Por Kellison Ferreira

Publicado em 17 de fevereiro de 2020. | Atualizado em 15 de maio de 2020


A influência social é a capacidade de despertar comportamentos, ações e desejos de consumo em outras pessoas. Esse fator social é a base de estratégias de Marketing que usam pessoas influentes para representar marcas, ajudando essas empresas a ganhar engajamento e gerar mais vendas.

Com o avanço das redes sociais como plataformas de Marketing e negócios, a importância da influência social ficou cada vez mais clara às empresas na busca por entender e impactar o comportamento do consumidor.

Desde que as marcas saibam como usar esse fator, é possível alcançar públicos específicos e, principalmente, criar conexões genuínas com a sua audiência.

Para influenciar outras pessoas a favor de um negócio, é necessário, primeiramente, conhecer bem quem você quer conquistar, fidelizar, reter, ou qualquer que seja o objetivo da empresa.

A partir disso, a estratégia se desenvolve quando há uma figura centralizadora, ou seja, alguém capaz de exercer essa influência social sobre o público que sua marca deseja impactar.

A influência social sempre teve um importante papel na sociedade e nas relações de consumo, seja na simples análise de opinião, seja na reação em cadeia. Por isso, este post vai abordar o assunto em detalhes, falando mais sobre a estratégia e como ela deve ser executada.

Você verá neste conteúdo:

Continue a leitura e saiba mais!

O que é influência social?

Influência social é a capacidade de gerar decisões e ações a partir de comportamentos, indicações, hábitos e costumes de outras pessoas.

Os influenciadores, pessoas que conseguem dar origem a esses movimentos, têm alto poder de gerar a repetição de seus atos ou de, simplesmente, direcionar pessoas a ações, dentro de um determinado nicho social.

Essa é uma construção muito comum à sociedade e acontece desde sempre, por mais que poucas vezes tenha sido debatida, até o surgimento dos influenciadores digitais.

Cada nicho social tem seu influenciador, por isso, as ideias de influência são tão amplas e se encaixam em tantos cenários.

A influência social como estratégia

Um bom exemplo é a ação de grandes fornecedores do setor esportivo, que patrocinam não só clubes de futebol, mas também, os atletas.

Constantemente, ao longo dos anos, jogadores surgem em campo com diferentes chuteiras, sempre com cores, formatos e designs diferentes.

Neymar
Neymar com uma das chuteiras de sua linha própria da Nike, gigante americana de artigos esportivos

Do ponto de vista estratégico, marcas usam esse recurso há anos porque sabem o poder de influência social que esses atletas têm, especialmente sobre torcedores do time no qual jogam.

Essa rotatividade de chuteiras é uma forma de associar um produto a uma figura influente, gerando o desejo de compra em pessoas que são adeptas ao nicho social em questão.

A estratégia se repete aos montes, em todos os mercados possíveis e com ações das mais simples, como o exemplo citado, até as mais complexas — estas, cada vez mais presentes a era digital.

Sem dúvida alguma, é o momento dos “digital influencers”, ou influenciadores digitais.

A crescente do Marketing de Influência graças ao digital

O Marketing de Influência é uma estratégia que já ocupa, há alguns anos, os primeiros lugares entre as favoritas das empresas, graças à sua eficácia. A fórmula é simples: é possível, com um investimento dentro do orçamento, ter um retorno vantajoso, alcançando o público certo.

Simplesmente, não há empresa que não consiga executar uma ação de influência, ainda que seu público seja muito reduzido.

Os microinfluenciadores são uma categoria de pessoas que conseguem ter um alto nível de influência social, mesmo que dentro de um nicho reduzido. Para muitas empresas, isso é o suficiente para trazer ótimos resultados.

A alta adesão da estratégia pode ser entendida melhor em números. Separamos alguns:

  • nos EUA, o ROI de campanhas com influenciadores é de 6,5 (Tomoson);
  • 49% dos americanos afirmam serem influenciados a uma compra (Influencer Orchestration Network);
  • 8, em cada 10 influenciadores, são microinfluenciadores, ou seja, têm de 15 a 100 mil seguidores (Click Z).

Como a influência social pode beneficiar empresas?

A influência social como base de estratégias de Marketing pode trazer benefícios diretos e essenciais para empresas que querem fortalecer suas marcas e gerar mais vendas.

Mais do que ganhar visibilidade, é necessário se manter relevante no mercado e contar com a fidelidade do público.

Entenda como essa estratégia ajuda a conquistar todos esses objetivos!

Segmentação precisa

A influência social é a base de estratégias que colocam pessoas como a “cara” de suas marcas para gerar no público o desejo de consumo ou, simplesmente, a simpatia.

O mais importante não é esse poder de influenciar, mas sim, quem esse influenciador consegue alcançar.

É fundamental que a escolha desse representante seja feita com um alinhamento ao público-alvo. Não importa o tamanho da audiência: o influenciador tem grande capacidade de falar com quem você deseja.

Ou seja, uma estratégia eficaz proporciona uma segmentação altamente precisa. Isso garante que o investimento aplicado nas ações tenha um ROI otimizado: a campanha será capaz de gerar mais engajamento e conversões, independentemente de quais sejam.

Maior engajamento

Seguidores nem sempre são uma tradução fiel do crescimento da sua marca. Considerados, muitas vezes, métricas de vaidade, esses números não necessariamente representam o que mais importa: engajamento.

Isso significa que as pessoas estão totalmente abertas a ouvir falar sobre sua marca, conhecer novos produtos, acompanhar tudo que é lançado e, principalmente, consumir.

Quando a influência social é realmente alta, são grandes as chances de essa figura escolhida conseguir transmitir a mensagem da sua marca e, principalmente, gerar desejo de consumo e replicação das suas atitudes.

Ao mesmo tempo em que essas pessoas podem ser verdadeiros curadores dentro de seus segmentos, elas também podem ser embaixadoras das marcas.

Mais vendas

As vendas são as consequências mais importantes e desejadas. Ainda que não sejam as únicas, já que também é importante garantir que o público-alvo esteja engajado e pronto para mais do que uma compra isolada, empresas dependem de um bom faturamento.

A melhor forma de gerar o desejo de consumo no seu público é usar da capacidade de influência social que alguém tem.

Seja usando os influenciadores, seja veiculando campanhas em locais específicos, especialmente aqueles em que sua audiência está e valoriza, as chances de potencializar as vendas crescem.

Imagine que determinada marca tem como seu público-alvo os chamados geeks e resolva expor um novo produto em uma Comic Con Experience (CCXP).

O local, naturalmente, é frequentado pelas pessoas desse nicho e, por ser um festival especializado, cria um ambiente perfeito para o consumo. Por meio dessa estratégia, as chances de gerar influência social crescem consideravelmente.

Infográfico sobre Influenciadores DigitaisPowered by Rock Convert

Quais as principais formas de aplicar a influência social na estratégia de Marketing?

A influência social pode ser aplicada em estratégias de Marketing para gerar os resultados e possibilitar alcançar as vantagens que já tratamos neste post. No entanto, para que isso seja possível, é fundamental estruturar um planejamento e, então, começar o trabalho.

A seguir, por meio de 4 dicas, saiba como aplicar a influência social em estratégias de Marketing usando um processo completo e eficaz!

1. Conheça seu público

Conhecer o público que se deseja influenciar é um requisito prioritário. Esse deve ser o ponto de partida e, para facilitar ainda mais o entendimento de quem é o consumidor médio da marca, uma persona bem definida é de grande importância.

Só assim é possível entender quais traços desse público podem ser explorados como gatilhos para o consumo. Pesquisas são uma ótima forma de entender melhor as aspirações, preferências, expectativas, exigências e todos os detalhes do consumidor médio.

Uma persona se constrói por meio da análise de um bom volume de dados em uma amostragem relevante diante do público. A partir disso, fica mais fácil definir uma estratégia para gerar influência social.

2. Trace objetivos

Empresas têm diferentes objetivos ao implementar estratégias de Marketing.

Cada marca pode estar em um estágio distinto no mercado, e é justamente isso que vai guiar suas intenções por meio de campanhas e ações.

Assim, para decidir como exercer essa influência social, primeiramente, é importante decidir os objetivos, sendo os principais:

  • aumentar o engajamento da marca;
  • aumentar o tráfego no e-commerce;
  • conquistar mais seguidores nas redes sociais;
  • gerar mais vendas;
  • lançar um novo produto.

3. Faça a escolha adequada do influenciador

Uma das partes mais importantes da estratégia, a escolha do influenciador precisa considerar os fatores que já tratamos ao longo deste conteúdo.

O impacto dessa pessoa precisa ser relevante dentro do nicho, com uma comunicação adequada e com a real capacidade de não só introduzir marcas ou produtos, mas também, gerar a influência para o consumo, concretamente.

Nessa escolha, é necessário também avaliar o tamanho do seu público, e não só quem são essas pessoas. A escolha entre grandes ou microinfluenciadores é um ponto crucial, já que nem sempre essa segmentação é grande e demanda tanto investimento.

Lembre-se: o influenciador escolhido precisa já ter uma relação prévia com o público-alvo, exercendo o papel de influência social.

4. Planeje suas ações

Uma vez decidido quem será esse embaixador da marca, é hora de pensar em ações que vão proporcionar a divulgação da marca e de seus produtos.

Sem dúvidas, os posts em redes sociais como Twitter, Instagram, YouTube e Facebook são os que mais dão resultados atualmente.

Nicole Balestro
Influenciadores, como a empresária Nicole Balestro, usam os stories do Instagram para divulgar ações com marcas

Para cada uma delas, há diferentes formatos que podem desempenhar bem, seja em ações pontuais, seja em campanhas continuadas, que contam com várias apresentações das marcas e produtos.

A influência social é uma das grandes ferramentas de persuasão que marcas podem ter para gerar o impacto desejado no seu público-alvo.

Com ajuda dos influenciadores, é cada vez mais possível criar uma legião de apoiadores da marca, além de, naturalmente, serem consumidores.

Que tal saber mais sobre inteligência de mercado? Baixe nosso guia e aprenda a se destacar com o monitoramento de dados!

Powered by Rock Convert

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *