Por Redator Rock Content

um de nossos especialistas.

Publicado em 29 de outubro de 2018. | Atualizado em 11 de fevereiro de 2020


Muitas vezes apontados como sinônimos, os três Es da administração — eficiência, eficácia e efetividade — são, na verdade, conceitos bem diferentes. Saber quais são as peculiaridades de cada um deles é muito importante para o bom funcionamento da sua empresa!

Na administração, muitos conceitos, por serem parecidos, acabam sendo confundidos e tratados como sinônimos. Eficiência, eficácia e efetividade são exemplos disso. Apesar de terem algumas semelhanças, são termos com significados bastante diferentes.

Para realizar um bom trabalho de gestão, porém, é preciso entender exatamente o que significa cada um desses conceitos.

Dessa forma, com a aplicação correta em cada caso, você consegue realmente definir se um funcionário é eficiente, eficaz ou efetivo.

Quer saber mais? Continue a leitura para entender a importância de diferenciar os três conceitos, o real significado de cada um deles, as diferenças e como estimular essas características dentro da sua empresa. Confira!

Qual é a importância de saber diferenciar os três conceitos?

Independentemente da sua área de atuação, conhecer e entender o significado dos termos mais utilizados em sua rotina de trabalho é fundamental para o sucesso da sua organização, especialmente na hora de montar o planejamento estratégico.

Por isso, saber diferenciar os três Es da administração pode ser fundamental na hora de planejar as suas estratégias de gestão de equipe, por exemplo.

Como determinar aprodutividade de uma equipe? Quem precisa melhorar e quem já pode ser considerado um funcionário efetivo?

Com essas definições bem claras dentro da sua organização, é possível concluir se determinada equipe ou funcionário está desempenhando o seu papel de maneira correta ou se alguma mudança precisa ser feita para que os resultados sejam mais satisfatórios.

Para ter sucesso nas suas ações, e tornar os processos mais sustentáveis em longo prazo, é importante fazer essa diferenciação. Se você quer que a sua equipe apresente os melhores resultados, é obrigatório saber identificar qual funcionário é eficiente, eficaz ou efetivo.

Qual é o significado de eficiência, eficácia e efetividade?

Para que você entenda melhor a diferença entre os três Es e consiga identificar e estimular essas características na sua empresa, detalhamos cada um desses conceitos sob a perspectiva da administração e mostramos seus principais indicadores. Confira!

Eficiência

Quando um trabalho é realizado da melhor maneira possível, utilizando apenas os recursos disponíveis e não gerando custos além do esperado, ele pode ser considerado eficiente.

Ou seja, ao conseguir reduzir os custos, perdas ou qualquer tipo de desperdício ao realizar determinada atividade, um funcionário está sendo eficiente.

O conceito de eficiência está relacionado ao custo-benefício da operação e consiste nacaracterística de uma equipe que consegue produzir exatamente o que era esperado dela, entregando um trabalho de qualidade, no prazo exigido e dentro do orçamento.

Quanto menor for o esforço necessário para realizar uma tarefa, maior será a eficiência do trabalho produzido.

Por exemplo, um sinal de eficiência é melhorar e otimizar os resultados de um setor de um mês para outro, utilizando os mesmos recursos disponíveis anteriormente.

Eficácia

Enquanto o conceito anterior está diretamente relacionado a otimizar os processos de trabalho, fazer o mesmo serviço e ainda conseguir gerar economias, a eficácia consiste em utilizar todos os recursos disponíveis para apresentar o melhor trabalho possível e, consequentemente, gerar resultados positivos para a sua empresa — ou seja, fazer o que deve ser feito.

Uma equipe eficaz é aquela que utiliza da melhor forma possível todos os recursos e prazos disponibilizados. Vamos supor que a sua empresa disponibilize uma verba de R$ 10.000 para determinado projeto demarketing.

Se o trabalho for eficaz, todo o orçamento vai ser utilizado para garantir que o resultado final seja o mais satisfatório possível.

A preocupação, nesse caso, é a qualidade da entrega em si, e não a redução dos custos da operação. Aqui, o foco é ter um desempenho que alcance os objetivos e as metas estipuladas inicialmente.

Efetividade

Esse conceito reflete o melhor cenário possível para qualquer empresa: uma equipe que seja efetiva. Na administração, efetividade é a habilidade de ser eficiente e eficaz ao mesmo tempo, ou seja, de atingir as metas definidas no prazo e orçamento estabelecidos e conseguir apresentar um resultado final satisfatório para a empresa.

Efetividade representa, portanto, a capacidade de reduzir os custos operacionais de determinado projeto, mas ainda assim garantir que o produto final seja o melhor possível.

Ou seja, aliar os dois conceitos anteriores de maneira que, no fim, o trabalho tenha gerado uma economia de recursos e tempo para a organização, mas sem perder em nada no quesito qualidade.

O objetivo final desse conceito é, portanto, a otimização dos recursos disponibilizados, gerando um impacto positivo para a empresa e possibilitando o alcance das metas traçadas inicialmente — garantindo que os resultados alcançados sejam, de fato, reconhecidos.

Você também pode se interessar por este conteúdo!
👉 Administração por objetivos: o que é e quais as características da APO

Qual é a relação entre esses conceitos no cotidiano de uma empresa?

No dia a dia de uma organização, esses três conceitos estão presentes o tempo todo e estão sempre se relacionando, por isso, é importante entender as suas diferenças para garantir que os processos internos sejam feitos da maneira esperada.

Ao realizar uma análise SWOT, você tenta identificar quais são as forças, fraquezas, oportunidades e desafios do seu negócio para, assim, traçar as estratégias com maior chance de gerar resultados positivos para a sua empresa, certo?

Vamos supor que a análise indicou, como principal desafio, garantir a entrega do projeto com números melhores que os do ano anterior, porém, com os mesmos recursos.

Ao conseguir identificar quais profissionais se destacam pela eficiência, eficácia ou efetividade, você pode montar uma equipe voltada exatamente para realizar a função necessária.

Por exemplo: você não pode aumentar a verba para o projeto e precisa de resultados ainda melhores? O que você está buscando é eficiência, ou seja, que os funcionários tornem os recursos disponíveis ainda mais úteis, melhorando o custo-benefício da operação.

Para entender se um trabalho foi feito de maneira mais eficiente ou não, o recurso mais utilizado é a comparação com situações anteriores.

Ou seja, é preciso medir se o mesmo trabalho foi feito com menos ou mais recursos em relação ao período anterior. Apresentar os mesmos resultados — ou melhores — e reduzir os custos é um claro sinal de eficiência.

Caso o objetivo seja garantir uma entrega importante e que satisfaça exatamente os desejos do cliente, a solução é identificar quais são os trabalhadores mais eficazes.

Isso significa que, independentemente dos recursos e prazos disponibilizados, a meta traçada vai ser alcançada por essa equipe, garantindo a entrega do trabalho de forma satisfatória.

Nessa situação, nem sempre vai existir a preocupação com a eficiência dessa produção, já que o objetivo é garantir que o trabalho seja, de fato, produzido e entregue. Otimizar recursos e reduzir gastos não será uma prioridade nesse caso.

Agora, caso você busque apresentar um resultado final melhor que o esperado sem aumentar os recursos utilizados ou o prazo disponível, é de uma equipe efetiva que você vai precisar, ou seja, de profissionais que saibam otimizar as ferramentas disponíveis e reduzir os gastos, mas que não se esqueçam das metas traçadas.

Como estimular essas características na sua empresa?

Entender as diferenças entre esses conceitos é o primeiro passo para melhorar os resultados e o desempenho dentro da sua organização. É preciso, porém, saber como estimular que essas características aconteçam no dia a dia. Para isso, separamos quatro dicas para você colocar em prática!

Incentive a proatividade

Estimular um ambiente em que todos os profissionais busquem novos conhecimentos e aprendizados constantemente é fundamental para que as características presentes nos três Es da administração façam parte de seu negócio.

Encoraje a busca por crescimento

Quem busca mais conhecimento procura também crescimento — pessoal e profissional.

Quando os profissionais envolvidos na sua organização almejam novos desafios, a tendência é que eles busquem cada vez mais formas de realizar as suas funções de maneira mais eficiente, eficaz ou efetiva.

Crie um senso de responsabilidade

Ao entender que também têm suas responsabilidades e desafios no negócio, os profissionais vão sempre buscar maneiras de utilizar as características dos Es da administração.

Afinal, por mais que sejam diferentes, todos visam o melhor para a empresa e o cliente final. Portanto, criar um senso de responsabilidade é outra forma de estimular essas características dentro da sua empresa.

Entenda a responsabilidade da liderança

Todos os itens acima estão diretamente relacionados ao papel de liderança dentro de uma organização.

Portanto, é fundamental que os tomadores de decisão da empresa estejam sempre atentos aos conceitos de eficiência, eficácia e efetividade, visando garantir que os objetivos traçados sejam alcançados.

Esses conceitos são muito importantes no cotidiano da sua empresa. Saber as diferenças entre cada um deles é o primeiro passo para que eles se tornem cada vez mais presentes na rotina de trabalho da sua organização. Com algumas práticas simples, já é possível estimular esse fortalecimento.

Agora que você já entendeu quais são os três Es da administração e as diferenças entre esses conceitos, que tal conferir outros conteúdos importantes para tornar a sua empresa mais produtiva? Você sabe o que é Marketing 4.0? Leia este artigo e entenda quais podem ser os impactos na sua empresa!

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Uma resposta para “24 eventos de marketing que você não pode perder em 2020”

  1. Viviane Rodrigues disse:

    Olá! Existem eventos específicos de publicidade para indicar? Estou fazendo um levantamento para um artigo! (RD summit e On the road já estão na lista)! 🙂 Obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *