LinkedIn lança reações para estimular interação entre os conteúdos

LinkedIn lança reações para estimular interação entre os conteúdos

As reações no LinkedIn são novos recursos da ferramenta para diversificar a interação dos usuários na plataforma, permitindo a expressão de impressões além das clássicas recomendações.

O Linkedìn é a principal rede de profissionais do mundo e a plataforma está se consolidando como uma grande alternativa ao Facebook.

Por ser do âmbito corporativo, o clima de convivência no Linkedìn é mais elaborado do que o do Facebook. Por isso, é muito difícil encontrar usuários discutindo sobre política, futebol ou religião.

No entanto, existe um segmento de usuários que está insatisfeito com a experiência de navegação no Facebook e, em consequência disso, buscando uma nova rede principal. O LinkedIn percebeu essa movimentação e logo atuou em cima dela.

A seguir, mostraremos as novas reações do Linkedìn. Acompanhe!

O engajamento como estratégia

Se você é um profissional, empreendedor independente ou busca fazer carreira em uma grande empresa, o LinkedIn é superior ao Facebook.

E, se você soma isso a grande crise das gigantes redes sociais, o resultado é uma grande oportunidade de captar novos usuários.

Para captar e fidelizar esse público, o LinkedIn resolveu investir em engajamento e, para isso, nada melhor que ampliar as opções de interação dos usuários.

A ideia é deixar a rede mais atrativa, sem perder o perfil de negócios que a faz tão original.

Networking

Quem disse que fazer negócios tem que ser chato? Para a maioria das pessoas, os negócios fazem parte da vida social. Sendo assim, fazê-los mais divertidos é uma forma de melhorar os resultados e potencializar o desempenho.

Tudo o que na vida comum se conhece como “socializar”, no âmbito corporativo de chama “networking” — um conceito que significa vincular-se com os grupos de trabalhos dos quais você faz parte,

Isso é o que se pode definir como âmbito semi-formal.

Para nos movermos com elegância dentro desse parâmetros, nada melhor que ampliar nosso vocabulário.

Antigamente, tínhamos apenas uma opção de interação. Hoje, temos as seguintes:

  • like;
  • celebrate;
  • love;
  • insightful;
  • curious.

Like

É a interação padrão. Todos a conhecem e sabem perfeitamente que muitas vezes ela é insuficiente ou inadequada.

Muitas vezes uma notícia não é totalmente agradável ou tem alguma ambiguidade. Para estimular a diversificação das reações aos comentários, o algoritmo do LinkedIn dará mais pontos a quem usar as novas opções.

Like

Celebrate

Em uma rede de trabalho, tem que existir celebrações não só para aniversários, mas também para os avanços e conquistas dos colaboradores.

O modelo empresarial é focado em resultados e um botão próprio para demonstrar sua alegria pelo avanço dos demais marca a diferença e simplifica a interação.

Celebrate

Love

Quem nunca se sentiu emocionado por uma ideia genial? Um caso de vitória? Ou quando a empresa que se trabalha designa um dia em que podemos levar nosso animal de estimação?

O dia a dia de trabalho está cheio de storytelling de amor e a reação do coração fortalece nosso vínculo emocional com a plataforma.

Love

Insightful

Essa reação é própria do Linkedìn, pois os empresários, empreendedores e profissionais de marketing vivem de insights.

Se algo vai provocar um sentimento de pertencimento e, em consequência, tempo de permanência na plataforma, essa é a possibilidade de interagir por meio de ideias criativas.

Insightful

Curious

E sempre há uma saída lateral para esses casos em que um não sabe muito bem o que dizer, mas, ao mesmo tempo, se quer ser diferente.

Estou curioso é uma nova excelente opção e a que mais provoca engajamento, pois estimula a quem recebe essa reação a escrever mais sobre o tema que está tratando.

Curious

Você pôde perceber que foram introduzidas apenas reações positivas à plataforma. Os desenvolvedores do LinkedIn não quiseram agregar reações negativas, como tristeza ou raiva, para preservar o tom motivacional próprio do mundo dos negócios.

E, se você quer entender ainda mais dessa rede social, não deixe de conferir nosso guia sobre Marketing no Linkedìn.

marketing no linkedin ebook

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo