Tendências de Marketing Digital para 2019

Marketing Digital em 2019: saiba quais são as 8 maiores tendências

Prepare-se para alavancar a sua estratégia online com as 8 maiores tendências de Marketing Digital para 2019 que separamos para você!

(Clique no player para o ouvir a narração do nosso post!)

Adeus ano velho, feliz ano novo. 2019 vem aí e, com ele, uma quantidade de mudanças na forma como nos comunicamos com o público consumidor.

E, quem não conseguir se adequar às novas tendências de marketing digital, pode muito bem colocar a sua estratégia em risco.

Ao mesmo tempo que novas tecnologias surgem, o consumidor fica cada vez mais exigente, e nós precisamos ser mais e mais criativos para estabelecer uma linha de comunicação com ele.

Pensando nisso, elegemos as 8 principais tendências de marketing digital para 2019 e como colocá-las em prática para obter os melhores resultados nesse novo ano.

Interessado? Então continue lendo!

1. Gestão de marca com autenticidade e participação dos usuários

O consumidor estará no centro de todas as ações de marketing digital em 2019 e nos anos seguintes. Isso inclui, claro, a gestão de marca das empresas.

O branding é um nicho do marketing que visa construir uma impressão positiva da marca de uma empresa dentre a opinião pública.

No ano que vem, a palavra-chave que deverá nortear todas as ações de branding é “autenticidade”.

O público já é naturalmente desconfiado da publicidade e busca, cada vez mais, empresas autênticas para se relacionar.

Segundo pesquisa, para 86% dos consumidores a autenticidade é um dos fatores mais importantes para decidir se apoiarão ou não uma marca (essa porcentagem é ainda maior com os millennials).

Os benefícios de se tornar uma marca que é vista positivamente pelo público são muitos, um deles é o aumento das vendas.

De acordo com uma pesquisa da Marketing Tech News, 49% dos consumidores tendem a pagar mais para comprar de uma empresa que eles enxergam como positiva.

Ou seja, a diferença entre um faturamento recorde ou uma crise pode estar em quão autêntica é a sua marca na visão do público.

A dificuldade está em ser vista como uma marca autêntica. Como alcançar isso?

Simples: conteúdo criado por usuários.

As pesquisas indicam que os consumidores têm 3 vezes mais chances de considerar um conteúdo autêntico se ele for feito por uma pessoa do que por uma marca.

Por isso, as suas estratégias de branding no ano que vem precisam incluir o conteúdo criado por usuários.

Um exemplo recente de sucesso desse tipo de iniciativa é o restaurante This Is Not a Sushi Bar, especializado em comida japonesa.

Na sua unidade de Milão, os clientes podem “pagar” a refeição com os seus seguidores no Instagram.

Quanto maior a quantidade de seguidores, maior o desconto obtido com a ação.

Isso incentiva a quantidade de posts feitos por usuários nas redes sociais — o que ajuda a marca a ficar conhecida e vista como autêntica pelos outros consumidores.

Employer Branding

2. Otimização para buscas por vozes no seu site ou blog

Todos os dias, cerca de 3,5 bilhões de pesquisas são feitas no Google.

E 1/3 delas são realizadas por comando de voz, com principal destaque para os assistentes pessoais como Alexa e Bixby, com perspectiva desse número aumentar para 50% em 2020.

Isso significa que, se o seu site não está otimizado para as pesquisas por voz, você está perdendo um enorme fluxo de usuários.

As pesquisas de voz começaram a ficar realmente populares nos últimos anos, com o avanço da tecnologia de reconhecimento de palavras do Google.

Eles ganharam o coração do público porque são mais simples e fáceis de usar: basta apertar um botão, dizer o que se quer e surgem os resultados.

Uma das características das pesquisas por voz é que elas oferecem apenas alguns resultados para o usuário.

É muito mais difícil de colocar o seu site nessas buscas, mas a taxa de conversão é muito maior também.

Por isso, é necessário direcionar esforços para otimizar o seu site para alcançar essas pessoas e alimentar sua estratégia de marketing digital com esse fluxo de usuários.

3. Conteúdos e estratégias pensados para os micro-momentos

Os smartphones e a conexão permanente com a internet mudaram de vez o comportamento do consumidor.

Uma dessas mudanças vem na forma dos micro-momentos, termo cunhado pelo Google.

Micro-momentos são situações extremamente específicas dentro da jornada de compra do consumidor, nas quais ele busca por informações na internet.

Segundo o Google, existem 4 micro-momentos:

  • eu quero saber;
  • eu quero ir;
  • eu quero fazer;
  • eu quero comprar.

Também de acordo com a empresa, cada pessoa passa em média por 150 micro-momentos durante o dia. É muita coisa.

O esperado para o ano que vem é que os micro-momentos se intensifiquem, especialmente em decisões de compras relativamente simples (como “o que almoçar hoje” ou “o que comprar de presente de Natal para minha mãe”).

Com a perspectiva do mercado de smartphones e dispositivos móveis crescendo em 2019, mais gente deverá estar conectada nesse ciclo e os micro-momentos serão ainda mais importantes no ano que se avizinha.

Para aproveitar essa tendência, você precisa compreender quais micro-momentos podem ser saciados pela sua empresa e, então, elaborar estratégias de comunicação que alcancem as pessoas nessas situações.

4. Adaptação e otimização para as novidades das redes sociais

As principais redes sociais anunciaram novidades nos últimos meses que causarão impacto nas estratégias de marketing em 2019.

A tendência é que as empresas tenham que reformular as suas ações para se adaptar à nova realidade.

No Facebook, uma mudança de algoritmo trouxe mais posts de familiares e amigos para a timeline das pessoas, ignorando os conteúdos de páginas e marcas.

Isso diminuiu o alcance orgânico de muitas empresas.

A solução é reformular a sua estratégia de conteúdo com maior foco em engajar o público, o que aumenta seu alcance orgânico na rede social.

Já o Instagram lançou recentemente o IGTV, uma plataforma de vídeos interna.

A ideia é que os usuários (incluindo as empresas) postem vídeos com até 1 hora, em formato vertical, que ficarão armazenados para sempre.

Isso muda a estratégia de marketing no Instagram para as empresas, que agora ganham a possibilidade de fazer vídeos mais completos e duradouros para alcançar aquele público.

5. Marketing de conteúdo mais criativo, profundo e personalizado

A área do marketing de conteúdo também passa por mudanças e apresenta algumas tendências claras para o ano que se aproxima.

O conteúdo de qualidade segue estabelecido como uma das maneiras mais eficientes para gerar leads e fechar negócios com o marketing digital.

A diferença de 2019 para os anos anteriores é que o consumidor começa a pedir por um material que seja mais aprofundado.

Conteúdos altamente especializados e focados estarão em alta no ano que vem, já que se provaram altamente eficazes nos últimos meses.

A tendência para o próximo ano é que os conteúdos reconheçam as particularidades de cada consumidor e ofereçam uma experiência completa, multicanal e personalizada.

Por exemplo: Um e-mail personalizado será enviado para a lead com um conteúdo profundo e criativo sobre uma dor específica que ele tenha.

Esse esforço avançará o consumidor ao longo do funil de vendas com mais eficiência, aumentando a taxa de conversão da estratégia.

Para isso, as empresas precisarão mapear a jornada de compra dos seus clientes com mais detalhes.

Para entender as dores específicas dos consumidores, devem ser feitas entrevistas e análises de dados.

Com o mapeamento realizado, a estratégia precisa montar os pontos de ativação das dores dos clientes (com ebooks e outros padrões de comportamento) e então oferecer os conteúdos diferenciados personalizados para os clientes.

6. Uso de influenciadores locais na estratégia de marketing

O uso de influenciadores nas estratégias de marketing digital segue com força. Afinal, a estratégia é extremamente eficaz.

O marketing de influenciadores consiste em contratar personalidades que sejam reconhecidas pelos consumidores para que eles façam ações e comuniquem aos seguidores sobre as vantagens do produto da empresa.

A ideia é que eles influenciem as pessoas a adquirir aquele serviço ou produto.

Com mais e mais pessoas saltando para a posição de influenciadores digitais, o que vemos nas redes sociais atualmente é o surgimento de nichos altamente especializados.

O segmento de “fãs de cinema”, por exemplo, é dividido em microcosmos, com os “fãs de ficção científica”.

Dentro desse nicho, mais divisões: “fãs de Star Trek”, “fãs de Star Wars”, “fãs de Isaac Asimov” etc.

Cada uma dessas divisões tem os seus influenciadores principais, que necessariamente não são os mesmos da categoria principal.

Isso acontece tanto em áreas de consumo, como também em localizações geográficas.

Em muitas ocasiões, pequenas comunidades de bairro têm mais influência do que um grande influenciador digital.

Se a sua empresa for local (tanto em áreas de interesse, como geograficamente), a tendência para 2019 é focar em parcerias de longo prazo com influenciadores locais.

Para isso, o 1° passo é fazer um mapeamento dos pontos de influência na sua área de atuação, seja um nicho de interesse ou local e analise se realmente essa estratégia faz sentido para o seu negócio.

Isso significa pesquisar podcasts, canais no YouTube e pessoas com alto nível de engajamento e participação com o seu público.

Faça uma lista com os principais influenciadores do seu nicho e então gaste um tempo para conhecê-los, entender os seus posicionamentos e os seus níveis de engajamento dos seguidores.

Então, inicie contato e proponha uma parceria.

Infográfico sobre Influenciadores Digitais

7. Confirmação das lives em redes sociais e conteúdo em vídeo

O uso de conteúdo em vídeo no marketing digital não é mais uma simples “tendência”, mas uma realidade.

Os números não mentem: 72% das empresas que começaram a usar material em vídeo na sua estratégia digital registraram aumento nas suas taxas de conversão.

Uma evolução dessa ferramenta que podemos, sim, chamar de tendência no ano que vem são as lives em redes sociais ou em plataformas próprias.

Essas lives consistem em transmissões de vídeo ao vivo via ferramentas como o YouTube Live, Facebook Live, Instagram Live ou plataformas como o Twitch, LiveStreaming e outras.

Elas são populares atualmente porque oferecem ao consumidor um vislumbre dentro dos bastidores de uma empresa.

As lives são vistas como mais autênticas (lembra que mencionamos a importância disso no 1° ponto?).

A questão é: Como usar lives na sua estratégia de marketing digital em 2019?

Primeiramente, é preciso entender o efeito das lives na relação entre o público e a marca.

Feito isso, você observará que essas transmissões ao vivo tem um poder enorme de aproximar ambos e fortalecer a relação entre eles.

Portanto, as lives são ferramentas essenciais no trabalho de branding e de fidelização dos consumidores.

Conteúdos como os bastidores de trabalho, por exemplo, ajudam a dar um rosto para a marca e atestam a autenticidade da empresa.

Além disso, lives com perguntas e respostas, apresentação de produtos e anúncios também são bem vistos pelo público.

O interessante das lives é que elas são versáteis e conversam com outras tendências de 2019, como os influenciadores locais (eles podem participar da transmissão), o conteúdo personalizado e o trabalho para engajar o público nas redes sociais.

Você também pode se interessar por esse conteúdo!
👉 Digital Branding: como fazer branding na era do Marketing Digital

8. Afirmação do uso dos chatbots no atendimento ao consumidor

O desenvolvimento tecnológico afeta o futuro e as tendências de várias áreas e, com o marketing digital, não poderia ser diferente.

São várias as áreas que começam a despontar e prometem se afirmar em 2019. A principal delas são os chatbots.

Esses robôs servem para interagir com o público de uma maneira que humanos não conseguem.São muito mais rápidos e atendem os consumidores de maneira pessoal, alguns até com senso de humor e personalidades próprias.

Os chatbots estão virando tendência por causa de uma mudança na maneira como as pessoas se comunicam na internet.

Os aplicativos de mensagens online, como o Messenger, WeChat ou o WhatsApp, têm mais usuários do que o Instagram, Twitter ou o Snapchat.

O WhatsApp, inclusive, tem quase tantos usuários como o YouTube e o Facebook, trocando mais de 55 bilhões de mensagens todos os dias.

Com tantos usuários, é uma bobagem ficar de fora dessas plataformas e os chatbots ajudam nessa área, respondendo as mensagens dos consumidores e acumulando dados sobre eles.

Esses robôs podem ajudar os clientes a comprar produtos online, reservar ingressos de cinema e mesas em restaurantes, esclarecer as dúvidas mais comuns e muitas outras funções.

Para utilizar os chatbots na sua estratégia digital, o 1° passo é decidir se usará um programa exclusivo da sua empresa ou uma das muitas opções disponíveis no mercado.

A escolha depende do tamanho do orçamento disponível para essa ferramenta e o nível de complexidade esperado para as interações entre o público e o chatbot.

Nós temos um ebook excelente que pode ajudar a entender como aplicar um chatbot na sua estratégia de marketing.

Resumo das tendências de marketing digital para 2019

E aí, de maneira resumida, quais as grandes tendências de marketing digital para 2019? Confira:

  • Os consumidores buscam autenticidade das marcas no mercado.
  • A busca por vozes deve crescer ainda mais e chegar a 50% de todas as pesquisas no Google até 2020.
  • Os micro-momentos são cada vez mais importantes na jornada do consumidor.
  • As redes sociais estão em constante evolução e precisamos acompanhar as suas mudanças para manter a relevância.
  • As pessoas buscam por conteúdos que sejam mais específicos, profundos e personalizados para as suas dores particulares.
  • Os influenciadores locais, aqueles com capacidade de motivar consumidores de nicho, serão os melhores parceiros das empresas.
  • O conteúdo em vídeo, em especial as lives em redes sociais, serão essenciais para todas as empresas.
  • O avanço da Inteligência Artificial e dos chatbots ajudará as marcas a atender mais consumidores online.

Deu para ver que as tendências de marketing digital em 2019 exigirão muita atualização e preparo para que o barco da sua estratégia de marketing possa navegar tranquilamente no ano que vem, não é mesmo?

Por isso, comece a sua atualização hoje mesmo: conheça as 12 técnicas de SEO desatualizadas que você deve parar de usar nesse momento!

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo