Por Redator Rock Content

um de nossos especialistas.

Publicado em 24 de março de 2020. | Atualizado em 18 de março de 2020


Gestão por competências é o conjunto de conhecimentos, habilidades e experiências de uma pessoa ou organização. Gerenciá-la consiste no processo de identificação de qualidades e desenvolvimento de potenciais dos colaboradores de forma que mantenham comportamentos alinhados aos objetivos de negócio.

Algumas agências estão repletas de projetos, mas, por outro lado, o número de clientes que cancelam os contratos só aumenta. Você se identifica com o problema? Embora não exista fórmula milagrosa ou abordagem única para melhorar os resultados, entender o que é gestão por competências é uma alternativa ideal para realocar recursos humanos.

Afinal, o que seria da sua empresa sem a força de trabalho, não é mesmo? Se existe um meio de conhecer as qualidades de cada colaborador e gerenciar todas elas de forma que as demandas sejam executadas com rapidez e eficiência, por que não abraçar a ideia?

Neste artigo, entenda o conceito de gestão por competência, por que isso é importante, dicas para colocar em prática e benefícios para o RH.

O que é gestão por competências?

Uma competência é o conjunto de conhecimentos, habilidades e experiências de uma pessoa ou organização. Portanto, gestão por competências é o processo de identificação e desenvolvimento dos potenciais dos colaboradores que alinham comportamentos aos objetivos do negócio.

A comunicação, por exemplo, é uma competência importante para a maioria das funções em qualquer organização. No entanto, a maneira como um técnico de manutenção iniciante se comunica com os membros da equipe é muito diferente da maneira como o gerente da fábrica deve se comunicar com os chefes de departamento.

Entenda a importância da gestão por competências

O gerenciamento de competências tem um papel fundamental na avaliação de desempenho dos colaboradores, pois é uma maneira viável de identificar áreas-chave para treinamento e desenvolvimento de recursos humanos.

As principais qualidades de um grupo permitem obter e manter a vantagem competitiva no mercado. Nesse sentido, a gestão faz com que a equipe se familiarize com a estrutura de habilidades necessárias para desempenhar tarefas com mais eficiência.

Assim, os colaboradores não apenas melhoram as habilidades progressivamente, mas têm ideias criativas sobre o que precisam fazer para ajudar a eles próprios e a organização a crescer de maneira escalável.

Por meio de um bom software de gerenciamento, é possível rastrear, analisar e gerenciar tudo em um sistema para designar seus melhores talentos com base nas qualificações.

4 dicas para implantar uma gestão por competências na agência

A gestão de equipes criativas forma mais ou menos a base de uma estrutura coerente para o departamento de Recursos Humanos. O seguinte passo a passo é um guia útil.

1. Faça um mapeamento das competências

Ao trabalhar primeiro no mapeamento das competências essenciais para a sua empresa, é possível montar um portfólio geral das pessoas que você está procurando. Qual é a prioridade, como a marca se distingue dos concorrentes e o que pretende fazer para se destacar?

Por exemplo, uma companhia aérea dará grande importância a competências como: qualidade do serviço, foco no cliente, solução e comunicação. Esses são os quesitos exigidos em quase todos os departamentos.

2. Invista na avaliação dos colaboradores

Depois que as principais competências gerais são definidas, é hora de determinar as qualificações de cada colaborador. Para isso, é recomendável estabelecer perfis com base em entrevistas.

É uma etapa importante para avaliar o desempenho individual em relação aos padrões definidos para a função específica no trabalho. Nessa fase, os recursos de aprendizado e as ferramentas necessárias também podem ser usados para preencher as lacunas de habilidades.

3. Torne as competências mensuráveis

Quando os padrões de desempenho contêm detalhes suficientes, as lacunas de habilidades individuais se tornam aparentes ao medir o desempenho do funcionário em relação a tais padrões.

A ação de indicar antecipadamente o que é exigido dos colaboradores e como as competências são medidas faz com que todos saibam quais as expectativas da empresa em relação a eles. Também afasta você de cometer os principais erros de gestão.

4. Forneça apoio aos colaboradores

Para ser bem-sucedido, o gerenciamento de competências precisa manter os colaboradores envolvidos. Isso porque é importante que eles entendam a utilidade dessa avaliação. No caso de qualquer resistência, é tarefa da gerência conduzir conversas individuais para esclarecer, tirar dúvidas e minimizar conflitos.

Por fim, todas as competências devem ser integradas à política de recursos humanos. No nível operacional, elas formam a base do processo de seleção e do desenvolvimento da equipe atual.

Principais benefícios da gestão por competências para o RH

Em um sistema baseado em competências, o empregador e o empregado se beneficiam. Isso é resultado do estabelecimento de um plano transparente para o recrutamento, as expectativas de trabalho, a avaliação de desempenho e os caminhos de avanço.

O julgamento pessoal é reduzido, criando um ambiente de trabalho mais positivo e fortalecendo o relacionamento entre ambos.

Benefícios de um sistema baseado em competências para empregadores

  • Garante que as atividades de treinamento e desenvolvimento profissional financiadas pela empresa sejam econômicas, produtivas e orientadas aos objetivos; 
  • permite que os colaboradores obtenham um alto nível de competência de maneira eficiente;
  • registra a aquisição das habilidades, conhecimentos, segurança e outros procedimentos relacionados a cada tarefa;
  • reduz os excedentes de custos causados ​​pelo mau desempenho ou falta de comunicação das expectativas do trabalho;
  • melhora a gestão da agência por meio da comunicação fluida entre colaborador e gerência;
  • aumenta a mobilidade interna da equipe, proporcionando maior escala de capacidade e flexibilidade conforme necessário;
  • estabelece uma estrutura para feedback construtivo da gerência em intervalos de treinamento programados e de avaliação de desempenho;
  • esclarece os padrões de trabalho para avaliações de desempenho;
  • descreve os caminhos de desenvolvimento e promoção dos colaboradores na organização.

Benefícios de um sistema baseado em competências para colaboradores

  • Define expectativas claras de desempenho, permitindo que tomem decisões melhores e trabalhem com mais eficiência;
  • oferece uma visão da estratégia geral de sua equipe, departamento e organização, levando a um maior engajamento e motivação;
  • permite que sejam mais proativos além de suas funções individuais, aprendendo competências adicionais que são valorizadas pela organização;
  • fornece orientação clara para o aprendizado de novas habilidades profissionais;
  • oferece um recurso de referência para os requisitos do dia a dia;
  • aumenta o potencial de satisfação no trabalho;
  • dá um mecanismo para o reconhecimento das habilidades dos funcionários;
  • garante que os marcos individuais de desenvolvimento e treinamento profissional sejam registrados e reconhecidos pela organização.

Como você viu, tomar a decisão de implementar uma estratégia de gestão por competências é o primeiro passo para aumentar a produtividade e transformar a cultura organizacional. Para saber mais, aproveite para baixar gratuitamente o nosso ebook: O guia completo de gestão para agências.

Guia completo de Gestão para Agências

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *