Por Daniel Moraes

Redator Freelancer na Rock Content

Publicado em 13 de agosto de 2018. | Atualizado em 7 de agosto de 2019


Lançar um produto sozinho pode trazer muito dinheiro para o seu negócio. Mas fazer isso com a ajuda de afiliados torna possível conseguir resultados ainda mais impressionantes. Neste artigo, você vai ver por que e como fazer um lançamento afiliado.

Se você tem um produto, principalmente, no mercado digital, tem pelo menos duas opções para colocá-lo na frente dos clientes.

A primeira é usar o chamado funil perpétuo, ou seja, colocar o produto à disposição do público para ser comprado a qualquer momento. Um exemplo disso são os cursos da Universidade Rock Content.

Outra possibilidade é fazer lançamentos. Nesse método, você precisa criar expectativa sobre o público e usar gatilhos mentais, como a urgência e a escassez, para vender muito em um curto período.

Mas, se você quiser mesmo turbinar os resultados, precisa conhecer o lançamento afiliado. Neste post, vamos mostrar o que é isso e quais são os motivos que você tem para investir nele. Vamos lá!

O que é um lançamento afiliado?

É o tipo de lançamento de produto que você não faz sozinho, mas conta com a ajuda de afiliados para vender mais. E aí você pergunta: “o que é um afiliado?”. É alguém que vende seu produto em troca de uma comissão sobre a venda. Simples assim.

Então, fazer um lançamento afiliado significa recrutar um time de pessoas que vão promover e vender seu produto em troca de uma parte dos lucros. Para muitos negócios, esse tipo de ação faz todo o sentido, e vamos nos aprofundar mais nos motivos para investir nisso agora.

Quais os benefícios de lançar um produto afiliado?

Talvez você esteja se perguntando: “o que eu ganho por fazer esse tal de lançamento afiliado?”. A resposta é muito simples e animadora: você vai ter acesso a alguns benefícios que todo empreendedor sonha em conseguir.

Mais clientes

Qualquer lançamento que você fizer sozinho pode ser um sucesso. Mas não dá para negar que existe um limite de até onde é possível chegar desse jeito. Na prática, existe um teto de vendas (e de lucro) para quem lança produtos e serviços por conta própria. 

E aí é que entram os afiliados. Eles são a arma secreta que vai quebrar essa barreira e fazer seu faturamento alcançar metas mais altas e vantajosas. 

O motivo para isso é que eles vão multiplicar a sua base de clientes de uma forma que você não conseguiria fazer sem ajuda (pelo menos, não no curto período de um lançamento).

Mais receita

Mais clientes, mais dinheiro. Então, nem precisamos raciocinar muito depois de ler o benefício acima: com a ajuda de afiliados, você terá muito mais vendas, de preferência, com menor custo de aquisição.

Essa questão do custo é vital, já que não adianta criar uma máquina de vendas grande se ela for inchada e aumentar também os custos. A ideia do lançamento é que você tenha um lucro maior, e não que venda mais para crescer sem considerar as consequências.

Maior produtividade

Em termos de trabalho, vamos deixar uma coisa clara: se você espera que o lançamento afiliado seja menos trabalhoso do que lançar sozinho, e estiver pensando em fazer isso para descansar enquanto outros vendem por você, desista. O lançamento afiliado vai exigir mais de você.

Pense um pouco: você terá uma equipe de pessoas para gerenciar, prêmios e compensações para distribuir, além do trabalho que já teria com o lançamento em si — gerar e nutrir leads, preparar a oferta etc.

O que você vai ganhar é em produtividade. Será possível aumentar as vendas de forma exponencial sem precisar dedicar tanto tempo a mais quanto teria se quisesse chegar nesse resultado sozinho.

Quando você deve fazer um lançamento afiliado?

Até agora, já deu para ver que o lançamento afiliado é vantajoso, certo? Se você ainda está em dúvida de quando compensa investir nele, agora é hora de responder isso.

Sem rodeios, você deve realizar um lançamento afiliado quando:

  • quer ganhar escala: se você quer vender mais e ter mais clientes, o lançamento afiliado é para você;
  • tem estrutura para suportar o aumento de clientes: com o aumento da base, você precisa de estrutura para dar suporte e entregar algo de qualidade. Se você tem isso, vá em frente;
  • tem tempo para se dedicar ao lançamento: se um pouco a mais de trabalho não assusta, vale a pena seguir o caminho do lançamento afiliado.

Quando você não deve fazer um lançamento afiliado?

Se existe hora certa para fazer o lançamento afiliado, como acabamos de ver, é por que também existe o momento errado de apostar nesse modelo de vendas. Que momento é esse?

Não faça o lançamento afiliado se você:

  • não quer mais trabalho: se você quer “tirar o pé do acelerador”, faça um lançamento solo;
  • não validou o produto ainda: é seu primeiro lançamento? Faça sozinho para validar a utilidade do produto. Só depois pense em lançar com afiliados;
  • não busca aumentar a base de clientes no momento: se você não tem como atender muito mais clientes ou quer focar o aumento da qualidade para sua base atual, é melhor continuar com o lançamento que já vinha usando.

Quais os 6 passos para fazer um lançamento afiliado de sucesso?

Se você decidiu que o lançamento afiliado é para você, e que o momento do seu negócio é apropriado para investir nele, é hora de partir para a prática.

O passo a passo abaixo não coloca em detalhe cada pequena ação que você terá de tomar. Antes, ele mostra os processos principais que você vai precisar colocar para funcionar.

Por isso, é recomendado que você divida os tópicos abaixo em listas de tarefas. Isso vai ajudar a manter o trabalho gerenciável e sob controle o tempo todo. Para lançar seu produto com a ajuda de afiliados, faça o seguinte.

1. Recrute sua equipe de afiliados

O primeiro passo é encontrar parceiros de qualidade, que possam ajudar a vender o produto. E essa fase exige muito equilíbrio. É melhor investir em relacionamentos já estabelecidos dentro do nicho de mercado em que você atua do que tentar mirar em influenciadores que nunca ouviram falar de você.

Se você vende um produto de marketing digital, por exemplo, é mais fácil recrutar um colega da área que você já conhece há anos do que tentar convencer o Neil Patel a vender por você.

Por fim, foque mais na qualidade do que na quantidade. A ideia de que, quanto mais gente, melhor, só vale se os afiliados derem resultados.

2. Planeje todos os passos do lançamento

Como você já lançou o produto pelo menos uma vez e validou sua proposta de valor, não vai começar do zero aqui. Mas vale a pena rever o que terá de mudar para o próximo lançamento.

Se possível, monte uma estratégia personalizada para cada afiliado, de acordo com suas habilidades. Isso requer um pouco mais de tempo e trabalho, mas os resultados são melhores.

O Bryan Harris, do Videofruit, adotou essa estratégia, e saltou de US$220 mil para mais de US$500 mil de um lançamento solo para um com afiliados.

3. Acompanhe e dê suporte ao trabalho dos afiliados

Não basta recrutar um grupo de pessoas e achar que o entusiasmo delas vai dar conta de vender. É seu papel acompanhar e dar suporte ao trabalho de cada um dos afiliados, para que eles gerem os resultados esperados. Esse suporte inclui:

  • manter todos sempre informados sobre os resultados até o momento e próximos passos da estratégia;
  • tirar dúvidas e oferecer sugestões de desempenho para os afiliados conforme necessário;
  • oferecer ferramentas e conteúdo para que eles executem cada passo do lançamento.

4. Mensure todos os dados do lançamento

Como dizia Peter Drucker

“O que não pode ser medido não pode ser gerenciado.”

No caso de um lançamento afiliado, isso é fundamental para evitar o caos. Tudo precisa ser medido para que você saiba exatamente:

  • qual o ROI do lançamento afiliado em comparação com o lançamento solo;
  • quanto cada um vendeu e qual deve ser a respectiva comissão de vendas.

5. Premie os afiliados por desempenho

Além das comissões, é muito importante que você ofereça incentivos a mais para os afiliados com melhor desempenho de vendas. 

Dessa forma, você estimula o que há de melhor em cada vendedor e faz com que todos se sintam motivados o tempo todo.

Alguns gostam de promover um tipo de competição interna, em que só o primeiro lugar ganha um prêmio. Porém, oferecer prêmios por desempenho (X vendas = prêmio específico) é mais eficiente, pois mantém todos animados por dependerem só do próprio esforço para receber os incentivos.

6. Mantenha o relacionamento com os afiliados

Mesmo depois de realizar o lançamento com sucesso, ainda existe um passo a ser dado. Mantenha o relacionamento e mostre gratidão pelo bom trabalho dos afiliados.

É verdade que eles serão bem recompensados pelo que fizeram, mas reconhecer que eles foram valiosos para o sucesso da sua estratégia é bom por dois motivos:

  • é fácil de fazer;
  • aumenta as chances de eles voltarem a fazer parceria com você no futuro.

É fácil se esquecer disso, mas é esse pequeno gesto que pode fazer com que o seu próximo lançamento, daqui a alguns meses, seja ainda mais bem-sucedido.

Fazer um lançamento afiliado não é mais fácil do que lançar seu produto sozinho, mas os resultados são muito expressivos para se ignorar. Se você tem condições de dar suporte aos afiliados e à nova base de clientes, invista sem medo. Para isso, não deixe de seguir os passos que acabou de ver aqui.

Quer saber mais sobre lançamento de produtos online? Então, você precisa ver agora uma das metodologias mais conhecidas do Brasil: a Fórmula de Lançamento!

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *