Por Redator Rock Content

um de nossos especialistas.

Publicado em 20 de fevereiro de 2019. | Atualizado em 18 de novembro de 2019


O Break Even Point é uma ferramenta de gestão financeira que mostra exatamente qual é o exato momento em que a empresa começa a dar lucro. Saber calculá-lo e analisá-lo é importante para a vitalidade do negócio.

Uma dúvida comum de quem tem um negócio é saber se seus preços estão compatíveis com o mercado ou se o que vende é o suficiente para pagar todas as contas e ainda ter lucro.

O Break Even Point é uma ferramenta de gestão financeira que pode auxiliar empresas, não importando o tamanho delas, a conseguirem ter essas respostas.

Saber encontrar o equilíbrio financeiro pode ser uma virada na trajetória de pequenos empreendedores, que muitas vezes sentem que estão pagando para trabalhar. Principalmente para quem está no início da sua empresa, ter em mãos esse dado pode resultar em tomadas de decisão mais acertadas sobre o seu modelo de negócios.

Continue lendo e descubra:

O que é Break Even Point?

O Break Even Point é uma ferramenta de gestão financeira que permite encontrar o ponto de equilíbrio do negócio, ou seja, qual é exatamente a quantidade de peças que devem ser vendidas mensalmente para que as despesas sejam pagas. Ou seja, o mínimo necessário para que não dê prejuízo.

A partir desse cálculo, uma série de análises pode ser feitas, que vão ajudar a direcionar melhor a empresa, por exemplo:

  • se a quantidade do que é vendido está compatível com os custos;
  • se o valor dos produtos estão adequados ao que é gasto;
  • se os custos estão muito elevados, a ponto de quase não alcançar o break even point em um tempo razoável;
  • se existe algum corte nos custos que possa ser feito para alcançar o break even point mais rapidamente.

Em um gráfico de quantidade de produtos vendidos x faturamento de vendas, é o exato ponto onde as linhas do faturamento e a dos custos se cruzam e têm o mesmo valor.

Qual a importância do Break Even Point no seu negócio?

A análise do Break Even Point é importante para ter maior gestão e controle do negócio. Não só contribui para o gerenciamento financeiro, mas também afeta outras áreas, uma vez que as perguntas feitas acima ajudam, inclusive, a formatar melhor o modelo de negócios.

Não são raros os casos de empreendedores que perceberam que estão tendo prejuízos ou um lucro muito baixo sobre o que estão vendendo e precisam fazer modificações, para que continuem competitivos, mas de forma mais proveitosa.

Para a gestão de finanças, o Break Even Point é imprescindível, pois juntamente a outros indicadores, como o ROI e o Payback, o gestor consegue ter um panorama de como está a saúde financeira do empreendimento.

Além disso, pode também interferir no marketing, na questão da precificação e consequentemente, nas vendas.  

Como encontrar o Break Even Point no balanço financeiro?

Agora que você já sabe o que é o Break Even Point e qual a sua importância, precisa também aprender como calculá-lo.

Para encontrar o ponto de equilíbrio, é preciso ter alguns dados em mãos, que precisam ser reais, ou seja, sem erros. Esses dados serão colocados na fórmula e qualquer valor adulterado pode gerar inconsistências e, por consequência, o Break Even Point estará errado.

São eles:

  • custos fixos: são os gastos da empresa que não dependem do volume de vendas. Por exemplo: água, energia elétrica, aluguel, salários;
  • custos variáveis: são os custos atrelados ao volume de vendas. Quanto maior as vendas, maior os custos variáveis. Exemplos: gastos com materiais para produção, gastos com embalagem, entrega etc.;
  • preço final de venda do produto.

É importante destacar que os impostos precisam ser separados para efetuar os cálculos. Aqueles que são fixos, como os relativos às leis trabalhistas, ficam em custos fixos, enquanto os que dependem da venda para serem cobrados, ficam em custos variáveis.

A fórmula do Break Even Point é bem simples de ser calculada, depois que você tem esses dados. O ponto de equilíbrio é, então:

Break Even Point = Custos Fixos

                                  (Preço Final – Custos Variáveis)

Essa diferença entre o preço final e os custos variáveis também são conhecidos como margem de contribuição.

Break Even Point = Custos Fixos

                                Margem de Contribuição

Para exemplificar, vamos usar como exemplo o cálculo do ponto de equilíbrio de um e-commerce de camisetas, cujos custos fixos são de 10 mil reais, o custo variável por camiseta de 35 reais e preço final de 75 reais. O Break Even Point então ficaria da seguinte forma:   

Break Even Point = 10.000,00

                                  (75,00 – 35,00)

Break Even Point = 10.000,00

                                            40,00     

Break Even Point = 250

Ou seja, o e-commerce precisa vender 250 camisetas mensalmente para que não tenha nem lucro e nem prejuízo. Acima de 250 camisetas, o negócio passa a ter lucro.

É importante lembrar que é da margem de contribuição de cada produto vendido que são retirados os valores para pagar os custos fixos e também os investimentos e o lucro, sendo os dois últimos retirados apenas se o Break Even Point for alcançado.

Você pode se interessar por estes outros conteúdos sobre gestão e produtividade!
👉 Matriz RICE: o que é e como usá-la na priorização de projetos
👉 Análise SWOT ou Matriz FOFA: o que é, como fazer e modelo grátis!
👉 As 5 forças de Porter: entenda o que são e como aplicá-las
👉 Objetivos SMART: Como utilizá-los no seu departamento de marketing

Como usar a análise do Break Even Point?

A partir do número de unidades que precisam ser vendidas mensalmente, é possível fazer uma análise mais profunda sobre a gestão administrativa, financeira e de marketing.

Existem 3 pontos que podem ser analisados e alterados: preço, custos e vendas. Qualquer alteração em um dos 3 pontos, causa mudanças no valor do Break Even Point. Como sabemos que o mercado é bem dinâmico e não dá para ter controle sobre tudo, vale a pena ficar de olho nisso.

Para auxiliar, separamos as possíveis soluções que podem ser aplicadas, de acordo com a alteração nos pontos:

  • se houver queda nas vendas: duas soluções viáveis é cortar custos ou diminuir o preço dos produtos.
  • se cortar os custos: pode diminuir o valor (repassando parte do corte para os clientes) ou diminuir as unidades que precisam ser vendidas para o Break Even Point acontecer.
  • diminuir a precificação: aumentar as vendas ou reduzir custos.

Queda nas vendas ou preços mais baixos impactam no marketing da empresa e precisam de análise mais profunda sobre os motivos que levaram a esses fatores.

A melhor alteração é quando se consegue cortar os custos, pois eles são de responsabilidade da empresa, que deve sempre estar atenta a eles. Ou seja, é uma alteração positiva. 

Sejam eles fixos ou variáveis, o corte nos custos contribui positivamente para diminuir o Break Even Point e consequentemente, aumentar os lucros.

Qual a duração ideal para alcançar o Break Even Point?

Uma pergunta comum para quem ainda não tem tanta familiaridade com o ponto de equilíbrio é saber se tem algum dia ideal para alcançar o Break Even Point no mês.

Essa é uma análise indireta, já que o fator tempo não está inserido na fórmula do Break Even Point, mas que precisa ser analisado em conjunto.

A verdade é que quanto maior o tempo necessário para conseguir alcançar o ponto de equilíbrio, menor é a probabilidade de conseguir um lucro alto.

Falamos em probabilidade porque alguns negócios têm mais vendas ao fim do mês, resultando nas metas de Break Even Point e de lucro sendo alcançadas só nos últimos dias. Por exemplo, uma loja física que só consegue igualar faturamento e custos no dia 20, mas que fecha o caixa no dia 30 com mais de 30 mil de lucro.

Mesmo em negócios desse tipo, o ideal é enxugar os custos, para alcançar o ponto de equilíbrio o mais cedo possível.

Mas também existe a possibilidade de que o modelo de negócio não esteja adequado e precise de reformulações. Pode ser que ou o preço não está bom ou os custos estão muito altos.

Nesses casos, também convém avaliar a estratégia de marketing, pois o negócio pode estar focando na persona errada ou o ponto de venda precisa ser trocado, por exemplo.

Enfim, existem várias possibilidades que influenciam na demora em alcançar o desejado ponto de equilíbrio mensal do empreendimento.

Como você pode perceber, o Break Even Point consegue relacionar custos, preço final e volume de vendas, de uma forma clara, que talvez não seja percebido de outro modo.

Como dissemos no início, isso interfere nas escolhas que precisam ser feitas quando um dos lados aperta e nas decisões que tem que ser tomadas. Aliado a uma boa estratégia de marketing, a fórmula do ponto de equilíbrio é importante para ajudar a empresa a entender melhor com anda sua relação com o mercado e sua competitividade.

O Break Even Point está muito relacionado às estimativas de crescimento e faturamento do negócio. A análise bem-feita do cálculo pode inclusive auxiliar no aumento do faturamento e fazer a empresa prosperar.

Por isso, separamos um artigo sobre faturamento que vai ajudá-lo a entender melhor o que é e aprender mais sobre ele, leia agora mesmo!

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *