Por Raphael Pires

Publicado em 18 de março de 2020. | Atualizado em 17 de março de 2020


A gestão de vendas na agência é responsável por tudo que envolve a comercialização do produto ou serviço de uma empresa. Essa é uma etapa muito importante para as agências, pois permite identificar erros e pontos fortes do setor. Veja como estruturar os processos de venda!

Um dos grandes desafios de uma agência é vender. É preciso habilidade para ser competitivo no mercado de trabalho e atrair novos clientes, o que pode ser feito com um bom planejamento. A gestão de vendas na agência é uma etapa fundamental para o sucesso na área, pois possibilita que os processos sejam feitos da forma correta.

Vários colaboradores e diferentes processos precisam estar em sintonia para que o processo de venda seja eficiente. Portanto, é importante se informar sobre quais práticas ajudam a qualificar esse setor, além de investir tempo no planejamento e definição de objetivos.

Neste artigo, vamos entender como funciona a gestão de vendas na agência e a importância de implementá-la em seu negócio. Além disso, traremos algumas dicas para você estruturar os processos de vendas. Acompanhe a leitura!

Entenda o que é gestão de vendas

Gestão de vendas é o gerenciamento de tudo que envolve a comercialização do produto ou serviço de uma empresa. Portanto, ela cuida de etapas como a precificação correta, a escolha dos canais de distribuição, o marketing, o controle de saídas, a gestão da equipe, entre outros processos.

De modo geral, foi criada para unificar abordagens, manter times integrados e adotar a tecnologia de modo estratégico. Um dos grandes objetivos é aumentar o potencial de vendas para que todos os processos da área sejam qualificados, assim como os resultados.

A gestão de vendas na agência envolve todas as atividades ligadas ao setor, como marketing, distribuição, pesquisa e precificação. Quando ela é feita de forma competente, o negócio se torna mais competitivo, evitando os principais erros de gestão em agência de publicidade.

Além disso, ela também contribui para que a empresa identifique falhas e aspectos que devem ser corrigidos, dando espaço para encontrar soluções que otimizem as vendas. Dessa maneira, o gestor identifica as ações que trazem o retorno esperado e o que precisa ser mudado para alcançar as metas estabelecidas pela empresa.

Conheça a importância de implementar a gestão de vendas na agência

Vender não é apenas comercializar um produto ou serviço: o relacionamento com o mercado e com os clientes também faz parte dessa equação. Uma empresa que não consegue bons resultados nessa área não terá vida longa. Então, se você ainda não está convencido sobre a importância de implementar a gestão de vendas em sua agência, é preciso entender o que ela gera.

Devemos notar que a sociedade passou por mudanças intensas nos últimos anos. Os hábitos de consumo foram modificados pelo acesso à internet, redes socais e outros fatores, exigindo que as empresas entreguem produtos e serviços inovadores.

A consequência disso foi o aumento da competitividade, sendo necessário criar uma rotina de gestão de vendas na agência inovadora. Portanto, os times passaram a ter contato direto com outros setores, buscando a otimização e qualificação dos leads.

A empresa que não cria uma rotina de gestão de vendas bem-estruturada, corre o risco de perder clientes, além de ter dificuldades para a desenvolver novas oportunidades. É interessante lembrar que o setor comercial é a principal porta de captação de clientes, portanto os processos padronizados são uma necessidade para obter resultados melhores.

Confira 6 passos para estruturar a gestão de vendas na agência

Os processos de venda são ações levam a equipe a atingir determinado fim. Eles devem servir como um guia para os vendedores, tendo como objetivos principais o fechamento de negócios e o alcance das metas.

Quando a gestão de processos está estruturada de forma correta, é possível diminuir a perda dos leads gerados pelo marketing. Portanto, ele é fundamental para garantir a produtividade dos vendedores e melhorar os resultados da agência. Pensando nisso, trouxemos 6 dicas que vão contribuir para que você faça a estruturação dos processos de venda de sua agência. Confira nossas sugestões!

1. Faça o mapeamento de toda a operação de vendas da agência

Antes de qualquer passo, é importante fazer o mapeamento de todas as operações da agência que fazem parte das vendas. Faça um levantamento completo tudo que envolve sua estratégia comercial. Esse primeiro passo ajuda a avaliar quais processos facilitam ou atrasam a jornada, bem como os que podem ser implementados.

Em parceria com os líderes de cada etapa, liste um passo a passo das atividades realizadas dentro de cada processo, pensando sempre no caminho que o cliente percorre para fechar o negócio. Por exemplo, imagine um processo que começa no contato do consumidor pela rede social. Na sequência, ele é atendido por um vendedor, o qual encaminha o cliente para outro setor antes de finalizar a venda.

É importante analisar se todos esses passos são realmente necessários ou se é possível simplificá-los. Etapas desnecessárias costumam causar confusões e dificultar as negociações. Por isso, avalie a necessidade de cada atividade e veja se é possível realizar o processo de maneira mais ágil.

2. Simplifique etapas

Depois de conhecer todos os processos, você também deve simplificar as etapas. Esse é o momento de pensar quais fases são realmente necessárias, o que deve ser reajustado e se existe a possibilidade de unificação de algumas delas.

Ao detalhar os procedimentos, é mais fácil identificar quais são os pontos fracos de sua operação, assim como os pontos fortes. De modo geral, quanto mais simples for o processo de venda, mais eficiente ele será.

A possibilidade da automação de processos também deve ser considerada, pois ela diminui a pressão sobre os gestores e colaboradores, visto que atividades que tomavam tempo passam a ser feitas automaticamente com a ajuda da tecnologia.

Não devemos confundir simplicidade com a falta de empenho. Na verdade, ela pode ser entendida como objetividade, facilitando o trabalho de todos os colaboradores e a vida dos consumidores.

3. Padronize processos

A gestão da qualidade influencia diretamente todo o fluxo de trabalho, auxiliando também a área de vendas. Após detectar os principais erros, é o momento de padronizar os processos, o que contribui para diminuir as falhas. Elabore um roteiro com tudo o que deve ser feito de modo objetivo e transparente.

Esse documento deve servir como um guia, precisando ser completo e acessível a todos os colaboradores que estão envolvidos no processo de vendas. Descreva as atividades a serem realizadas e como fazê-las, assim como os responsáveis por cada etapa e os objetivos de cada ação.

Desse modo, é possível garantir o mesmo padrão de qualidade, de distribuição de recursos e de linguagem a todos, criando uma abordagem unificada para a agência.

4. Treine a equipe de vendas

Esse deve ser um processo constante em uma empresa que deseja se manter competitiva, pois as demandas mudam e novas adaptações devem ser feitas. Uma equipe preparada e capacitada é capaz de alcançar os resultados com um nível de facilidade muito maior.

Isso ajuda a evitar erros comuns, pois os conhecimentos estarão alinhados e todos poderão definir a melhor abordagem conforme o perfil do cliente que é abordado. Os treinamentos podem ser feitos por meio de webinars, workshops, conferências e cursos para os vendedores. Garanta que eles conheçam os serviços oferecidos e as ferramentas disponíveis. De tal modo, será muito mais fácil para tais profissionais executar um trabalho de qualidade.

5. Estabeleça indicadores de vendas

Os indicadores ajudam os profissionais e permitem acompanhar o desempenho da equipe de venda. Com eles, portanto, a gestão se torna mais abrangente, precisa e dinâmica, pois a identificação dos problemas se torna algo mais rápido e preciso.

Trabalhe com métricas que sejam objetivas e claras para todos os times. Com metas e mecanismos de mensuração de performance estruturados de forma correta, o time pode se planejar de modo mais inteligente. Além disso, o gestor perceberá em quais etapas os problemas estão concentrados, sendo mais fácil realizar otimizações e correções.

6. Mantenha o processo atualizado

A definição e estruturação do processo de venda é importante, mas não deve terminar na etapa anterior. É preciso garantir que seja cumprido o que foi estabelecido, pois só assim a estratégia será efetiva.

Além disso, mesmo depois de terminado, o processo precisa ser constantemente revisado e atualizado, pois sempre há mudanças, seja no mercado, no serviço, ou nos próprios objetivos da agência. Portanto, isso pode ser feito de forma natural ou em momentos que alguma transformação grande seja notada.

Neste artigo, entendemos mais sobre como funciona a gestão de vendas na agência e a importância de implementá-la. Com as dicas dadas, você pode estruturar o processo de venda, o que é fundamental para aumentar a competitividade e melhorar os resultados. Lembre-se de que esse setor é preponderante para o sucesso, portanto quanto melhor for o planejamento, maior será o retorno.

Gostou de aprender mais sobre esse tema? Então, aproveite para se aprofundar em outros assuntos importantes para sua agência e baixe nosso guia de gestão financeira para publicitários!

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *