Por Ivan de Souza

Analista de Marketing na Rock Content.

Publicado em 27 de janeiro de 2020. | Atualizado em 26 de março de 2020


Fazer o processo de admissão de funcionários envolve vários departamentos de uma empresa. Para ele ser bem-sucedido é preciso entender como funciona o processo seletivo e o recrutamento, a escolha do funcionário, quais são deveres do novo colaborador, as principais responsabilidades da empresa nesse momento e o que envolve o processo de integração.

O processo de admissão de funcionários é um processo que integram vários departamento dentro de uma empresa, como o Recursos Humanos e o da área que precisa de um novo colaborador.

Isso acontece para garantir que a pessoa contratada cumpra com os requisitos necessários, sejam eles legais ou profissionais. 

A contratação nada mais é do que um acordo firmado entre a empresa e o colaborador. Mas, como ela se dá?

Para ajudar você nesse processo, vamos mostrar agora um passo a passo para a admissão de funcionários!

Processo seletivo e recrutamento

O processo de admissão de funcionários de uma PME vai iniciar no processo seletivo e no recrutamento do pessoal. Ele deve ser conduzido pelo pessoal do RH. Para isso, eles montam, junto com você, responsável da área, uma descrição das vagas.

Depois disso, é feito a divulgação e então são chamadas algumas pessoas para passar por um processo de avaliação e testes e assim escolher a quem se encaixa mais com a vaga.

O processo de seleção e recrutamento de novos talentos é diferente em cada empresa. Um método que costuma ser bastante efetivo é:

  • entrevista conduzida pelo RH;
  • avaliação do conhecimento técnico da área de trabalho, podem ser feitos alguns testes;
  • avaliação psicológica;
  • entrevista com o gestor ou coordenador da área;
  • alinhar as expectativas.

Cada cargo dentro da sua empresa exige uma nível de competência e conhecimento já adquiridos. Isso deve ser avaliado na hora de decidir quem contratar.

Você também pode fazer dois tipos de contatação:

  1. pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), que é o modo mais comum;
  2. Pessoas Jurídicas, em que você têm uma pessoa que presta um serviço para a sua empresa.

Um exemplo disso são empresas que estão focadas em marketing de conteúdo. Nesse caso, pode ser contratado uma pessoa que fique dentro da empresa e faça todos os conteúdos necessários. 

Ou pode ser contratado um freelancer que possua CNPJ (provavelmente por ser MEI) para prestar esse serviço de elaboração de conteúdos. Nesse caso, a empresa recebe a Nota Fiscal e faz o pagamento para o prestador de serviço.

Escolha do funcionário

Para dar continuidade ao processo de admissão de funcionários da PME é preciso escolher quem será o novo colaborador da empresa. Ele deve ser instruído de quais são as próximas etapas para ser contratado pela sua empresa.

Independente de ser uma pessoa física ou jurídica, o RH da sua empresa deve pedir as informações necessárias e providenciar que os documentos sejam elaborados e assinados para firmar o vínculo entre ambas as partes.

Vale a pena lembrar que não é apenas a pessoa contratada que deve receber um feedback. É importante avisar as pessoas que não foram aprovadas que vaga foi preenchida.

Assim, a empresa demonstra respeito por todos os candidatos, mantém uma boa reputação no mercado e faz com que cada vez mais pessoas tenham interesse em fazer parte do quadro de funcionários do seu negócio.

Powered by Rock Convert

Deveres do funcionário na hora da contratação

O novo funcionário da sua empresa precisa fornecer todas as informações dentro de um prazo de até 2 dias úteis. Isso facilita pra que o processo de admissão continue sem nenhum transtorno.

Para que o processo de admissão de funcionários pela CLT dê certo é preciso que o empregador exija os seguintes documentos:

  • Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS);
  • título de eleitor;
  • certidão de nascimento e, caso haja, certidão de casamento;
  • Cadastro de Pessoa Física (CPF);
  • cópia da carteira de identidade (RG);
  • carteira de inscrição no PIS/Pasep;
  • dependendo da área de atuação: carteira profissional relativa ao órgão da classe (Ex: CREA, CRQ e OAB)
  • para os homens: certificado de reservista ou de dispensa do serviço militar.

Também serão solicitados exames que comprovem a aptidão física do funcionário para a função. Eles vão variar de acordo com a função e gênero dos colaboradores.

Para as mulheres pode ser solicitado um teste de gravidez, já que mulheres grávidas não podem ser dispensadas. No caso um operador de telemarketing, serão solicitados testes de audiometria.

É de responsabilidade do novo funcionário comparecer ao local indicado para fazer os exames que foram solicitados. 

LEIA TAMBÉM
👉Confira tudo que você precisa para criar o site da sua empresa
👉 Saiba o que é banco de dados e a importância dele para o seu site
👉 Crie um blog para o seu negócio gratuitamente usando o Rock Stage

Responsabilidades da empresa

Para o processo de admissão de funcionários dar certo também é preciso que a empresa cumpra com as suas responsabilidades. 

Depois de receber todos os documentos é preciso que:

  • seja registrado na carteira de trabalho as informações da admissão do colaborador (jornada de trabalho, salário e outros dados importantes);
  • enviar as informações para o Ministério do Trabalho;
  • comunicar a Caixa Econômica Federal, afinal, é ela que administra o FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) do colaborador.

Assim que a sua empresa fizer toda essa parte burocrática pode ser assinado um contato entre o empregador e funcionário. Depois disso, o colaborador já pode começar a trabalhar.

Também é importante que a empresa ofereça alguns benefícios aos colaboradores, assim eles se sentem mais motivados a trabalhar e serão mais fiéis a sua empresa, evitando que logo estejam procurando outro emprego.

Alguns dos benefícios são:

  • vale transporte ou ajuda de custo com o combustível;
  • convênio médio e odontológico;
  • vale refeição e alimentação;
  • bônus e/ou comissões;
  • vale cultura, que estimula o lazer com a família do colaborador.

Integração

A integração serve para apresentar o novo ambiente para o colaborador. É nesse processo que ele ai conhecer as regras da empresa e entender como é o trabalho que vai desenvolver no dia a dia.

Ao fazer a integração é preciso que você, ou alguém da sua equipe, solicite todos os acessos para o no funcionário, como: e-mail da empresa, acesso ao CRM ou a outra ferramenta usada no seu negócio.

Nessa etapa também é preciso criar um processo de treinamento para que o colaborador se adeque a rotina o mais rápido possível.

O processo de admissão de funcionários é p mesmo para todos os departamentos da empresa, tais como vendas, atendimento ao cliente, marketing ou qualquer outra área técnica. A medida que você coloca em prática o passo a passo que listamos, vai ficar muito mais fácil o seu processo de contratação.

Gostou de saber como funciona o processo de admissão de funcionários para PME? Quer conhecer outras coisas que podem fazer toda a diferença no seu negócio? Veja agora os cursos de marketing digital da Rock University!

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *