele se aplica dentro de diversas perspectivas.

Continue a leitura deste artigo e entenda quais são os principais componentes a serem analisados e em quais situações o BSC costuma ser mais aplicado. Ah, e é claro, saiba como implementar a metodologia na prática, interpretando e analisando os dados da forma correta.

O que é o Balanced Scorecard (BSC)?

Balanced Scorecard — BSC é uma metodologia de gestão estratégica que permite medir o progresso de uma empresa em relação às suas metas de longo prazo. Isso é feito a partir de uma estratégia que é traduzida em objetivos, metas, indicadores e iniciativas estratégicas.

O conceito foi criado por David Norton e Robert Kaplan, dois professores renomados da Universidade de Harvard. O objetivo deles era apresentar um modelo de gestão estratégica que permitisse definir objetivos e medir resultados, porém, fugindo do uso tradicional de indicadores financeiros, de mercado ou faturamento. Em 1992, a partir da publicação do artigo “O Balanced Scorecard: medidas que impulsionam o desempenho”, Norton e Kaplan ganharam reconhecimento tanto no meio acadêmico, quanto no empresarial.

Desde então, o BSC é uma das metodologias mais respeitadas quando se trata de medição de desempenho, definição de estratégias e planejamento nas organizações. É aplicado nos mais diversos contextos, de cervejarias artesanais até grandes corporações multinacionais, passando por e-commerces e negócios menos convencionais.

Quais são os principais benefícios da utilização do BSC?

Por meio do BSC o administrador consegue entender claramente quais são os objetivos de sua estratégia e, assim, definir as iniciativas estratégicas que devem ser executadas. Conheça os principais benefícios observados!

Clareza estratégica

A partir da utilização do BSC, a organização tem clareza de seus macro-objetivos. Pode parecer algo básico, mas muitas empresas atuam sem saber exatamente aonde querem chegar. Ao conquistar essa visão clara e específica, fica muito mais fácil tomar ações práticas condizentes com os resultados desejados. Faz sentido, não é?

Definição tática

Como mencionamos, depois de ter clareza estratégica, a organização tem muito mais facilidade para definir quais iniciativas deverá tomar. Na prática, os objetivos se desdobram em ações operacionais. Em vez de “atirar para todos os lados”, a companhia foca naquilo que realmente trará resultados.

Mensuração

Medir os avanços é o primeiro passo para que a empresa saiba se realmente está caminhando rumo aos objetivos desejados. Como dizia Peter Drucker, o pai da Administração, “aquilo que não é medido não pode ser melhorado”. A mensuração permitida pelo Balanced Scorecard aumenta os resultados.

Outras vantagens da utilização do BSC incluem:

  • melhor visualização do futuro;
  • execução de planos de ação;
  • melhoria contínua da qualidade;
  • facilitação da comunicação e feedback entre a equipe;
  • alinhamento dos indicadores-chave com os macro-objetivos;
  • possibilidade de ajustar e corrigir planos de ação;
  • estímulo da cultura de aprendizado.

E então, gostou de conhecer os benefícios do Balanced Scorecard? Para implementá-lo na sua organização, o ideal é compreender suas bases.

Como funciona o Balanced Scorecard?

O BSC é baseado em 4 componentes estratégicos (objetivos, metas, indicadores, iniciativas) e 4 perspectivas (financeira, dos clientes, processos internos, aprendizado e crescimento). Entenda o que elas representam.

Os 4 componentes estratégicos do BSC

Para que as perspectivas do BSC sejam corretamente aplicadas, é fundamental saber como definir as estratégias com base nos componentes. São eles:

  • objetivos: definem o que a organização deseja alcançar em cada perspectiva estratégica, por exemplo, no Marketing;
  • indicadores: mostram o desempenho de acordo com cada objetivo escolhido;
  • metas: representam o nível de performance desejado em cada indicador;
  • iniciativas ou projetos estratégicos: são as ações e intervenções que devem ser executadas para que a empresa atinja as metas de desempenho definidas.

Como você pode perceber, o Balanced Scorecard procura detalhar cada estratégia até chegar ao nível operacional. Assim, a companhia ganha clareza sobre o que deve ser feito para alcançar os objetivos desejados.

Se você tem um objetivo de aumentar o market share, por exemplo, ele pode se desdobrar em indicadores e metas de vendas, geração de leads, tráfego etc. As iniciativas podem envolver desde a produção de conteúdo e campanhas de Marketing Digital, até o treinamento da equipe de vendas e implementação de CRM.

Além disso, é fundamental lembrar da importância de medir cada resultado. A definição correta dos indicadores, juntamente de sua mensuração, permite que se descubra se os esforços estão sendo empregados corretamente. Ou seja, o próprio processo de aplicação do BSC traz os aprendizados necessários para ajustar as direções tomadas dentro do método.

Normalmente, isso que você acaba de aprender (objetivos, indicadores, metas e iniciativas) é aplicado nas 4 perspectivas do Balanced Scorecard.

Aqui no blog temos outros conteúdos sobre métodos, estratégia e gestão, quer ver só?
👉 Esqueça o BANT: descubra o GPCT, BA e CI e consiga melhores vendas!
👉 Canvas: o que é, como montar e template para download
👉 Análise SWOT ou Matriz F.O.F.A.: o que é e como fazer [templates]
👉 Ferramentas de gestão: quais são as principais e como usá-las

As 4 perspectivas do Balanced Scorecard

As perspectivas nada mais são do que áreas de implementação do Balanced Scorecard. Um dos princípios do BSC é que esses diferentes aspectos devem ser trabalhados de forma integrada, ajudando uns aos outros.

Perspectiva Financeira 

Essa perspectiva analisa os impactos que as decisões estratégicas têm sobre as metas. É preciso que a empresa tenha objetivos financeiros a longo prazo, conectando-os a um plano de ação que se ligue aos processos financeiros, aos clientes, aos processos internos, além dos colaboradores e sistemas.

Aqui, os indicadores financeiros são importantes para mostrar se a companhia está na direção certa. Por isso, apesar de o BSC ir além das métricas de finanças, é interessante observar a lucratividade, o faturamento e o aumento de valor.

Perspectiva do Cliente

Essa perspectiva considera tanto a participação da empresa no mercado, quanto a satisfação dos clientes. Para isso, é importante identificar os stakeholders e definir os resultados que serão avaliados, como fidelização, satisfação, rentabilidade, aquisição e participação de mercado.

Essa é a área que pensa em características do produto ou serviço (qualidade, funcionalidade, preço), relação com o cliente (relacionamento e experiência de compra), imagem e reputação. Sendo assim, é importante compreender a visão que os clientes têm da empresa.

Perspectiva dos Processos Internos

A qualidade dos processos internos é o foco desta perspectiva, tanto em termos de inovação, quanto de operação e pós-venda. Na prática, isso pode se traduzir em indicadores como produtividade, custo, tecnologia e tempo de desenvolvimento. O ideal é buscar constantemente a excelência dos processos, implementando melhorias e reparando erros ou danos.

Perspectiva do Aprendizado e Crescimento

Essa perspectiva avalia a satisfação interna dos colaboradores. Aqui, é válido observar ativos intangíveis, como engajamento, capacitação e satisfação. Além disso, pode ser interessante medir a rotatividade de colaboradores e os treinamentos implementados. Também entram nessa área os objetivos e medidas de infraestrutura que se mostrarem necessários para atingir resultados com a equipe.

Agora que você já conhece as bases do BSC, que tal conferir algumas dicas de como aplicá-lo em sua organização?

Como aplicar o Balanced Scorecard em uma empresa?

Os autores Kaplan e Norton definiram quatro processos de gerenciamento importantes para a implementação do Balanced Scorecard.

Traduzir a visão e estratégia

Esse passo tem a função de traduzir a visão empresarial em uma estratégia propriamente dita. Por exemplo, traduzir o posicionamento de marketing em estratégias para que o consumidor tenha a mesma percepção.

O processo deve ser realizado com todos os colaboradores da empresa, já que isso torna o processo mais claro e focado, sendo trabalhado constantemente pela comunicação interna. Portanto, comece clareando a visão e estabelecendo um consenso. Depois, transforme essa visão em estratégia.

Comunicar e vincular 

O sucesso do BSC depende do engajamento da equipe em relação ao plano de ação. Por isso, comunicar é de extrema importância. Nesse caminho, provavelmente será necessário educar os colaboradores em relação à metodologia e ao plano de ação. Faça isso e vincule recompensas aos indicadores de desempenho.

Planejar e fixar objetivos

Para alcançar qualquer objetivo organizacional, é necessário ter certos recursos disponíveis, certo? Eles podem ser financeiros, humanos ou de infraestrutura.

Do que você necessita para executar o plano de marketing, por exemplo? Pessoas? Verba? Capacitação? Ferramentas de automação?

O controle do orçamento permitirá reservar ou adquirir esses recursos para que os objetivos sejam atingidos. Portanto, com os objetivos fixados, aloque dinheiro, materiais ou pessoas conforme o que foi planejado no alinhamento estratégico.

Dar feedbacks 

Os feedbacks são fundamentais para o crescimento e aprendizado. Mais do que uma implementação pontual, a gestão estratégica é um processo contínuo que precisa ser constantemente aprimorado para funcionar. Com isso em mente, estabeleça processos de feedback estratégico para os funcionários, pois isso permitirá avanços constantes.

Por fim, como vimos, aplicar o Balanced Scorecard na sua empresa traz inúmeros benefícios. Para isso, é preciso respeitar os princípios e fundamentos do método, porque eles serão os responsáveis por sustentar toda a aplicação das estratégias. Além disso, lembre-se da importância da mensuração de resultados, que deve estar sempre presente para gerar melhorias contínuas.

Gostou deste artigo sobre o Balanced Scorecard? Ótimo! Então confira também o nosso conteúdo completo sobre Marketing e Vendas de alta performance e saiba como gerar resultados com o seu negócio!

CTA planilha métricas mensais de marketing e vendasPowered by Rock Convert

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo