Por Daniel Moraes

Redator Freelancer na Rock Content

Publicado em 18 de setembro de 2018. | Atualizado em 18 de fevereiro de 2019


Muitos decisores ficam sem saber o que fazer para atrair novos clientes, e um dos grandes problemas é o orçamento de marketing. Neste artigo, vamos ver várias táticas de baixo custo que você pode aplicar desde já para ter ótimos resultados.

Você já ouviu dizer que a propaganda é a alma do negócio? Bem popular, esse ditado reflete uma verdade: a maioria das empresas reconhece que, para ter sucesso, precisa saber como atrair clientes ao se promover.

E chegar aos clientes nunca foi tão concorrido como é hoje. Ao mesmo tempo em que existem inúmeros canais, estratégias e ferramentas disponíveis na palma da mão, a concorrência também aumenta.

Pior ainda, o orçamento para fazer marketing dificilmente é tão grande quanto os decisores gostariam. Felizmente, nem a concorrência nem a falta de dinheiro precisam ser motivos para que a sua empresa não conquiste mais clientes.

Pelo menos não com as 11 dicas de baixo custo que vamos te mostrar neste artigo! Isso sem falar na regra número 1 do marketing que vamos ensinar a partir de já. Vamos lá?

Por que você precisa muito de uma estratégia para atrair clientes?

Você já viu alguém falar de marketing como se fosse uma tática de pouco trabalho e alto retorno financeiro? Negócios de sucesso não acreditam nesse tipo de mito.

Pelo contrário, eles entendem que nada substitui um bom planejamento e a disposição de segui-lo com o máximo de comprometimento. Além disso, sabem que é vital acompanhar de perto os resultados e ajustar o que for preciso sem demora.

Mas, e se você já cuida de um time bem-sucedido de marketing? Sucesso passado não garante sucesso futuro. Simples assim. Tudo no marketing digital muda muito rápido. Com isso, nem o melhor planejamento fica ileso por muito tempo.

Para comprovar isso, vale a pena conferir algumas estatísticas sobre a competitividade geral no mercado, levando em conta os efeitos da transformação digital.

Segundo uma pesquisa da Sana, 70% dos projetos digitais são impulsionados pela pressão de competidores. Dentre esses, 35% têm medo de novos players do mercado digital.

Isso quer dizer que há muita gente nova entrando na internet, e quem já está nela quer se especializar mais e mais. 

A regra número 1 do marketing: conheça seu cliente

Muitas empresas ainda acham que é possível fazer sucesso por um longo tempo sem se aprofundarem de verdade para saber quem são seus clientes.

Pior ainda, há quem ache que gastar tempo para descobrir quem é o cliente ideal tomaria tempo de atividades mais importantes e poderia diminuir as vendas.

Não seja uma dessas pessoas. A regra número 1 do marketing é: conheça muito bem o seu cliente. Para isso, não existe nada melhor do que entender quem é seu consumidor ideal, ou seja, a sua persona.

A persona representa aquele cliente que vai comprar sempre de você, vai se beneficiar de verdade dos seus produtos ou serviços e, quem sabe, vai até mesmo defender a sua marca para outras pessoas.

Agora, se você ignorar esse conselho e direcionar suas ações para um público genérico demais, correrá um grande risco de vender para clientes que não terão um relacionamento muito bom com o seu negócio.

Eventualmente, esses clientes que não fazem parte do seu público ideal deixam a empresa e buscam outra solução no mercado. Mas não fazem isso antes de dar muita dor de cabeça para você e sua equipe.

A melhor forma de criar a sua persona é entrevistar tantos clientes quanto for possível. São os padrões encontrados nas respostas deles que vão ajudar a encontrar a sua persona.

Como atrair clientes com um orçamento baixo com estas 11 táticas comprovadas?

Se engana quem pensa que investir em marketing digital exige um orçamento muito grande. Por outro lado, considere que, quanto menos investimento de dinheiro, maior será o tempo gasto pela sua equipe para aprender os conceitos e aplicá-los da forma certa.

Por isso, considere com cuidado o que vale a pena fazer internamente e quais serviços de marketing compensam terceirizar.

Agora, veja 11 práticas de baixo custo, mas que podem trazer resultados incríveis para o seu negócio!

1. Blog corporativo

O blog está no centro da metodologia de Inbound Marketing, principal forma digital de atrair e fidelizar clientes na atualidade.

Esse método consiste, basicamente, em gerar valor por meio de conteúdo relevante para a persona. Assim, quanto mais ajuda você prestar aos seus possíveis clientes, mesmo antes de tentar vender qualquer coisa a eles, melhor.

Onde entra o blog em tudo isso? Ele é o principal canal de conteúdo que a sua empresa pode querer. E o melhor: o custo de implementação e manutenção pode ser perto de zero.

2. Redes sociais

Com os bilhões de usuários ativos nas principais redes sociais todos os dias, nunca foi tão fácil compartilhar conteúdo, tanto de maneira orgânica quanto paga.

O melhor é que você pode escolher que tipo de público terá contato com a sua mensagem, já que o poder de segmentação dessas redes é ótimo.

As redes sociais podem ser usadas com os mais diversos objetivos, como:

  • vender produtos de forma direta;
  • impulsionar sua estratégia de conteúdo;
  • conquistar leads para o seu departamento de vendas.

Não é à toa que muitos negócios usam esses canais para oferecer suporte ao cliente em tempo real.

3. Marketing de afiliados

Há quem pense que o marketing de afiliados só serve para quem vende infoprodutos, mas isso não é verdade. Qualquer empresa pode oferecer comissões para que outras pessoas promovam e vendam seus produtos.

Isso pode ser muito vantajoso, já que você vai terceirizar parte do processo de promoção e venda em troca de uma pequena parte da receita.

4. Lista de e-mails

Criar uma lista de e-mails é um dos melhores investimentos de marketing que o seu negócio pode fazer. Esse canal é muito poderoso para cultivar e engajar uma audiência.

e-mail marketing ainda conta com a vantagem de ser um meio de comunicação amplamente testado e não sofrer com grandes mudanças ao longo do tempo.

O mesmo não pode ser dito das redes sociais, que podem mudar suas políticas internas a qualquer momento e afetar todo o seu plano de marketing.

Com as ações certas, a sua lista de e-mails pode ser peça-chave na geração de muitos leads e no fechamento de vários clientes para o seu negócio.

ebook email marketing

5. Anúncios online

Quem não conhece negócios que ainda insistem em entregar panfletos impressos e anunciar em carros de som para alcançar seus clientes?

Na internet, dá para fazer um tipo de divulgação tão direto quanto essas táticas tradicionais, só que mais moderno e eficaz. Estamos falando dos links patrocinados.

Esses anúncios podem ser realizados tanto em sites de busca (como o poderoso Google) quanto nas principais redes sociais. O grande trunfo desse tipo de publicidade é a chance de entregar um anúncio sob medida para as pessoas certas (sua persona), e conquistar ótimos resultados com isso.

6. Programa de indicações

Indique um amigo e ganhe um benefício. Essa é a dinâmica básica de um programa de indicações. O número específico de indicações e o benefício ficam a seu critério, mas não devem ser muito complicados para os clientes entenderem ou aplicarem.

Até empresas que hoje são gigantes do mercado digital, como Facebook e Dropbox, usaram (e ainda usam) indicações como um importante motor de crescimento.

7. Programa de fidelidade

Se você já aproveitou cupons de desconto em qualquer lugar, sabe o quanto eles fazem sucesso com os clientes. Mas e se o seu modelo de negócio não se encaixa com o uso desse tipo de recurso?

É só pegar o que os cupons representam — a ideia de fidelizar clientes oferecendo vantagens reais a eles. Para isso, uma ótima opção é lançar um programa de fidelidade.

8. Parcerias

Se a sua empresa não tem condições de realizar certas ações de marketing por conta própria, que tal unir forças com outro negócio? Também chamadas de co-marketing, as parcerias são muito úteis para elevar a exposição dos dois parceiros, e até gerar oportunidades de venda.

Inclusive, suas vantagens vão além do custo baixo. Prova disso é que até grandes empresas, que têm orçamento de sobra para investir em marketing e são autoridades em seus segmentos de mercado, apostam em co-marketing.

9. Promoções

Não importa qual é o seu nicho de mercado — sempre há espaço para surpreender os clientes com algum tipo de promoção. 

Sempre que fizer uma promoção, divulgue para todos os seus clientes e dê um jeito de fazer essa informação se espalhar para clientes em potencial que nunca compraram da sua empresa.

Apenas tome o cuidado de calcular antes se o desconto pode afetar negativamente o seu fluxo de caixa e atrapalhar a lucratividade da sua campanha.

10. Eventos

A sua empresa já participou de feiras e eventos profissionais específicos para o mercado em que atua? Com isso em mente, busque os melhores eventos e garanta presença neles. 

Uma alternativa, de custo ainda mais baixo, é participar em eventos online. De preferência, participe como palestrante ou entrevistado. E, se não encontrar nenhum evento do tipo para participar, aí está sua oportunidade de criar um e fortalecer ainda mais a marca.

11. Site próprio 

Infelizmente, muitos decisores acham que ter um site profissional não é um bom investimento. Mas isso só acontece quando o site é mal feito e não conta com uma estratégia de marketing e vendas por trás.

Afinal, é o canal exclusivo da empresa na internet, e saber como criar um site ou a quem recorrer para isso tem um único propósito: atrair e convencer possíveis clientes. 

Mas, além de ter um site, é preciso se dedicar a aspectos fundamentais para que ele traga os resultados esperados, como:

  • experiência do usuário;
  • SEO;
  • conteúdo atrativo e relevante.

Depois de ler este post sobre como atrair clientes, uma coisa deve ficar clara para você: o que não faltam são táticas de baixo custo para aproximá-los do seu negócio. O segredo está em escolher as estratégias certas e dedicar tempo e energia para fazê-las funcionar.

Para começar, é importante investir em táticas de longo prazo, que levam mais tempo para dar frutos, mas dão retorno por mais tempo. Por isso, veja neste artigo tudo que você precisa saber sobre SEO local!

SEO Local

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *