Por Raphael Pires

Publicado em 19 de janeiro de 2020. | Atualizado em 6 de março de 2020


Apesar das diferenças entre gerente de projetos e tráfego, esses são dois profissionais fundamentais para garantir que uma agência de comunicação ofereça o serviço dentro dos prazos e com qualidade. Enquanto um foca em cada entrega dos profissionais da agência, o outro se concentra no sucesso do projeto.

ilustração sobre as diferenças entre gerente de projetos e tráfego
Você sabe quais as diferenças entre esses dois profissionais?

O fluxo de trabalho de uma agência é intenso e, para cumprir com todos os prazos e superar as expectativas do cliente, algumas funções são estratégicas. Neste artigo, falaremos sobre as diferenças entre gerente de projetos e tráfego. Afinal, são profissões bem parecidas, mas que se complementam dentro do dia a dia de uma empresa de comunicação.

Se você deseja saber mais sobre a diferença dessas funções, quais habilidades cada um desses profissionais agrega ao time (na garantia pontual dos prazos ou uma visão da gestão de projetos completa) e o que cobrar de cada colaborador, continue a leitura. Além disso, você ainda confere as tendências desses cargos dentro das agências. Boa leitura!

O que faz um gerente de tráfego nas agências?

Se antes da expansão da publicidade online a quantidade de jobs de uma agência já era incrível, o número de trabalhos ganhou algumas cifras com a possibilidade de oferecer serviços digitais. Cada cliente tem uma demanda específica, ativando produtos diversos da cesta oferecida para o cliente.

O tráfego em agências de publicidade precisa ser sistematizado e cada peça ou vídeo produzido, enfim, cada ação deve ser entregue a tempo, garantindo que a campanha tenha sua melhor performance. É exatamente aí que entra o gerente de tráfego. No caso de empresas menores, o atendimento pode assumir esse papel, o importante é garantir o controle dos processos.

Assim, um gerente de tráfego basicamente organiza e checa atividades, quais são os prazos e quem são os responsáveis, permitindo que o serviço de comunicação seja oferecido no tempo determinado e com a qualidade diferenciada.

Quais são as características do profissional e principais funções do gerente de tráfego?

O requisito básico de um gerente de produção (outro nome que o gerente de tráfego também pode ganhar) é atender a todas as demandas, normalmente contando com um minucioso cronograma para isso. Além disso, ele é a ponte entre o executivo de contas e os outros setores da empresa.

O sucesso do seu trabalho também ajuda a melhorar a gestão da qualidade da agência, permitindo que o fluxo de trabalho seja eficiente.

É um gerente de tráfego quem delega as funções para pessoas e times, verificando o que ainda precisa ser concluído — aqui entram aqueles prazos apertados e jobs urgentes.

Como falamos, seu contato é com os diversos setores da agência, inclusive com o executivo de contas, e é responsabilidade desse profissional avisar quando surgirem quaisquer imprevistos.

Gerenciamento e organização

Esse profissional deve ser capaz de gerenciar equipes, jobs, prazos e expectativas, garantindo a alta produtividade, boa qualidade, além da satisfação do cliente e demais envolvidos. As principais qualidades esperadas por um gerente de tráfego são:

  • organização — para fazer fluir as grandes demandas no fluxo de trabalho;
  • detalhamento — assim, será possível pegar um grande volume de tarefas, mantendo a qualidade e sem deixar nenhuma prioridade para trás;
  • liderança — não apenas no sentido de delegar funções e cobrar por uma boa performance, mas também no sentido de ter um bom relacionamento com o time, conseguindo motivar os colaboradores da agência;
  • saber trabalhar sob pressão — se você está na área de comunicação então provavelmente já ouviu solicitações de prazos “para ontem”; essa é a única meta que o gerente de tráfego ainda não conseguiu bater, para todas as outras, ele precisa estar preparado para alcançar, deixando o processo leve e eficaz;
  • ter capacidade resolutiva — estamos falando de tecnologias, pessoas e clientes, além de uma boa comunicação e capacidade de lidar com equipes; o gerente de tráfego também deve conseguir contornar situações, apresentando a melhor solução para cada desafio que surgir.

O que é um gerente de projeto nas agências?

Depois de apresentar o gerente de tráfego, fica até mais fácil falar sobre o gerente de projeto. Afinal, são duas carreiras dentro das grandes empresas de comunicação que servem para garantir os departamentos integrados na agência.

A maior diferença é que enquanto o tráfego tem uma visão pontual, garantindo a entrega de cada peça que precisa ser desenvolvida, o gerente de projeto tem uma visão abrangente.

Sendo assim, o gerente de projetos precisa entender qual é o objetivo estratégico de cada conta e trabalhar para que todas as ações sejam direcionadas para conquistar a meta estabelecida. Ele precisa organizar e trabalhar não só com a gestão de pessoas, como também de orçamento, cuidando do budget mesmo diante de imprevistos.

Quais são as características do profissional e principais funções do gerente de projeto?

Um gerente de projetos deve:

  • ter uma visão analítica;
  • saber lidar com ferramentas de gestão de projetos;
  • entender todos os fluxos dentro de um projeto, mesmo que tenha apenas um conhecimento superficial sobre o desenvolvimento de cada etapa;
  • ser ágil e eficiente na mudança de estratégias durante a execução do plano — afinal, por mais que algo seja planejado, é possível que surjam imprevistos.

Esse colaborador também atua em parceria com todos os setores da agência. Porém, em vez de cobrar entregas pontuais, seu foco está no sucesso do projeto e em características como o nível de produtividade e engajamento dos outros funcionários.

Um profissional desses de sucesso precisa entender o projeto como seu e usar inteligência emocional para envolver toda a equipe.

Quais as tendências nos cargos de tráfego e gerente de projetos nas agências?

O primeiro ponto nessas duas frentes de trabalho é a tecnologia. Não é apenas o marketing digital que entrou para as agências: estratégias, ferramentas e o conhecimento necessário para operá-las também.

É fundamental que tanto o gerente de tráfego quanto o de projetos tenham conhecimentos sobre processos ágeis, mantenham-se atualizados e saibam usar a tecnologia a favor do workflow da empresa.

Além disso, é comum vermos agências que optam pelo gerente de projetos desempenhando também o papel de tráfego. Isso vai depender do porte da empresa e a real capacidade de demandas.

As diferenças entre gerente de projetos e tráfego estão principalmente no foco. Enquanto o primeiro tem uma visão abrangente e trabalha com métricas e indicadores para garantir o sucesso das contas, o segundo assegura que cada etapa será realizada com qualidade e atendendo ao prazo estipulado. A parceria desses dois profissionais impulsiona uma gestão de qualidade nas agências.

Se você gostou do artigo sobre as diferenças entre gerente de projetos e tráfego e quer saber mais sobre como facilitar os processos da sua agência, então baixe nosso e-book Guia completo de gestão para agências e otimize seus resultados simplificando as operações!

Guia completo de Gestão para Agências

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *