Por Ivan de Souza

Analista de Marketing na Rock Content.

Publicado em 17 de fevereiro de 2020. | Atualizado em 2 de abril de 2020


O UI, User Interface, define como melhorar a interação entre usuários e aplicativos ou softwares. O objetivo é melhorar a experiência e aumentar o lucro das empresas.

Quando pensamos em tecnologia e seus benefícios para as empresas, é importante lembrar que as estratégias podem ser aplicadas em negócios de pequeno, médio ou grande porte, dos mais diversos segmentos. Isso envolve saber pontos relacionados à experiência que os clientes têm em seus sites e outros canais online como, por exemplo, o que é UI.

Com a mudança das demandas dos consumidores e o aumento da concorrência, é preciso se atentar para todos os detalhes que irão melhorar a experiência dos usuários e fazer com que eles consigam acessar todas as informações que precisam, finalizar um processo de compra e tirar dúvidas da forma mais simples, rápida e prática possível.

Pensando nisso, diversos profissionais começaram a estudar para entender o comportamento desses usuários, quais são seus benefícios e como essa aplicação poderá melhorar consideravelmente os resultados das organizações.

Quer aprender mais sobre esse tema e transformar a realidade da sua empresa? Continue a leitura.

O que é UI?

O UI, ou User Interface, é um termo comumente utilizado para explicar como serão feitas as interações entre pessoas e softwares ou aplicativos. As empresas começaram a desenvolver essa área para facilitar de forma estratégica a navegação dos usuários em suas plataformas, permitindo que eles consigam ser orientados através de recursos visuais para concluírem suas ações com praticidade.

Se um consumidor entra na sua loja online, por exemplo, e não consegue finalizar a compra porque não está encontrando as informações necessárias para chegar até o carrinho, você certamente está perdendo vendas.

Nesse contexto, é papel do User Interface redesenhar as páginas do seu site para encontrar formas diferenciadas de entregar o conteúdo adequado, com todas as informações necessárias, para os seus usuários, tornando a navegação nas suas páginas muito mais simples, rápida e satisfatória.

O UI irá, portanto, avaliar não apenas o layout com a disposição dos elementos, mas também as etiquetas dos menus, o encadeamento das páginas, disposição de serviços e outros detalhes que influenciam na experiência dos consumidores.

Quais são as diferenças entre UX e UI?

É muito comum confundirmos os conceitos de UX e UI. Afinal, as duas áreas têm o mesmo foco: trabalhar o design, a experiência do cliente e a otimização das estratégias de marketing digital.

No entanto, existem diferenças, e vamos esclarecer cada uma delas.

Começando pelos conceitos, UX significa User Experience e é a base da criação de uma experiência de interface agradável para os usuários. Por outro lado, o UI, User Interface, trabalha a forma com que os consumidores interagem com as plataformas e ferramentas das empresas.

Os conceitos se mostram complementares, mas não são a mesma coisa.

LEIA TAMBÉM
👉 Conheça 7 boas práticas de atendimento ao cliente para implantar na sua empresa
👉 Entenda como a satisfação dos clientes pode aumentar a sua receita
👉 Crie um blog para o seu negócio usando o Rock Stage

Quais são os elementos principais de uma interface?

Dentro de uma interface, existem diversos elementos que são muito importantes para a interação do usuário com a plataforma e com a empresa.

Vamos conhecer os principais?

Botões

Os botões são componentes indispensáveis para que qualquer interface funcione corretamente. Afinal, é por meio deles que os usuários irão interagir com a empresa e suas ferramentas. Existem, basicamente, três tipos de botões:

  • os botões de checkbox são aqueles que permitem que o usuário selecione ou desmarque mais de uma opção em uma pergunta;
  • os botões de ação são os famosos CTAs, ou chamadas para ação, que irão chamar os usuários para realizar uma ação, como entrar em contato, comprar, fazer um download;
  • por fim, temos os botões de on e off, que permitem ligar ou desligar aparelhos, por exemplo.

Tipografia

A tipografia e o copy são elementos textuais que irão integrar a interface do seu aplicativo ou ferramenta, por exemplo. A tipografia é a fonte utilizada para escrever os conteúdos e traduz algumas questões de identidade de marca.

O copy, por sua vez, é o texto propriamente dito, com argumentação comercial para criar no indivíduo uma demanda latente pelo seu produto ou serviço.

Ícones

Os ícones são responsáveis por sinalizar uma ação e apresentar informações para os usuários. Se você tem alguma informação muito importante ou indispensável para os usuários da sua ferramenta, é fundamental que exista um ícone sinalizando essa importância, para chamar a atenção.

Cores

A escolha das cores precisa ser estratégica. Vários estudos mostram como cores influenciam nos sentimentos e sensações causadas no usuário. Por isso, se você quer ter uma interface diferenciada, que realmente prenda a atenção do usuário e seja capaz de converter cada vez mais clientes, é fundamental escolher as cores certas.

Quais são os benefícios do UI para a empresa?

O UI, User Interface, pode trazer diversos benefícios para as empresas. Se combinarmos, ainda, com o UX, User Experience, podemos melhorar os resultados e auxiliar as empresas a aumentar não só o número de clientes como também melhorar a fidelização dos consumidores.

Gera valor para os clientes

O primeiro grande benefício é a possibilidade de gerar valor para os clientes. Quando você avalia o mercado e entende como os clientes se comportam, é possível levantar informações como:

  • o que eles mais gostam;
  • quais são as maiores dificuldades;
  • quais são os maiores desafios;
  • formular um trabalho diferenciado para garantir que a interface esteja adequada às necessidades do público, aumentando a satisfação dos clientes através do investimento em experiência do usuário.

Aumenta as chances de encantar e fidelizar consumidores

Com uma interface diferenciada, simples e prática, é muito mais fácil reter os clientes e fidelizá-los. Para isso, é preciso se lembrar de estudar o comportamento deles e descobrir o que mais valorizam em soluções como a sua.

Powered by Rock Convert

Fortalece a marca

Um outro fator que influencia muito a empresa com o uso do UI é o fortalecimento de marca. Quando você é capaz de entregar uma experiência muito diferenciada e satisfatória para o usuário, você se destaca da concorrência.

E, para perceber como acontece, é só nos colocar no lugar desse consumidor: quando você tem uma experiência positiva com uma empresa, costuma falar a respeito da empresa para outras pessoas, indicando-a para amigos e familiares.

Quais são os principais softwares de UI?

Para trabalhar com User Interface, é preciso utilizar as ferramentas adequadas a fim de entregar a qualidade e a performance esperadas.

Veja quais são as mais utilizadas no mercado.

Adobe XD

O Adobe XD (Adobe Experience Design) é uma ferramenta que permite que os profissionais criem protótipos online, com facilidade e praticidade, com recursos voltados para projetar a interação do usuário.

Sketch

O Sketch é um dos softwares mais utilizados por profissionais que trabalham com design de interface. Mas é importante ressaltar que essa ferramenta só funciona em sistemas da Apple, como Mac OS X.

A ferramenta foi criada apenas para este objetivo: permitir que os profissionais criem interfaces de sucesso para mobile e web.

Figma

A Figma é uma plataforma colaborativa, online e que permite que o usuário crie protótipos e interfaces.

Photoshop e Illustrator

E, claro, os clássicos softwares da Adobe são utilizados também para design de interface. No entanto, por serem ferramentas mais antigas, alguns profissionais acreditam que estão obsoletas, optando pelo Adobe XD, da mesma empresa.

Quais são as tendências para o futuro?

Quando pensamos em interfaces, é preciso avaliar toda a sua evolução. Os usuários são parte fundamental para todo o caminho que já foi traçado. Às empresas, couberam o papel de construir ferramentas e plataformas que facilitem a interação dos usuários e ofereçam uma boa experiência.

Porém, o grande desafio das organizações dos mais diversos mercados é conseguir criar interfaces que sejam capazes de acompanhar as mudanças e as novas necessidades dos clientes, a fim de manter a sua competitividade no mercado e garantir que esses consumidores permaneçam satisfeitos e fidelizados.

A tendência do momento é o uso da voz para dar comandos. Podemos ver esse movimento crescendo com ferramentas como a Alexa, da Amazon.

Para o mercado, podemos prever também um aumento da valorização dos profissionais de UI, que serão cada vez mais cotados pelas empresas que perceberem a necessidade de se atualizar e trabalhar a experiência dos usuários nas interfaces da organização.

Dicas para aplicar o UI na sua empresa

Como já foi dito, o UI é fundamental para melhorar o relacionamento da sua empresa com os clientes. Com uma interface adequada, simples e fácil, os clientes terão muito mais facilidade para engajar com a marca, aumentando as chances de sucesso.

Para começar a aplicar o UI na sua empresa, confira algumas dicas.

Fique de olho na usabilidade

O primeiro passo é ficar de olho na usabilidade do seu site, ferramentas e aplicativos. Avalie como são as interações dos clientes com a sua empresa, quais são as ações que eles devem realizar dentro das suas páginas e se eles realmente recebem todas as informações e todos os recursos necessários para concluírem seus objetivos.

Garanta que tudo esteja bem claro, de fácil acesso e intuitivo para seus consumidores. Veja se é necessário rever cores, botões, hierarquia das informações e outros detalhes que interferem na usabilidade e na experiência dos usuários.

Sempre interaja com as ações do usuário

A interação com as ações do usuário é essencial para garantir que ele realmente siga o caminho desenhado durante a criação da interface.

É importante que ele sempre tenha informações e respostas sobre as ações que está executando, facilitando que entenda onde está e o que precisa fazer.

Muitas pessoas acham que esse detalhe pode ser bobo, mas ele faz sentido. O Youtube, por exemplo, faz com que seu spinner mostre para o usuário que o vídeo está sendo carregado, para evitar possíveis problemas e mal entendidos com os clientes.

Faça um rascunho

Antes de começar a criar a sua interface, a dica é fazer um rascunho e alguns wireframes, desenhando de forma estratégica como será a estrutura da sua plataforma e a hierarquia das informações.

Esse rascunho permitirá que você tenha uma visão mais clara de como o projeto está ficando: quais são os pontos de interação do usuário com a plataforma e o que precisa ser modificado para que a experiência fique mais satisfatória.

A tecnologia é uma excelente ferramenta para que as empresas de diversos segmentos e portes consigam transformar a própria realidade e melhorar a captação de clientes.

Agora que você já sabe o que é UI, quais são seus benefícios e algumas dicas de como aplicá-lo, é hora de rever o que já está sendo feito dentro da sua empresa e o que precisa ser melhorado para otimizar seus resultados. Quer aprender mais sobre tecnologia e como aumentar os lucros da empresa? Confira nosso artigo sobre como captar clientes pela internet.

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *