Ferramentas de vendas

As 31 melhores ferramentas de vendas para dar agilidade ao seu time

Usar as ferramentas certas em sua empresa pode ajudar seus vendedores a ter um desempenho cada vez melhor. Por isso, conheça as 31 melhores ferramentas para aumentar as vendas!

As vendas de um negócio não crescem da noite para o dia, e também não existe uma fórmula ou ferramenta mágica que faça seus resultados triplicarem.

O sucesso nas vendas está na sintonia entre todos os elementos do setor comercial como equipe, processos, estratégias e sistemas utilizados. Todos eles, unidos, jamais serão vencidos — principalmente se focados no mesmo objetivo.

Seguindo a ideia da conectividade e união desses elementos, as tecnologias e ferramentas de gestão são muito bem-vindas, não é mesmo?

Por isso, saiba como fazer a escolha das ferramentas mais adequadas para seu tipo de negócio com a nossa lista completa das melhores soluções e suas aplicabilidades.

Conheça cada uma delas e veja quais podem ajudar a criar uma sintonia entre seus elementos comerciais.

Para relacionamentos e experiências comerciais mais significativas

Começando a lista por uma das bases mais fundamentais para o sucesso das vendas: o relacionamento com o cliente.

1. Sistema CRM

Não adianta, se você quer ter um desempenho alto nível com vendas, você simplesmente precisa de um sistema de CRM.

A produtividade e eficiência do seu time só vai alcançar o nível de estado da arte se você medi-las constantemente e tomar decisões embasadas com métricas de desempenho, e não em achismos.

Para tanto, é necessário um sistema que consiga ter controle de pipeline, relatórios, KPI’s, análise histórica de performance e integrações com outros sistemas como ERP’s ou plataformas de automação de marketing.

Para conseguir previsibilidade, por exemplo, é preciso medir tudo isso e mais e muito mais.

2. Pipedrive

Organização é um dos requisitos básicos para um bom vendedor, pois contribui muito para ele saber qual lead abordar, no momento certo e com o discurso adequado. Contudo, como se manter organizado quando a sua cartela de clientes é grande? Usando um CRM!

Existem vários modelos de CRM. Entretanto, se essa ferramenta ainda é novidade para o seu time, opte por uma com a interface simples e intuitiva, como o Pipedrive.

O sistema permite ao vendedor registrar todas as informações de um consumidor, desde o seu primeiro contato até o pós-venda. Já para o gerente de vendas, o Pipedrive é útil para montar estratégias.

O sistema gera relatórios que contribuem para a tomada de decisões e ainda permite acompanhar o desempenho de cada membro do comercial.

Outro ponto positivo do CRM da Pipedrive, além da gestão de vendas, é a opção de integrar com outras ferramentas. Essa possibilidade otimiza o trabalho do vendedor, que não precisa trocar de sistema na hora de realizar suas tarefas.

3. RD Station

Explore as ferramentas usadas em seu departamento de marketing. A RD Station, por exemplo, mesmo sendo um sistema de automação de marketing, pode ajudar a sua equipe comercial a aumentar as vendas.

A RD reúne várias informações sobre o lead, como os tipos de materiais que ele baixou, a frequência que ela acessa o site, as páginas mais visitadas, quantos e quais emails ela interage mais, quais emails ela abre e outros dados estratégicos.

Sabendo disso, o vendedor pode fazer um contato bem mais personalizado e próximo com o lead, podendo agradá-lo na primeira conversa. Atendimento bem feito, mais chances de fechar a venda, concorda?

4. Outreach

Se o RD Station permite a automação das campanhas de acordo com segmentações, é importante sair quais delas e em qual ordem um lead foi sensibilizado, certo? Principalmente quando ele faz contato com a empresa.

Nessas situações, é preciso entender o quão bem nutrido ele está em relação aos diferenciais do negócio, e com o Outreach, as campanhas e ações de vendas automatizadas poderão ser colocadas em ordem.

Ele pode ser integrado com o CRM do negócio, e assim, permitir a busca por campanhas cadastradas, sua publicação para uma lista de prospecção e posteriormente, análise de desempenho, seja por email ou mensagem de voz.

5. Ghostery

Quando vamos avaliar a qualidade de um lead, um dos vários pontos que você deve verificar é o site dele. Vários elementos evidenciam que foi investido tempo e dinheiro ali, como:

  • Número 0800 disponível;
  • Suporte com chat em tempo real;
  • Landing pages;
  • Fotos e vídeos personalizados.

Mas além desses elementos visíveis, podem haver outros que você não consegue ver apenas acessando e navegando no site.

Por exemplo, eles usam ferramenta de automação de marketing? Qual a plataforma de e-commerce ele está usando?

Essas e outras informações você pode obter com o Ghostery, que verifica códigos de rastreamento deixado por essas ferramentas e pode ser facilmente instalado como extensão do Google Chrome, veja:

Ferramentas de vendas 3

Além de ter melhor noção do tamanho do investimento feito no site, você pode usar esse tipo de informação para descobrir o processo de compra desse lead e se prevenir de objeções.

Imagine o cenário:

“Vi que vocês possuem automação de marketing, certo? Para contratar uma ferramenta como essa, é preciso autorização de todos os sócios ou apenas do diretor de marketing? Quanto tempo levou o processo?”

Você precisa entender o processo de compra para fechar mais vendas.

6. Datanyze Insider

O Datanyze Insider é também uma extensão do Chrome que dá algumas informações sobre ferramentas utilizadas, mas mais do que isso: fornece inteligência comercial completa sobre a situação da empresa, como receita média, número de funcionários, telefone, endereço e mais.

Veja:

Ferramentas de vendas 2

Além disso, você pode exportar essas informações para sistemas de CRM, como o Salesforce, e construir um pipeline.

7. SEMRush

Sim, sim, já falamos muito do SEM Rush aqui, e como ele é ferramenta essencial para o time de marketing. Mas ele também pode ser muito bem aproveitado pelo time de vendas.

Com ele, você consegue equiparar o site do seu prospect ou lead com o de seus principais concorrentes, extrair inteligência de como ele está atualmente — palavras-chave que estão levando usuários ao seu site, backlinks e mais — e apresentar uma análise aprofundada.

Esse raio-x pode funcionar para chamar a atenção (hey, seus concorrentes já estão executando ações para ficar na sua frente digitalmente), ou para montar um plano de ação com base no cenário atual deles.

Você pode exportar dados e montar gráficos que ilustrem melhor a situação, como no exemplo abaixo:

Ferramentas de vendas 5

“Poxa João, mas eu não ofereço serviços de marketing”, tudo bem, mas os relatórios do SEM Rush podem dizer muito da maturidade do seu prospect, e você pode decidir se ele pode inclusive ser um bom fit para comprar seu produto, por exemplo.

É comum achar que o SEMRush só pode ser utilizado pelo setor de marketing. Afinal, é uma das ferramentas queridinhas desses profissionais. Entretanto, o seu time de vendas pode se beneficiar com ele.

Para propostas irrecusáveis

Outra etapa fundamental para a conversão de mais vendas é criar propostas personalizadas e de maneira ágil, e algumas ferramentas oferecem soluções nesse sentido.

8. Proposify

Essa ferramenta permite a criação de propostas mais eficientes, ou seja, com objetividade, mas garantindo que todos os aspectos estarão discriminados no documento.

É possível utilizar vários templates de propostas já disponíveis na biblioteca da aplicação, que, aliás, foi construída a partir de cases de sucesso de outros usuários, por exemplo. Seus layouts são modernos e transmitem bastante confiabilidade.

Também pode ser integrada com outras soluções de vendas, como os CRMs e sistemas de assinatura digital, e além disso, os usuários da Proposify conectados em determinada negociação podem interagir e receber notificações do andamento do documento.

9. Profit Story

Para melhores vendas, é preciso saber negociar. E nesse sentido, é preciso entender que a maioria dos clientes tentará barganhar o preço dos produtos e serviços.

Com o Profit Story é possível calcular a margem de lucro da propostas em poucos segundos e fechar a venda sem que o novo valor ou forma de pagamento sugerida pelo cliente impacte as finanças da empresa.

A ferramenta também auxilia em outros cálculos complexos da área comercial, mas que também podem ser utilizados na elaboração de propostas, como:

  • valor do custo unitário por produto;
  • valor do preço de vendas;
  • break even do negócio;
  • comparativo entre a estratégia ou proposta de preço.

Para fazer a gestão das informações sobre seus clientes

Sistemas CRM naturalmente garantem a gestão dos dados sobre os clientes, mas algumas soluções podem servir de apoio estratégico.

Empresas que atuam com uma equipe de sucesso do cliente, por exemplo, podem usar soluções dessa modalidade para armazenar informações de toda ordem que julguem necessário para a conexão perfeita e uso posterior.

10. Evernote

Trabalhar com inside sales normalmente implica que você vai conversar bastante no telefone ou em ferramentas como Skype ou Google Hangouts.

De qualquer forma, você vai precisar tomar nota de muita coisa que seu prospecto disser.

Toda aquela informação valiosa que você vai conseguir — especialmente se aplicar o framework GPCT — precisa ser lembrada e levada em conta tanto para elaborar uma proposta, quanto para lembrar de pontos importantes das reuniões e negociações.

Por isso, o Evernote é um software fantástico, que permite que você crie um tipo de “cadernos virtuais”, salve e compartilhe as anotações em tempo real com outros envolvidos no relacionamento.

Ele também pode ser acessado em smartphones e tablets com um app proprietário, e possui diversos modos de uso, recursos como escrita com caneta stylus e muito mais.

Ele tem um uso gratuito e limitado, e também versão paga. Vale a pena conferir!

11. Onenote

Outra ferramenta similar ao Evernote, o Onenote é fabricado pela Microsoft, e, como todas as suas outras soluções, oferece opções de integração com as demais que pode trazer uma série de benefícios para os resultados.

Ou seja, o Onenote busca todos os dados registrados na conta Microsoft do usuário e deixa disponível na nuvem para consultas e edições no ambiente online.

É possível organizar links, imagens, desenhos, textos, tabelas, áudios e muito mais.

12. Google Keep e Docs

São duas soluções distintas da Google e muito eficientes para o armazenamento de informações e compartilhamento de edição.

Imagine uma teleconferência para discutir os detalhes de um contrato de prestação de serviços. As duas partes possuem uma versão do documento, mas querem, juntas, fazerem algumas alterações e aditivos no documento.

Com o Google Docs, por exemplo, é possível criar um documento e compartilhá-lo com diversos usuários, configurando seus acessos apenas para visualização ou acesso completo.

O Keep é uma ferramenta excelente para fazer anotações virtuais de um evento ou reunião, por exemplo. Porém, ao contrário do Docs, a adição de imagens externas, como a logo do site de um cliente, não pode ser inserida diretamente, mas por meio do Google Drive.

No caso do Docs, essas inserções são diretas. Além disso, toda alteração no conteúdo pode ser discriminada, apontando, inclusive, quem foi o usuário responsável por ela.

Mais um detalhe: Google Keep e Docs são gratuitos.

13. Dropbox

A ideia do Dropbox é simples, e talvez seja isso que a coloque como uma das ferramentas para vendas mais versáteis da lista. Permitir o armazenamento de documentos e fotos na nuvem e garantir que eles possam ser acessados remotamente.

Sua simplicidade é tão grande que o próprio Steve Jobs quis comprar a empresa no passado, e com a negativa, criou tempos depois o Icloud, que oferece o serviço similar, porém, inclusivo para os usuários da Apple.

E como ele pode ser usado nas vendas?

Uma empresa pode ter um conjunto de documentos que definem os processos de implantação de seus serviços, mas demandam que os clientes preencham algumas informações para que a personalização seja feita corretamente.

Assim, compartilhando tais dados pelo Dropbox, é possível criar uma pasta de documentos com acesso restrito dos usuários cadastrados e até mesmo receber uma notificação quando alterações nos documentos forem executadas.

Ou seja, se o vendedor mandou e o cliente não respondeu em dois dias, é possível fazer um contato para que o processo não esfrie.

Com a mesma agilidade, assim que o arquivo for finalizado o vendedor pode agilizar a etapa seguinte para surpreender o lead com a eficiência e personalização.

E se der algo errado, ainda é possível consultar seu histórico para identificar os responsáveis pelas últimas modificações.

14. Dragon

O Dragon é um aplicativo disponível para iOS e Android muito prático para realizar anotações por meio de voz sobre uma reunião ou insights de vendas, por exemplo.

Além disso, tais dados podem ser convertidos em mensagens de texto, email e até aplicativos de mensagens instantâneas facilitando assim, o andamento das negociações.

Com a ferramenta é possível, inclusive, customizar algumas palavras como termos técnicos e fazer sua integração com outras soluções dessa lista, como o Dropbox e Evernote.

Para prospectar eficientemente

Não é mistério para nenhum gestor que a etapa da prospecção deve estar em total sintonia com a área de marketing da empresa, por isso, as ferramentas mais estratégicas serão compartilhadas entre os dois setores.

15. Find that Lead

Com o nome, sobrenome e URL da empresa já é possível descobrir o email da pessoa que você quer prospectar usando o Find that Lead.

Muitas vezes a quantidade de leads gerada pelos canais de inbound na quantidade necessária não é atingida, portanto ainda é preciso manter um trabalho paralelo de outbound.

Essa é uma ferramenta, no entanto, que traz outros benefícios e soluções. Atenção às suas características:

  • é uma extensão do Google Chrome, o que permite captar emails do LinkedIn, Twitter e sites dos clientes que forem visitados na aba;
  • permite criar listas de prospecção eficientes e em poucos minutos ao determinar as variáveis que definem a buyer persona da estratégia;
  • pode ser usada para verificar se o email de um prospect está correto;
  • permite pesquisa e localizar o email do tomador de decisão de um negócio, no caso de empresas que atuam no mercado B2B.

A mistura de estratégias inbound e outbound marketing, aliás, continua sendo a escolha da maioria das empresas.

Para trazer um dado mais preciso, de acordo com a pesquisa Martech, 58,1% dos negócios ainda apostam nesse mix de ações de prospecção e relacionamento.

16. Hunter

O princípio é o mesmo do Find that Lead. Você está navegando na internet e acha um lead perfeito que combina com a sua empresa. No entanto, não consegue visualizar o email dele.

Provavelmente, você vai ficar decepcionado em ver aquela oportunidade escapar, certo?

Com o Hunter essa realidade pode mudar. A extensão feita para o Google Chrome encontra os domínios de email em um site ou em redes sociais, como o Linkedin. E tem mais: ele já salva esses contatos em ferramentas como o CRM da Pipedrive, inserindo-os no seu funil de vendas.

Bom, nunca mais um endereço de email será problema para seu time de vendas!

17. Charlie App

O Charlie App é excelente para reunir informações para uma reunião já agendada. Para perceber seus efeitos, é preciso agendar a reunião no Google Calendar.

Ele então roda uma pesquisa utilizando dados de atividade dos envolvidos na reunião em redes sociais para apresentar um relatório por email:

Ferramentas de vendas 1

Desnecessário dizer o quão rico isso pode ser para iniciar a conversa, quebrar o gelo e ter informações valiosas sobre o prospect e sua empresa, para negociação futura.

O lado ruim é que ele depende de atividade nas redes sociais de seus leads e prospects, além de só funcionar para quem aceitou o convite de reunião no Google Calendar, Apple Agenda, Outlook ou iCal — esses dois últimos apenas no app para iOS.

18. HubSpot Sales Tool

O antigo sidekick, agora Sales Tool, é parte da solução de CRM da HubSpot e possui versão grátis para testes com limitações, e a versão paga por usuário, com as soluções completas e sincronizadas.

A extensão da Sales Tool, ajuda-o a definir templates de email, acompanhar taxas de abertura e cliques para saber melhor como e quando agir.

19. Linkedin

A gente sabe que todo profissional de vendas precisa ser bem relacionado. E que o LinkedIn pode ser uma ótima arma para prospectar oportunidades, certo?

Pensando nisso, para melhorar ainda mais o seu desempenho, use o Linkedin Sales Navigator.

A ferramenta é oferecida pela própria rede social e tem como objetivo conectar compradores e vendedores.

Com esse serviço, você consegue achar clientes que mais se encaixam ao seu perfil de negócio, insights para oferecer soluções e ferramentas para construir um relacionamento mais próximo.

Além disso, a ferramenta ainda conta com uma extensão do Google Chrome, que permite com que você veja o perfil do LinkedIn da pessoa com a qual você está trocando emails, como mostra a imagem abaixo:

Ferramentas de vendas 4

Isso facilita não apenas o relacionamento com o lead que você está trabalhando no momento, mas também abre novas portas com as conexões que você vai realizar!

Para comunicar e interagir com seus clientes

O contato frequente com os clientes é essencial para negócios que atuam no mercado B2B. Quanto maior for o prolongamento dos contratos de serviço ou fornecimento, melhores são os lucros do negócio.

Ou seja, adotar ferramentas que otimizam a comunicação, aumentam a variedade de formatos e canais para atendimento das necessidades dos clientes e permitem o acompanhamento regular, é fundamental para seu sucesso.

20. Google Hangouts e Skype

O primeiro contato de um lead ou prospect costuma ser por email ou telefone, e o principal objetivo desse contato inicial é marcar uma próxima reunião.

E se ela não for presencial, é preciso que você tenha acesso a recursos como câmera para manter o contato visual valorizado por muitos, compartilhamento de tela para ilustrar um pensamento ou demonstrar sua ferramenta e envio de arquivos em tempo real.

O Google Hangouts, ferramenta gratuita da gigante da busca oferece tudo isto e com menor burocracia que seu concorrente Skype, além de normalmente ter uma conexão mais fluida.

Por que listar o Skype, então? Bem, ele tem um excelente ponto positivo: você consegue salvar o contato na agenda do skype e entrar em contato com o lead de uma maneira mais eficiente do que no Google Hangouts.

Sim, há o chat do Gmail, mas pela experiência geral, o “vínculo” criado com o skype costuma ser mais forte.

Soluções de teleconferências como essas suprem a necessidade do contato mais pessoal com os clientes, demonstram o potencial inovador da empresa, que além de usar recursos modernos, consegue fazer o acompanhamento à distância sem nenhum prejuízo para a qualidade dos serviços.

21. Appear.in

Na mesma linha do Skype e Google Hangouts, uma ferramenta de vídeo e áudio conferência que muitas vezes passa despercebida é o Appear.in.

Com um layout simples, agilidade e funcionalidades tão boas quanto as dos outros dois, este pode ser uma das suas principais ferramentas de inside sales.

Inside sales é sobre comunicação remota, portanto alternativas nunca são um excesso. Existem empresas que não utilizam o skype, ou não usam o Hangouts, por variados motivos. E você deve estar preparado para propor alternativas.

22. Discador XLite

O telefone é o maior aliado e a principal ferramenta de trabalho de quem trabalha com inside sales. Nada substitui uma ligação, não importa quão excelente ficou o seu email.

Por isso, um bom software para discar para seus leads é fundamental. As opções podem ir desde as mais simples como o X-Lite, até outras ferramentas mais robustas que integram com sistemas de CRM, exportam dados, e muito mais.

O X-Lite é uma ótima ferramenta. Além de permitir que você ligue para os seus clientes usando o computador, vai te ajudar a economizar muito no final do mês.

23. Postgrain

O Postgrain é uma solução de marketing para criação e programação de postagens no Instagram. Porém, também oferece outras funcionalidades como realizar interações com os usuários e monitorar seus comentários.

As redes sociais são uma fonte de dados sobre o comportamento dos clientes muito importante, e com ela, é possível personalizar ações de vendas e o relacionamento com os clientes.

Além disso, elas continuam sendo a estratégia para geração de leads mais utilizada. Outro dado da Martech aponta que 85,7% de suas empresas respondentes disseram que postagens nas redes sociais são suas estratégias mais utilizadas.

É importante lembrar que softwares de Business Intelligence usam o Big Data para traçar tendências de consumo e produzir informações estratégicas que dão apoio estatístico às ações comerciais.

Ou seja, organizar as ações e acompanhar a movimentação das redes sociais traz uma série de benefícios e impactos para o negócio e seus resultados de vendas.

Para capacitar melhor sua equipe

24. Universidade Rock Content

Bom, você deve ter achado estranho esse subtítulo, não é mesmo? Sim, a Universidade Rock Content não é uma ferramenta. Na verdade, ela é uma plataforma online com vários cursos sobre marketing digital.

Por que ela está nessa lista? Simples! Um dos maiores influenciadores no aumento das vendas é ter uma equipe qualificada. No cenário atual, a aprendizagem deve ser constante, pois o consumidor (tanto B2B quanto B2C) está mais exigente.

Além de investir em treinamentos específicos, incentive as pessoas a fazerem cursos que possam somar ao conhecimento de vendas.

Na Universidade da Rock, além do curso de inbound sales, você pode melhorar suas técnicas de SEO, branding, email marketing e muito mais. É muito bom explorar outros assuntos e ampliar a mente e motivar o pessoal!

Curso Inside Sales

25. Feedly

O Feedly também é uma maneira de incentivar o aprendizado contínuo da equipe de vendas, além de mantê-la atualizada sobre os acontecimentos de seu mercado de atuação.

Assinar os principais blogs do setor e dos próprios clientes a partir do Feedly garante que todas essas informações possam ser lidas posteriormente, em ordem cronológica e modo offline.

Membros do time externo de vendas não precisarão passar horas de aeroporto ou na sala de espera dos clientes sem ter um conteúdo útil para ler.

Para deixá-la mais produtiva e organizada

Não importa o tamanho de uma equipe, a criação de processos e canais para a organização das ações tem um papel fundamental no sucesso das vendas e define seu potencial de escalada, ou seja, de manter a estrutura o máximo possível enquanto produz melhores resultados.

26. Trello

Já falamos aqui e não custa repetir: organização é fundamental para um vendedor. Enquanto o CRM é mais focado na gestão de vendas, o Trello é ideal para organizar outras atividades da empresa.

A ferramenta permite a criação de quadros para ordenar as tarefas diárias e fazer comentários em projetos que envolvem mais gente, por exemplo.

Com as informações concentradas em um só lugar e bem estruturadas, fica mais fácil se dedicar a conexão com o lead para fechar uma venda.

27. Slack

A rotina de um vendedor é tão corrida, que abrir um email parece uma missão impossível. Nessas horas, o Slack pode ajudar o seu time a se comunicar com mais rapidez.

Recados urgentes, marcações de reuniões internas, compartilhamento de arquivos importantes, tudo isso pode ser feito via Slack.

Você ainda pode criar canais com temas e times específicos para trocar as informações com as pessoas certas. É como um Whatsapp corporativo. Legal, né?

Mas como o Slack pode ajudar o time de vendas? Simples! Gastando menos tempo com questões de rotina, sobra mais prazo para trabalhar os leads

28. CircleBack

Em um passado não muito recente, as agendas eletrônicas eram a revolução para o armazenamento de contatos. Depois que os smartphones dominaram a sociedade e o mundo corporativo, porém, ela ficou obsoleta.

Mas, como toda certeza no mundo das tecnologias, as funções da agenda dos aparelhos celulares também foram melhoradas.

Essa é a lógica do Circleback, que ajuda cada membro da equipe de vendas a organizar seus contatos telefônicos, emails, redes sociais e endereços.

De forma automatizada e inteligente, ele também elimina contatos duplicados, pesquisa novos contatos e permite o scaneamento de cartões de visitas e o posterior armazenamento padronizado de seus dados.

29. Any.do

A ferramenta Any.do é gratuita e disponível para Android e iOS, o que significa que pode ser utilizada na palma da mão dos membros da equipe de vendas.

Permite a criação de lista de tarefas e a visualização de seu progresso em um calendário simples de gerenciar. Seu conceito central está em segmentar grandes metas ou projetos, em pequenas taredas de uma lista, determinando prazos e responsáveis para cada uma delas.

É como uma solução de gestão de projetos de grande porte, mas que visa a integração da equipe e organização das execuções de suas tarefas.

Para converter mais negócios

Todo mundo sabe que o esforço comercial exige não só atenção, como também investimentos na atração e convencimento do lead. Ou seja, na eminência de uma venda, e necessário ser resoluto. Algumas soluções podem ajudar nesse sentido.

30. Hellosign

Com tantas etapas remotas no relacionamento com o cliente, a parte da assinatura de um contrato também poderia ser solucionada digitalmente, não é mesmo? É o que a extensão do Chrome faz, permite que o cliente utilize uma assinatura digital para concluir a compra.

Existe uma diferença entre assinatura digital e eletrônica, sendo que a primeira é mais segura e conta com a criptografia para aumentar sua segurança no ambiente online.

Então, com o HelloSign, a empresa faz o upload do documento em formato pdf e o cliente gera sua assinatura para fechar o negócio.

O HelloSign possui uma versão gratuita que permite a geração de três assinaturas, mas o plano completo aumenta consideravelmente suas possibilidades.

31. Docusign

Usa o mesmo princípio da solução anterior e é o mais conhecido no mercado por sua interface amigável e intuitiva tanto para os vendedores quanto para os clientes.

O Docusign possui a versão desenvolvida pela empresa, que é cobrada mensalmente, e a do cliente, que pode usar o pacote gratuito com algumas assinaturas liberadas, ou fazer sua contratação caso tenha o uso recorrente.

Esse tipo de solução pode ser utilizada por equipes de inside sales em suas negociações e até mesmo em sistemas de lojas ou delivery com assinaturas realizadas na tela de um tablet com caneta especial, por exemplo.

O sucesso em vendas vem de uma conta simples: subtraindo o que é investido dos valores ganhos nas vendas, é preciso ter um saldo positivo. E crescente, é claro.

E para que isso seja possível, é necessário montar uma equipe de alta performance de vendas e escolher as melhores estratégias e ferramentas comerciais.

Quanto mais eficiência a força de vendas demonstrar, maiores serão os lucros do negócio. Por isso, a escolha entre essas ferramentas deve considerar a contribuição que elas farão ao processo, e não somente a inclusão de uma nova tecnologia para as transações da empresa.

Agora que você conheceu todas essas ferramentas, aproveite também para conhecer também o nosso conteúdo completo sobre Marketing e Vendas de alta performance.

Marketing e vendas de alta performance ebook

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo