Sistema de gestão: quais as vantagens e como escolher o melhor para seu negócio

Saiba como se decidir entre Blogger ou WordPress ao criar o seu blog

Blogger ou WordPress: qual desses Sistemas de Gerenciamento de Conteúdo é o ideal para as necessidades do seu negócio e do seu blog? Descubra a resposta conferindo as principais vantagens e desvantagens de cada uma dessas plataformas.

Garantir uma boa presença online já deixou de ser um diferencial e se tornou uma necessidade para toda e qualquer marca. Um dos caminhos para garantir isso é contar com um site institucional bem estruturado e com um blog educativo atualizado periodicamente.

Ao decidir criar um blog, é comum que as pessoas se deparem com diferentes opções de CMSs (ou Sistemas de Gerenciamento de Conteúdo). Tratam-se de ferramentas que permitem a otimização de sites e blogs mesmo para quem não tem conhecimento em programação, como Blogger ou WordPress.

criar blog gratuitamente

Por serem dois dos mais populares nessa categoria, apresentaremos aqui as principais vantagens e desvantagens de cada um deles. Vem com a gente!

O que é um Sistema de Gerenciamento de Conteúdo (CMS)?

Content Management System é uma plataforma que possibilita o gerenciamento de conteúdos em um blog ou site de forma simplificada.

Em geral, ele reduz necessidade de envolvimento de profissionais com habilidades em programação, o que garante agilidade à atualização de conteúdos. Assim, é possível adicionar imagens, textos e até novas páginas a um site de maneira rápida e simples.

Muitos dos CMSs disponíveis hoje no mercado têm versões pagas e gratuitas, como o Blogger ou WordPress. Eles fornecem templates que podem ser customizados de acordo com as necessidades do seu negócio e, claro, com os seus conhecimentos em programação.

Essas plataformas costumam oferecer um bom custo-benefício, considerando os valores que praticam e as muitas possibilidades que oferecem. Você pode personalizar seu domínio, ter um layout interessante e ainda trabalhar o SEO do seu site de forma muito mais simplificada.

Quais as vantagens do Blogger?

Criado em 1999, o Blogger é atualmente uma ferramenta CMS para criação e gerenciamento de blogs do Google — a compra foi feita em 2003. Apesar de estar entre as ferramentas mais utilizadas, a popularidade dessa plataforma vem caindo e, atualmente, é responsável por apenas 1% de todos os sites online.

Fácil e rápido

Criar um site do zero é muito simples e fácil se você optar pelo Blogger. Tudo que você precisa é de uma conta no Google. Depois disso, o painel em português também facilita o setup inicial.

100% gratuito

A gente não queria dar spoilers, mas essa talvez seja a principal vantagem do Blogger com relação ao WordPress. Como a hospedagem e o domínio são fornecidos pelo Google, você realmente não precisa arcar com nenhum custo — acompanhe o texto para saber mais sobre o WordPress.

Integração com Adsense

Por ser uma ferramenta do Google, algumas integrações com outras plataformas da rede também são bastante vantajosas. Entre elas, o Google AdSense, que facilita a inclusão de anúncios de outras marcas no seu site.

Um plugin do Google Analytics também pode ser facilmente instalado, possibilitando o acompanhamento de estatísticas sobre seu site em tempo real.

Curso Blogs Corporativos

Quais as desvantagens do Blogger?

Ainda que ofereça benefícios, o Blogger tem diversas limitações. A maioria delas diz respeito ao seu código fechado e ao fato de você não ter controle sobre a hospedagem. Entenda mais a seguir sobre essas desvantagens.

Personalização precária

A falta de flexibilidade do Blogger faz com ele não seja tão customizável. Assim, é difícil criar sites realmente atraentes. Você fica limitado às opções de templates disponibilizadas pela plataforma, que também não oferecem uma grande variedade entre si.

Upload e gerenciamento de arquivos

Não são todos os tipos de arquivos que o Blogger suporta. Você pode vir a ter problemas se precisar hospedar algum documento em PDF, por exemplo. Além disso, como o seu site fica hospedado nos servidores do Google, não é possível gerenciar nem modificar os arquivos do site.

Falta de credibilidade

Por ser totalmente gratuito e muito fácil de ser utilizado, o Blogger acabou hospedando diversos sites responsáveis por espalhar spam na internet. Assim, atualmente, sites com o domínio “.blogger” podem não trazer a credibilidade ideal para o seu negócio.

Quais as vantagens do WordPress?

Atualmente, o WordPress é o líder de mercado quando o assunto é CMS. Acredita-se, inclusive, que cerca de 30% de todos os sites da internet sejam feitos com o auxílio dessa plataforma. Conheça, então, suas principais vantagens!

Um sistema completo

O WordPress é uma das plataformas mais utilizadas para a criação de blogs. Além disso, ele também funciona muito bem para a criação de e-commerce e de portfólios online.

O nível de personalização da plataforma possibilita a criação de sites profissionais e escaláveis. Em poucos cliques, você cria novas páginas, inclui imagens e edita seus diferentes conteúdos.

CMS de código aberto

Por ser uma ferramenta open source, é possível criar sites altamente personalizáveis por meio do WordPress. Ter código aberto significa que qualquer pessoa com algum nível de conhecimento em programação pode customizar o seu site como bem entender.

Essa é uma de suas principais vantagens, uma vez que permite a adequação da página às necessidades do negócio. Além disso, essa característica também fomenta uma comunidade de profissionais, que movimentam diversos fóruns online sobre a utilização da ferramenta. 

Variedade de layouts

O WordPress disponibiliza uma grande variedade de templates prontos para você colocar o seu site no ar. É como se você escolhesse o “esqueleto” e, depois disso, preenchesse com as informações específicas do seu negócio.

Por conta de sua característica open source, muitos desses layouts disponibilizados gratuitamente foram criados de forma independente pelos próprios usuários da plataforma. Existem também as versões pagas, que costumam trazer ainda mais opções de customização.

Instalação de plugins

Quem usa a plataforma dispõe de cerca de 50 mil plugins para WordPress. São ferramentas que podem ser instaladas para acrescentar ou modificar estruturas do seu site.

O Yoast SEO, por exemplo, é um dos mais utilizados. Os sites que têm esse plugin visualizam dicas de otimização de SEO em tempo real durante a criação de um conteúdo. Assim como os layouts, existem plugins pagos e gratuitos.

SEO friendly

Um site amigável para ferramentas de busca tem mais chances de aparecer nas primeiras páginas do Google. Com o WordPress, é fácil deixar o seu site SEO friendly.

Além de utilizar plugins como o Yoast SEO, que citamos anteriormente, você também pode fazer algumas configurações básicas relacionadas à criação de URLs amigáveis e, assim, garantir melhor performance ao seu site ou blog. 

Achamos que você pode curtir também estes outros conteúdos sobre blogs
👉 Ferramentas para monitorar a performance do blog: as 7 melhores!
👉 Como fazer um blog post que converte: veja o passo a passo completo
👉 Como Registrar um Domínio: Guia completo!
👉 Host: confira o que é e quais são as melhores hospedagens para seu site!
👉 Avaliação Gratuita da estratégia de Marketing Digital
👉 Onde encontrar ideias de conteúdos que sua audiência vai amar

Quais as desvantagens do WordPress?

O WordPress é bem completo, traz um layout para blog intuitivo e permite um grande nível de personalização, entre outras vantagens.

Porém, antes de optar por esse CMS, é importante conhecer algumas de suas características que podem ser vistas como pontos negativos. Conheça-as a seguir.

Hospedagem terceirizada

Existem duas modalidades WordPress: a “.com” e a “.org”. A primeira é acessada diretamente por meio do navegador e conta com opções pagas e gratuitas, hospedadas dentro do próprio site. A segunda opção, na qual é necessária a instalação de um software, é preciso comprar um domínio e contratar uma hospedagem terceirizada.

Essa característica do WordPress pode ser entendida como uma “desvantagem”, porque é essa modalidade que permite a criação de sites mais profissionais. A versão gratuita disponibiliza muitas das vantagens que citamos anteriormente, mas nenhuma delas em sua totalidade.

Atualizações

Depois de um tempo, pode ficar difícil gerenciar todas as atualizações dos plugins instalados no seu site, caso você conte com a versão gratuita.

Isso também dificulta a escalabilidade do site. Se você pretende fazer um site robusto, com uma variedade grande de páginas e conteúdos, é interessante considerar a contratação da versão “.org”.

Segurança

Nesse quesito, temos praticamente a situação contrária. Se tem um site “.com”, você conta com a segurança da empresa, já que seu site está hospedado na própria plataforma. Na versão “.org”, porém, ela fica a cargo de onde o seu blog está hospedado. Em ambos os casos, é possível instalar plugins de segurança para reforçar a proteção do seu site.

Suporte

O WordPress não fornece nenhum tipo de suporte técnico oficial aos seus usuários na versão gratuita. Porém, lembra que falamos que o código aberto movimenta uma comunidade de usuários ao redor da ferramenta? Assim, não é difícil encontrar fóruns online com respostas para as possíveis dúvidas sobre o uso desse CMS.

Backups

O backup automático também não é disponibilizado pelo WordPress na versão gratuita. Isso significa que você precisa exportar todo o seu conteúdo manualmente e pode sofrer algumas limitações se, eventualmente, resolver migrar para outra plataforma.

Quando escolher o Blogger ou o WordPress?

Agora que você conhece as principais vantagens e desvantagens de cada uma dessas plataformas, fica mais fácil escolher entre Blogger ou WordPress, não é mesmo? A resposta sobre a escolha deve estar especialmente relacionada ao objetivo do seu site e aos seus planos em longo prazo.

Se você quer ter um blog por hobby e não quer pagar nada por isso, o Blogger pode ser o ideal. Agora, se você pretende criar um negócio digital, considere escolher o WordPress. Por mais que a sua melhor versão (.org) envolva custos com hospedagem e domínio, é preciso considerar esse gasto como um investimento.

Lembre-se de que é essa a modalidade do WordPress em que a escalabilidade é mais bem trabalhada. Ao optar por ela desde o começo, você garante as melhores chances de um crescimento saudável ao seu site.

Agora que já sabe o que avaliar na escolha entre Blogger ou WordPress, quer aprofundar ainda mais os seus conhecimentos sobre o assunto? Então, baixe agora mesmo o nosso Guia do WordPress para Blogs Corporativos!

Guia do Wordpress para blogs corportativosPowered by Rock Convert

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo