Por Redator Rock Content

um de nossos especialistas.

Publicado em 22 de março de 2020. | Atualizado em 18 de março de 2020


Uma cultura organizacional na agência de valores fortes e bem definida pode transformar o ambiente de trabalho, motivar funcionários e impulsionar seus negócios. Saiba como fortalecer a sua!

A maneira como agimos, falamos e realizamos escolhas comunica a forma como nos posicionamos e enxergamos o mundo, bem como com quais tipos de pessoas queremos nos relacionar. Em essência, isso define a nossa cultura. Por meio da escolha de local, cores, nomes, linguagem e maneira como os funcionários se vestem, a empresa comunica a cultura organizacional na agência e o que mantém seus departamentos integrados. Por isso, defini-la de maneira consciente não é tarefa simples.

A cultura organizacional na agência é essencial para empresas que querem motivar seus colaboradores, marcar presença no mercado e se diferenciar. Mas como definir um fit cultural? Descubra com nossas dicas!

Saiba o que é cultura organizacional

A cultura organizacional reúne os valores éticos e morais, hábitos, comportamentos, bem como as políticas de uma empresa. Ela é crucial para o crescimento da companhia quando motiva as equipes, engajando-as nos propósitos do negócio e fomentando um ambiente de trabalho produtivo. 

Apesar de parecer algo que surge a partir de um belo discurso, a cultura, organizacional ou não, é resultado da colisão e das interações que as pessoas estabelecem entre si e com o ambiente que as cerca. Portanto, a cultura é feita de pessoas e pode mudar, evoluir ou ser influenciada por elas. Daí a importância de garantir que os valores permaneçam consistentes ao estruturar os processos internos: afinal, com o crescimento de uma empresa, os valores que a ergueram podem se perder. 

Por sua vez, é fácil diagnosticar uma empresa com cultura organizacional enfraquecida, pois nela:

  • os funcionários se demitem com regularidade;
  • é frequente que colaboradores e gestores sintam que os valores originais que nasceram com a companhia se perderam;
  • há uma grande dificuldade em contratar e engajar talentos, mesmo com muitos benefícios.

Se você tem observado situações como as que listamos em sua agência, a resposta pode estar no fortalecimento do fit cultural. Embora essa não seja uma situação incomum (na verdade, ela é bastante típica de empresas que crescem em uma velocidade alta), é importante diagnosticá-la e solucioná-la em tempo hábil.

Entenda a importância de construir uma cultura organizacional na agência

Um fit cultural ou uma cultura organizacional forte indica que os comportamentos e as crenças de seus funcionários alinham-se aos valores que a empresa veicula. Quando os colaboradores compartilham objetivos, eles encontram formas de colaborar para realizá-los, impulsionando a produtividade e o funcionamento da empresa. 

Como dissemos, desenvolver uma cultura organizacional na agência de maneira consciente não é tarefa simples. É preciso:

  • ter consistência nas ações;
  • ater-se aos exemplos oferecidos por líderes e pela equipe de sucesso da agência;
  • ficar atento às mensagens veiculadas dentro da empresa;
  • acompanhar as pessoas contratadas.

Assim, a cultura organizacional na agência não se limita a um quadro de missão e valores, repleto de palavras bonitas.

Conheça 6 dicas sobre como definir e implantar um fit cultural na agência

1. Trace o perfil de sua empresa

Há uma série de maneiras para entender qual é o perfil da cultura organizacional de uma empresa. Algumas perguntas podem ajudar você a traçá-lo. São elas: 

  • os processos são mais estruturados ou flexíveis?
  • os funcionários têm abertura para adaptar processos?
  • sua empresa tem causas ou ela se concentra na expansão financeira?
  • o negócio valoriza o controle ou delega as tarefas, confiando na responsabilidade dos colaboradores?
  • a agência valoriza mais os trabalhos individuais ou em grupo?

Em geral, as empresas não conseguem responder a questionários como esse apenas com “sim” ou “não”. Afinal, não existe certo ou errado: existe o que funciona melhor para a sua agência e para os seus colaboradores. 

2. Compreenda a mentalidade dos fundadores

Em essência, a cultura organizacional na agência é formada pela visão que os empreendedores tinham no início dos negócios. Pergunte-se: o que torna/tornava sua empresa diferente das demais no mercado? 

A história da LEGO é um ótimo exemplo disso. Nos anos 90, a empresa chegou a perder, em média, 300 mil euros por dia por causa de problemas de gestão. Quando Jorgen Vig Knudstorp assumiu o cargo de CEO em 2001, o que ele fez para recuperar a companhia foi resgatar os valores que nortearam o início da empresa: criar brinquedos de construção inovadores para que crianças pudessem aprender com isso. Relembrando toda a empresa desse propósito, a LEGO voltou para seu core e retomou seu crescimento. 

Assim sendo, é essencial que os fundadores encarnem os valores que disseminam como essenciais para o fit cultural da empresa. As pessoas aprendem muito mais por exemplos e gestos do que por discursos. 

3. Comunique seus valores

Seja no site, seja nas redes sociais, em artigos publicados no LinkedIn, em emails marketing, nas paredes e em outros materiais de comunicação, sua empresa deve sempre comunicar quais são seus valores e propósitos. 

Mas atenção: isso não significa que você tenha de repetir um discurso pronto à exaustão. A escolha de cores, fotos, lemas, fontes, empresas às quais ela se vincula, mobiliário dos ambientes, entre outros elementos, ajuda a comunicar essas mensagens.

Designers, arquitetos e consultores de imagem saberão oferecer ótimas orientações quanto a isso. 

4. Contrate as pessoas certas

Após entender quais valores e comportamentos são importantes para a cultura organizacional na agência e comunicá-los bem, procure por colaboradores que se alinhem a esses valores. Nos anúncios de novas vagas, enfatize os valores desejáveis para a sua empresa.

Nesse sentido, é vital que recrutadores e todos os funcionários envolvidos nas entrevistas tenham ciência desses valores. Cuide para que os processos seletivos deem abertura para que os candidatos se manifestem com honestidade. 

5. Implemente um processo de onboarding

Uma das melhores formas de alinhar seus colaboradores quanto a cultura organizacional na agência é estruturar um processo de onboarding. Essa técnica de adaptação envolve etapas de orientação, supervisão, acompanhamento e treinamento que envolve todos os departamentos da agência, de forma que o novo funcionário se adapte ao ambiente. 

O onboarding previne erros, mantém um padrão de qualidade, faz com que o time trabalhe de maneira mais integrada e reduz significativamente taxas de turnover.

6. Divida responsabilidades

Em empresas com gestão horizontal, ou seja, onde os times são autogerenciados, os colaboradores precisam saber quais são suas responsabilidades, o que cobrar e como se motivar. Construindo equipes que se comprometam com o desempenho e as atitudes esperadas, a empresa fortalece seus valores sem sobrecarregar uma única pessoa ou precisar repetir, exaustivamente, os valores que deveriam nortear seu fit cultural. Além disso, você também pode utilizar recursos como a avaliação 360 graus.

Uma cultura organizacional na agência coerente demanda que gestores e colaboradores entendam qual é o jeito de ser da empresa. Por meio de processos de capacitação, como o onboarding e a avaliação 360 graus, de boas contratações e de bons exemplos, as equipes entenderão quais são os valores e objetivos da empresa. Com isso, o ambiente de trabalho se tornará mais produtivo e motivador. 

Gostou das nossas dicas para fortalecer a cultura organizacional na agência? Assine nossa newsletter para receber mais dicas e impulsionar seus negócios!

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *