Por Diego Gomes

CEO da Rock Content.

Publicado em 8 de janeiro de 2019. | Atualizado em 27 de março de 2020


A necessidade de um profissional de Marketing Digital cresce diariamente, por isso, confira todos os passos para uma contratação certeira!

Cada vez mais é imprescindível para as empresas que elas invistam em Marketing Digital para consolidar sua presença na rede.

Google Adwords, Facebook Ads, SEO, blog corporativo, produção de materiais ricos, email marketing, etc.

Sua pequena ou média empresa vem crescendo e sua presença digital e está uma bagunça, não é mesmo?

Por isso a contratação de do primeiro profissional de Marketing Digital para sincronizar estes esforços é cada vez mais importante.

Neste artigo, vou agregar algumas características de profissionais bem-sucedidos em Marketing Digital que aprendi ao longo dos anos. Confira!

Por que você quer contratar um profissional de Marketing Digital?

Você decidiu que precisa contratar um analista ou mesmo um gerente de marketing.

Mas você está certo que é exatamente esta pessoa que você precisa?

Antes de começar a investir em Marketing Digital é importante se fazer algumas perguntas:

  • Eu, como gestor, estou disposto a gastar tempo implementando estratégias de Marketing Digital?
  • Tenho tempo para formar profissionais na minha empresa ou devo contratar gente experiente?
  • Terei tempo de acompanhar de perto a performance de marketing da minha empresa?

Respondendo estas perguntas, fica fácil saber o quanto do seu tempo você está disposto a investir neste esforço e assim fica mais fácil para planejar o perfil do primeiro profissional a ser contratado.

Se você respondeu não a todas estas perguntas, você precisa de um profissional senior, provavelmente um gerente ou diretor de marketing.

Acredite em mim, um profissional junior ou um estagiário não resolverá neste caso.

Qual o nível do profissional que você precisa?

Se você respondeu sim às perguntas acima, agora é hora de entender o seu nível de conhecimento em Marketing Digital.

Já sei tudo, sou um expert!

Se você já domina Marketing Digital, provavelmente terá facilidade em entrevistar profissionais, avaliar suas competências, treiná-los.

Você não precisa de ajuda nem deveria estar lendo este post.

Você é capaz de entender os perfis profissionais e adequá-los a sua necessidade específica.

Seu primeiro profissional de marketing vai ser aquele que te ajuda a operar a estratégia que você já desenhou.

Ainda vou aprender Marketing Digital

Se você vai aprender por você mesmo é possível que você precise de ajuda.

Aqui você tem duas opções.

Contratar um profissional experiente (mas você terá dificuldade em avaliar os candidatos) para lhe ensinar ou contratar um consultor (ou cursos) e investir em sua formação.

Ao longo da sua jornada, provavelmente pode ser útil trazer um estagiário ou mesmo um analista ligeiramente mais experiente que você, para aproveitar ao máximo a consultoria e assim conseguir gerenciar os diversos canais nos quais sua empresa está investindo.

Marketing é experimentação, e como você ainda está descobrindo como fazer o seu marketing funcionar, pode ser uma boa ideia trazer alguém para ajudar a planejar este caminho junto contigo.

Quais as principais funções de um profissional de marketing?

A questão é que, para poder aprender a fazer ou contratar um profissional de marketing é preciso saber quais as principais funções que ele desempenha dentro de uma empresa.

A primeira pergunta é: o seu negócio já tem uma estratégia de Marketing Digital montada?

Porque se a resposta for negativa, antes de tudo, você precisa ter um plano bem estruturado, objetivos e métricas bem claras, para que o novo funcionário possa ter uma base mínima para o desenvolvimento das tarefas.

Se você já tem esse plano, não apenas vai ficar mais fácil para o profissional que está chegando se adequar às suas expectativas, mas também você vai ter como acompanhar e avaliar os resultados da sua contratação.

Independente do cargo que esse profissional de marketing vai ocupar (eu vou voltar a falar sobre isso um pouco mais adiante), ele vai desempenhar algumas tarefas básicas, ligadas ao seu plano de Marketing Digital. São elas:

  • Produção de conteúdo – levando em consideração as etapas do seu funil de vendas, do seu público e do seu objetivo, ele vai produzir (ou conduzir a produção) dos materiais de acordo com o calendário editorial decidido;
  • Gestão de redes sociais – uma boa estratégia digital leva em consideração os melhores canais para divulgar conteúdo, interagir com o público, gerando mais tráfego para o seu site e leads para o seu funil. Por isso, é preciso prestar atenção às postagens, às chamadas, à troca de mensagens (privadas e públicas) e o profissional de marketing deve estar sempre a par de tudo o que está acontecendo em cada perfil ou página;
  • SEO (Otimização de Sites) – é preciso que o profissional de marketing conheça um mínimo de HTML para poder saber quais as técnicas de SEO e como elas devem ser implantadas para garantir um melhor rankeamento nos resultados de pesquisa orgânicos a partir dos mecanismos de busca (como o Google). Essa tarefa também vai caminhar lado a lado com a produção de conteúdo para o uso estratégico das palavras-chave;
  • Email Marketing – outra função super importante para estratégias de Marketing Digital. Na hora de contratar o profissional, é preciso ter a certeza de que ele não apenas saiba como criar um Email Marketing (essa parte técnica costuma ser bem fácil), mas que saiba usar a ferramenta para gerar e converter leads;
  • Links patrocinados – mesmo que seu plano, a princípio, não tenha orçamento previsto para o investimento em tráfego pago, é bem interessante que o profissional de marketing contratado tenha uma boa base sobre o funcionamento dessa ferramenta, não apenas nos mecanismos de busca, mas também nas redes sociais em que você tem (ou deseja ter) perfis ou páginas.

O interessante é que o profissional de marketing não deve ter apenas a capacidade técnica de executar as tarefas, mas também saber como ajudar você a avaliar esses resultados, independente do cargo que ele vai ocupar.

Por exemplo: não basta ele criar e disparar campanhas de email marketing para a sua base.

É preciso estar atento ao universo que envolve esse canal, como a elaboração e gerenciamento da lista de contatos, a taxa de abertura, a resposta a diferentes formatos de envio.

É preciso que ele esteja junto a você na hora de testar possibilidades e perceber em quais formatos a taxa de sucesso é maior e onde estão os erros e obstáculos para alcançar resultados cada vez melhores.

Quais as competências do bom profissional de Marketing Digital?

As competências de um profissional de marketing são aquelas aptidões que já nascem com a pessoa e podem ser desenvolvidas a partir da sua experiência de mercado e de vida.

E é importante, na hora de contratar o seu primeiro profissional, prestar bastante atenção a elas para não acabar se decepcionando com os resultados.

Separei as quatro mais básicas:

1. Curiosidade

O profissional de marketing precisa ser curioso. Sabe aquela vontade de ler mais sobre o assunto, de nunca achar que já sabe tudo?

A razão principal é que o Marketing Digital é extremamente dinâmico e, por isso, há sempre novidades despontando e que podem significar uma enorme vantagem competitiva para a sua marca.

2. Comunicação

O marketing ajuda a fazer a ponte entre a marca e o público, então é indispensável que ele saiba se comunicar, não apenas junto ao mercado, mas também dentro da própria empresa.

Mais do que saber falar, é preciso prestar atenção ao como falar e sua capacidade de ouvir o outro.

3. Amor pelo Digital

Não basta ser um usuário de redes sociais. É preciso ser, realmente, um amante desse universo. Isso significa entender as qualidades, os defeitos e buscar sempre travar a melhor relação possível.

4. Familiaridade com números

O profissional de marketing vai lidar sempre com números. Por isso, é preciso que ele saiba avaliar esses resultados e seu impacto na realidade da empresa, justificando o retorno do investimento em cada ação.

Analista, gerente, estagiário? São tantas opções!

Sendo muito honesto, depende do seu orçamento.

Vou falar um pouco dos 3 papéis:

Estagiário de marketing

Um estagiário de marketing pode ajudar bastante nas tarefas do dia a dia se você já tem um plano, mas ele não vai levar sua estratégia para um outro nível ou ter um entendimento amplo da sua empresa.

Contratar estagiários significa que você está apostando no valor futuro deles e para isso deve investir muito tempo na formação do profissional. Nunca encare estagiários como mão de obra barata.

Estagiários são pedras brutas que precisam ser lapidadas e é este o seu dever.

Analista de marketing

Um analista de marketing já tem alguma experiência. Ele já passou por alguns estágios, viveu experiências diferentes e conhece o jargão do mercado. Você já pode delegar tarefas mais complexas e deixar ele sozinho em alguns momentos.

Um bom termômetro é medir a capacidade dele de resolver problemas de forma  “não supervisionada”. Se você não tem tanto tempo para investir na formação, um analista é uma melhor pedida.

Gerente de marketing

Um gerente de marketing é um profissional mais experiente. Ele já liderou algumas equipes, já respondeu por métricas complexas em outras empresas e já se provou no mercado. Se você pergunta o que ele já fez, ele te dará alguns cases e números que comprovam o sucesso.

Se você não tem tempo para acompanhar e desenvolver seu departamento de marketing, é melhor começar por aqui. Este profissional é mais maduro e vai conseguir colocar as atividades do dia a dia e reportar a você como estão sendo os resultados.

Sinais positivos que você deve buscar no profissional

É sempre importante buscar sinais de que a pessoa entende bem do ambiente digital e tem algumas características que permeiam todo profissional de marketing (dica, use estas como algumas das perguntas de entrevista!).

Confira alguns sinais que eu identifiquei:

  • Já ter tido um blog (mesmo que como hobby);
  • Ser apaixonado por métricas e resultados. Google Analytics é obrigatório para qualquer profissional de Marketing Digital, até mesmo o estagiário;
  • Ter perfil nas principais redes sociais (Twitter/Facebook, Linkedin);
  • Ler blogs (pergunte quais blogs a pessoa lê);
  • Ser apaixonado por aprender (livros em papel também são importantes);
  • Ser brilhante na resolução de problemas. Qualquer pessoa sabe “googlar” hoje em dia. Poucas pessoas sabem resolver problemas. Uma boa maneira de fazer isso é jogar testes hipotéticos. Ex: Se você precisasse de falar com 1000 pessoas apaixonadas por carro no facebook, o que você faria?
  • Ser independente: Tudo que você não precisa é de uma pessoa que pede permissão para tudo.

O profissional de Marketing Digital tem qual formação? 

Conheci dezenas de profissionais de Marketing Digital e uma coisa que afirmo é: talento não tem formação clássica.

Publicitário, tecnólogo em computação, jornalista, sem diploma, é tudo a mesma coisa quando se fala em Marketing Digital.

O que vale é o que já foi feito e a vontade de aprender.

Esqueça a ideia de buscar por um curso ou uma faculdade específico. Procure alguém que é nativo do mundo digital e apaixonado por números e métricas.

Não se limite, expanda as fronteiras.

Quais cursos importantes para ajudar na formação do profissional de marketing?

E mesmo que o profissional de marketing possa vir dos mais diferentes backgrounds, você pode, sim, pensar nos cursos que ajudam na formação, sua e dele no assunto.

Por isso eu separei três instituições com ótimas certificações digitais para você ficar de olho:

  • Resultados Digitais – a empresa possui cinco cursos voltados a obtenção de resultados com o seu Marketing Digital, entre produção de conteúdo, Inbound Marketing, Inbound Leads e Mídias Sociais.
  • Marketing Certifications from Hubspot – para quem tem domínio da língua inglesa (tanto no diálogo quanto nos jargões específicos). Possui cursos gratuitos voltados para o grande público e para usuários do Hubspot.
  • Rock Content – a maior empresa de marketing de conteúdo no país oferece certificado de Marketing Digital gratuito, com validade anual, com mais de 3 horas de conteúdo top de linha, além de uma série de outros cursos e trilhas de aprendizado!
Curso Marketing de Conteúdo

Como contratar um analista de marketing?

Ao longo da parte prática da contratação, é preciso alguns cuidados no processo de seleção.

Separamos para você o template de descrição de vaga, as tarefas pré entrevista e as perguntas essenciais a serem feitas na hora de selecionar o analista de marketing.

Template de descrição de vaga

ANALISTA DE MARKETING

DESCRIÇÃO DA VAGA

Estamos procurando por um talentoso analista de Marketing Digital para expandir nossa marca no mundo digital, aumentar nosso alcance, seguidores e leads.

Esse papel demanda uma alto nível de criatividade, atenção aos detalhes e habilidades para gerenciar projetos.

RESPONSABILIDADES:

  • Pensar estrategicamente e propor os melhores meios para melhorar os resultados da empresa;
  • Blogar de forma constante para apoiar os outros projetos, atrair visitantes para o site através de motores de busca, redes sociais e email marketing;
  • Crescer nossa lista de emails, oferecendo conteúdo frequente e de valor, feito para oferecer soluções para seus problemas;
  • Colaborar com designers, design de produto, vendas e outros times e empresas para produzir conteúdo de relevância para nossa audiência;
  • Medir resultados e saber quais números são relevantes para o sucesso da empresa;
  • Ser capaz de convencer os outros de que suas ideias valem o investimento; Esse papel está na raiz do time de marketing e muitas pessoas contarão com seu trabalho todos os dias.

REQUISITOS:

  • Graduação na área de marketing, publicidade e propaganda, economia, administração ou jornalismo;
  • Conhecimento de estratégias de Marketing Digital, incluindo mídias sociais; SEOInbound marketingMarketing de conteúdoAnalytics e email marketing.
  • Experiência produzindo conteúdo para a web e entendimento de cada canal (blog, Facebook, Twitter, etc);
  • Experiência construindo audiências online ou offline;
  • Conhecer e entender como otimizar um conteúdo para SEO;
  • Uma abordagem dupla: você é altamente criativo e um excelente escritor, mas consegue entender processos, pensar de forma escalável e se apoiar em dados para fazer decisões;
  • Certificação em Google Analytics;
  • Certificação em marketing de conteúdo.

Tarefa pré-entrevista

Para avaliar se o candidato possui as habilidades que um analista de marketing deve ter, sugerimos as seguintes atividades:

  • Peça ao candidato para indicar um problema e uma oportunidade em sua estratégia de marketing, baseado na análise do blog e redes sociais da empresa;
  • Solicite a criação de um conteúdo rico sobre a área de atuação da empresa, e dessa forma você poderá avaliar tanto a desenvoltura textual do candidato quanto a adequação às estratégias de marketing de conteúdo;
  • Crie uma crise fictícia nas redes sociais da empresa — como um cliente insatisfeito ou um post com uma má repercussão — e peça ao candidato que trace uma linha de ação para contorná-la.

Entrevista

Um profissional de marketing talentoso deve ter uma mente analítica e rápida para mudanças, além de criatividade e ser inteirado com Marketing Digital.

Para descobrir isso, invista em perguntas que possam ajudar você a avaliar a capacidade estratégica e a criatividade do candidato, além da atualidade dos seus conhecimentos e interesse pelo Marketing Digital.

Seguem alguns exemplos:

  • Quais blogs de marketing você acompanha?
  • Quais foram os últimos livros que você leu?
  • Se precisássemos de lançar um produto novo em um mês, quais estratégias de marketing você recomendaria?
  • Você tem um blog ou escreve para algum?
  • Quais são as redes sociais que você mantem perfil?
  • Qual rede social você mais usa?
  • Quais métricas você considera mais relevante para sabermos o retorno do nosso investimento em marketing?

Não se esqueça de antes ter uma conversa mais informal para quebrar o gelo e resolver as dúvidas do candidato quanto à empresa e os objetivos da vaga.

Onde encontrar estes profissionais?

Bom, esta é a parte difícil.

Existem dezenas de sites onde se encontram curriculums, vagas, e vários murais do nicho.

Minha dica é: publique em todos, analise cada curriculum com cuidado e converse por telefone com os mais promissores.

Vagas em Marketing Digital tradicionalmente recebem centenas de curriculums, mas poucos são impressionantes.

Outra dica é: Peça recomendações aos melhores profissionais que você conhece. Pergunte se eles sabem de gente boa e eles saberão recomendar alguém bacana de verdade.

E agora que você aprendeu o que deve procurar ao contratar seu primeiro profissional de Marketing Digital, sugiro conhecer nosso ebook sobre Times de Marketing, um material completo e gratuito para ajudar você a reunir uma equipe de sucesso!

Times de marketingPowered by Rock Convert

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *