Por Autor Convidado

pela Rock Content.

Publicado em 1 de março de 2019. | Atualizado em 20 de setembro de 2019


A preparação de um webinar requer todo o cuidado possível. Para tanto, uma boa dica é criar um roteiro para que a apresentação ao vivo corra como esperado. Veja 5 dicas de como montar um bom roteiro para seu webinar.

Produzir um webinar é uma das estratégias que vem sendo mais utilizadas no Marketing Digital para gerar engajamento e conversão. Contudo, todo o cuidado é pouco! Por se tratar de uma transmissão ao vivo, o conteúdo elaborado não pode apresentar falhas na hora da apresentação.

Por isso, neste artigo, você aprenderá a criar um roteiro para o seu webinar e engajar ainda mais pessoas sem passar sufoco na hora H.

A importância do roteiro para qualquer conteúdo audiovisual

Produzir um roteiro é, sobretudo, planejar o conteúdo que será produzido.

Organizar previamente a apresentação de um material audiovisual com cautela contribui para que a mensagem a ser entregue seja de extrema qualidade e relevância.

Portanto, o roteiro é a base que definirá como será a sua transmissão. E ele não pode ser visto apenas como um simples detalhe ou ser deixado de lado.

Fazer um script organizando a temática, os pontos a serem apresentados e a sua ordem evita ajuda na confiança e evita o famoso apagão.

Sem contar que o roteiro contribui para distribuir melhor o tempo da transmissão ao vivo, deixando o conteúdo mais organizado, dinâmico e interativo. Sendo assim, o apresentador terá mais fôlego para discutir a temática, entregando a mensagem ao público com muito mais eficiência e qualidade.

Tipos de roteiro mais adequados para webinars

Na hora de pesquisar as modalidades de roteiro para webinar, você provavelmente vai se deparar com inúmeras referências audiovisuais.

Algumas serão mais longas e elaboradas, contendo termos específicos do planejamento audiovisual. Mas, na maioria dos casos, esses roteiros são dispensáveis ao se tratar de webinar.

Não há um modelo ideal de roteiro para webinar. Sua estrutura dependerá do formato e características do vídeo a ser produzido. Estude as melhores opções e defina qual tipo de roteiro será mais vantajoso para o seu webinário.

Confira abaixo três modalidades de roteiro que você pode se inspirar.

Texto direto

O nome já diz tudo: é o tipo de roteiro estruturado em um texto mais objetivo, sem interferências. Nele será descrito todo o formato de apresentação de forma bem simplificada.

O texto se assemelha à estrutura de uma redação. As falas e etapas do vídeo são organizadas no texto de forma direta, seja narração ou diálogo. Comentários referentes ao áudio deverão ser acrescentados nesse roteiro.

Não é preciso cumprir tudo que está previsto no texto direto de forma rigorosa. Pelo contrário, ele é mais utilizado como um guia para as pessoas envolvidas diretamente com o material produzido.

Roteiro cinco colunas

Esse tipo de roteiro é bem comum nas estratégias de conteúdo audiovisual. Apesar de ser um pouco mais rigoroso com os detalhes, costuma ser bastante assertivo.

Suas cinco colunas sãos dispostas pelos seguintes aspectos:

  • numeração de cada cena;
  • texto falado/locução;
  • indicação de cada fonte da fala;
  • latterings;
  • descrição de cada cena.

O roteiro de cinco colunas é mais completo, organizando as cinco prioridades fundamentais de um vídeo, independente seu formato. Esse método proporciona orientações mais minuciosas, porém certeiras para quem quer elencar melhor os pontos do seu vídeo.

Duas colunas

Esse modelo de roteiro é mais simplificado, mas pode proporcionar ao roteirista uma dimensão maior de todo o processo de apresentação do vídeo do início ao fim.

Nesse material, a estrutura do roteiro é dividida em duas colunas simples, definidas pelo áudio e vídeo. Em cada uma delas será descrita o que será apresentado.

O roteiro de duas colunas é ideal para imaginar como ocorrerá toda a estrutura do vídeo, se encaixando perfeitamente no processo de produção de um webinário, por exemplo.

Por se tratar de uma chamada ao vivo, cada detalhe precisa ser estabelecido previamente, evitando falhas técnicas durante sua transmissão.

5 passos para elaborar um bom roteiro para webinar

Agora que você já se inteirou sobre alguns formatos de roteiro para webinar, chegou a hora de conhecer algumas dicas para pensar um roteiro infalível. Vamos lá?

1. Estabeleça seus objetivos

Inicialmente, você deve ter em mente qual a finalidade do seu negócio ao produzir esse conteúdo. Compreender quais são os objetivos reais do webinar é fundamental para dar um passo à frente.

A sua marca pode atingir várias metas, obtendo pontos favoráveis, como:

  • fortalecer o relacionamento entre a empresa e os clientes;
  • contribui para estreitar laços com o cliente após a compra do serviço/produto da sua empresa;
  • chamar a atenção de novos consumidores e gerar mais leads para o setor de vendas;
  • aumentar as conversões da sua marca, reduzindo a jornada da persona dentro do funil de vendas da empresa.
Ebook Geração de LeadsPowered by Rock Convert

Determinar todos os seus objetivos é muito importante para compreender como será a realização do roteiro para o seu webinar e evitar que você se perca durante o processo. 

2. Escolha um tema relevante

Após a definição do objetivo central, chegou o momento de definir uma temática para a sua transmissão online. Selecionar o que será discutido é muito importante na hora de criar um roteiro para webinar com mais eficiência.

Uma dica é prestar atenção nas principais curiosidades do público em relação ao assunto que será apresentado. Observe quais conteúdos produzidos pelo seu negócio geraram mais interação e engajamento e descubra se é possível transformá-los em roteiros para uma live.

Analise também as palavras-chaves que tem atraído mais internautas para o site da sua marca. Identificar o que o público anda pesquisando é saber as suas dúvidas e curiosidades.

Mesmo que a sua empresa já seja relevante no tema da apresentação, não deixe de estudar e se atualizar sobre cada detalhe que poderá ser levantado pelos espectadores durante a transmissão. Assim, as suas chances de surpreender quem está assistindo são bem maiores.

Ferramentas como o Google, YouTube e blogs relevantes de outros idiomas podem inspirar e trazer ideias inovadoras para o seu webinar.

3. Selecione os apresentadores

A partir da temática, você terá um norte na hora de selecionar os melhores convidados para participar do seu seminário.

Tendo como guia o formato do seu webinar, sempre opte por pessoas qualificados no assunto que será abordado, fazendo com que transmissão flua de maneira mais objetiva e esclarecedora.

Independentemente do formato, a interação com o público é fundamental. Por isso, o apresentador deve ser capaz de conduzir o seminário demonstrando um bom nível de conhecimento sobre o tema, mesmo diante de um especialista.

4. Prepare uma oferta especial

O conteúdo apresentado não deve ficar separado do que a sua marca oferece à audiência.

Sendo assim, reserve um espaço no seu roteiro para apresentar condições especiais ao público. Geralmente esse momento ocorre quando a audiência já possuir uma noção mínima do assunto da transmissão e está mais convencido em fechar negócio.

A sua empresa só tem a ganhar com essa estratégia. Pensar uma ação promocional para o seu seminário, por exemplo, acelera e muito a jornada de compra do seu público-alvo, fidelizando mais clientes em uma só transmissão.

5. Selecione o formato do seu webinar

Um passo importante para criar um roteiro para webinar é definir qual será o seu formato. Lembramos que esse script nem sempre precisa ser complexo e muito elaborado, tendo em sua maioria 2 ou três colunas.

O que vai definir um bom roteiro é sua qualidade e o conteúdo produzido. Desse modo,confira abaixo algumas formas de transmissão mais usadas para webinar e que podem servir de inspiração para a sua empresa.

Entrevista

Esse formato é um dos mais utilizados nos seminários online. E não é difícil entender o motivo.

Nesse tipo de seminário online, o conteúdo é apresentado ao lado de um especialista no assunto, que ajuda a tirar todas as dúvidas e curiosidades da audiência.

A entrevista contribui para aumentar a interação entre a marca e público, engajando bem mais a audiência.

Se você escolher esse formato para um webinar, não se esqueça determinar os pontos a serem comentados, apresentando-os com antecedência ao especialista. Assim, apresentador e convidado terão mais desenvoltura e sintonia na hora de conduzir a transmissão.

Divulgação de produtos

Outra alternativa de roteiro é apresentar um produto/serviço da sua marca, independentemente se for lançamento ou não.

Esse formato é perfeito para divulgar as funcionalidades do seu produto/serviço, mostrar ao público sua aplicabilidade e sanar todas as curiosidades de quem está acompanhando a sua transmissão em casa.

Desse modo, o espectador não terá mais dúvidas em adquirir o que a sua empresa tem a oferecer.

Se você optar por esse formato, organize quais pontos fortes do seu produto devem chamar mais atenção do público. Toda a estrutura do roteiro deve ser elaborada tendo em vista o produto/serviço que será apresentado.

Perguntas e Respostas

Pensar em um seminário mais direto, organizado em perguntas e respostas contribui para colocar a sua marca em evidência, acompanhada de muito prestígio e relevância.

Crie um evento para pedir ao público as principais dúvidas em relação ao tema que será comentado no webinar. No dia da apresentação, todas elas serão respondidas ao vivo, gerando mais autoridade para o seu negócio.

O roteiro para webinar, nesse caso, deve ser elaborado escolhendo as melhores perguntas dos espectadores, organizadas de acordo com os pontos apresentados durante a transmissão.

Painel de conversa

Transmitir um seminário no formato de roda de conversa é ideal para apresentar ao público vários pontos de vista em relação à temática a ser abordada. Por isso, esse conteúdo não só chama a atenção do público, mas também ajuda a educá-lo.

Geralmente, um painel de conversa conta com uma pessoa responsável por fazer a mediação entre os convidados e o público.

O roteiro para esse formato não precisa ser muito rigoroso, já que os participantes podem usar toda a sua experiência no assunto para dar dicas e apresentar informações inusitadas aos espectadores.

Apenas determine a temática que será discutida em cada momento do painel e deixe um espaço reservado para a participação do público, a partir do envio de perguntas.

Construindo o roteiro para webinar na prática

Por fim, um aspecto importante de um roteiro para webinar é determinar o tempo de transmissão.

Assim como qualquer outro tipo de conteúdo audiovisual, o seu webinar precisa ser dinâmico, objetivo e atrativo. Desse modo, fazer uma transmissão muito arrastada pode fazer com que o público perca o interesse ao longo da transmissão.

O tempo é determinante para converter ou não a audiência. Por isso, saiba muito bem como utilizá-lo.

Crie um cronograma para estipular a duração de cada etapa do seu seminário, ajustando o texto a partir desse material definido.

Geralmente, os webinars costumam ter entre 45 e 60 minutos, organizados da seguinte maneira:

  • introdução: 5 a 10 minutos;
  • apresentação: 20 a 30 minutos;
  • interação com o público: 10 minutos;
  • oferta especial + Call to Action (CTA): 5 minutos.

Organizar previamente todo o material de apresentação em um cronograma fará com que o seu webinário seja mais coeso, prático, além de evitar algumas falhas.

Desenvolver um roteiro para webinar é planejar o conteúdo da melhor forma possível. O que será dito na apresentação é o guia definitivo para o público confiar na sua marca, por isso merece total atenção. Acompanhando todos esses passos, você estará pronto para elaborar um webinar eficiente para o seu negócio.

Conteúdo produzido pela VidMonsters.

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *