Por Redator Rock Content

um de nossos especialistas.

Publicado em 21 de setembro de 2018. | Atualizado em 21 de março de 2019


O LinkedIn é uma das principais redes sociais em termos de números de usuários, tanto no Brasil quanto no mundo. Porém, sua característica corporativa é bastante forte e é preciso seguir uma cartilha de boas práticas para ter sucesso na plataforma. Confira uma lista com os principais perfis nacionais e internacionais para seguir e se inspirar!

Atualmente, cerca de 13 milhões de pessoas estão desempregadas no Brasil. Por um lado, esse dado acelera a informalidade e a busca pelo desenvolvimento de habilidades que permitam o trabalho por conta própria.

Por outro, ele também incentiva a utilização de plataformas que auxiliem a recolocação no mercado.

O LinkedIn é um dos recursos mais procurados nesse sentido. Suas funcionalidades trazem à tona suas características de redes sociaiso incentivo às conversas, os chats individuais e a constante gamificação na construção do perfil ocupacional.

Porém, essa rede se diferencia bastante de outras, como Twitter e WhatsApp. O ambiente corporativo é bastante visível: além das ferramentas disponibilizadas, os assuntos compartilhados costumam ser mais sérios e as trocas, mais formais.

Seja para criar autoridade de marca para o seu negócio, seja para facilitar o processo de seleção de novos colaboradores, acompanhar empresas que se destacam nessa rede é um passo importante na coleta de referências e também para conhecer as melhores práticas da plataforma.

Continue com a gente e confira 12 perfis para seguir no LinkedIn!

Perfis nacionais para seguir no LinkedIn

O LinkedIn já conta com 562 milhões de usuários ao redor do mundo. O Brasil é o 4º país entre os 200 alcançados pela plataforma — temos 34 milhões de cadastros por lá, divididos entre perfis pessoais e empresariais.

Nessa lista, trazemos alguns nomes brasileiros para você seguir por lá. Confira!

1. Luiza Helena Trajano

Criadora da rede de varejo Magazine Luiza, Luiza Helena Trajano é um dos nomes mais influentes no LinkedIn.

Por meio de textos na rede, Luiza Helena aborda com muita propriedade temas com os quais tem grande experiência, como a presença e atuação das mulheres no mercado de trabalho e como gerenciar empresas familiares.

Seu perfil soma 27 artigos publicados, todos sempre muito bem recebidos. A quantidade de comentários e de compartilhamentos em cada um deles certamente demonstra isso. 

2. Camila Fernandez Achutti

Se você atua com empreendedorismo e tecnologia, precisa seguir Camila Fernandez Achutti. Nascida em 1991, o que tem de jovem, a empresária também tem de visão inovativa. Ela fundou a MasterTech, uma empresa de educação que oferece cursos sobre tecnologia e negócios.

Camila foi uma das selecionadas no Top Voices da plataforma em 2018. A escolha desses perfis considera, em especial, o engajamento dos conteúdos e a geração de conversas a partir deles. Com isso em mente, podemos entender a relevância de seu trabalho no LinkedIn.

3. Cezar Taurion

Tem curiosidade em entender mais sobre os impactos da tecnologia na vida das pessoas e no futuro dos negócios?

Esse é o principal tema abordado por Cezar Taurion no LinkedIn. O sócio da KICK Ventures e presidente do Instituto de Inteligência Artificial Aplicada também está na lista do Top Voices do LinkedIn de 2018.

Ele já tem mais de 30 mil seguidores em seu perfil e também traz conteúdos voltados a quem pretende inovar no ramo das startups, além de tópicos sobre a transformação digital e o futuro do mercado de trabalho.

4. André Forastieri

Jornalista e consultor em comunicação, André Forastieri tem uma atuação bem próxima à política e a economia, e costuma escrever sobre o contexto brasileiro em seu LinkedIn. Porém, a maioria de seus textos fala mesmo sobre inovação, tecnologia e carreira.

O tom provocativo e bastante opinativo costuma ser seu principal diferencial, que já reuniu meio milhão de seguidores em seu perfil.

CONTEÚDOS RECOMENDADOS

👉 LinkedIn: 13 dicas incríveis para você ter um perfil campeão

👉 Como usar o LinkedIn Pulse na sua estratégia de Marketing e para aumentar o tráfego do seu blog

👉 11 dicas para gerar mais leads usando o LinkedIn

Perfis internacionais para seguir no LinkedIn

Para quem domina o inglês, também é interessante acompanhar os influenciadores estrangeiros do LinkedIn.

Muitas vezes, diversas tendências são lançadas no exterior e quem tem a habilidade de adaptá-las à realidade brasileira sai na frente da concorrência. Vamos a eles?

5. Arianna Huffington

Provavelmente, esse sobrenome é familiar para você, certo? A fundadora do Huffington Post e CEO do Thrive Global — isso citando apenas algumas de suas muitas atuações — tem impressionantes 8 milhões de seguidores no LinkedIn.

Talvez ela seja prova irrefutável de que é possível ser influencer também nessa rede!

Dicas de comunicação (com foco na comunicação não violenta) e discussão sobre assuntos da atualidade mundial (principalmente, sobre o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump) estão entre os tópicos mais abordados por Arianna Huffington.

6. Richard Branson

Richard Branson é o fundador do Virginia Group e tem incríveis 15 milhões de seguidores. Em seus textos, ele traz dicas para aprimoramento profissional e aprendizados de carreira.

Produtividade, responsabilidade social e dicas de empreendedorismo também estão entre seus temas favoritos. A boa notícia para quem não domina o inglês é que algumas de suas publicações podem ser encontradas até mesmo em português.

7. Bill Gates

Um dos principais pioneiros do mundo da tecnologia, Bill Gates, segue relevante a esse mercado e o LinkedIn é uma das plataformas que ele utiliza para isso — a Microsoft, uma das marcas mais valiosas do mundo, inclusive, é a proprietária da rede. O negócio foi fechado em 2016, pela bagatela de 26,2 bilhões de dólares.

Além de publicações sobre tecnologia, educação e mudanças climáticas, Gates também usa o LinkedIn para publicar vídeos. Esse formato é relativamente recente na rede.

Os vídeos nativos no LinkedIn são permitidos desde 2017 e contribuem para o engajamento do cofundador da Microsoft com seus 19,5 milhões de seguidores.

8. Gretchen Rubin

O mundo empresarial tem muitas dificuldades. Que tal seguir alguém que pode trazer dicas de como facilitar esse processo?

Essa é Gretchen Rubin, autora do best-seller The Happiness Project (em português, O Projeto da Felicidade), que tem como mote a ideia de que, se tempo é dinheiro, o dinheiro pode comprar momentos mais felizes.

Como coach de felicidade, seus textos são especialmente voltados à manutenção do bem-estar nas pequenas tarefas do dia a dia, e em como conciliar isso com a vida profissional.

Perfis de marcas para seguir no LinkedIn

Como falamos, a rede social se divide entre perfis empresariais e pessoais. Enquanto os perfis para seguir no LinkedIn que trouxemos até aqui podem trazer inspiração e conhecimentos sobre seus respectivos ramos de atuação, os próximos da nossa lista podem trazer insights sobre as melhores práticas para marcas nessa rede.

Vale ressaltar que até mesmo pequenos negócios podem se beneficiar com um perfil de empresa no LinkedIn.

Diferentemente de outras redes, como o Facebook, por lá, ainda é possível ter um alcance considerável com publicações orgânicas, algo muito buscado por quem investe em marketing de conteúdo.

A relevância do conteúdo segue sendo mais importante que o formato. Falando o que seu público quer ouvir, você consegue se destacar, mesmo sem grandes produções.

9. Evernote

Em 2014, o Evernote já esteve entre as marcas de maior destaque do LinkedIn. Muita coisa mudou de lá para cá, mas o perfil desse software segue sendo uma boa fonte de insights.

Com uma identidade visual ao mesmo tempo clean e marcante, a marca segue um padrão nos conteúdos que vão ao feed.

Outra boa prática da marca foi a adoção de um personagem que funciona muito como a cara da companhia. Periodicamente, Forrest Bryant aparece em vídeos curtos e divertidos com dicas de organização e produtividade.

10. Hays

Faz todo o sentido que uma empresa de recrutamento e seleção seja uma das mais queridas dentro do LinkedIn, não é mesmo?

A escolha das melhores empresas da rede durante o ano de 2018 foi feita pelos próprios usuários. As 13 mil indicações deram a vitória para a Hays, empresa que também liderou essa lista em 2017.

Com publicações que direcionam ao blog da empresa, o conteúdo relevante ao público da rede é um de seus principais atrativos. Além disso, o perfil também traz uma estética padronizada, o que reforça seu branding no LinkedIn.

11. GE

GE tem um perfil único no LinkedIn, no qual é possível encontrar as publicações da empresa brasileira e da americana.

Um de seus principais diferenciais é apresentar um conteúdo complexo de forma simplificada e interessante.

A empresa sabe se utilizar bem de vídeos: as edições são complementadas com textos curtos, que facilitam o repasse da mensagem e também auxiliam na visualização do conteúdo durante o autoplay, em que ele é veiculado sem áudio. 

12. Teleperformance

Teleperformance é uma empresa especializada em soluções omnichannel e experiência do consumidor, e também apareceu entre as melhores páginas empresariais do LinkedIn durante o ano de 2018.

A identidade visual da página também é bem marcante: imagens atrativas com textos curtos e posicionados de forma a atrair a atenção do leitor.

Além disso, seu conteúdo é comumente apresentado em forma de “editorias” e a hashtag #QuoteOfTheDay (ou #AFraseDoDia) é uma campanha que costuma trazer bastante engajamento à marca.

O LinkedIn é uma rede social voltada — especialmente — à procura de oportunidades e seleção de talentos.

Nesse sentido, também se transformou em um hub no qual criadores de conteúdo publicam seus principais insights sobre carreira, empreendedorismo e tendências do mercado de trabalho.

Conhecer perfis para seguir no LinkedIn — sejam eles nacionais, internacionais ou de empresas — é uma forma de se manter atualizado e conhecer as melhores práticas de atuação na rede.

Quer aprimorar ainda mais os seus conhecimentos no LinkedIn e aprender como se posicionar como uma autoridade por lá? Conheça o curso da Universidade Rock Content sobre essa plataforma e inscreva-se agora mesmo!

Marketing no LinkedinPowered by Rock Convert

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *