Por Autor Convidado

pela Rock Content.

Publicado em 28 de fevereiro de 2020. | Atualizado em 28 de fevereiro de 2020


As KPIs, ou Indicadores Chave de Desempenho, são ferramentas que ajudam o gestor a ter uma visão mais completa da performance de ações implantadas na empresa.
Veja como seu negócio pode crescer ao implementar as KPIs certas!

Muito se fala sobre KPIs: os famosos indicadores de desempenho. No entanto, ainda se fala pouco sobre o papel estratégico dos KPIs na gestão empresarial.

Quando bem aplicados, os indicadores de desempenho podem assumir um papel condicionante ao sucesso das suas estratégias e, consequentemente, do negócio. 

Por isso, no post de hoje, vamos ressaltar os principais benefícios da aplicação do indicadores de desempenho, bem como seu papel tático na gestão para que você possa começar a aplicar esse conceito agora mesmo e da melhor forma possível. 

O que são KPIS 

Bem, se você ainda não sabe exatamenteo que são KPIs (Key Performance Indicators), vamos te dar uma breve explicação. Também conhecidos como Indicadores Chave de Desempenho, eles podem ser definidos como uma ferramenta de gestão para te ajudar a ter uma visão melhor e mais detalhada da performance das suas ações.

Assim, eles são métricas altamente relevantes e estratégicas que podem ser de grande importância para sua gestão se aplicados e acompanhados corretamente. 

Porque usar KPIs na sua gestão 

Como já dissemos, a função principal dos Indicadores Chave é para que você tenha uma melhor visualização dos processos da empresa bem como o os resultados que os respectivos vem gerando.

Com isso, você conseguirá extrair dados valiosos e úteis para sua gestão. Diante de uma visão mais detalhadas, será possível tomar as decisões certas, comparar informações com maior clareza e desenhar estratégias e tarefas muito mais eficazes. 

Como implantar KPIs 

Para começar a implantar a gestão por indicadores de performance na sua empresa, é preciso mudar alguns processos e, principalmente, o modo como você enxerga e analisa os resultados do negócio.

Primeiramente, você precisará definir quais KPIs você vai usar na sua análise. Infelizmente, não há uma fórmula mágica aplicável a todos os negócios, em cada empresa existem métricas que serão mais ou menos importantes que outras.

Por isso, é fundamental que você faça uma seleção alinhada às particularidades do seu negócio e aos objetivos que você deseja alcançar. Para isso, recomendamos que você utilize o método SMART, que basicamente ensina como escolher os indicadores que mais vão te auxiliar na sua gestão. 

Assim, se você ainda não possui uma boa análise de performance na sua empresa, será necessário começar a mensurar suas ações, para que esses dados sejam posteriormente transformados em métricas e depois em KPIs estratégicos. 

Por fim, você vai precisar ainda fazer algumas alterações no que tange à comunicação interna da sua empresa. Se os seus funcionários não estão habituados com os conceitos das métricas e KPIs que serão utilizados, é preciso fazer essa introdução.

Afinal, não adianta nada utilizar uma ferramenta de gestão tão valiosa se sua equipe não está alinhada com essa estratégia. 

No momento de dar feedbacks e corrigir problemas, por exemplo, é essencial que seus colaboradores saibam interpretar os KPIs para direcionar suas ações estrategicamente ao crescimento da empresa.

Assim, você conseguirá construir uma equipe com alta performance e que, consequentemente, gera melhores resultados, estimulando o crescimento da empresa. 

A posição estratégica dos KPIs no crescimento da empresa

Como já deve ser possível perceber, a aplicação de indicadores de desempenho nas suas táticas de gestão tem um papel potencializador de resultados para sua gestão.

Mas, como exatamente aplicar isso e quais os resultados diretos que isso vai me gerar? Bem, é exatamente isso que vamos te contar agora.

Comunicação interna

Com a aplicação de KPIs, haverá a diminuição de ruídos na comunicação interna, promovendo um melhor alinhamento dentro da empresa. Dessa maneira, todos buscarão objetivos em comum e, portanto, trabalhando de forma cooperativa e gerando melhores resultados. 

Por exemplo, um dos desafios mais enfrentados dentro das empresas é o alinhamento e boa relação entre o setor de marketing e o setor comercial.

Digamos, hipoteticamente, que o número de vendas caiu em um dado mês X e imediatamente o comercial direciona ao marketing a tarefa de gerar mais leads para o mês que vem, para compensar o desfalque em questão. 

O problema nessa situação é que nem sem a diminuição do número de vendas será decorrente de um decréscimo no número de leads. Pode ter sido o melhor mês em questão de quantidade de novos leads, mas a taxa de conversão caiu e, com ela, as vendas.

Com essa visão mais específica dos problemas e dos dados internos da empresa, será possível construir estratégias mais específicas e uma equipe muito mais integrada

Os colaboradores

Com um bom sistema de monitoramento de indicadores e resultados dentro da empresa, você poderá identificar com mais facilidade os profissionais que estão apresentando melhor desempenho e dedicação.

Com esses dados em mãos, você pode, por exemplo, arquitetar ações para reconhecer e incentivar essas atitudes, melhorando a experiência do colaborador e seu desempenho na equipe. 

Psicologicamente falando, já é bem sabido que pessoas que se sentem valorizadas e que veem mérito em seu trabalho, sempre procuram se aperfeiçoar e buscar cada vez mais exercer suas funções da melhor forma.

E, claro, não é difícil perceber que isso tende a refletir positivamente nos resultados da empresa como um todo. 

Correção de erros 

Como muitos processos de uma empresa são integrados, fica difícil identificar a raiz de um problema. Muitas vezes, vemos apenas as consequências de processos mal executado e isso dificulta consideravelmente a remediação de erros na prática.

No entanto, com a implantação de KPIs, você pode encontrar disfuncionalidades e problemas com mais facilidade. Assim, será possível pensar em soluções mais específicas e cirúrgicas e que, claramente, serão muito mais efetivas.

Qual gestor nunca olhou para um resultado ruim e pensou nas várias possibilidade de porque aquilo está acontecendo?

Pois bem, em vez de gastar tempo e dinheiro tentando atingir todos os possíveis focos de erro, você terá um alvo muito mais específico. Assim, otimizando sua gestão e o aproveitamento do seu tempo. 

Análise e transmissão de resultados

Normalmente, em grandes empresas, a gestão nunca é feita por apenas uma pessoa. Principalmente quando o negócio recebe investimento, existe um comitê de pessoas envolvidos na gestão e na tomada de decisões.

Por isso, é extremamente importante que todos esses resultados sejam transmitidos com clareza para a diretoria. Afinal, oferecer um overview completo para pessoas que não estão dentro da empresa diariamente, pode ser um grande desafio. 

A gestão por KPIs pode facilitar muito o trabalho de quem está de dentro, transmitindo informações e resultados e quem está de fora; analisando métricas para tomar as melhores decisões.

Com um bom overview de cada setor da empresa e seu respectivo desempenho, é possível fazer aplicações muito mais assertivas para gerar os resultados esperados. 

Agora que você já sabe tudo sobre a gestão por indicadores, que tal começar a aplicá-la em seu negócio  e alavancar seus resultados.

Lembre-se, ter acompanhamento de tantos indicadores pode se tornar um desafio, por isso, conte com a ajuda de softwares para gestão e otimize ainda mais a administração do negócio.

Conteúdo produzido por Siteware.

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *