Por Otavio Andrade

Especialista em Inbound Marketing e Inside Sales na Rock Content.

Publicado em 20 de setembro de 2018. | Atualizado em 5 de setembro de 2019


Não encontrar algo no Google é quase impossível, certo? Mas você sabia que isso pode ser ainda mais otimizado? Entenda como fazer uma busca avançada e encontrar exatamente o que você precisa!

Está muito errado quem pensa que encontrar informações no Google se limita em jogar palavras-chave no buscador.

O gigante da tecnologia conta com formas menos conhecidas, porém muito mais caprichadas de pesquisar qualquer coisa que se tenha vontade (qualquer coisa mesmo!).

Dessa forma, o resultado é mais acertado e focado exatamente naquilo que você quer encontrar — acontece menos, por exemplo, a possibilidade de se deparar com resultados de busca que não têm muito a ver com seu objetivo inicial.

Esse mecanismo é chamado por aqui de busca avançada do Google. Quer saber tudo sobre ele e otimizar ainda mais sua rotina de trabalho? Então preste bem atenção no que temos a dizer!

Guia do SEO 2.0

Pesquisa de correspondência ampla

Precisamos antes entender como as pesquisas são feitas na forma usual e mais comum para assim entender sobre o mecanismo de busca avançada do Google: ela é chamada de “pesquisa de correspondência ampla”.

Nesse tipo de pesquisa, o que acontece é o seguinte: imagine que você quer saber mais sobre tênis de corrida com amortecedores.

Ao jogar exatamente a frase no buscador, o Google não vai pesquisar de maneira literal sobre tênis de corrida com amortecedores.

Além desses resultados, que ocasionalmente poderão aparecer em uma frequência maior, alguns resultados variantes também serão mostrados. Veja alguns exemplos:

  • melhores tênis para corrida;
  • tênis de corrida com amortecedores masculinos;
  • tênis de corrida com amortecedores femininos;
  • importância dos amortecedores em tênis;
  • tênis para corrida e tênis para caminhada.

Esses resultados relacionados podem incomodar mais do que deveriam. Se você está com pressa ou precisa exatamente encontrar informações sobre tênis de corrida com amortecedores, perderá certa quantidade de tempo “desviando” de artigos e anúncios que não falam exatamente sobre a dúvida inicial.

A busca avançada do Google

É justamente por isso que a busca avançada do Google é tão importante.

Pense nos casos em que a vontade não é comprar um tênis, porém fazer uma produção acadêmica ou responder perguntas importantes para o trabalho. O stress com a falta de eficiência é ainda maior, assim como o tempo gasto e as possibilidades de cometer deslizes com o resultado encontrado por causa do desvio de informações.

Não existe apenas uma maneira de pesquisar em modo avançado: o Google conta com inúmeras formas de otimizar a pesquisa a partir dos objetivos de quem a faz.

Pensando nos mais diversos cenários, separamos um compilado com as melhores formas de explorar o maior buscador do mundo.

Veja a seguir algumas delas!

1. Frases específicas

No caso de situações onde a frase é muito grande, o Google te deixa mais sujeito a se confundir com os resultados: exatamente como mostramos no exemplo do tênis.

Se a busca fosse apenas “tênis de corrida”, seria muito mais fácil encontrar resultados mais exatos.

Para que o Google responda a sua pergunta é muito simples: coloque o termo desejado entre aspas e rapidamente você terá a resposta que procura.

No caso dos tênis, em vez de jogar de forma aleatória o termo, pesquise assim: “Tênis de corrida com amortecedores”. Eu fiz o teste por aqui e os resultados foram realmente muito mais eficientes.

2. Tipos de documento

Este tipo de pesquisa ajuda muito a quem busca exatamente por um tipo específico de documento, mas não quer passar horas clicando em todos os links até encontrar o que precisa.

Antes da busca propriamente dita, digite “filetype:” ou “ext:”, como no exemplo:

Isso pode ser feito com todo e qualquer outro tipo de documento. É possível, também, mesclar as táticas: se o título do artigo for muito grande ou específico, use as aspas entre o nome.

3. Sites relacionados

Encontrou um site muito legal e quer descobrir outros que também falem sobre aquele assunto? Ou quer descobrir se aquele site está presente de outras formas na internet? É possível fazer isso no Google!

É só digitar related: e, após o código, inserir o site de preferência. Por exemplo:

related:www.vice.com

Fazendo a pesquisa, pude encontrar outros sites da própria Vice, além de alguns que trabalham com assuntos relacionados ao abordado por ela.

O related não funciona apenas com sites. Também é possível pesquisar por termos e encontrar outros sites que falam sobre algum assunto do seu interesse.

4. Termos dentro do corpo do texto

Esqueça o título do artigo: com essa pesquisa, não importa o tema principal do site, o Google fará uma pesquisa focada na parte de “dentro” do conteúdo.

Para isso, digite intext: e, após os dois pontos, digite as palavras-chave, como no exemplo a seguir:

intext:marketing digital

5. Excluir uma palavra do termo pesquisado

Pense que, hoje em dia, uma palavra, seja ela de qual língua for, pode ter inúmeros significados.

Veja um exemplo muito comum ao explicar este tópico aqui na internet: a palavra “lead”. Ela tem dois grandes significados que podem atrapalhar a busca de uma pessoa, dependendo do seu objetivo principal.

Nós, do meio digital, temos um significado específico para CRM. Na medicina, porém, CRM representa o Conselho Regional de Medicina e o número de registro do profissional que faz parte desse conselho.

No caso de um empresário que quer conhecer mais sobre o “CRM”, é só pesquisar assim:

crm -médico

Colocando o sinal de menos ao lado da palavra que você quer excluir da pesquisa, o Google vai trabalhar para excluir o termo ou tudo que tenha relação com a palavra-chave indesejada. Muito legal, não é mesmo?

6. Encontrar conteúdos já visitados

Quer lembrar daquele artigo super legal que você leu no passado, mas não lembra exatamente o nome dele?

Por mais que o Google tenha uma inteligência muito avançada a respeito de palavras-chave soltas e consiga encontrar com certa facilidade alguns conteúdos quando palavras são “jogadas”, é possível ter chances altas de acertar mais rápido.

Veja só este exemplo: pense no título deste artigo que você está lendo aqui e agora. O título é grande e específico, e você só se lembra de alguns termos. Dá para fazer o seguinte:

google busca avançada tudo.

Existem altas chances do Google entender que você quer encontrar o nosso artigo, porém a tarefa fica mais difícil caso existam muitos outros conteúdos sobre o assunto. Faça, então, a busca avançada:

* como fazer uma busca avançada no * do mundo.

Dessa forma, o Google vai procurar as palavras que poderiam estar localizadas nos asteriscos e encontrar o artigo que você quer.

Isso pode ser feito, também, com termos. Às vezes, nos lembramos apenas de uma parte de algum termo técnico ou até de algo mais simples. É só colocar o asterisco no lugar da palavra esquecida e deixar o resto para o Google dar um jeitinho.

7. Termos dentro de um site

Hoje em dia os sites estão cada vez mais otimizados em relação a layout e conteúdo. Ainda existem, porém, aqueles buscadores internos que não funcionam tão bem.

Para encontrar termos e palavras-chave dentro de um portal, também não é difícil.

Primeiro vem a palavra-chave. Vamos supor que você quer ler algo sobre o Facebook aqui no Marketing de Conteúdo. Dessa forma, a pesquisa será assim:

facebook site:rockcontent.com/blog

Isso pode ser feito com absolutamente qualquer palavra-chave em qualquer site da internet. Faça o teste e comprove!

8. Termos nos títulos de uma página

Ao contrário da dica que demos a respeito de palavras-chave dentro do conteúdo, também é possível pesquisar especificamente sobre o título. É só colocar intitle: e, depois, inserir a palavra-chave:

intitle: seo para iniciantes

Essa é uma maneira simples e “mão na roda” de descobrir rapidamente sobre conteúdos que já existem na internet antes de produzir o próprio, ou de analisar como andam conteúdos concorrentes sobre o mesmo assunto do seu artigo.

9. Significado de palavras

O Google pode ser o melhor amigo quando você esbarra com uma palavra esquisita no meio da leitura que está dificultando o entendimento. Isso também acontece quando você está escrevendo e de repente vai à cabeça uma palavra bem juridiquês que arremataria a sonoridade da frase.

Mas, será que ela significa o que você quer que ela signifique? Pergunta para o Google com o termo define: na frente.

Exemplo: define: conciso

10. Palavras específicas e seus sinônimos

Se você está pesquisando sobre um termo específico mas sabe que ele tem sinônimos que podem complementar seus dados, procure tudo de uma vez. Basta usar os dois termos conectados com um sinal de” ~”.

Exemplo: “Atrizes homenageadas em Cannes”~ Nicole Kidman

11. Palavras não necessariamente na sequência

É possível também fazer uma pesquisa determinando que o texto contenha dois termos mas sem que eles estejam um após o outro. Ao produzir um conteúdo para personas celíacas, por exemplo, é possível procurar receitas de pão que não contenham glúten. É só colocar os dois termos conectados por um asterisco (*).

Exemplo: receitas de pão*sem glúten

12. Termos na url

Se você quer encontrar conteúdos que estejam especificamente identificados na url de um site, adicione dois códigos diferentes.

Primeiro, é preciso especificar o site. Para isso, digite site: e coloque o endereço a seguir. Depois, é hora da palavra-chave: adicione inurl: e, depois dos dois pontos, coloque o termo desejado. O resultado ficará dessa forma:

site:rockcontent.com/blog inurl:redes sociais

13. Termo ou outro similar

Como no exemplo acima, os termos “sem glúten” ou “gluten free” são similares, e se você estiver buscando informações sobre farinhas para celíacos, os dois termos são válidos. Então, você pode fazer a busca usando o termo OR entre aspas.

Exemplo: “farinha sem glúten OR farinha gluten free”

Todos os resultados usando esses termos serão apresentados, inclusive milhares de ofertas para compra, certo? Aí vem a dica master: usando os termos da forma correta, é possível combiná-los.

E mais um termo que é incrível e deve ser usado com o ícone de subtração é a palavra ADVERTISING, que significa “propaganda”. Fazendo isso, todos os anúncios serão excluídos dos resultados.

Exemplo: “farinha sem glúten OR farinha gluten free”-ADVERTISING

Com as dicas passadas neste post, já é possível se considerar quase que um expert em busca avançada no Google! É preciso ter em mente, porém, que o buscador dispõe de vários outros truques que variam de acordo com a necessidade de quem faz a pesquisa.

Se surgir uma demanda nova que não foi solucionada neste artigo, então, use o que você aprendeu sobre os mecanismos avançados e dê um Google!

E aí? Gostou deste conteúdo? Se você acredita que já tem o que é preciso para arrasar na hora de pesquisar por qualquer coisa na internet, descubra tudo o que você precisa saber sobre SEO na edição de 2018 do SEO Trends!

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *