Por Ivan de Souza

Analista de Marketing na Rock Content.

Publicado em 7 de janeiro de 2020. | Atualizado em 2 de abril de 2020


Aumentar a equipe significa cuidado e atenção. Existem requisitos para contratação de funcionários que precisam ser considerados para que você faça uma boa escolha e consiga criar um time eficiente e capacitado para entregar resultados cada vez mais expressivos. No entanto, são muitas as empresas que acabam tendo dificuldades para encontrar profissionais que se adequem […]

Aumentar a equipe significa cuidado e atenção. Existem requisitos para contratação de funcionários que precisam ser considerados para que você faça uma boa escolha e consiga criar um time eficiente e capacitado para entregar resultados cada vez mais expressivos.

No entanto, são muitas as empresas que acabam tendo dificuldades para encontrar profissionais que se adequem à cultura da empresa e às necessidades do negócio.

Para que você não tenha esse tipo de problema, decidimos criar um conteúdo com dicas dos requisitos para contratação de funcionários que irá te ajudar a construir uma equipe muito eficiente.

Continue a leitura!

Qual são os cuidados na hora de escolher e contratar um funcionário?

Quando há necessidade de expandir a equipe e contratar novos colaboradores, os cuidados são necessários para garantir que você encontre a pessoa ideal para o cargo, que seja compatível com as políticas da empresa e, principalmente, não dê dores de cabeça depois.

Contratar o funcionário errado, que não se encaixa no perfil da empresa, gera, além de stress, prejuízos para o negócio.

Por isso, ter esse filtro e saber encontrar os profissionais ideais é fundamental para garantir a saúde financeira e um ambiente de trabalho eficiente para os demais colaboradores.

Quais são os requisitos para contratação de funcionários?

Para contratar os profissionais adequados para a sua empresa e construir uma equipe de sucesso, é preciso ficar de olho em alguns requisitos e detalhes que irão nortear esse processo.

Vamos conhecer alguns deles.

1. Trabalhe a imagem da sua empresa

O primeiro passo é trabalhar a imagem da empresa. Uma instituição com boa visibilidade costuma atrair excelentes profissionais. Um grande exemplo disso é o Google, que por deixar clara sua política interna, comprometimento com o desenvolvimento e ter uma imagem positiva no mercado, a empresa é capaz de criar, entre os mais diversos profissionais do mercado, o desejo de fazer parte da equipe.

Para isso, a dica é criar uma boa imagem da sua empresa através, principalmente, das redes sociais: divulgue os bastidores da sua empresa, compartilhe imagens de eventos e treinamentos, do ambiente de trabalho e até a opinião de alguns colaboradores sobre como é trabalhar na sua companhia.

2. Tenha um processo de seleção bem planejado

Os erros costumam ocorrer no processo de seleção mal planejado. Quando você começa esse processo sem ter uma definição de como ele se seguirá, é possível gerar um incômodo entre os possíveis candidatos, afetando a reputação da empresa e demorando muito mais tempo para fechar o novo integrante da equipe.

Para evitar que isso aconteça, é importante que você já tenha definido qual tipo de seleção e recrutamento será feito, quantas etapas terão e quais são os passos para cada uma dessas etapas.

Dentre os tipos de recrutamento mais comuns, temos:

  • entrevistas;
  • textos escritos;
  • dinâmicas de grupo; etc.

Vale a pena identificar quais tipos de recrutamento são mais adequados para a sua empresa e para identificar os tipos de colaboradores de seu interesse. Feito isso, é hora de criar o planejamento e colocá-lo em prática.

3. Defina o perfil do profissional ideal

Para fazer uma boa escolha, é preciso que você saiba o tipo de profissional que quer atrair para a sua empresa: é importante que ele tenha quais características? Quais habilidade se qualidades são fundamentais para que essa pessoa seja capaz de executar as tarefas que lhe serão delegadas?

Powered by Rock Convert

4. Utilize as redes sociais

As redes sociais podem ser um bom canal de recrutamento. O LinkedIn, por exemplo, é uma rede voltada para a carreira e, por isso, anunciar uma vaga nessa plataforma pode ser uma excelente maneira de ter um maior alcance e encontrar novos potenciais colaboradores.

Além disso, essa plataforma também permitirá que você identifique informações relevantes sobre os candidatos, como escolaridade, habilidades, recomendações, experiências profissionais, etc.

5. Valorize indicações

Apesar de tanta tecnologia para a seleção de novos candidatos, a indicação também é uma excelente alternativa. Afinal, seus colaboradores já conhecem a cultura da empresa, sabem como as coisas funcionam internamente e, certamente, saberão indicar pessoas que se adequem à essas necessidades.

6. Ofereça vantagens

Para encontrar bons profissionais disponíveis no mercado, é preciso ter vantagens. Afinal, o que fará essa pessoa escolher a sua empresa no lugar de outra para trabalhar?

Defina quais vantagens existirão para esse profissional: conceder um dia de folga a mais para quem cumprir suas metas semanais de trabalho? Um salário acima da média? Bônus por performance? Alguns dias de home office?

LEIA TAMBÉM
👉Confira tudo que você precisa para criar o site da sua empresa
👉 Saiba o que é banco de dados e a importância dele para o seu site
👉 Crie um blog para o seu negócio usando o Rock Stage

7. Lembre-se do trabalho em equipe

Independente de ser uma área de atuação individual, todo o processo de trabalho acontece em conjunto. Por isso, é importante buscar por profissionais que tenham as habilidades necessárias para trabalhar em equipe.

Avalie a personalidade dos candidatos e encontre aqueles que estão mais abertos e receptivos ao trabalho em conjunto.

8. Aposte em jovens profissionais

Os jovens profissionais chegam no mercado cheios de energia, apesar de possuírem uma menor vivência empresarial. A produtividade e o interesse desses novos profissionais irão ajudar a encontrar pessoas muito mais dispostas a aplicarem novas ideias e fazerem parte da empresa, entregando agilidade e resultados interessantes.

9. Peça referências

Mesmo depois de observar o perfil dos candidatos no Linkedin, visto elogios a respeito do seu trabalho e suas qualificações, é sempre importante entrar em contato com algumas pessoas e pedir referências sobre esses profissionais.

Faça perguntas sobre desempenho, habilidades, facilidade para trabalhar em equipe, etc.

10. Avalie certificações

Se o profissional precisar ter habilidades específicas, não se esqueça de conferir as certificações desse candidato.

No caso de um redator focado em marketing de conteúdo, por exemplo, é interessante que ele tenha certificados de Inbound e Marketing de Conteúdo, para validar que ele entende o conceito e saberá aplicar a técnica no dia a dia.

11. Considere a recontratação

Em alguns casos, você pode, inclusive, encontrar ex-funcionários que se adequem às suas necessidades, e que estão em busca de uma oportunidade de trabalho.

Nesses casos, você deverá mostrar para esse possível colaborador quais são as vantagens de retornar à empresa, apresentando os benefícios que o farão considerar a proposta.

Independente do departamento para o qual você precisa de um novo colaborador, esses requisitos para contratação de funcionários são necessários, e te norteará a encontrar as alternativas mais interessantes para a sua equipe.

E o marketing pode ser uma excelente ferramenta nessa tarefa: além de ajudar a criar uma imagem positiva e interessante para a sua empresa, também ajuda a perceber os requisitos para contratação de funcionários. Para isso, é necessário que você saiba trabalhar essas ferramentas da melhor maneira possível. Portanto, conheça os cursos de Marketing Digital da Rock University.

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *