Por Cayo Woebcken

Redator freelancer da Rock Content.

Publicado em 11 de dezembro de 2019. | Atualizado em 27 de fevereiro de 2020


O uso conjunto de técnicas de SEO e redes sociais potencializa suas estratégias de Marketing Digital. Para começar, o sucesso em redes como o Instagram e o Facebook tem tudo para aumentar seu alcance e taxa de engajamento, dando um sinal positivo para os algoritmos dos buscadores.

O estudo e a aplicação de técnicas de SEO são práticas imprescindíveis para o sucesso de qualquer empresa, especialmente as que têm a estratégia focada no Marketing Digital.

Assim, as práticas de Search Engine Optimization tentam corresponder aos critérios utilizados pelo algoritmo dos buscadores para definir os sites exibidos aos usuários após uma busca.

Fatores como autenticidade, credibilidade e autoridade são sempre citados como determinantes nesse processo, uma vez que o Google e outros buscadores prezam por uma experiência qualificada.

E o que as redes sociais têm a ver com tudo isso? Essa é uma pergunta feita por muitos profissionais, até pela crescente relevância de canais como o Instagram nas estratégias de marketing.

Elaboramos este artigo para respondê-la. Nele, você vai descobrir:

Continue a leitura e confira!

Qual é a relação entre SEO e redes sociais?

Se você acompanha o nosso blog, já sabe que uma estratégia multicanal é fundamental para sua marca estabelecer uma presença forte na Internet e, assim, se aproximar de seus potenciais consumidores.

Dito isso, as redes sociais são canais que não devem ser negligenciados, mesmo que você conte com um site de grande alcance.

Até porque, mesmo deixando o SEO de lado, a presença da sua empresa nessas redes facilita a interação com o público, humaniza sua marca e gera inúmeras oportunidades para criar engajamento na audiência.

Com tantos benefícios, seria excelente que essa abordagem também otimizasse o ranqueamento nas SERPs, não é?

Pois bem, não é o que acontece na prática, pelo menos no que diz respeito à versão oficial dos mecanismos de busca.

O que os buscadores dizem sobre a relação?

O posicionamento oficial do Google até o momento é de que as redes sociais não fazem parte dos fatores de rankeamento de uma página.

Em outras palavras, ter uma página forte no Facebook ou no LinkedIn não garante que o seu perfil terá uma posição boa também nos mecanismos de busca.

De fato, a empresa de Mountain View garante que as páginas das redes sociais são encaradas como quaisquer outras na web. O lado positivo é que os links desses perfis para a sua página são levados em conta, o que pode ajudar no rankeamento.

Por outro lado, o número de seguidores ainda não faz diferença nenhuma nos critérios do Google, que é a ferramenta mais popular nesse quesito.

Já o Bing, segundo site mais utilizado para a realização de buscas na Internet, tem o posicionamento um pouco diferente. Além dos links de qualidade para a sua página, que são avaliados para determinar a relevância do website, o Bing leva em conta também a autoridade do seu perfil.

Isso quer dizer que, ao contrário do principal concorrente, ele considera o número de seguidores para rankear sua página. Esse é um dado relevante, já que o Bing é grande o suficiente para ter peso nas decisões de marketing de qualquer empresa.

Sendo assim, deu para perceber que as redes sociais influenciam, direta ou indiretamente, o SEO do seu site, não é mesmo?

Ao observar as entrelinhas, você vai notar que mesmo quando não são critérios oficiais, as redes geram a autoridade, credibilidade e alcance necessários para otimizar o rankeamento. Para entender isso, é preciso conhecer os sinais sociais.

O que são os sinais sociais?

Posto de forma simples, os sinais sociais podem ser entendidos como o engajamento recebido em seus diferentes canais. Curtidas, compartilhamentos e demais interações são fortes indicativos da relevância da sua marca no ambiente digital, o que tem peso no SEO.

Neste gráfico, criado a partir de um estudo do CognitiveSEO, é possível observar uma correlação entre a posição no rankeamento do Google e a presença da marca nas redes sociais.

how social media affects seo - cause or just correlation?

Assim, é possível notar que, embora o Google não considere os sinais sociais como critérios oficiais de seu algoritmo, eles influenciam indiretamente o rankeamento.

As causas para isso podem ser muitas, mas uma é facilmente identificada: o enorme potencial de compartilhamento gerado pelas redes sociais, como notado neste outro gráfico.

social is the best tool for sharing
Fonte: OptinMonster.

Ao criar conteúdos de valor e disponibilizá-los nas principais redes sociais, você encoraja a audiência a compartilhar sua marca, o que aumenta o seu alcance e visibilidade.

Quanto mais bem-sucedido você for nessas áreas, maior será a chance da sua página receber links externos, que efetivamente contam como um critério de SEO.

As redes sociais como motores de busca

Além da relevância para o sucesso do SEO, é importante lembrar que as redes sociais vêm sofrendo constantes alterações na forma como são utilizadas pelos usuários.

Cada vez mais interativas, elas atraem a atenção do público com maior facilidade, o que gera uma audiência que gasta grande parte do tempo nesses canais.

Como resultado, as pessoas vêm utilizando as redes como verdadeiros mecanismos de busca. Assim, você pode aplicar técnicas parecidas com as de SEO dentro desse universo.

Um exemplo claro e eficiente é o uso de hashtags, que funcionam como palavras-chave e fazem com que os usuários encontrem o que procuram com maior facilidade.

Fora isso, nada impede que seus perfis sejam encontrados em buscas nos mecanismos convencionais, como o Google e o Bing. Você pode alcançar isso a partir da produção de um conteúdo relevante e atraente, que gere engajamento suficiente para mostrar autoridade e alcance ao algoritmo.

Fazendo isso, você pode redirecionar o público alcançado para o seu website por meio de um link que o leve até lá. Quer saber mais sobre como utilizar as redes sociais para aumentar o sucesso do seu website? Continue a leitura!

Quais são as 9 melhores dicas para otimizar seu SEO por meio das redes sociais?

Se chegou até aqui, você já entendeu que as redes sociais podem, sim, ser utilizadas para otimizar o SEO do seu website.

Embora elas não sejam apontadas como fator direto para a avaliação realizada pelo algoritmo do Google, o Bing, segundo maior buscador da Internet, afirma considerar a autoridade da marca no rankeamento.

Mesmo que indiretamente, contar com um perfil forte e ativo nas redes sociais gera alcance e relevância para a marca, o que pode ser convertido em maior visibilidade para o website.

Para alcançar esse patamar, contudo, é preciso agir estrategicamente e buscar as melhores práticas para atingir certos objetivos, conforme mostraremos a seguir.

1. Conquiste mais seguidores

Essa é fácil, não é? Para aumentar a autoridade do seu perfil nas redes sociais, fator relevante para o Bing, é preciso contar com um número adequado de seguidores.

Porém, tome cuidado. Práticas como a compra de seguidores podem sair pela culatra, já que de nada adianta contar com uma audiência grande sem qualquer engajamento.

Então, como fazer isso? O primeiro passo é definir sua persona, ou seja, encontrar seu perfil de consumidor ideal. A partir disso, você pode trabalhar em uma estratégia de conteúdo voltado para atrair a atenção desse público e convertê-lo em uma forte base de seguidores.

Nesse processo, você pode, também, investir em ferramentas de impulsionamento de campanhas. Ao impulsionar um determinado post, você pode direcioná-lo ao público-alvo específico, aumentando as chances de conversão.

Contudo, nunca deixe de lado as técnicas orgânicas de atração, conforme falamos a seguir.

2. Otimize o seu perfil

Contar com um perfil bem estruturado é fundamental para que a sua estratégia em redes sociais alcance o sucesso. Então, certifique-se de que sua conta está preparada para cativar o visitante assim que ele visitá-la.

Isso inclui a utilização de uma foto de perfil que represente bem a sua marca e de uma bio que deixe claro quem você é.

Aqui, é fundamental notar a relevância de apresentar sua identidade visual com coerência em todos os canais. As mesmas cores e demais elementos que você usa em sua conta no Facebook devem ser replicadas no YouTube, por exemplo, mesmo que com algumas alterações.

Além disso, não perca a oportunidade de utilizar o espaço para incluir um link em seu perfil. Na maioria das vezes, as empresas optam por direcionar o visitante até a página inicial do website, mas isso pode variar.

É interessante levá-lo até um canal no YouTube em que você posta outros conteúdos ou mesmo até uma landing page.

3. Otimize seus posts para buscas

Um dos fatores mais importantes para que o seu conteúdo seja encontrado é a otimização de cada post para as buscas, tanto nos mecanismos tradicionais quanto nas redes sociais.

Tudo começa com o conteúdo do seu blog, que deve ser devidamente preparado para ser encontrado pelos robôs de busca.

Isso inclui o uso de palavras-chave, meta description, títulos, URL e outros elementos de SEO On Page. É importante, acima de tudo, criar uma experiência qualificada para o usuário, prezando pelo tempo de carregamento das páginas e pela escaneabilidade do conteúdo.

Na hora de postar nas redes sociais, o uso das hashtags é essencial, mas não se limite a isso: cada rede tem recursos próprios que podem ampliar o alcance das postagens. No Instagram, por exemplo, é fundamental prezar pelo engajamento, o que faz a interação do público extremamente necessária.

Portanto, faça uso de conteúdos interativos e demais alternativas com potencial de gerar uma reação na audiência.

4. Foque na qualidade e autenticidade dos conteúdos

Poderíamos destacar milhares de técnicas, e você poderia seguir todas elas à risca, mas isso pouco adianta se o conteúdo produzido não tiver qualidade e profundidade.

Todos nós já cansamos de ouvir que o conteúdo é rei, e o motivo é bem claro: mesmo rankeando bem por um tempo, o conteúdo raso vai perdendo espaço para peças mais relevantes. Por isso, capriche na pesquisa preliminar, na definição e elaboração dos temas, títulos e tudo mais que for relacionado ao conteúdo.

É importante, também, prezar pela autenticidade do que você posta em suas redes. Afinal, materiais originais geram maior interesse no público e são recompensados pelos mecanismos de busca. Mantenha-se antenado nas tendências e publique posts que gerem algum tipo de valor para quem os lê.

5. Sempre que possível, faça uso de imagens e vídeos

Apesar de os holofotes focarem em conteúdo escrito, já é conhecimento comum que as imagens têm um papel importante no bom desempenho de SEO de um site. Por isso, além de usar imagens de qualidade para enriquecer o seu conteúdo, procure também otimizá-las. Como fazer isso?

O nome do arquivo é a primeira informação que os motores de busca procuram, então use nomes claros em vez dos que são gerados automaticamente. É importante que o nome, ao ser lido, indique do que se trata a imagem, podendo, assim, ser encontrado pelos mecanismos de busca.

Além do título, preste atenção na definição do Alt Text, que é uma descrição mais aprofundada da figura.

Pense nesse recurso como uma tentativa de aumentar a acessibilidade do conteúdo. Até porque o Alt Text tem um papel especial para softwares destinados à deficientes visuais, que os utilizam para ouvir uma descrição exata do que está na imagem.

6. Faça uma estratégia de Link Building

Os links externos são excelentes potencializadores de alcance, seja para o seu website, seja para suas redes sociais. É importante que os canais estejam integrados, de modo que o seu Instagram contenha links para o seu blog e vice-versa.

A grande jogada, nesse caso, é que não são apenas os links do seu perfil que apontarão para o site. Se o conteúdo for realmente bom, mais pessoas e sites vão compartilhar esses links.

Dessa forma, os mecanismos de busca vão perceber que aquele material teve uma boa aceitação por parte dos leitores, o que pode colocá-lo em destaque nos resultados das pesquisas. Quanto mais evidente estiver seu conteúdo, mais fácil será conseguir links externos para ele.

7. Encoraje o compartilhamento de seus conteúdos

O compartilhamento social do seu conteúdo servirá para o mesmo propósito que destacamos acima, aumentar a credibilidade dele aos olhos dos leitores e, consequentemente, dos sites de busca.

Mas, como fazer para que esse conteúdo seja compartilhado com maior frequência? Nos posts em blogs, criar um título atraente e um call to action instigante já é um ótimo começo!

Já nas redes sociais, é preciso ser um pouco mais sucinto. O ideal é que o post seja tão engajador que você sequer precise sugerir o compartilhamento.

Indo um pouco além, procure repetir a postagem do mesmo conteúdo — lembrando de respeitar a frequência certa para cada rede social, é claro! Dê um retweet nos seus tweets mais bem-sucedidos ou faça um #TBT com seu post que fez sucesso no Instagram.

Por fim, inclua o conteúdo em discussões existentes sobre o tema em questão, como forma de agregar valor.

8. Seja estratégico no volume e horário das postagens

Ser inconstante nas redes sociais é um dos maiores pecados que uma marca pode cometer. Isso faz com que o público fique desinteressado no que você tem a dizer. Se isso acontecer, você perde seguidores, não tem tantos compartilhamentos e links externos, e tudo isso se reflete no seu SEO.

Mesmo que você estabeleça um volume baixo de postagens no início, é importante manter uma regularidade na frequência.

Fora isso, preocupe-se em descobrir os melhores e mais relevantes horários de publicação para sua audiência, decisão que pode ser tomada com base nos dados disponibilizados pelo próprio Instagram.

Se você já tem uma conta empresarial, vá até a barra de ferramentas do perfil e clique em “Informações”. Lá, selecione a opção “Público” para ter acesso a informações valiosas, que incluem os horários de maior atividade dos seus seguidores.

9. Mensure seus resultados com frequência

E já que estamos falando da análise de dados, aqui vai a última (mas não menos importante) prática que você deve seguir para que suas redes sociais se tornem aliadas de seus esforços de SEO: acompanhar o progresso da estratégia social da sua empresa.

Essa é a única forma de identificar o sucesso da empreitada e realizar ajustes, quando necessários. Para isso, estabeleça com antecedências as métricas que serão utilizadas para indicar se a abordagem está no caminho certo.

Ao monitorá-las, você vai ganhar insights sobre seus posts, seu público e a eficiência das decisões tomadas.

Ao comparar o sucesso das redes sociais com o SEO, você ganha maior entendimento sobre como as duas abordagens se alinham no caso específico da sua marca.

Existe, sem dúvidas, uma forte relação entre o SEO e redes sociais. Como você viu, o Bing utiliza esses canais como critério direto para o rankeamento de suas SERPs e mesmo o algoritmo do Google, que no discurso oficial não considera os sinais sociais, pode ser influenciado pelo alcance, autoridade e credibilidade dos seus perfis nas redes.

E aí, pronto para potencializar seus canais sociais e otimizar sua estratégia de SEO? Dê uma olhada neste kit! Nele, você vai encontrar um guia completo para executar o marketing em redes sociais da melhor maneira, gerando engajamento, alcance e autoridade!

Kit Marketing nas Redes SociaisPowered by Rock Convert

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *