Por Ivan Nunes de Castro

Gerente de Vendas Sênior Small e E-commerce na Rock Content.

Publicado em 6 de julho de 2019. | Atualizado em 28 de agosto de 2019


O Google Trends é uma ferramenta gratuita que permite a descoberta das principais tendências relacionadas a uma palavra-chave específica. Esse buscador do Google indica o que tem sido mais pesquisado de acordo com a localização e o período de tempo determinado pelo usuário.

Para quem utiliza técnicas de SEO (Search Engine Optimization) para otimizar o desempenho das suas estratégias de Marketing Digital, é fundamental realizar um trabalho de monitoramento para descobrir o que a sua persona procura e mais se interessa, certo? Algumas ferramentas podem facilitar esse trabalho para você e sua equipe.

Uma delas é o Google Trends, uma solução criada pelo próprio líder do mercado de mecanismos de busca para facilitar o dia a dia de quem quer oferecer conteúdos mais relevantes para os seus usuários na Internet. A partir da pesquisa de palavras-chave e/ou tópicos, é possível desvendar os assuntos que o público está consumindo.

Que tal, então, saber mais sobre o impacto dessa ferramenta em busca de um maior domínio das principais pesquisas no seu segmento de atuação? Continue a leitura deste artigo para entender tudo sobre o Google Trends. Confira!

O que é Google Trends?

O Google quer que o usuário tenha a melhor experiência possível ao realizar uma pesquisa, certo? Para isso, o buscador pensa também no trabalho de quem precisa produzir o conteúdo relevante e atraente na Internet. O Google Trends foi criado exatamente para isso: disponibilizar os assuntos e palavras-chaves mais pesquisados pelos usuários.

As informações disponíveis na ferramenta são geradas diretamente pela base de dados do Google, o mecanismo de busca mais utilizado em todo o mundo, com 92,19% de domínio no mercado. Gratuitamente, você pode acompanhar o nível de buscas na Internet de uma palavra-chave específica ou um tópico geral.

O Google Trends ainda permite que você realize comparações entre diferentes termos de pesquisa e até mesmo avalie a sazonalidade ou progresso de algum assunto durante um longo período de tempo. De 2004 para cá, tudo o que foi pesquisado — excluindo termos com poucas buscas ou com caracteres especiais — estão disponíveis na ferramenta.

Quais as palavras-chave mais pesquisadas, as regiões em que determinado termo se destaca, dúvidas mais comuns entre os usuários, tendências de Marketing Digital, enfim, são muitos os insights fornecidos pelo Google Trends. O recurso funciona, na prática, como uma grande enciclopédia de tudo o que é mais pesquisado na Internet.

Como o Google Trends funciona?

Mas como é possível ter acesso a todos esses dados? Simples, o Google armazena e organiza todas as pesquisas feitas no próprio buscador e também em outras plataformas, como o YouTube. Nesse processo, são retiradas informações pessoais, buscas pouco realizadas e pesquisas feitas pela mesma pessoa em um período curto de tempo.

Ao pesquisar um termo no Google Trends, a ferramenta cria um gráfico em que é possível observar a variação das buscas sobre o assunto, o que reflete no interesse do público dentro de um período. Além disso, é possível definir o tempo a ser analisado, a localização e o tipo de pesquisa — se foi na web, em busca de imagens, notícias ou no YouTube.

pesquisa Google Trends

Em resumo, você conta com a base de dados do Google, o buscador em que a maioria dos usuários na Internet realiza suas pesquisas, oferecendo informações organizadas sobre os mais variados assuntos e, mais importante, o comportamento do usuário

Para aqueles que não tempo — ou muita disposição — para ficar acompanhando as variações no interesse nas palavras-chave, o Google facilita ainda mais esse trabalho. Ao final de cada ano, é feito um relatório sobre as principais tendências de busca em determinada região, também oferecendo informações valiosas para as empresas.

Por que usar essa ferramenta? 

Mas, na prática, qual o sentido de utilizar as informações disponibilizadas pelo Google Trends? Para que você não fique com essa dúvida, separamos algumas razões que justificam a utilizam dessa ferramenta para enriquecer a sua estratégia de Marketing Digital. Confira!

Produção de conteúdo

Dados do Content Trends 2019 mostram que, apesar de 67,3% das empresas adotarem o Marketing de Conteúdo como estratégia de atração, 66,3% apresentam dificuldade em produzir conteúdos que gerem engajamento. O Google Trends mostra as palavras-chave mais pesquisadas e pode fornecer ideias para novos conteúdos em suas páginas.

Dessa forma, você garante que os materiais e artigos produzidos sejam, de fato, do interesse do usuário. Ao identificar que determinado termo passou a gerar mais interesse na Internet, talvez seja a hora de você investir na produção de um conteúdo completo sobre o tema.

Ações no momento certo

Outra vantagem que o Google Trends oferece para as suas estratégias de Marketing Digital é a possibilidade de analisar picos de interesse sobre determinado assunto. Assim, você consegue se antecipar e planejar campanhas de links patrocinados ou mesmo o seu calendário editorial de publicações com antecedência.

Busca por tendências

Outro segredo para quem quer aprimorar constantemente o seu modelo de negócio é encontrar tendências dentro do seu segmento de mercado. Pesquisa por termos relacionados e descubra quais são as palavras-chave mais procuradas e aquelas que já não fazem tanto sucesso.

Para quem administra um e-commerce, por exemplo, pode ser interessante descobrir novidades para aprimorar o serviço oferecido aos usuários ou até mesmo aplicar uma nova função dentro das suas páginas. Ficar antenado ajuda você a entender melhor o que o seu consumidor — e aqueles em potencial — estão interessados.

Comparação entre termos

Com tanta concorrência no mercado, é importante ser preciso nas suas ações de Marketing Digital. Quando falamos em anúncios, um termo pode definir a taxa de cliques da sua campanha e, consequentemente, o seu sucesso. O Google Trends fornece estatísticas para que você acerte o sinônimo que melhor se encaixa ao público que você quer impactar.

Assim, você pode comparar dois termos e definir qual tem maior chance de gerar melhores resultados. Em alguns casos, a palavra-chave em inglês pode ser mais utilizada pelos usuários durante uma busca e vice-versa. A ferramenta do Google auxilia no processo de escolha, aumentando as chances de conseguir mais tráfego ou mesmo um melhor rankeamento.

Você também pode se interessar por estes outros conteúdos!
👉 Site Kit by Google: o plugin de ferramentas de marketing do Google
👉 16 melhores extensões para Google Chrome para instalar agora
👉 Google Analytics: o guia completo para usar a ferramenta!

Como usar o Google Trends?

Para ficar mais simples a visualização das principais funções que o Google Trends oferece, separamos o que você precisa fazer para utilizar essa ferramenta da melhor forma possível. Além disso, listamos alguns recursos que você deve ficar atento para que o trabalho seja ainda mais completo.

Pesquise por um termo

A página inicial da ferramenta pode ser dividida em dois pontos principais: seu cabeçalho e seu corpo.

pesquisa por termo

No cabeçalho, na parte superior, você tem o acesso ao menu principal do Trends (o primeiro ícone no canto superior esquerdo) e à barra de pesquisa para explorar tópicos ou palavras-chave específicas.

Já no corpo da homepage, você confere alguns dos assuntos mais populares do dia, com a opção de filtrar os tópicos por categorias ou localização.

Nós vamos começar nossa análise pela funcionalidade mais famosa do Google Trends: a pesquisa por tópicos e palavras-chave. Na barra de busca da página inicial, nós digitamos “Marketing de Conteúdo” e esse é o resultado:

análise Google Trends

Filtre e compare com outras palavras

Logo na parte de cima do relatório sobre o nosso termo, é possível ver a opção de selecionar outros tópicos para comparar o volume de buscas e ver qual é mais popular. Se você clicar em “+ Comparar”, pode digitar qualquer outro termo e ver a relação entre ambos.

No menu debaixo, existem quatro opções de filtros e configurações para a sua pesquisa:

  • a primeira permite filtrar os dados com base na localização dos usuários;
  • a segunda define o intervalo do estudo (pode ser desde a última hora até 2004, com vários intervalos pré-definidos);
  • o terceiro campo permite filtrar pesquisas com base em categorias estabelecidas. É especialmente útil quando você procura por um termo que tem dois significados diferentes, como “programação”, que pode se referir ao conjunto de filmes em cartaz no cinema (na categoria Artes e Entretenimento), ou desenvolvimento de softwares (na categoria Computadores e Eletrônica);
  • a última opção permite selecionar a fonte dos dados: pesquisas no Google, Google Imagens, Google Notícias ou no Youtube.

Confira a relevância em diferentes regiões

Rolando a página, temos acesso a essa informação:

localização Google Trends

Esse bloco de informação mostra o nível de interesse do tópico pesquisado nas sub-regiões da localização selecionada. Por exemplo, no nosso caso, buscamos pelo interesse de Marketing de Conteúdo no Brasil, então vemos o interesse no assunto dividido pelos nossos 27 estados (mais o Distrito Federal).

Na parte superior direita do bloco, é possível selecionar se você quer a subdivisão em estados ou cidades, baixar os dados em CSV (para planilhas de Excel), obter o código para incorporar a informação no seu site ou compartilhá-la nas redes sociais.

Consulte os termos que se relacionam

Na parte final do relatório, temos mais dois blocos com informações interessantes:

termos relacionados Google Trends

O da esquerda mostra tópicos que estão relacionados ao termo que foi pesquisado. Na nossa busca por “Marketing de Conteúdo”, por exemplo, vemos termos em ascensão como a Rock Content, SEO (Otimização para motores de busca), LinkedIn, Estratégias de Marketing e livros relacionados de Marketing de Conteúdo.

No lado direito, temos a lista de pesquisas feitas no Google relacionadas ao termo buscado. No nosso caso, a busca mais popular é “o que é marketing de conteúdo”.

Nos dois blocos temos a possibilidade de fazer o download dos dados, incorporá-los em nosso site e partilhá-los nas redes sociais. Além disso, podemos selecionar as informações entre os termos “Em ascensão” ou “Principal”. Ou seja: aqueles que ganharam relevância no período selecionado e os mais populares em números totais ao mesmo tempo.

Descubra as tendências de Pesquisa

A primeira função extra do Google Trends você já conhece, pois ela já apareceu na página inicial da ferramenta: é a Tendências de Pesquisa. Esse recurso permite acessar os principais assuntos pesquisados no Google na última hora. É possível filtrar as tendências por localização e conferir as pesquisas mais populares em tempo real pelo mundo.

Também é possível conferir as tendências de dias anteriores e se inscrever para receber notificações do Google pelo email com atualizações de hora em hora sobre os tópicos mais pesquisados.

tendências de pesquisa

Veja o que esteve em alta

Essa função é atualizada uma vez por ano, com um balanço geral dos principais assuntos dos últimos 12 meses. É possível fazer uma leitura mais completa da sociedade e ver os principais tópicos que foram buscados no Google durante o ano passado (e anteriores).

Google Trends 2

Como analisar essas informações?

Agora que você já entendeu o que é o Google Trends, os benefícios de utilizar os seus recursos e dados, o seu funcionamento e como utilizá-lo, vamos apresentar um exemplo prático de aplicação dessas informações. Assim, fica mais fácil visualizar como as tendências podem ajudar na construção das suas ações de Marketing.

Nesse exemplo prático, vamos fingir que somos donos de uma agência de viagens. Nossa missão é preparar um calendário editorial básico com alguns conteúdos para o nosso blog no ano de 2018. Vamos começar?

O primeiro passo é abrir o explorador de tópicos do Google Trends (pela opção Explorar, no Menu Principal) e filtrar os conteúdos que queremos:

analisar informações

Nós escolhemos trabalhar com um período de um ano atrás de dados, todos oriundos do Brasil e de pesquisas feitas no buscador do Google.

Uma das informações que chama a atenção é que, apesar de haver um ligeiro aumento de buscas no meio do ano, há uma estabilidade bem grande durante o ano, exceto no período do Ano Novo, quando esse tópico explode em pesquisas.

Ou seja, nosso pico é no intervalo entre 30 de dezembro e 5 de janeiro, com uma estabilidade de 60% disso em buscas durante todo o ano. Isso nos diz para poupar uma parte do nosso orçamento de Google Ads para essa época, na tentativa de extrair o máximo desse aumento de interesse.

No campo de consultas relacionadas, vimos alguns termos interessantes como “checklist viagem”, “calculo de viagem”, “mala de viagem media” e “planeje sua viagem”. Essas buscas deram a ideia para criarmos alguns conteúdos interessantes, como os seguintes:

  • um post com a palavra-chave “checklist viagem” com os itens básicos que todo turista deve carregar;
  • um vídeo mostrando o que devemos carregar em uma mala de viagem padrão;
  • um aplicativo que permite calcular automaticamente o custo de uma viagem inserindo apenas algumas informações.

Esses três conteúdos já são bem interessantes para a nossa estratégia e oferece muito valor à nossa persona. Porém, olhando mais tópicos relacionados listados pelo Google Trends, achamos “lugares para viajar no Brasil”.

Quando clicamos em Explorar nesse termo, podemos obter uma lista de destinos buscados pelas pessoas:

explorar no Google Trends

Como foi possível ver, destinos como Fernando de Noronha, Arraial do Cabo, Jericoacoara, Porto de Galinhas e Gramado estão entre os mais buscados para turistas no Brasil.

Segundo o Google Trends, Gramado é o destino mais popular procurado entre aqueles na nossa lista. Porém, seu pico acontece no meio do ano e não no Ano Novo, que é nossa data mais importante.

Em segundo lugar vem Porto de Galinhas, que tem mais pesquisas na média durante o ano, mas é apenas o 3º destino mais popular na nossa data especial. Arraial do Cabo (o terceiro mais procurado no geral) foi o mais buscado no pico de pesquisas nos últimos 12 meses.

Em quarto lugar nas pesquisas em geral vem Jericoacoara (mas apenas o último no pico do Ano Novo) e em último Fernando de Noronha, mas que tem seu ápice na nossa data específica.

Esses dados mostram a importância de produzir o conteúdo sobre Gramado com prioridade, mas também mostra que podemos dividir uma futura campanha de Ads em dois períodos: um buscando o pico de Gramado no Inverno e outro priorizando os destinos de verão no Ano Novo.

O trabalho dentro do Marketing Digital é constante e precisa ser aprimorado regularmente, sempre pensando na experiência do usuário. O Google Trends, portanto, pode ser uma mão na roda para que esse trabalho se torne mais eficiente e preciso, passando exatamente o que os usuários mais procuram e se interessam na Internet.

Mostramos neste artigo como o Google Trends pode ajudar você na tarefa de encontrar os tópicos e assuntos mais interessantes a serem oferecidos ao consumidor, o que vai, definitivamente, impactar no seu posicionamento na SERP. Mas que tal dominar de vez o buscador e entender como funciona o algoritmo do Google e como rankear em 2019?

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *