Por Renan Araújo

Analista de Planejamento na Rock Content.

Publicado em 19 de janeiro de 2019. | Atualizado em 19 de julho de 2019


Clipping é o monitoramento constante de todo conteúdo jornalístico, em meios digitais ou não, a respeito de sua empresa. O clipping pode ajudar a traçar as melhores estratégias para trazer resultados ao seu negócio.

Em uma empresa, independentemente de seu setor, é necessário contar com estratégias que permitam entender sobre a sua área de atuação e a imagem de seu negócio perante o mercado, além de ficar por dentro das principais tendências relacionadas ao seu nicho.

Para isso, entender o que é clipping torna-se uma das premissas para executar esse monitoramento de maneira eficiente e conseguir analisar o que é de fato relevante para a sua organização.

No entanto, muita gente não entende bem como funciona, nem sobre as melhores práticas para executá-lo.

Por essa razão, elaboramos este conteúdo para que você saiba sobre esse conceito, descubra como elaborá-lo, além de saber sobre a importância do social listening para a sua reputação online.

Continue a leitura e entenda!

O que é clipping e por que ele é tão importante?

Inicialmente, precisamos entender mais detalhadamente sobre o que é clipping. Conforme abordado, é essencial estar por dentro das tendências de mercado, das formas de atuação de seus concorrentes ou de assuntos que interessam para a sua atuação, e também das últimas notícias que possam, de alguma maneira, afetar a sua realidade.

O clipping é justamente esse monitoramento constante de todo o conteúdo jornalístico presente em meios digitais ou não, com o objetivo de identificar tudo o que remete ao seu negócio e, até mesmo, aquelas notas que mencionam diretamente a sua organização.

Mas qual é a importância disso? Para traçar estratégias eficazes e que de fato trazem resultados para a sua empresa, o primeiro passo é entender o modo de atuação de quem está na mesma linha de frente que o seu negócio.

Além disso, a organização desses dados permite uma tomada de decisão mais eficaz, uma vez que há cenários políticos e econômicos que podem comprometer as suas estratégias.

A partir de tudo isso, uma mudança que pode ser observada por adotar o clipping está em agir de maneira rápida se houver algum sinal de que algo poderá afetar os seus números.

Também garante novas oportunidades de negócio, pois você entenderá como os outros veem a sua empresa, o que precisa ser aperfeiçoado para o fechamento de novos contratos, além de ficar por dentro sobre o que é explorado pelos concorrentes.

Como utilizar o clipping em seu negócio?

Agora que você já sabe detalhadamente sobre o que é clipping, e a importância que ele traz para as suas estratégias, chegou o momento de ter acesso à dicas práticas sobre como utilizar o clipping em seu negócio. Veja!

Utilize palavras-chave

Muito se fala das palavras-chave em uma estratégia de Marketing de Conteúdo, não é mesmo?

Pouco se sabe que elas também são essenciais para o seu clipping, pois permitirão traçar o que de fato interessa ao seu negócio e que contribuirá para as suas decisões.

Vamos a um exemplo prático: uma empresa de Marketing Digital, por exemplo, precisa estar atenta às principais tendências do mercado, aos algoritmos das principais redes sociais (Facebook, Instagram etc.) e à maneira com a qual o Google interpreta e rankeia os conteúdos.

Só a partir desses insights, já dá para perceber quais são as principais palavras-chave necessárias que uma empresa como essa precisa buscar nas principais mídias, concorda?

É preciso se preocupar, ainda, se a sua empresa tiver um nome comum ou que traz outros resultados.

Nós, da Rock, não podemos utilizar apenas o primeiro nome da empresa. É necessário que a busca seja por “Rock Content”, com o objetivo de obter mais precisão nos resultados encontrados.

Monitore veículos offline

Apesar de os veículos offline terem perdido um pouco de espaço para as mídias digitais, esquecer de monitorá-los é um equívoco.

Eles ainda têm um grande impacto entre os consumidores que, muitas vezes, ainda recorrem a esse método para se manterem atualizados sobre determinado assunto.

Principalmente em um contexto como o nosso, em que as pessoas têm se preocupado consideravelmente com as fakes news, há pessoas que eventualmente podem demonstrar resistência em notícias vindas do âmbito digital — apesar de ser simples verificar a autenticidade da nota, bastando entender quais são os veículos com profissionais qualificados e que têm como objetivo transmitir informações concretas e reais aos seus leitores.

Além disso, não foque apenas na mídia impressa. Caso você faça um evento, e conte com assessoria de impressa, provavelmente ele vai aparecer em outros canais mais tradicionais, como rádio e TV. É importante ter tudo isso registrado para a análise de seus dados, certo?

Avalie as redes sociais

Não deixar de lado os veículos offline não quer dizer que você não precisa se preocupar — e muito! — com as redes sociais e os canais digitais.

Além de ser muito mais simples de encontrar os assuntos pretendidos (ferramentas de buscas, uso de hashtags etc.), existe a oportunidade de encontrar informações valiosas sobre o seu nicho, as tendências e a sua empresa.

A forma como ela é vista pela concorrência e pelos próprios clientes também deve ser considerada, uma vez que vai permitir com que sua equipe possa aperfeiçoar determinadas estratégias que não vêm trazendo muitos resultados ou que estejam gerando impacto negativo perante o seu público.

Novamente, as palavras-chave serão fundamentais para esse processo, com o objetivo de encontrar exatamente aquelas informações que terão funcionalidade para as suas ações. 

Analise também o que outras empresas publicam a seu respeito: é positivo? Sua empresa é inspiradora perante os seus principais concorrentes? Há alguma crítica em relação ao modo de trabalho executado pela sua equipe?

Assim, a análise desses dados será mais eficaz, trazendo bons resultados para a sua organização.

Não ignore as notícias negativas

Conforme mencionamos, as notas negativas relacionadas ao seu negócio ou ao modo com o qual as pessoas enxergam a sua empresa serão importantes para que a sua estratégia possa levar isso em consideração, com o objetivo de trazer visibilidade positiva para a sua marca e aperfeiçoar aqueles pontos que não estão tendo um bom retorno.

Como o clipping contribui para a tomada de decisões, não é uma boa ideia não levar em consideração aquilo que não vem trazendo um bom retorno, concorda?

Por essa razão, em sua análise de dados, entenda exatamente quais são os pontos mais críticos, saiba qual tom precisa ser utilizado para o contato com essas pessoas (se forem reclamações nas redes sociais, por exemplo) e também busque divulgar o que sua equipe tem feito de positivo para que a visibilidade seja aprimorada.

Elabore relatórios

De nada adianta conter todas essas informações em mãos, se a sua equipe não analisar os relatórios gerados e nem buscar organizar esses dados de maneira que a sua equipe tenha fácil acesso.

Por meio dos relatórios, você conseguirá entender de forma mais exata sobre o que vem sendo mencionado, além de diminuir as chances de avaliar notícias repetidas — o que acaba se tornando um retrabalho!

Hoje, já existem plataformas e ferramentas que permitem a automatização desse processo, contribuindo para a otimização do tempo de seus colaboradores e também diminuindo as chances de falhas durante esse processo.

Qual é a importância do social listening para a sua reputação online?

Você já entendeu o que é clipping e como é possível implementá-lo em seu negócio. Agora, vamos abordar um outro conceito e que tem forte relação com a captação desses dados e informações: o social listening.

Essa ação nada mais é do que estratégias adotadas pela sua equipe para gerar melhorias na comunicação com o público.

Mas por que o social listening está diretamente ligado ao clipping? Simples! Você só conseguirá entender as principais necessidades de seu público, aperfeiçoar o modo como você lida com os seus clientes e tornar essa relação mais próxima por meio do monitoramento.

A partir do entendimento sobre o que as pessoas estão dizendo sobre a sua empresa e também sobre as principais tendências do mercado, a sua organização conseguirá ter bons insights para atrair atenção para a marca e ter um contato bem próximo com os clientes.

Hoje, grandes marcas utilizam dessa estratégia para oferecerem um suporte mais criativo ao cliente e também para desenvolverem produtos e serviços.

Também torna-se um forte aliado para as suas ações de marketing, pois é possível medir as principais considerações de sua audiência e formular hipóteses que trarão retornos ao seu negócio.

Neste conteúdo, você pôde entender de maneira prática sobre o que é clipping, como ele contribui de maneira efetiva ao seu negócio e a forte relação com o social listening.

Para que o seu negócio tenha um diferencial competitivo e possa se destacar perante os seus concorrentes, é importante analisar muito mais do que apenas estratégias de vendas: saber o que os outros estão pensando sobre a sua marca é um dos passos mais interessantes para obter insights e atrair mais visibilidade positiva.

Depois dessa breve explicação sobre social listening, bateu a curiosidade para entender mais sobre o assunto e saber como efetuar o monitoramento de sua marca em canais digitais? Não deixe de conferir nosso outro conteúdo sobre o tema!

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *