Por Autor Convidado

pela Rock Content.

Publicado em 19 de março de 2020. | Atualizado em 17 de março de 2020


Os objetivos SMART são muito bons para você ter metas mensuráveis na agência. Veja mais sobre o assunto no artigo!

Seja qual for seu ramo de atuação, você sabe como é importante estabelecer objetivos em sua empresa para alcançar bons resultados. Essas metas vão nortear seu trabalho e fazer com que sua equipe trabalhe buscando as mesmas coisas.

Todavia, se você vai vender pela internet, por exemplo, não basta definir como meta simplesmente “aumentar o faturamento”. Por esse motivo, neste artigo, vamos conhecer o que são objetivos SMART e que diferença eles podem fazer na estratégia do seu negócio.

O que são objetivos SMART

No exemplo que demos na introdução, estabelecer “aumentar o faturamento” como meta não é uma boa forma de conseguir o que você almeja ao criar uma loja virtual ou ao gerir qualquer tipo de empresa. Isso porque esse é um propósito pouco claro. Aumentar o faturamento em quanto? Até quando?

É aí que os objetivos SMART entram. Criando suas metas tendo esse modelo em conta, você as definirá de modo que elas sejam específicas, mensuráveis, alcançáveis, relevantes e temporais. Assim, fica muito mais claro para todos na equipe pelo que estão trabalhando.

Mas o que significa cada uma das letras do acrônimo SMART? Ele vem do inglês e vamos conferir na sequência para que você possa definir os objetivos que vão levar sua empresa a ter mais sucesso nas estratégias!

Específicos (Specific)

Em primeiro lugar, suas metas precisam ser específicas (Specific, em inglês). Isso significa que você precisa estipular os detalhes do que está buscando. Em vez de “aumentar o faturamento”, você deve focar em “aumentar o ticket médio das vendas no e-commerce”.

Aqui, você sabe muito bem o que está buscando, o que torna muito mais fácil sentar para fazer seu plano de marketing. Assim, você poderá trabalhar de forma muito mais assertiva em suas ações para conseguir esse objetivo.

Mensuráveis (Measurable)

Ter objetivos mensuráveis (Measurable, em inglês) significa trabalhar com números e porcentagens. No exemplo que estamos seguindo, uma boa ideia seria definir: “aumentar em 15% o ticket médio das vendas no e-commerce”.

Trabalhando com esse número, fica muito mais fácil medir os KPIs (indicadores-chave de performance) e saber se suas ações estão colaborando para que você atinja sua meta. Se os dados não estiverem indicando avanços, você logo será capaz de identificar isso e adaptar sua estratégia para que volte a progredir.

Alcançáveis (Achievable)

É claro que todo empreendedor deve ser ambicioso, mas isso não significa que você deva traçar metas impossíveis. A ideia de traçar objetivos alcançáveis (Achievable, em inglês) é manter-se motivado para trabalhar por eles.

Imagine que você acabou de contratar uma plataforma de e-commerce para montar sua loja virtual, fez suas primeiras vendas e já estabelece a meta de aumentar 200% o ticket médio. Isso pode ser muito difícil para o momento e, consequentemente, dar a impressão de que o negócio não está dando certo.

Por esse motivo, é necessário encontrar o equilíbrio entre os objetivos ousados, porém alcançáveis. Dessa forma, você trabalhará sempre por um grande propósito, mas conseguirá enxergar o pote de ouro ao final do arco-íris.

Relevantes (Relevant)

Outro ponto que às vezes não fica tão evidente para os empreendedores é a importância de determinado objetivo para o negócio como um todo. Por isso, é preciso ter em mente que as metas devem ser relevantes (Relevant, em inglês).

Há muitos casos em que algumas estratégias são regidas pelas chamadas métricas da vaidade. Ou seja, são informações que não necessariamente vão levar a empresa adiante.

Por exemplo, de que adianta ter como foco conseguir mais seguidores para o Instagram da sua marca a todo custo se sua base não for composta por potenciais compradores? Você investirá recursos preciosos em uma ação que vai trazer pouco retorno para sua loja.

Portanto, pare e pense se o objetivo que você está estabelecendo é relevante para sua empresa como um todo, mesmo que o impacto direto seja em uma área específica.

Temporais (Time-bound)

Por fim, os objetivos SMART devem ser temporais (Time-bound, em inglês), o que significa que eles devem ter um período específico para serem concluídos. Isso aumenta o compromisso da equipe para atingir aquela meta.

Voltemos ao exemplo do ticket médio. Se você definir como objetivo “aumentar em 15% o ticket médio das vendas no e-commerce até o final do ano”, todos saberão o quanto terão que se dedicar a suas funções para colaborar com esse objetivo.

Se o prazo não for claro, pode ser que esse objetivo acabe deixando de ser uma prioridade. Afinal, se não houver uma data específica, é possível que outras tarefas sejam consideradas mais importantes.

Exemplos de objetivo SMART

Agora que já sabemos que os objetivos SMART devem ser específicos, mensuráveis, alcançáveis, relevantes e temporais, vamos ver alguns exemplos:

  • Aumentar em 15% o ticket médio das vendas no e-commerce até o final do ano;
  • Expandir os negócios para mais dois canais de venda até o final de 2021;
  • Diminuir em R$ 12 o CAC (custo de aquisição de clientes) até o final do 3º trimestre.

Ao nos depararmos com cada um dos exemplos acima, sabemos exatamente o que se está querendo. Assim, não sobra espaço para diferentes interpretações, que podem levar a problemas no futuro.

Por que ter objetivos SMART

Estabelecer objetivos SMART ajuda não apenas a evitar ruídos na comunicação com sua equipe, mas também torna mais fácil o trabalho de definir que ações você vai realizar para atingi-los. Sabendo todos os pormenores, você poderá se planejar para ver onde sua empresa está, qual o caminho a ser percorrido e aonde se quer chegar.

Mesmo que você trabalhe sozinho, ter os objetivos específicos, mensuráveis, alcançáveis, relevantes e temporais vai te ajudar a não perder o foco. Muitas vezes, o MEI precisa lidar com um grande número de tarefas corriqueiras e pode se sentir engolido pela rotina. Com suas metas SMART à vista, fica mais simples lembrar o que você está buscando para seu negócio.

Então, está pronto para definir seus objetivos de forma a tornar sua estratégia muito mais assertiva? Se você já trabalha dessa forma, conte para a gente nos comentários como os objetivos SMART impactaram sua empresa!

Este texto sobre objetivos SMART para agências foi escrito por Victoria Salemi, editora responsável pelas parcerias de conteúdo da Nuvemshop, a maior plataforma de comércio digital da América Latina.

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *