Por Kellison Ferreira

Publicado em 6 de novembro de 2018. | Atualizado em 11 de novembro de 2019


Uma campanha de marketing tem a missão de fazer com que a empresa atinja seus objetivos estratégicos por meio da divulgação e do relacionamento com o público. Posicionar marcas, obter engajamento e gerar atenção para produtos e serviços são metas que dependem de um trabalho de planejamento e muita dedicação.

Uma campanha de marketing perfeita é construída a partir de algumas bases que precisam ser repetidas sempre. Alguns elementos que não podem faltar e são imprescindíveis para o sucesso.

No entanto, para conseguir os resultados esperados, é necessário entender a fundo o que é e qual é a proposta de uma campanha. Por mais que pareça simples, você sabe responder com detalhes?

Quando se entende o conceito e sua proposta, naturalmente fica mais fácil entender por que criar uma campanha e como ela pode trazer retornos. Antes de começar a agir é preciso conhecer alguns pontos de partida relacionados ao planejamento. Além disso, hoje, saber como posicionar essas campanhas no digital é fundamental.

Neste conteúdo falaremos mais sobre como fazer uma boa campanha de marketing, abordando tópicos como:

Continue a leitura e confira um conteúdo completo!

O que é uma campanha de marketing?

Uma campanha de marketing é um trabalho de promoção de uma empresa, produto, marca ou serviço, com a proposta de alcançar determinado objetivo relacionado à venda de um produto ou serviço. São sempre ações direcionadas ao público-alvo de quem está executando essa campanha, por isso, é importante realizá-la em termos que gerem esse estreitamento entre empresa e audiência.

As campanhas de marketing são veiculadas em diversos canais — sejam eles online, sejam offline. Isso também é parte da estratégia de eficácia na hora de realizar uma ação. Diferentes públicos costumam estar mais presentes em mídias e canais específicos, e isso precisa ser considerado ao planejar e executar esse trabalho.

Na prática, uma campanha é composta de uma sequência de ações, todas dentro de um conceito. Por exemplo, na Black Friday, marcas fazem uma campanha específica para essa época do ano, visando um aumento das vendas. Esse trabalho é marcado por uma série de ações que são planejadas para diferentes canais, sempre visando chamar atenção para o evento.

Conceitos

Um boa campanha tem conceitos definidos de maneira concreta. Independentemente da razão pela qual ela será feita, há uma espécie de temática. O lançamento de um produto inovador, por exemplo, pode ter justamente a inovação como base para inspirar as ações.

Assim, a campanha de lançamento desse produto será focada em mostrar como a inovação pode gerar impactos positivos na vida do consumidor.

O lançamento de um carro pode ter como conceito uma ideia de aproveitar a vida, o que é até uma abordagem bem comum. Assim, essa campanha trará ações estimulando o consumidor a se divertir e viver, sempre associando essa ideia ao veículo em questão, por exemplo.

Por que criar uma campanha de marketing?

Cada campanha de marketing surge a partir de certa motivação. Não há restrições, uma vez que tudo pode ser divulgado, independentemente se estamos falando de algo que é vendido diretamente, como um produto ou um serviço. Confira algumas das principais motivações tradicionais de criação de campanhas!

Fortalecer marcas

Campanhas não precisam ser ligadas à chegada de um produto ao mercado. Marcas têm a necessidade de estabelecer sua identidade e se comunicar com o público de maneira constante. É isso que gera o status de referência dentro de seu segmento.

Por isso, é bastante comum campanhas de marketing apenas com a ideia de fortalecer a marca. Naturalmente, em algumas ações os produtos e serviços já existentes serão exaltados; porém, o foco é se manter posicionado no mercado e com a atenção do público-alvo.

Lançar produtos

O lançamento de produtos é uma das motivações mais comuns para campanhas de marketing realmente grandes e que tenham um foco mais específico. Há diferentes abordagens, mas todas são voltadas para realizar essa entrada no mercado já com bastante atenção do público-alvo.

Essas campanhas são importantes para criar uma expectativa no público de forma que ele conheça o produto antes mesmo de seu lançamento. Essa estratégia, no entanto, tem continuidade e não para depois que ele chega ao mercado. Continuar reforçando esse produto é fundamental!

Estreitar relacionamento com o público

Um objetivo muito comum quando se trata de marketing é manter um relacionamento de qualidade com o público. Para isso, com o avanço do Marketing Digital, as redes sociais oferecem plataformas perfeitas, especialmente por conta da possibilidade de interações que elas oferecem.

Campanhas que geram essa troca de solicitações e que estimulem ações por parte do público trazem o engajamento que as marcas precisam. Trata-se de fazer com que o consumidor tenha simpatia pela marca e a considere no momento do consumo. Diferentes marcas utilizam abordagens, tons e causas específicas para compartilhar posicionamentos e estreitar a relação com o público.

O que é preciso definir antes de criar uma campanha de marketing?

Uma boa campanha precisa ser planejada adequadamente. O sucesso das ações e do resultado do trabalho como um todo depende da definição de alguns parâmetros e características estratégicas que vão direcionar essa campanha de marketing. Entenda melhor quais são esses pontos a seguir.

Budget

O budget nada mais é do que o orçamento disponível para a realização da campanha. É preciso avaliar, primeiramente, qual é o porte desse trabalho, quais são os canais de divulgação, qual é o alcance e outros detalhes.

A partir disso, fica mais fácil definir um budget claro, considerando as finanças da empresa. É sempre importante ressaltar que dá para fazer boas campanhas gastando pouco!

Duração

Uma campanha também precisa ter um prazo. As razões são simples: primeiramente, o consumidor não quer ver o mesmo assunto abordado por muito tempo. Além disso, uma campanha longa é mais cara. Por fim, há a necessidade de mensurar os resultados das ações, algo que fica complexo e pouco eficaz se a campanha simplesmente não acaba ou é longa demais.

Público

Para quem é direcionada essa campanha? Mesmo dentro de determinada marca, produtos específicos são direcionados a públicos diferentes. Isso precisa ser avaliado para definir pontos como:

  • canais de divulgação;
  • tom da campanha;
  • identidade da campanha;
  • alcance.

Objetivo

Toda campanha é criada porque há um objetivo. Ao final do trabalho, se espera que esse propósito seja alcançado. Por isso, ele precisa estar bem definido. Um objetivo claro, destrinchado e detalhado é fundamental para planejar ações eficazes ao longo da campanha, para assim torná-la um sucesso.

Recursos

É preciso também analisar se há recursos básicos à disposição. Não trata-se apenas do budget, mas sim um cenário ideal para divulgar as campanhas e controlar as ações. Entre esses recursos, vale destacar:

  • canais estabelecidos e com bom alcance;
  • equipe dedicada à campanha;
  • ferramentas de monitoramento das campanhas.

Como criar uma campanha de marketing ?

Uma campanha de marketing precisa ser criada em três etapas: planejamento, execução e análise. É o início, meio e fim, sempre. A ideia é estudar o que será feito, fazer e, por fim, analisar os resultados e entender se a campanha foi um sucesso. Conheça mais sobre essas etapas a seguir.

Planejamento

O planejamento é o ponto de partida. Nesse momento, é preciso pensar em tudo que estará envolvido na campanha, começando pelo objetivo. Dele sai a resposta para perguntas fundamentais nessa etapa, como:

  • para quem a campanha é voltada?
  • em quais canais essas pessoas estão?
  • quanto tempo a campanha dura?
  • qual é o budget disponível?
  • quais resultados mínimos são esperados?

Planejar é pensar de que forma a campanha será feita, mas considerando que ela seja capaz de estar em termos que agradem a gestão de marketing. Naturalmente, se espera também o sucesso das ações!

Execução

A execução é a hora de colocar a mão na massa! Durante o tempo em que as ações são desenvolvidas e veiculadas, é possível classificar o período como fase de execução. Naturalmente, é fundamental seguir à risca tudo que foi projetado no planejamento, respeitando os termos e garantindo que o trabalho está voltado à estratégia da marca ou da empresa.

Análise

A análise começa logo durante a execução, mas em caráter de monitoramento. Se os resultados ou a resposta do público estiverem muito abaixo do esperado, pode ser necessário fazer mudanças mesmo durante esse período em que a campanha está rodando.

Após o término, a análise serve para avaliar os resultados provenientes das ações. Nesse momento, é possível atestar o sucesso ou não e, a partir desse ponto, aproveitar dados e percepções para ajustar a estratégia da empresa e definir os próximos objetivos.

Quais são as principais ações de uma campanha digital?

O digital é hoje a principal plataforma para o marketing. A maioria das campanhas são desenvolvidas nesse ambiente, graças a fatores como custo, alcance e, principalmente, a variedade de mídias disponíveis.

É possível fazer layouts, vídeos, textos e divulgar esses arquivos em plataformas distintas, que abrigam todo tipo de público. Por isso, o digital é uma realidade concreta e tão bem-vista pelos profissionais da área. Veja quais são as ações mais comuns e que mais geram retorno em campanhas digitais!

Links patrocinados

Os links patrocinados estão disponíveis nas redes sociais e em motores de busca como o Google. A proposta é simples: pagar por campanhas para que elas tenham impulsionamento e, dessa forma, alcancem um maior número de pessoas, trazendo mais visibilidade à marca.

Marketing de Conteúdo

Gerar conteúdos que atraiam a atenção e façam parte de uma jornada que vai gerar conhecimento, atrair e despertar o desejo de compra: essa é a proposta do Marketing de Conteúdo. A técnica propõe que empresas tenham blogs institucionais para divulgar posts relacionados aos seus produtos e serviços, gerando tráfego por meio de uma estratégia inbound.

Email Marketing

O email ainda é uma ferramenta muito interessante para se comunicar com o público. Por meio de uma estratégia de email marketing é possível se comunicar com uma ampla seleção de contatos, mas considerando seu estágio no funil de conversão. Leads são captados e nutridos por esses emails, até o momento em que eles se tornam clientes.

Redes Sociais

As redes sociais estão estabilizadas e trazem todo tipo de público em suas principais plataformas: Facebook, Instagram, LinkedIn, YouTube e Twitter. Por lá, marcas criam seus perfis e mantém uma relação próxima do público, gerando conteúdo, se comunicando e conseguindo engajamento.

Essas mídias também têm suas ferramentas de marketing integradas que permitem criar e gerenciar campanhas.

Quais são as 4 coisas que não podem faltar na sua campanha de marketing?

Uma campanha de marketing clássica, marcante e de sucesso é composta por pilares simples e que são a garantia de um ponto de partida sólido. Unir esses elementos à criatividade e conhecimento acerca do público-alvo é um bom caminho para chegar aos objetivos propostos. Conheça quais são as 4 coisas que não podem faltar na sua campanha!

1. Divulgação

Não basta ter uma campanha de marketing com material de primeira linha e em vários formatos se você não a divulgar nos canais certos. Ter um site com domínio próprio, bem estruturado e com conteúdo único é essencial, mas não é o suficiente. Você não pode contar apenas com que o Google encontre seu conteúdo! Além de escolher palavras-chave estratégicas e utilizar ferramentas de otimização de buscas (conhecidas como SEO), é necessário usar os mais diversos meios de divulgação.

Você tem que ter certeza de que está fazendo de tudo para disponibilizando seu conteúdo ao maior número de pessoas possível. Assim, sua presença nas redes sociais é fundamental para o sucesso de sua campanha de marketing. Mas não basta criar um perfil e deixá-lo às moscas!

Utilize o Facebook e o Twitter, por exemplo, para divulgar o seu conteúdo. Explore outras possibilidades que essas ferramentas proporcionam, como por exemplo, realizar sorteios e promoções.

Busque divulgar seu material em outros formatos e mídias sociais: você pode se utilizar de vídeos no Youtube, apresentações no Slideshare ou Prezi, imagens e fotos no Flickr etc. Use essa diversidade a seu favor, multiplicando os canais em que sua campanha aparece.

Não se esqueça de trocar links com outros sites. Você pode propor guest posts em blogs relacionados ao tema com que trabalha e convidar escritores para publicar em seu site. Valorize as indicações para seu site e estabeleça uma rede de colaboração com seu produto.

 2. Parcerias estratégicas

A relevância de seu conteúdo ocorre a tanto partir da divulgação como também por meio de indicações. Por isso, é muito importante ter uma rede de parceiros estratégicos. O Marketing de Conteúdo abre portas para conversas que irão ensinar o entrevistado ou parceiro sobre sua marca durante o processo. Mas, além da troca de links, é necessário também gerar conteúdo de forma recíproca. Porém, como fazer isso?

Escreva sobre um cliente importante em seu blog. Faça uma entrevista em vídeo com um experiente consultor de sua área de atuação. Busque as pessoas que já são referência e estabeleça diálogos. Siga esses perfis nas redes sociais e troque material com eles. Pergunte sobre suas opiniões.

Quando você está fazendo isso, respondendo aos comentários, entrando em discussão e apresentando histórias, você está fazendo mais do que simplesmente aumentar seu público. Você está investindo em novos relacionamentos. Certifique-se de que há um diálogo entre seus esforços de marketing e seus parceiros. Saber das prioridades deles pode ajudar a definir as suas.

3. Retenção de consumidores

A retenção de consumidores é um dos principais desafios para qualquer empreendimento online (ou até mesmo offline), já que a internet é um universo de opções.

Para conservar seus clientes é necessário explorar o marketing de conteúdo e tornar sua campanha uma constante. Newslettersebookswhitepapers e um blog sempre atualizado são ferramentas de imenso valor nesse momento. Ao oferecer informações relevantes você atrai a atenção dos usuários e faz com que eles retornem com regularidade ao seu site.

Então, deixe os botões de “seguir” e o formulário para os leitores assinarem seu conteúdo bem visíveis. Ao criar esse laço com seu cliente, você terá consumidores fiéis e que irão divulgar e defender sua marca.

Além disso, explore outros formatos para atrair e reter clientes como, por exemplo, promoções, brindes e ofertas especiais. Lembre-se sempre de destacar que essas campanhas são exclusivas para clientes fiéis e por tempo limitado!

4 . Acompanhamento de resultados

Por fim, não se esqueça de monitorar sua campanha de marketing. É essencial avaliar o que deu certo e o que pode melhorar. Existem diversas ferramentas para medir a performance de seus esforços. Entre elas, o Google Analytics se destaca.

Mas você também deve utilizar análises do Facebook (que tem uma ferramenta própria, o Insights) e resultados da campanha do email marketing.

Esses dados e informações são fundamentais para a tomada de decisões e para construir um portfólio de melhores práticas de marketing da sua empresa. Além disso, são um demonstrativo da eficiência de cada uma das estratégias adotadas durante a campanha. Esses indicadores apontarão o sucesso de seu negócio.

Quais 3 campanhas bem-sucedidas do mercado podem inspirar?

Que tal se inspirar em campanhas que fizeram muito sucesso? A seguir, veja 3 exemplos de cases em que o planejamento e a execução foram perfeitos, certamente dando origem a uma análise que constatou ótimos resultados!

1. “Pass The Heinz”

Retirado de: OAAA.

Que a Heinz é uma das líderes do mercado todo mundo sabe. No entanto, já parou para pensar se daria certo uma campanha de peças publicitárias veiculadas em jornais, revistas, outdoors e mídias digitais, mas que simplesmente não mostrasse o produto da marca?

Bem, a ideia foi um sucesso e foi inspirada em um episódio da série Mad Men, em que o publicitário Don Draper tem essa ideia rejeitada. A peça traz o nome da marca, a tipografia usada nos textos, mas dá apenas a deixa de uso dos produtos da marca, mostrando um suculento hambúrguer!

2. Pipoca e refrigerante de Toy Story 4

A rede de cinemas Cinemark resolveu fazer uma campanha divertida e animada para divulgar o lançamento do filme Toy Story 4. Para isso, fazendo referência aos personagens Woody e Buzz Lightyear, a empresa vendeu edições promocionais e limitadas de copos e baldes de pipoca nos formatos de bota de astronauta e chapéu de cowboy!

3. Papo com os personagens de Dilema

A Netflix sempre inova, seja nas campanhas de marketing digital, seja no relacionamento com o seu público. Mais uma vez, a empresa usou uma estratégia bastante divertida e com alto poder de engajamento para lançar a série brasileira Dilema.

Para isso, a empresa divulgou supostos números de telefone de personagens da série. Eram contas de WhatsApp operadas por chatbots que interagiam com o público. A ação foi um sucesso e a Netflix postou em suas redes os prints das conversas mais engraçadas!

Uma boa campanha de marketing depende de alguns parâmetros e bases sólidas para alcançar o sucesso que as empresas e marcas esperam. Com um planejamento adequado, uma boa divulgação e conhecimento sobre o público é possível mandar bem!

Curtiu este conteúdo? Agora confira as principais métricas de marketing para mensurar suas campanhas com precisão!

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *