Por Ivan de Souza

Analista de Marketing na Rock Content.

Publicado em 12 de outubro de 2019. | Atualizado em 13 de março de 2020


Você sabe qual diferença existe entre front-end e back-end? Ainda que pareçam termos de programação (e são), eles são muito importantes para a sua gestão de Marketing Digital. Para entendê-los, continue a leitura deste post.

Ter um site é essencial para todo tipo de negócio e, como dono ou gestor, você deve conhecer o que compõe cada parte dele, e isso inclui saber a diferença entre front-end e back-end

Caso você nunca tenha ouvido falar nesses termos, não se preocupe. Se pensar que precisa conhecê-los a fundo para gerir o Marketing Digital aplicado no seu site, tampouco se preocupe. 

Da mesma maneira que você precisa ter conhecimentos de venda para acompanhar o trabalho dos seus vendedores, de como atender o cliente para ver o nível em que está o seu grupo de suporte ao cliente, você também deve conhecer os princípios teóricos de programação de um site a fim de conferir se ele está feito de acordo com as boas práticas.

Neste conteúdo, trataremos:

Continue a leitura!

 

Qual é a diferença entre front-end e back-end?

Tanto front-end quanto back-end são dois termos bem conhecidos, por mais que algumas pessoas não saibam o que eles significam e, muito menos, a diferença que existe entre eles. Ambos fazem parte da engenharia de software ligadas ao desenvolvimento de sites.

Basicamente, o front-end refere-se ao que você vê quando acessa um site e o back-end se relaciona ao que fica por trás das cortinas, isto é, a programação que compõe todos os elementos do site.

Embora pareçam muito diferentes, os dois se complementam. Por mais que um site seja muito bem codificado em todas as suas funcionalidades via back-end, ele também deve ter a beleza que o bom trabalho de front-end pode oferecer.

Vejamos agora mais detalhes sobre cada um.

O que é front-end?

O front-end é a parte do site com a qual você pode ver e interagir diretamente para receber os recursos de back-end do sistema.

Envolve tudo o que o usuário pode ver, tocar e experimentar. O papel de um web designer mudou drasticamente ao longo dos anos, mas as principais funções do desenvolvimento de sites permanecem as mesmas.

Tal como dissemos, o front-end é a parte do site vista pelo usuário. Ou seja, ele envolve tudo que as pessoas que visitam o seu site podem ver e interagir.

Embora, outrora, essas funções fossem atribuídas somente ao web designer, hoje, os donos de negócio podem fazer ações de front-end também em seus sites.

Quem opera com front-end não lida com códigos. Por isso, você pode pedir a um desenvolvedor dessa linha a deixar o seu site esteticamente mais bonito.

Mas, se pedir para inserir uma funcionalidade ou mesmo criar um atalho que facilite a inserção de funções no seu site, precisará de um especialista em back-end — sobre o qual falaremos a seguir.

Powered by Rock Convert

O que é back-end?

O back-end também é visto por alguns empreendedores como “o trabalho do programador”, pois é a parte do site que o usuário não vê, mas que o mantém funcional.

Por exemplo: um visitante clica no botão que diz “baixe o ebook”. O botão é criado pelo front-end, enquanto o código é desenvolvido pelo back-end.

Portanto, é a parte do site que não faz contato algum com o usuário. Porém, ela é tão essencial quanto. Sabe quando o visitante de um site clica num link, mas é levado a uma página sem conteúdo?

Esse tipo de problema é resolvido pelo back-end e o aconselhável é que faça isso o mais rápido possível, pois um problema assim compromete a experiência do usuário e todo o objetivo da empresa.

Assim, se você precisar inserir no seu site uma função que seja muito específica e cujos plugins de WordPress não atendam da forma que gostaria, mudar alguma funcionalidade no template para que as conversões possam ser maiores, criar atalhos que facilitem o seu trabalho toda vez que precisar criar uma página com os novos produtos ou serviços oferecidos pelo seu negócio, conte com o especialista em back-end.

 

Por que as empresas precisam entender as diferenças entre front-end e back-end?

Por mais que os trabalhos referentes às adequações de front-end e back-end não fiquem por conta do dono da empresa, apontamos aqui por que ele precisa conhecer cada uma delas mesmo assim.

Empreendedores precisam saber programação?

Agora que você sabe a diferença entre front-end e back-end, uma pergunta ainda deve perpetuar: empreendedores precisam saber programação?

A resposta é: não precisa saber, mas precisa conhecer. Inclusive, foi essa uma das razões pelas quais escrevemos este artigo.

Afinal, como empreendedor, você não precisa saber programar uma linha de código, mas a quem cobrará se o código do seu site não estiver limpo? Ao back-end.

E se o visual do seu site não estiver de acordo com a linha visual da sua empresa, a quem você deve recorrer? Ao front-end. 

Front-end para empreendedores

Por sinal, o front-end acaba sendo mais simples para empreendedores, sobretudo quando seus sites são construídos no WordPress e contam com ferramentas como visual builder.

Dessa forma, de acordo com o template que o site tiver, na base do “arraste e solte”, você, como empreendedor, pode criar páginas dentro do seu site da maneira que deseja sem conhecer programação ou solicitar ao seu time de TI ou terceirizar os serviços de um webdesigner.

Conexão entre marketing e programação

De todas as maneiras, no fim das contas, vemos que os donos de negócio que tocam as suas ações de marketing precisam ter, pelo menos, um mínimo de conhecimentos sobre programação.

Afinal, saber programar faz parte de adaptar-se às mudanças de mercado, o que é fundamental no empreendedorismo.

Entender conceitos fundamentais de programação pode ser de grande ajuda para a sua estratégia. Agora que você já sabe o que é front-end e back-end, confira também este artigo que escrevemos sobre a importância da união entre marketing e programação.

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *