Por Daniel Moraes

Redator Freelancer na Rock Content

Publicado em 21 de outubro de 2019. | Atualizado em 21 de outubro de 2019


Desenvolver uma estratégia de SEO para enterprise é muito diferente de aplicar dicas voltadas para pequenos blogs iniciantes. Há muito mais em jogo e o trabalho é bem mais complexo. Neste artigo, você vai entender o que dá resultado nesse nicho.

Para uma grande empresa, mesmo mudanças incrementais podem fazer grande diferença em termos de faturamento e lucro. 

E quando falamos de estratégia digital, um dos pilares da geração de resultados sustentável é a atração de tráfego qualificado. Relacionado a isso, poucas estratégias são tão significativas quanto o SEO

Mas como você sabe, as técnicas que levam um pequeno negócio aos primeiros resultados são muito diferentes das que o alçam a novos patamares. O mesmo vale para SEO e qualquer outra estratégia online.

Em outras palavras, SEO para enterprise é diferente de técnicas usadas para alavancar um pequeno blog

Por isso, vamos mostrar, neste artigo completo, tudo que você precisa saber sobre SEO para enterprise:

Preparado? Então vamos lá!

 

O cenário do SEO no atual mercado digital

Você fazia ideia de queo Google ignora cerca de 50% do conteúdo de sites do segmento Enterprise?

Esse dado alarmante serve para mostrar que o mundo digital mudou muito nos últimos anos, mais rápido que muitas grandes empresas conseguiram acompanhar.

Basta pensar em novidades como busca por voz, intenção de busca, AMP (Accelerated Mobile Pages), Mobile-First Index e outras. Tudo isso torna a tarefa de rankear uma página mais complexa do que nunca.

Aliás, esse era o caminho natural e esperado, por alguns motivos:

  • um canal tão importante de aquisição de tráfego não ficaria sem se desenvolver;
  • toda estratégia validada e eficaz atrai novos players, que tendem a ser mais qualificados e aumentar a competição;
  • assim como as boas práticas, sempre surgem novas táticas Black Hat que obrigam mudanças dos buscadores para manter a ordem.
 

A mudança mais significativa dos últimos tempos

Sem dúvida, a mudança mais importante dos últimos anos no que diz respeito a indexação e rankeamento é a nova forma de o Google classificar os sites. Ela ficou conhecida como Mobile-First Index.

Em resumo, antes o Google via primeiro a versão para desktop de um site na hora de rankear. Agora é o contrário, e a versão mobile ganha prioridade. 

O objetivo é claro: oferecer a melhor experiência de navegação possível para o usuário final, que está cada vez mais conectado em aparelhos móveis.

Como isso afeta os sites de grandes empresas? O lado bom é que o Google está dando mais tempo para essas organizações se adaptarem, já que a mudança afetaria primeiro as páginas menores. Isso não elimina, no entanto, a necessidade de agir logo, já que adiar a transição por conta do “tempo extra” poderia facilmente complicar tudo. 

 

SEO no contexto do mercado digital

Acabamos de falar sobre alguns dos desafios que envolvem o SEO para enterprise no momento atual, e esses fatores adicionam novas camadas de complexidade ao jogo do tráfego orgânico.

Mas não pense que isso decreta o fim do SEO como bom investimento de marketing

Pelo contrário: visto que 35% do tráfego geral da internet vem dos sites de busca, ainda podemos dizer que SEO é uma das melhores formas de ganhar destaque no mercado digital.

A grande questão é: quem investe, de forma estruturada, em manter o passo com as mudanças dos mecanismos de busca, colhe resultados fora da curva. 

Por outro lado, quem não sabe como agir ou demora a fazer isso deve ficar de fora da disputa rapidamente.

 

3 melhores práticas de SEO para enterprise

Diante do novo cenário, a grande pergunta que surge é: qual a melhor forma de fazer SEO para enterprise de um jeito que dê resultados? 

Por um lado, não há receita de bolo. A resposta, em qualquer cenário, estará na criação de uma estratégia sólida de aquisição. 

Mas existem boas práticas que podem ajudar — e muito — a sua empresa a chegar onde quer mais rapidamente.

Veja, a seguir, o que elas incluem!

1. Estrutura de código limpa e eficiente facilita a leitura dos bots

A estrutura de código faz total diferença na forma como o Google lê e indexa um site, ainda mais um com milhares (em alguns casos milhões) de páginas e URLs.

Os recursos do Google são limitados, o que significa que nem todas as suas páginas serão indexadas. Quanto mais trabalhoso for para os bots lerem e classificarem suas informações, mais páginas ficarão de fora.

Por isso, torne prioridade para seus web developers que a estrutura sintática do código seja limpa e eficiente, além de seguir as práticas mais modernas recomendadas pelos motores de busca.

2. Uso calculado do Javascript nas páginas

O Javascript é um recurso poderoso nas páginas da web, mas passou a ser analisado de forma diferente pelos buscadores. 

Primeiro, os bots fazem uma análise preliminar só do conteúdo. Depois, se tiver recursos suficientes, fazem uma varredura do Javascript.

Em outras palavras, use Javascript de forma calculada e estratégica. Caso contrário, conteúdo valioso pode deixar de ser indexado e páginas importantes podem não dar resultados por conta disso.

3. Esforço consciente de quais páginas devem ser indexadas

É importante saber quais são as páginas que o Google indexa e quais ele deixa de fora ao avaliar seu site. Caso contrário, sua estratégia não existe e será, no máximo, um jogo de azar.

Por outro lado, quando sabe quais páginas são indexadas, fica mais fácil trabalhar de forma consciente para fazê-las converter bem, além de tentar indexar aos poucos as que ficaram de fora da última leitura.

 

4 KPIs de SEO para enterprise que você precisa usar

Aprender quais são as melhores práticas de SEO e executar cada uma delas é só a primeira parte do trabalho. No Marketing Digital, tudo pode (e deve) ser cuidadosamente acompanhado e mensurado.

E o que não falta são KPIs (Key Performance Indicators), também conhecidos como indicadores-chave de desempenho, para ajudar com isso. 

Sem isso, fica impossível saber se a empresa está realmente avançando na busca dos objetivos traçados. Abaixo você vê alguns KPIs relevantes para acompanhar na sua estratégia.

1. Aumento do tráfego orgânico

Um dos principais KPIs que você deve buscar, se o objetivo do momento for aumentar o alcance da mensagem da empresa no mercado, é o aumento do tráfego orgânico.

Afinal, o SEO é uma estratégia de aquisição de tráfego orgânico, e saber se o número de visitantes está aumentando é a forma mais simples e direta de ver se a estratégia está funcionando.

Apenas não se esqueça de analisar se esse aumento é gradual e consistente ou se foi fruto de alguma ação isolada e pontual.

2. Custo de aquisição por canal

O custo de aquisição de clientes é uma forma importante de avaliar o desempenho das várias estratégias de marketing e vendas

Mais uma vez, fica o alerta: a comparação aqui tem como objetivo ver como a estratégia orgânica se sai em comparação com alternativas pagas, como uso de links patrocinados.

A ideia é que, com o tempo, o trabalho de SEO se desenvolva a tal ponto que o custo por aquisição seja menor do que usar anúncios. 

3. Conversão de tráfego orgânico em leads

Se a empresa tem um ciclo de venda mais longo, talvez de ticket mais alto, um bom KPI pode ser a conversão do tráfego orgânico em leads. 

Essa métrica analisa quantos visitantes que chegaram até o seu site por meio dos mecanismos de busca são convertidos em leads com o passar do tempo.

Um índice baixo de conversão pode indicar uma estratégia errada de SEO, como atrair o público errado ou não rankear bem para as palavras-chave mais lucrativas.

4. ROI da estratégia orgânica

Por último, a abordagem mais ampla que você pode adotar é analisar o ROI da estratégia orgânica como um todo. 

Como ficou claro, tudo relacionado a SEO se resume a estratégia orgânica, então se o ROI for positivo é sinal de que ela provavelmente está indo bem.

 

3 estratégias de ouro ao executar SEO para enterprise

Não pense que o que abordamos acima é tudo que existe sobre o assunto. Na verdade, você precisa continuar testando e pesquisando, pois esse é um tema que nunca tem fim.

Mas podemos ajudar de forma imediata ao mostrar algumas outras dicas úteis que você pode aplicar sem demora. Mais que isso, são verdadeiras estratégias de ouro.

Veja só!

1. Descubra informações relevantes sobre seu público

É fundamental que a empresa entenda informações relevantes sobre o público que pesquisa sobre ela nos mecanismos de busca. Alguns dados relevantes que você pode encontrar nas ferramentas de análise, como o Google Analytics, são:

  • Quem é o público que pesquisa sobre a empresa?
  • Qual dispositivos ele usa para isso?
  • De onde ele faz suas buscas?
  • Quais são os assuntos que mais o interessam?

Esse tipo de pergunta pode parecer pouco relevante, mas é crucial no desenvolvimento de uma estratégia completa de SEO para enterprise.

2. Crie conteúdo que responde as perguntas da sua audiência de forma incontestável

A partir das informações levantadas com a estratégia acima, a empresa estará mais equipada para criar conteúdo poderoso e que produz vendas. 

Afinal, todo conteúdo tem o objetivo de fortalecer, de forma direta ou indireta, o processo comercial.

Com isso em mente, o time de Marketing de Conteúdo tem de focar em criar material que responde as principais perguntas da audiência de forma completa e incontestável.

Sem isso as suas páginas podem até ser indexadas, mas o tráfego não vai produzir resultados tangíveis.

3. Conheça suas palavras-chave mais lucrativas

As palavras-chave são a forma usada pelo seu público para encontrar seu conteúdo nos sites de busca. E não adianta criar conteúdo de qualidade ou conseguir indexar suas páginas no buscador se não for para as palavras-chave mais lucrativas.

Analise quais palavras-chave não produzem tanto resultado e quais fazem maior diferença. Depois disso, foque seus esforços no segundo grupo. 

Conhecer quais palavras-chave são estratégicas para os resultados ajudará a planejar em quais páginas e conteúdos elas aparecerão.

 

3 boas práticas para montar um time qualificado de SEO para enterprise

Apesar de todas as dicas que acabamos de compartilhar sobre SEO, sabemos que o segmento Enterprise é diferente de um pequeno negócio no qual todo mundo faz um pouco de tudo.

Talvez o que você esteja mesmo se perguntando é: como vou montar um time de especialistas para implementar todas essas estratégias sem demora? 

Mais uma vez, temos como ajudar! Veja agora algumas dicas e boas práticas de contratação para montar um time qualificado de SEO.

1. Busque especialistas colaborativos

O primeiro ponto importante ao buscar profissionais de SEO para a sua equipe é contar com especialistas. SEO é uma disciplina que envolve muitos elementos, como:

  • design de interfaces e experiência do usuário;
  • desenvolvimento do site;
  • trabalho editorial;
  • marketing e vendas.

Por isso, muitas empresas cometem o erro de procurar apenas profissionais com essas especialidades que entendem um pouco de SEO. 

Isso só é bom se a equipe também tiver analistas de SEO especializados, para trabalhar em conjunto com designers, desenvolvedores, redatores e outros profissionais da equipe.

Por isso, a solução é achar especialistas colaborativos, ou seja, que entendam muito de SEO, mas saibam se comunicar com pessoas que realizam outras funções interligadas.

2. Contrate “advogados do SEO”

Mais do que saber conversar com outros profissionais da equipe sobre SEO, é importante que os profissionais contratados sejam verdadeiros advogados do assunto. Como assim?

Eles precisam ser capazes de mostrar de forma clara para a equipe o valor de implementar cada estratégia que recomendam. 

Essa habilidade persuasiva pode fazer diferença com os mais céticos, que não enxergam tanto poder em pequenas otimizações necessárias.

3. Procure talentos que entendem todo o processo de marketing

Outra habilidade fundamental para qualquer profissional de SEO da sua equipe é entender o processo de marketing como um todo.

Isso fará toda a diferença, pois quem compreende isso consegue se relacionar melhor com os colegas e facilitar o trabalho deles. 

Além disso, vai pensar na estratégia de forma geral, não apenas em otimizações pontuais que pouco agregam valor ao todo.

O cenário do SEO mudou muito nos últimos anos, como reflexo da evolução do uso da própria internet. Agora as grandes empresas precisam entender como acompanhar esse movimento. 

As estratégias que mostramos têm tudo para ser seu norte nessa jornada. Basta aplicar e ter paciência para ver seu alcance orgânico subir.

Você quer contratar um analista de SEO para a sua equipe, mas não sabe como? Uma boa solução é fazer um teste de SEO. Veja agora como fazer isso!

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *