Por Amanda Gusmão

Redatora freelancer da Rock Content

Publicado em 6 de março de 2020. | Atualizado em 18 de março de 2020


Saiba como as mulheres no marketing estão revolucionando o mercado, transmitindo seus conhecimentos, ditando tendências, mudando o status quo e inspirando toda uma nova geração de profissionais a buscar a melhor de suas performances.

Não é difícil encontrar mulheres no marketing que surpreendem e são inovadoras. O que complica a tarefa é listar apenas algumas entre elas e, então, fazer um breve resumo das suas contribuições para o mercado.

Ainda assim, topamos o desafio porque entendemos que exemplos de profissionalismo, criatividade, eficiência e inovação devem ser consumidos como pílulas de inspiração para quem atua diretamente no setor de marketing ou depende dele para otimizar seu negócio.

Neste post, você vai encontrar mulheres que são:

  • gerentes de marketing de multinacionais;
  • infoprodutoras de sucesso;
  • especialistas apaixonadas pelo mundo do marketing;
  • palestrantes com uma legião de fãs;
  • exímias estrategistas;
  • criadoras de projetos revolucionários;
  • líderes e empreendedoras do futuro.

Conheça cada uma delas, compare com as suas referências atuais e veja como elas estão contribuindo para que o marketing seja cada vez mais rico e relevante no mundo dos negócios!

1. Nina Silva (Movimento Black Money)

Nina Silva (Movimento Black Money)

Nina é fundadora do Movimento Black Money (MBM), um hub de inovação com foco na inserção da comunidade negra na era digital e o fortalecimento do ecossistema empreendedor negro. Seu currículo invejável também tem outros marcos relevantes.

Entre outras atuações do MBM, destaca-se a oferta de cursos de Gestão, Marketing Digital, Programação Básica e Educação Financeira, ingredientes indispensáveis para profissionais e empreendedores que querem se destacar no mercado atual.

Com mais de 15 anos de experiência na área de Tecnologia da Informação, essa empreendedora natural de São Gonçalo (RJ) trilhou sua carreira contribuindo para empresas como Petrobrás, Heineken, L’oreal, Honda e ThoughtWorks.

É considerada pela Forbes uma das 20 mulheres mais poderosas do Brasil e está entre as 100 pessoas negras mais influentes do mundo com menos de 40 anos. Sabe por quê?

Porque além de empreendedora e especialista na área de TI, Nina ainda é palestrante em eventos como a famosa Campus Party, HSM Expo e RD Summit, colunista do MIT Sloan Management Review Brasil e membro da diretoria da Federação das Mulheres Empresárias e Empreendedoras.

LinkedIn: Nina Silva.

Área de atuação: TI e negócios.

2. Martha Gabriel

Martha Gabriel
Foto: Transamerica Expo Center

Martha Gabriel tem uma dos currículos e as experiências profissionais mais ricas da atualidade. São seis livros publicados, entre eles o best seller “Marketing na Era Digital”.

Também tem formação acadêmica diversificada, com títulos nas áreas de Engenharia, Marketing, Design Gráfico e Artes.

Essa diversificação, porém, não impediu que ela se destacasse em cada uma das experiências que se propôs. Entre seus títulos e suas conquistas, podemos listar:

  • 11 prêmios iBest;
  • mais de 70 palestras no exterior, sendo algumas consideradas as melhores dos congressos que fizeram parte;
  • speaker TEDx com 5 palestras abordando temas como Inteligência Artificial, Transformação Digital e Inovação;
  • artista com trabalhos em exposições brasileiras e internacionais.

Entre seus clientes estão diversas marcas e organizações como C&A, Fundação Roberto Marinho, Google, Gartner, IBM, Banco do Brasil e Coca-Cola, que buscam suas palestras, cursos e consultorias para encontrar os caminhos que integram gestão, marketing, educação e carreira na Era Digital.

LinkedIn: Martha Gabriel.

Área de atuação: Marketing Digital, inovação e educação.

3. Luiza Helena Trajano (Magazine Luiza)

Luiza Helena Trajano, do Magazine Luiza

Luiza Helena é uma das responsáveis pelo sucesso e pela inovação da Magazine Luiza, que hoje tem mais de 1.000 lojas em 18 estados, 30 mil funcionários e um dos e-commerces de mais sucesso no Brasil.

Ela ocupa o cargo de Presidente do Conselho Administrativo do Magazine Luiza desde 2015, mas foi alçada ao cargo de CEO ainda em 1991.

Apesar de ser sobrinha da fundadora do negócio, a advogada Luiza Helena começou sua trajetória na organização em postos mais modestos, o que permitiu conhecer os mais diversos departamentos da empresa, suas potencialidades e os pontos de melhoria.

Foi considerada Top Influencer do LinkedIn brasileiro em 2019, Personalidade do ano de 2020 pela Câmara do Comércio Brasil-EUA, Presidente do Grupo Mulheres do Brasil e seus feitos renderam algumas premiações e honrarias, como:

  • primeira mulher a receber o Prêmio Antônio Proost Rodovalho em 2001, concedido pela Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo;
  • Prêmio Empreendedor do Ano concedido pela Ernst & Young em 2002;
  • convite para carregar a tocha olímpica em 2016, mesmo não sendo atleta;
  • Grã-Cruz da Ordem do Ipiranga pelo Governo do Estado de São Paulo.

O sucesso de sua gestão, no entanto, fica por conta dos números do negócio. A ação ordinária da Magazine Luiza cresceu 1.000% de 2011 até 2019, enquanto a Bolsa de Valores emplacou apenas 47% no índice Ibovespa no mesmo período.

Se os investidores ficam satisfeitos com suas estratégias de gestão, a satisfação dos funcionários não fica nem um pouco a desejar, já que a empresa está no ranking das Melhores Empresas para se Trabalhar há mais de 22 anos consecutivos.

LinkedIn: Luiza Helena Trajano.

Área de atuação: gestão de varejo e inovação.

4. Ana Couto (Agência Ana Couto)

Ana Couto (Agência Ana Couto)

Ana Couto é designer, mestre em Visual Communication, especialista em branding e formada pela Havard University em Owner/President Management Program.

Fundou a Agência Ana Couto em 1993 para aplicar seus conhecimentos como designer na gestão e no fortalecimento de marcas, e desde então vem expandindo seu mix de serviços para o mercado de marketing e publicidade.

É como 19,41% das agências respondentes da pesquisa sobre o Panorama das Agências Digitais 2020 se declaram, ou seja, full service 360 graus.

É considerada referência em branding por seus mais de 25 anos de experiência com marcas como Itaú Unibanco, P&G, L’oreal, Caixa Seguradora e Youse, em nível nacional e internacional, fazendo parte de um seleto grupo de 10,36% das agências brasileiras com clientes no exterior, segundo a mesma pesquisa.

No seu currículo também estão algumas premiações, como:

  • Profissional do Ano de Comunicação — Design da Associação Brasileira de Propaganda em 2013;
  • Wave Festival 2011;
  • IDEA Brasil 2011, 2013 e 2014.

Tudo isso porque ela trouxe um novo significado para a gestão de branding no Brasil. Em momentos críticos do país como a era pós-Collor, a designer convenceu seus clientes que não dava mais para investir em publicidade sem ter um alinhamento com a marca.

Ana Couto também é responsável pelo lançamento da plataforma de inovação LAJE, que visa mudar o mindset de negócios no Brasil.

LinkedIn: Ana Couto.

Área de atuação: branding e publicidade.

5. Patrícia Riccelli Galante de Sá (RegeNarrativa)

Patrícia Riccelli Galante de Sá (RegeNarrativa)

Se você pensa que a agência da Patrícia Riccelli está de olho somente nos Millennials e na geração Z, engana-se. Sua consultoria em branding, comunicação e sustentabilidade se volta também para gestão bioinspirada e regenerativa.

Também são nesses assuntos que graduada em Relações Públicas dá aulas em cursos de MBA em todo o Brasil e faz palestras para grandes organizações.

A palavra de ordem é segmentar e trabalhar segmentos como Grey Power e economia da longevidade, assim como outros públicos como as subtipologias 50/60/70/80+, LGBTQ+, economia regenerativa e distribuída.

São tendências que já ganharam força suficiente para chamar atenção de grandes empresas. Patrícia Riccelli é uma autoridade no assunto, com formação na Schumacher College, no Reino Unido, a referência máxima em economia de transição.

De onde vem essa visão diferenciada, que por meio de consultorias, ajuda as empresas a encontrarem oportunidades nesses segmentos?

Das experiências profissionais que Patrícia Riccelli teve quando atuava como relações públicas de empresas como a Natura e Monsanto, além de outras contribuições profissionais na Disney, L. Vuitton, Tilibra e LATAM.

LinkedIn: Patrícia Riccelli Galante de Sá.

Área de atuação: branding.

6. Liliane Ferrari

Liliane Ferrari

Professora, palestrante e voz ativa e transformadora sobre o conteúdo digital humanizado, alinhado à performance comercial.

Uma de suas frases de impacto nas palestras que ministra sobre o tema, o trocadilho explica bem os pilares do marketing humanizado que preconiza:

“Faça ao próximo o Marketing Digital que gostaria que fizessem com você”.

O Inbound Marketing, que na teoria não seria invasivo, agora também interrompe e incomoda. É usando a emoção, a ética e a empatia para a estratégia de conteúdo que a especialista mostra o caminho para a gestão de mídias, a criação de blogs corporativos e outros canais digitais.

O currículo de Liliane tem todos os ingredientes necessários para o sucesso. Ela é formanda em Filosofia, Comunicação Social, com mestrado em Artes e especializações em Museologia e Cinema.

Além de professora na Esalq/USP, ComSchool International, Digital House, Plugcitários e Belitech, Liliane também é palestrante com três participações no RD Summit, sendo uma delas no palco principal.

LinkedIn: Liliane Ferrari.

Área de atuação: comunicação e marketing.

7. Adriana Barbosa (Feira Preta e PretaHub)

Em seu perfil do LinkedIn, Adriana conta que foi há 19 anos que percebeu a força do Black Money — dinheiro que é produzido e circulado por negros e negras. Com pouco mais de 20 anos, ela resolveu se arriscar no empreendedorismo e criar uma ideia que, para si mesma, era óbvia: empreendimento econômico-cultural com caráter étnico.

A Feira Preta é a maior feira cultural da América Latina e em 18 anos de evento já passou por cidades como Pernambuco, Maranhão, Alagoas, Belo Horizonte, São Paulo, Rio de Janeiro e Distrito Federal.

A última edição, já no final do ano de 2019, contou com mais de 35 mil pessoas e 170 expositores, em sua maioria negros.

Formada em gestão de eventos, com especialização em gestão cultural, Adriana também tem em seu currículo a criação do PretaHub, uma plataforma com pesquisas, mapeamento e aceleração do empreendedorismo e consumo negro no Brasil.

Em 2017, Adriana foi eleita uma das 51 pessoas negras mais influentes no mundo, segundo a Mipad.

LinkedIn: Adriana Barbosa.

Área de atuação: empreendedorismo.

8. Rachel Maia (Lacoste)

Rachel Maia é a atual CEO da Lacoste no Brasil, cargo que assumiu no final do ano de 2018. Nascida em Dutra, São Paulo, Rachel conta com um histórico profissional de peso, tendo atuado em cargos de liderança na Tiffany & Co., como CFO, na Pandora, como CEO no Brasil e presidente do conselho consultivo da UNICEF no país.

Sua carreira é sinônimo de sucesso, crescimento positivo e diversidade, tendo sido capaz de aliar funções C-level em corporações globais com o trabalho em organizações, conselhos e comitês referentes ao comércio, desenvolvimento social, economia e representatividade feminina.

Além disso, é colunista da Forbes, Cláudia e Raça, como também membro do Conselho Geral do Consulado Dinamarquês e da Câmara de Comércio Dinamarquesa.

LinkedIn: Rachel Maia.

Área de atuação: gestão, administração, finanças e marketing.

9. Beatriz Guarezi (Bits to Brands)

Beatriz Guarezi (Bits to Brands)

Formada em Administração, Marketing e pós-graduada em Marketing Internacional pela HULT International Business School, a estrategista do time da Agência Ana Couto atua na gestão de plataformas de marcas e posicionamento de produtos.

Lançou a newsletter semanal Bits to Brands em 2018 para tratar da relação entre branding e tecnologia, e tem mais de 5 mil assinantes em todo o Brasil.

Além do seu conteúdo e a curadoria de alguns temas relevantes, ela também traz matérias com profissionais que são referência no setor de marketing e especialistas da Transformação Digital.

Dar luz e discutir temas como esses fomenta a inovação no mercado e faz com que a competitividade de profissionais e empresas estejam em desenvolvimento contínuo, não é mesmo?

Em seu currículo, além da produção de conteúdo especializado, também é professora convidada do curso de extensão de branding da IED-SP, facilitadora do curso da LAJE e palestrante do RD Summit em 2019.

LinkedIn: Beatriz Guarezi.

Área de atuação: branding.

10. Britney Muller (Moz)

Britney Muller (Moz)
Foto: SEOlium

Britney Muller é cientista sênior na Moz e fundadora da Pryde Marketing, uma agência focada em crescer o ROI das empresas por meio do uso de dados do negócio.

Formada em Relações Públicas e Comunicação Estratégica pela University of Minnesota, produz apaixonadamente conteúdos sobre SEO, ciência de dados, machine learning, automação de marketing e outros temas relacionados.

Você pode ver alguns vídeos da Britney explicando as tendências e práticas de SEO mais eficientes no YouTube.

LinkedIn: Britney Muller.

Área de atuação: SEO.

11. Marie Haynes (Marie Haynes Consulting)

Marie Haynes (Marie Haynes Consulting)

A relação entre Marie Haynes e o SEO começou em 2008, quando ela conseguiu dominar, como poucos, o algoritmo Pinguim do Google. Com isso, ela começou a oferecer consultorias, analisar sites e blogs, dando orientações para sua correta otimização.

Com as constantes atualizações dos algoritmos e a crescente demanda por seus serviços, Marie formou um time de especialistas e criou o Marie Haynes Consulting.

Quer um fato curioso? Uma das especialistas em SEO mais interessantes é formada em Medicina Veterinária e só começou a estudar a otimização de sites e conteúdos porque estava inconformada com as poucas visitas que seu site profissional recebia.

LinkedIn: Marie Haynes.

Área de atuação: SEO e marketing digital.

12. Aleyda Solis

Aleyda Solis

Consultora internacional de SEO, produtora de conteúdo especializado, autora do livro “SEO. Las claves essenciales” e palestrante com mais de 100 conferências em seu currículo. Essa é Aleyda Solis, que ainda detém títulos e premiações como:

  • uma entre as 10 especialistas em Marketing Digital para seguir em 2015, segundo a Forbes;
  • uma entre as 50 influenciadoras sobre Marketing Digital para seguir em 2016, segundo a Entrepreneur;
  • uma entre as 59 mulheres especialistas em marketing e growth a serem seguidas, segundo a Hubspot;
  • Prêmio de Personalidade européia do ano de 2018 em Search Engine.

Sua empresa de consultoria, a Orainti, atua com empresas em diversos nichos, desde startups até multinacionais como Zillow, Sage, Kipling e Delivery Hero na Europa, América do Norte e América Latina.

Além da Orainti, Aleyda também é cofundadora da plataforma Remoters, que conecta freelancers e profissionais que atuam remotamente com empresas que demandam seus tipos de serviços.

LinkedIn: Aleyda Solis.

Área de atuação: SEO.

13. Larissa diPietro (Cisco Brasil)

Larissa diPietro (Cisco Brasil)

Formada em marketing e publicidade, mestre em vendas e marketing, e com MBA em gestão pela University of Westminster, Larissa é diretora de marketing da Cisco no Brasil.

Ela tem mais de 15 anos de experiência na área de marketing, focando em estratégias para a geração de demandas, branding, gestão do relacionamento e sucesso de clientes e parceiros.

Já foi empreendedora e atuou em outras áreas como Springer Carrier, Sun Microsystems e Mundo Api, sempre na área de marketing, seja como gestora, seja como executiva.

LinkedIn: Larissa diPietro.

Área e atuação: gestão de marketing.

14. Samantha Almeida (Ogilvy)

Samantha Almeida
Foto: Divulgação/ Jaime Leme

Formada em design de moda e com um MBA em aministração e varejo, Samantha Almeida, hoje, é head de conteúdo da Ogilvy. O currículo extenso de Samantha conta com passagens por empresas como Levi Strauss & Co., Esteé Lauder, Avon e Music2Mynd — tudo isso em uma carreira de mais de 18 anos baseada em estratégias de comunicação para impacto social, de diversidade e igualdade de gênero.

Diversas foram as experiências de Samantha no mundo dos negócios: de estilista até coletivos de música, ela usa sua voz para conscientizar sobre o papel da mulher negra dentro do mercado de comunicação.

A relevância e competência da head de conteúdo já foi comprovada em diferentes situações: como palestrante no Grls Festival 2020, colunista na Vogue Brasil, palestrante no RD Summit 2019, membro do Gerety Award Global Jury 2019 e 2020.

LinkedIn: Samantha Almeida.

Área de atuação: marketing.

15. Polline Faria (SAP)

Polline Faria (SAP)

Gerente de marketing da SAP, Polline Faria é formada e pós-graduada em marketing e tem mais de 13 anos de experiência atuando na área.

Além de suas contribuições como líder e gestora da área de marketing da SAP, Polline alimenta um canal no YouTube chamado Momento Marketing, que é um repositório dos vídeos que promove pelo LinkedIn. Entre suas temáticas, estão:

  • tendências de marketing;
  • preços dinâmicos;
  • cases de sucesso de parcerias de marketing;
  • redes sociais e a importância do engajamento;
  • conteúdos com storytelling;
  • base de dados para o marketing.

Polline também é host do podcast da SAP chamado HRConnection, que pode ser ouvido pelo Spotify — o que demonstra sua capacidade de se adaptar e influenciar seu público em diversos canais e formatos de conteúdo.

LinkedIn: Polline Faria.

Área de atuação: gestão de marketing e mídias sociais.

16. Gabriela Viana (Adobe)

A lista das especialidades de Gabriela Viana é extensa, afinal, são mais de 19 anos de experiência.

Ela conversa tranquilamente sobre temas como propaganda, CRM, gestão de dados, direção de estratégias de marketing, e-commerce, marketing, estratégia, planejamento, telecomunicações e branding.

Sua trajetória também é respeitável, já que passou por empresas como Google, Vex, Motorola e Xiaomi antes de integrar o time da Adobe, como diretora de marketing, em 2016.

Gabriela Viana é formada em Marketing e Propaganda e tem algumas especializações e MBAs em negócios. Entre seus certificados, também destacam seus estudos em Neurociência e Psicologia — conhecimentos que são amplamente aplicáveis no mundo do marketing.

LinkedIn: Gabriela Viana.

Área de atuação: gestão de marketing.

17. Paula Bellizia (Microsoft Brasil)

Paula Bellizia (Microsoft Brasil)

O currículo de experiências profissionais de Paula Bellizia já é um anúncio da sua competência. Entre as empresas que trabalhou, podemos listar Apple, Telefonica, Facebook e Burger King do Brasil.

Atualmente, ocupa o cargo de vice-presidente de vendas, marketing e operações da Microsoft em território brasileiro. É formada em Tecnologia em Processamento de Dados, pós-graduada em Marketing, MBA em Gestão.

Sua gestão na Microsoft tem características muito marcantes, com ênfase na liderança que transforma, no crescimento do negócio na nuvem e no compromisso da empresa com a jornada empreendedora no país.

Paula nasceu em Angola, mas veio para o Brasil ainda com 3 anos, fugindo da guerra civil no país. Escolheu cursar Processamento de Dados já observando o crescimento do mercado de tecnologia, inclusive da Microsoft, que já se destacava.

A filial brasileira é uma das poucas unidades da Microsoft que tem o Centro de Transparência que permite que órgãos governamentais acessem e fiscalizem o código-fonte dos produtos da empresa. Esse Centro foi implantado por Paula e sua equipe. Exemplos de gestão a serem seguidos, não é mesmo?

LinkedIn: Paula Bellizia.

Área de atuação: vendas, marketing e operações.

18. Christiane Silva Pinto (Google Brasil)

Christiane Silva Pinto (Google Brasil)
Foto: All Things Hair

Mais uma profissional de destaque no mercado, Christiane Silva Pinto é Gerente de Marketing no Google Brasil e reconhecida por ser a fundadora do Afrogooglers, o comitê de diversidade racial da empresa no Brasil.

Jornalista de formação, Christiane iniciou a sua trajetória no Google como parte da equipe de recursos humanos há seis anos e foi conquistando cada vez mais notoriedade, em vista da sua proatividade e atuação em iniciativas de inclusão, como o YouTube Black Brasil — que incentiva produtores negros na rede.

Além da graduação em jornalismo pela Universidade de São Paulo, ela tem formação no Insper em Educação Executiva, Negociação Estratégica e Gestão de Conflitos, assim como um mestrado em Comunicação e Informação pela Universidade de Provence, na França.

LinkedIn: Christiane Silva Pinto.

Área de atuação: recursos humanos, diversidade, marketing e gestão.

19. Elaine Ishibashi (Samsung Eletronics)

Elaine Ishibashi (Samsung Eletronics)

A formação acadêmica de Elaine Ishibashi é bem concentrada na área de marketing e isso permitiu que ela desenvolvesse uma trajetória de sucesso entre empresas importantes como Nestlé, LG Eletronics e Samsung, onde atualmente é diretora de marketing.

Em 2015 Elaine desenvolveu um trabalho de comunicação em parceria com algumas agências de marketing para criar uma experiência inovadora para os usuários dos produtos da Samsung. Plataformas de esportes e músicas garantiam que seus clientes pudessem interagir com a marca de forma única e surpreendente.

Não por acaso, na época, a Samsung recebeu um prêmio da Ipsos como uma das empresas mais inovadoras considerando a relevância, a liderança e a presença da marca — estratégias comandadas por Elaine e sua equipe.

LinkedIn: Elaine Ishibashi.

Área de atuação: branding, inteligência e marketing digital.

20. Luciana Gonçalves (Algar Tech)

Luciana Gonçalves (Algar Tech)

A relação de Luciana Gonçalves com a Algar Tech é longa. Desde seu retorno a empresa, já são mais de 12 anos de atuação. Ela começou sua parceria com a Algar Tech, mas como gerente de produto em 1999.

Luciana tornou-se gerente regional, de site, e depois de poucos anos em outra organização, retornou até chegar ao posto atual de Head de Marketing e Comunicação.

Ela é formada em Administração e tem algumas especializações e MBAs na mesma temática, além do título de coach pelo International Coaching Community (ICC).

Durante sua gestão na Algar, a empresa fez aquisições e estratégias para ganho de market share importantes, como foi o caso dos 20% da ASC Brazil, empresas de soluções digitais, que trouxe mais inovação e competitividade para o negócio.

LinkedIn: Luciana Gonçalves.

Área de atuação: gestão de marketing e inovação.

21. Rita Lisboa (Rock Content)

Rita Lisboa (Rock Content)

Rita Lisboa, nossa prata da casa, é COO na Rock Content, mas sua menção não se dá apenas pela proximidade com o nosso blog.

Rita é especialista em conteúdo desde sua formação em Letras. Mais tarde especializou-se em negócios, mas foi sua experiência no mundo do Marketing Digital que deu o direcionamento da sua carreira desde então.

Depois de algumas experiências como revisora e analista de atendimento na Localiza, entrou para o time da Rock Content em 2014, quando a empresa ainda dava seus primeiros passos.

Juntamente aos fundadores e a outros profissionais, ajudou a construir o que hoje chamamos da maior empresa de Marketing de Conteúdo da América Latina.

Rita Lisboa geriu a rede de freelancer, padronizou processos, treinou, ensinou e mostrou que o Marketing de Conteúdo, alinhado às normas de escrita e à otimização para os mecanismos de buscas era o caminho para que empresas pudessem atrair a atenção de seus potenciais clientes.

LinkedIn: Rita Lisboa.

Área de atuação: Marketing de Conteúdo.

22. Carolina Lima (RD Station)

Carolina Lima (RD Station)

Carolina Lima é coordenadora de social media e gestora de comunidades da Resultados Digitais. Com uma personalidade única que é mostrada nas redes sociais, a graduada em Publicidade e Propaganda cresceu no mundo do marketing e hoje é uma das palestrantes mais aclamadas do RD Station.

Suas experiências profissionais como social media e direção de arte passam por empresas como Revista CaseBem, Senac-SC e Locaweb.

Entre suas contribuições para a Resultados Digitais e inovação no mercado estão as parcerias com empresas como a Red Bull e outras patrocinadoras das intervenções que propõe para a rotina do negócio. Além de tudo isso, seus eventos merecem destaque, agregando valor e experiências únicas aos participantes.

LinkedIn: Carolina Lima.

Área de atuação: social media.

23. Cris Guterres

Cris Guterres

Empresária, jornalista, palestrante e criadora de conteúdo: é assim que Cris Guterres se descreve. Especialista em gestão de pessoas, Cris tem em seu currículo diversas experiências.

Sócia de um restaurante, cofundadora do Meteora Podcast e colunista da revisa AzMina, Cris Guterres usa de seu lugar de fala para empoderar mulheres negras e fomentar o Black Money.

Eleita como personalidade do ano em 2018, pela ONG Super Staff Brasil, ela também atua como consultora de diversidade e inclusão etnico-racial. Em 2019, foi a vencedora do prêmio Ruth Cardoso, do Conselho e participação e desenvolvimento da comunidade negra no Estado de São Paulo.

LinkedIn: Cris Guterres

Área de stuação: jornalismo e empreendedorismo.

Como profissionais de marketing, essas mulheres fazem as vozes, ideais, inovações, produtos e serviços de todas as outras serem ouvidas, propagadas no mercado de trabalho.

A rede de mulheres no marketing também se fortalece com aquelas que permanecem nos bastidores e em outras posições de liderança. São Lauras, Brunas, Patrícias, Fernandas, Amandas, Larissas, Camilas, Joanas, Julianas e Reginas.

Milhares de profissionais que travam suas batalhas diárias, se superam, surpreendem e fazem esse mercado cada vez mais brilhante e inovador.

Quer saber um pouco mais sobre seus estilos de gestão? Então conheça algumas lideranças femininas no mercado de trabalho que têm muito a ensinar.

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *