Por Ana Júlia Ramos

Redatora freelancer da Rock Content

Publicado em 14 de novembro de 2019. | Atualizado em 22 de junho de 2020


Estratégias que priorizam conteúdo interativo aumentam o engajamento online principalmente por instigar o usuário a se envolver com a marca. Para obter bons resultados, é importante investir em testes, senso de pertencimento e personalização. Entre os melhores formatos estão vídeos interativos e questionários.

Investir em conteúdo interativo é uma das principais formas de conseguir o tão buscado engajamento online.

Isso acontece principalmente porque competir com todo o volume de dados simultâneos que conquistou a internet nos últimos anos é uma tarefa cada vez mais difícil. 

Para se destacar, é preciso estimular a participação do usuário e entender o público como protagonista, e não um mero receptor de informações.

A interatividade é a chave para gerar proposta de valor e acumular métricas positivas no final do mês.

Para entender mais sobre a estratégia, contemplaremos os seguintes tópicos:

 

Conheça o papel do engajamento em estratégias de Marketing Digital

Antes de colocar a mão na massa, e aprender a elevar o nível dos seus conteúdos ao usar a interatividade, é importante entender o valor do engajamento nas estratégias de Marketing Digital.

Pense na quantidade de conteúdos com os quais você, enquanto usuário, entra em contato em um período de 24 horas. Temos certeza de que o volume é muito alto!

Desses conteúdos, quantos deles recebem um comentário seu — ou qualquer outra ação que vá além da visualização? 

O usuário pode gostar de algo ao ver, o que é muito bom, e no futuro contribui para as estratégias de reconhecimento de marca. Mas o engajamento é responsável por mostrar às marcas quantas pessoas de fato gostam do que estão recebendo e o quanto estão dispostas a interagir.

Setores de Marketing e Comunicação não criam conteúdos para engavetá-los logo depois.

Existem métricas e estratégias por trás disso, e a melhor forma de alcançar os objetivos é conquistar a atenção do público e merecer todo o engajamento que vem como consequência.

Usuários vêm buscando cada vez mais por proposta de valor. Por isso, não adianta mais visualizar seus clientes como números numa tela de computador: é preciso entender seus gostos, dores e dificuldades, juntar tudo em um grande calendário e transformar as informações em conteúdo relevante.

Dessa forma, tenha a certeza de que as taxas de conversão serão muito maiores. Pessoas que criam conexões verdadeiras com marcas vão além do patamar de cliente e se transformam em grandes promotoras, passando adiante suas experiências positivas e gerando ainda mais potencial para novos negócios.

 

Veja as vantagens de investir em conteúdos interativos

Minuto a minuto, pessoas são bombardeadas por informações que vêm de todos os lados: quando acessam sites de notícias, entram no Facebook, dão uma passadinha pelo Twitter ou postam aquela selfie com os amigos no Instagram.

Uma infinidade de dados circula pela linha do tempo de usuários ao redor do mundo, mas poucos conteúdos sobrevivem ao tempo e permanecem no imaginário do público.

Você, enquanto marca, deve conquistar espaço de verdade. Não apenas na tela do celular ou do computador, mas na vida real. Afinal, o objetivo final é a conversão em vendas!

Por isso a retenção é tão importante. Ao investir em engajamento, é possível fidelizar uma audiência atraída pelo conteúdo e que, mais do que isso, tem vontade de permanecer interagindo e descobrindo novidades.

Mais do que ver uma foto ou passar por um vídeo, essa é uma métrica de interatividade capaz de prever vendas e mapear pessoas que têm maiores chances de se transformarem em clientes.

 

Aprenda as melhores formas de trabalhar com o recurso

Criadores de conteúdo lidam com o grande desafio de se manterem em evidência. Para usar a estratégia de conteúdo interativo da melhor forma possível, existem alguns passos que devem ser minuciosamente seguidos.

Defina um objetivo

Antes de mais nada, é preciso definir o seu objetivo de campanha. Quanto mais vaga for a sua ação, menores serão as chances de ela alcançar o público certo e gerar conversão.

Por isso, entenda quais são as principais necessidades no momento, liste uma por uma e transforme-as em campanhas.

Nas redes sociais, principalmente, cresce o investimento em conteúdos unificados, que fazem parte de um propósito maior e, em conjunto, são responsáveis por atingir os objetivos da marca.

Nada de pensar em post por post separadamente. Depois de definir os objetivos, você será capaz de determinar quais são os melhores formatos de conteúdo interativo.

Você pode se interessar por esses outros conteúdos
👉 Como criar uma estratégia interativa: passo a passo dos estágios
👉 Marketing de Engajamento: o que é e como aplicar no seu negócio?
👉 Gere mais leads usando uma estratégia de conteúdos interativos
👉 Conteúdos interativos e sales enablement: como unir as duas estratégias
👉 Ebook interativo: como usar na estratégia de Marketing de Conteúdo

Crie estratégias de persona

O que funciona para um público específico pode não dar certo para outro. Por isso, é importante ter a persona muito bem definida para entender quais são as melhores formas de criar esse tipo de conteúdo.

Marcas que trabalham com personas de idade elevada — dos 55 anos para cima, por exemplo — devem tomar cuidado para que o material não fique complexo demais em um recorte de pessoas que não tem as mesmas habilidades de um nativo digital.

A mesma coisa acontece com perfis de pessoas que moram em regiões muito distantes. Quando pensamos nos extremos do nosso país, lidamos com muitos locais que não dispõem de internet de boa qualidade.

Nesse caso, a ideia é trabalhar com conteúdos mais simples e evitar aqueles que demandam maior tempo de carregamento. A união entre a imagem e a chamada certas já podem ser grandes aliadas.

Além dos dois exemplos que citamos por aqui, tenha em mente que toda a sua estratégia sofrerá modificações dependendo do perfil de pessoas que você quer alcançar.

Projetos que tentam abraçar todo mundo de uma vez só não geram o mesmo engajamento que aqueles que parecem ter sido criados exatamente para cada pessoa que interagiu com ele. 

É preciso conhecer, estudar, mapear e encontrar as principais tendências capazes de se transformarem em conteúdos interativos adequados para cada tipo de persona.

Entenda quais são os canais adequados

A definição da persona será importante, também, para entender os melhores canais de divulgação.

Se a maior parte do seu público está no Instagram, por exemplo, invista a maior parte da força de criação nessa rede social.

Com a análise, será possível desfrutar das plataformas da melhor maneira possível. Não é qualquer marca que combina com o Tik Tok, por exemplo.

A rede social que vem ganhando o mundo tem um recorte muito específico de público e, ao analisar o perfil dos usuários, descobrimos que várias marcas podem se dar a chance de “ignorar” o sucesso da rede e investir naqueles ambientes em que poderão conquistar espaço de verdade.

Tudo sobre conteúdo interativoPowered by Rock Convert
 

Bônus: os melhores formatos de conteúdo interativo

Depois de entender as principais informações sobre o assunto e reconhecer a importância de trabalhar com a estratégia em busca de engajamento, selecionamos os melhores formatos de conteúdo interativo para que você veja sua aplicação prática.

Vídeos ao vivo

Conteúdos ao vivo são ótimas formas de tirar dúvidas e ter um contato pessoal com o público.

Com eles, você é capaz de criar uma conversa bilateral — algo difícil de fazer nas redes sociais, em muitos casos — e entregar conteúdo personalizado e muito mais próximo.

Questionários

Existem várias formas de trabalhar com os questionários interativos. Usando dessa estratégia, você consegue engajar o leitor de forma com que ele segue respondendo as perguntas, muito por conta da atmosfera diferente oferecida.

Um bom exemplo é o da plataforma de viagens Orbitz. Por meio de um quizz interativo, o leitor é questionado se o seu companheiro de viagem é o “par perfeito”.

Com perguntas divertidas e leves, o leitor é conduzido até o final do quizz. Para receber sua resposta, basta que ele converta, deixando seu nome e email cadastrado.

Ao final, ele recebe o resultado com o contato da empresa Orbitz e como ela pode ser útil em situações de viagem de trabalho.

Ferramentas úteis para o trabalho do seu cliente final

Um bom exemplo são as calculadoras interativas. Empresas que têm confeiteiros como cliente final, por exemplo, podem criar recursos para que cada pessoa possa adicionar os ingredientes da receita e descobrir a melhor forma de precificá-los.

É o exemplo da empresa Vigor, que oferece as principais soluções a seu público.

calculadora interativa

Ferramentas interativas, quando pensadas para facilitar o dia a dia do público, se transformam em grandes aliadas, e não apenas nos momentos diretos de compra.

O reforço e o reconhecimento de marca, neste caso, é poderoso.

Vídeos interativos

Quem já viu aquele episódio de Black Mirror em que o espectador é responsável por toda a história? 

A Maybelline, gigante na indústria mundial de cosméticos, fez uma campanha usando vídeos interativos, em que o usuário poderia aprender um tutorial de maquiagem a partir de seus gostos pessoais.

Ao navegar pelas opções, o final do vídeo trazia um tutorial completo dentro do perfil de estilo daquela pessoa em específico.

Neste caso, o conteúdo interativo oferece também a personalização. Usando o exemplo da marca, imagine quantas pessoas não são muito fãs de maquiagens mais pesadas ou quantas gostam de tons mais coloridos.

Para agradar a maior quantidade possível de pessoas com posts estáticos, você gasta muito mais tempo e investimento, quando poderia reunir os principais temas em um único vídeo repleto de interação.

Seja qual for o formato escolhido por você, tenha sempre em mente a importância de conhecer de verdade o público da sua marca e encontrar as melhores formas de criar um diálogo interessante para ambos os lados.

Assim, os bons números de engajamento se tornam consequência de um ótimo trabalho.

Se você gostou de aprender sobre as melhores estratégias de engajamento com conteúdo interativo, conheça o case da empresa Dell e entenda como criar uma estratégia interativa de sucesso!

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *