Por Valentina Giraldo

Responsable por la estrategia de Internacionalización de Rock Content.

Publicado em 2 de maio de 2019. | Atualizado em 25 de julho de 2019


Um site de busca é um tipo de sistema online encarregado de pesquisar arquivos armazenados em servidores da Internet. Os exemplos mais conhecidos são os responsáveis por buscas gerais, como Google e Bing, mas existem muitos outros no mercado.

Em vista da quantidade de informações que são geradas e compartilhadas todos os dias na Internet, foi preciso criar algum método de organização, classificação e gerenciamento que facilitasse ao usuário a tarefa de encontrar o que precisava — e, de preferência, de forma rápida.

Pensando nisso, surgiram os buscadores, mecanismos que facilitam o acesso rápido a informações sobre qualquer assunto que seja do nosso interesse.

Além dos interesses pessoais, também existem os de natureza comercial. Nesse segmento, entram as marcas, negócios e empresas que sobrevivem graças ao ambiente online.

Por esse motivo, buscamos conhecimento sobre as estratégias de SEO, por exemplo. E compreendemos, ao longo de seu uso, que existem melhores práticas específicas e parâmetros de qualidade que nos permitem aparecer nos primeiros resultados dos buscadores, não é verdade?

Porém, não é segredo para ninguém que, quando falamos de site de busca, o primeiro — e, às vezes, o único que vem à mente — é o Google.

No entanto, existem outros buscadores que podem impulsionar nossas marcas e negócios de forma incrível e estamos desperdiçando seu potencial devido à falta de conhecimento.

Continue a leitura para saber mais sobre eles!

O que é um site de busca

Um site de busca ou buscador é, em termos gerais, um sistema encarregado de pesquisar arquivos armazenados em servidores da
Internet.

Para encontrá-los, os buscadores recorrem à identificação da palavra-chave usada pelo usuário durante sua pesquisa e, como resultado, entregam uma lista de links que direcionam a sites que mencionam assuntos relacionados ao termo pesquisado.

Tipos de sites de busca

Os sites de busca são classificados, principalmente, em 3 tipos:

  • buscadores hierárquicos;
  • diretórios;
  • metabuscadores.

Buscadores hierárquicos

Esses buscadores são interfaces de interrogação textual. Eles revisam os bancos de dados das páginas por meio de rastreadores Web (também conhecidos como spiders) e coletam informações de conteúdos compatíveis com a pesquisa do usuário.

Uma vez que a consulta é feita, classificam os resultados de acordo com a relevância em relação à pesquisa específica e o histórico de navegação do usuário.

Diretórios

Os diretórios são links de sites agrupados por categorias. São muito simples, mas requerem suporte humano e manutenção contínua para funcionar.

Esse tipo de site de busca não rastreia os sites nem armazena conteúdos. Ele apenas agrupa os links por categoria e os organiza por data de publicação.

E isso não é feito por relevância ou concordância com uma pesquisa feita pelo usuário, como estamos acostumados. Um exemplo é o Open Directory Project, também conhecido como Dmoz.

Metabuscadores

Essa interface reenvia as pesquisas para vários buscadores ao mesmo tempo. Ou seja, encaminha a pesquisa para outros sites de busca e analisa os resultados que eles apresentam.

O objetivo é ampliar a margem de resultados, apresentar suas próprias conclusões e organizar os links de acordo com a ordem definida pelo sistema estrutural do metabuscador. Um exemplo de metabuscador é o Dogpile.

Quantos sites de busca existem

Sendo sinceros, sabemos que é muito difícil não ir, em primeiro lugar, ao todo-poderoso Google para realizar uma pesquisa. No entanto, além do Google, existem infinitas ferramentas de busca na Internet.

Bem, o que acontece é que grande parte delas não é conhecida. Na verdade, quase podemos contar nos dedos de uma mão as que conhecemos, não é mesmo?

Mas tudo bem. Foi por isso que criamos este post, para mostrar que existem centenas de motores de pesquisa em todo o mundo.

Entre os principais sites de busca disponíveis na Internet, estão:

  1. Google
  2. Yahoo!
  3. Bing
  4. Ask
  5. AOL
  6. Go
  7. Live
  8. Snap
  9. AURA!
  10. Duck Duck Go
  11. MSN Search
  12. Yippi
  13. Boing
  14. Dumbfine
  15. GoYams
  16. MetaGlossary
  17. PlanetSearch
  18. SearchTheWeb2
  19. Terra
  20. Web 2.0
  21. E muito mais!

Isso sem sequer mencionar os sites de busca que já deixaram de existir, como o Altavista. Se você se lembra dele, nos permita dizer… estamos velhos.

A história dos sites de busca

O primeiro motor de pesquisa foi o Wandex, criado em 1993 como um projeto da World Wide Web. No mesmo ano, surgiu a Aliweb, que existe até hoje e que, em 1994, foi lançada como índice durante a First World Wide Web Conference.

Em 1994, nasceu o WebCrawler, hoje conhecido como metabuscador. Ele surgiu como um projeto universitário que permitia realizar uma pesquisa por palavras em qualquer site. Foi vendido para a AOL em meados de 1995.

Nesse mesmo ano, surgiu a famosa Lycos, muito popular nos anos 90, tornando-se a página mais visitada em 1999. Foi a primeira a usar o CPM. Atualmente, pertence à empresa espanhola Terra. E também nasceu Excite!, com o objetivo de melhorar a forma de pesquisar.

Já em 1995, nasceu o Altavista, um dos sites de busca mais populares, graças à possibilidade de pesquisa em vários idiomas e em formato multimídia. Em 2003, foi vendido para o Yahoo!, que também surgiu como um diretório nesse mesmo ano.

Atualmente, o Yahoo! passou por várias alterações, já que, agora, usa seu próprio motor de busca, devido à sua fusão com Altavista e Inktomi, que surgiu em 1996 e também foi comprada pelo Yahoo! em 2003.

O Google nasceu em 1998 e, nos anos 2000, já havia se tornado o principal site de pesquisa. Tinha um poderoso algoritmo chamado PageRank, que analisava a relação entre as páginas da Internet.

Em 2007, surgiu o Ask, o primeiro site de busca comercial do tipo pergunta-resposta. E, em 2009, nasceu o Bing, que se propôs a organizar as buscas para facilitar a experiência do usuário.

Principais sites de busca

Sim, são muitos os buscadores — não estávamos brincando. No entanto, nos aprofundaremos nos sites de pesquisa mais relevantes, começando pelo já bem conhecido Google.

Google

O maior e mais conhecido site de buscas. Embora já existisse previamente, o Google alcançou seu sucesso em meados de 2001. Seu conceito é baseado no uso do PageRank, que tem como premissa que as páginas mais buscadas estejam ligadas, em maior quantidade, a outras páginas.

Seu processo de busca gira em torno de identificar a importância e a concordância dos conteúdos encontrados na Internet com relação às palavras usadas pelo usuário. Para fazer essa classificação, o Google usa diferentes algoritmos para determinar a ordem de aparição dos sites.

Se o Google é o seu principal interesse, não deixe de conferir o nosso kit sobre esse gigante da informação!

CTA de download para o kit: Domine o GooglePowered by Rock Convert

Bing

O segundo buscador mais popular em todo o mundo. Bing é o sistema de pesquisa nativo que os novos dispositivos da Microsoft utilizam, desde o Windows 8.

Yahoo!

O Yahoo! Search foi lançado em 2004 e, mais do que um buscador, pode ser considerado como um portal, graças aos serviços de busca na Internet, email, notícias, loja, agência de viagens, jogos, entretenimento, entre outros.

MSN Search

Para fazer frente ao Google e ao Yahoo!, surgiu o MSN Search. É um buscador que permite fazer pesquisas com facilidade e rapidez, e conta com a adição de outros serviços, como a ferramenta de email Outlook e notícias.

Ask

O Ask é um mecanismo de busca em que você literalmente faz uma pergunta e recebe uma resposta para a dúvida.

Para que serve cada site de busca

Já vimos que há uma variedade de buscadores, e vale ressaltar que cada um existe para desempenhar uma função especial. Se você deseja obter bons resultados, recomendamos que saiba para que funciona cada um deles.

Bem, embora seja verdade que 80% das pesquisas possam ser feitas no Google, existe outro tipo de conhecimento específico ou mais complexo, que só pode ser acessado por meio de outros mecanismos de busca.

Por isso, é importante entender o papel que cada site de pesquisa exerce. Veja só!

Buscadores para pesquisas simples

Se estiver fazendo uma pesquisa geral, o ideal é optar pelos seguintes sites de pesquisa.

Google 

Com um banco de dados próprio, o Google é o motor de pesquisa número um da atualidade. Ele oferece a melhor experiência de pesquisa por meio de buscas rápidas, avançadas e de imagens.

Yahoo!

Um dos buscadores mais populares na Internet, caracteriza-se pela sua função de pesquisa de imagens. Nele, é possível procurar imagens por tamanho, cor predominante e seu tipo, que pode ser GIF, retrato, primeiro plano etc.

Bing

Apesar de não ser tão popular como o Google, esse site de busca oferece excelentes resultados. As pesquisas visuais e as buscas relacionadas são muito úteis no momento de solicitar informações.

Wikipedia

União da palavra havaiana “wiki”, que significa rápido, e uma referência ao termo enciclopédia. A Wikipedia tem um banco de dados próprio de artigos hospedados na sua página sobre os mais diversos assuntos. Esses artigos podem ser editados pelos usuários.

Sites de busca para obter respostas rápidas

WolframAlpha

O WolframAlpha é um site específico que responde a perguntas sobre matemática, astronomia, biologia, finanças, física e química.

Factbites

O Factbites é um buscador em inglês que serve como dicionário para pesquisar informações sobre universidades e bancos de dados. As respostas que ele oferece são de caráter acadêmico.

Yahoo! Respostas

O Yahoo! Respostas é um site popular e prático para responder a perguntas simples. Existem também outros sites, como Quora e Reddit.

Buscadores para trabalhos, relatórios e pesquisas

Se você está procurando dados ou estatísticas, é possível usar sites como:

Zanran

O Zanran é um localizador de dados estatísticos.

NationMaster

O NationMaster é ideal para dados estatísticos sobre países, ele recolhe as informações fornecidas pelo Banco Mundial e permite realizar comparações de métricas e indicadores.

Buscadores que respeitam a privacidade

Duck Duck Go

O Duck Duck Go é muito semelhante ao Google, no entanto, a maneira como apresenta os resultados não se baseia na importância da página de acordo com as informações do conteúdo. O buscador oferece a melhor resposta para a pergunta formulada, mesmo que ela venha de um site que não está bem posicionado.

Search Encrypt

Esse mecanismo de busca alternativo surgiu como uma opção para respeitar a privacidade dos usuários. Com o Search Encrypt, você pode pesquisar de maneira privada e segura, evitando que suas buscas sejam interceptadas.

Sites de busca para resultados acadêmicos e científicos

Ao precisar de resultados de teor acadêmico ou científico, use sites de busca como os seguintes.

Google Acadêmico

O Google Acadêmico é especializado em literatura acadêmico-científica. Inclui livros, artigos, resumos, trabalhos, teses, relatórios técnicos etc.

DeepDyve 

O DeepDyve permite o acesso a inúmeras publicações científicas por meio da assinatura de um plano. Existe uma versão gratuita disponível por 14 dias.

Quando precisar usar mais de um site de busca por vez

Lembra dos metabuscadores? Aqui, estão alguns deles!

Metacrawler 

Assim como todos os outros metabuscadores, o Metacrawler pesquisa respostas no banco de dados de outros sites de busca, o que possibilita obter um número infinito de resultados. É rápido e bastante eficaz.

Dogpile 

Este metabuscador combina os diferentes resultados dos buscadores, eliminando os repetidos e ordenando-os por sua relevância. O Dogpile traz uma lista editável com categorias e tem a opção de pesquisa avançada, filtros de pesquisa e sugestões para pesquisas recentes.

Copernic

O Copernic é um software que permite pesquisar em mais de 1.000 sites de busca ao mesmo tempo.

Sites de busca ecológicos

Ecosia

Ecosia é uma ferramenta de busca ecológica que dirige 80% de sua receita ao plantio de árvores. Esse buscador está associado a organizações como a WeForest, por exemplo, que colabora com seus programas de plantio de árvores.

Gigablast

Também podemos considerá-lo um motor de busca ecológico. Criado em 2000 por Matt Wells, 90% da energia que Gigablast utiliza é eólica. Pesquisas em português deixam um pouco a desejar, mas, se você quiser fazer uma pesquisa em inglês, pode ser uma excelente opção.

Você pode se interessar por esses outros conteúdos sobre SEO!
👉 12 técnicas antigas de SEO que não funcionam mais!
👉 Auditoria de SEO: tutorial completo para o seu blog
👉 SEO para Google Imagens: suas imagens no primeiro lugar do Google
👉 SEM: O que você precisa saber sobre Search Engine Marketing!

Buscadores para encontrar empresas ou dados sobre elas

Os buscadores abaixo são ideais para encontrar informações relacionadas a uma empresa, como o cadastro nacional, o faturamento, entre outras.

Kompass

O Kompass é um site de busca voltado para pesquisar empresas B2B do mundo todo.

Duns and Bradstreet

O Duns and Bradstreet é um site que tem dados financeiros de empresas de todo o mundo. A partir das buscas realizadas nele, é possível identificar ideias de conteúdo vinculadas a diferentes segmentos de mercado e analisar características da concorrência.

Buscadores de redes sociais

Pesquisa avançada no Facebook

O Facebook é um gigante banco de informações e, por esse motivo, o uso de sua pesquisa avançada se faz muito necessário.

Ao fazer uma busca, são exibidos todos os resultados disponíveis, mas é possível aplicar o filtro para restringi-la. É uma excelente ferramenta não só para procurar pessoas, mas qualquer tipo de informação que tenha sido publicada ou compartilhada na rede.

Pesquisa no LinkedIn

No LinkedIn, você pode pesquisar por pessoas, empresas, empregos e respostas. Como usuário comum, a pesquisa funciona com certas limitações. Mas, se você é usuário Premium, tem acesso a mais opções para realizar uma pesquisa avançada. O LinkedIn é uma excelente opção para encontrar vagas de emprego.

Pesquisa no Twitter

O Twitter também tem um mecanismo de busca bastante eficiente. Sua pesquisa avançada permite filtrar o que você deseja encontrar para que os resultados obtidos sejam os mais precisos possíveis.

Buscadores de documentos, e-books e apresentações

Scribd

Nesse site de busca, você encontra uma grande quantidade de material informativo, como revistas, livros, audiolivros e até mesmo algumas partituras.

O Scribd tem uma boa variedade de títulos para acessar de forma online ou fazer download. Para ter acesso ilimitado, é possível adquirir uma assinatura ou fazer o teste gratuito por 30 dias.

SlideShare

O SlideShare é um motor de busca para apresentações, webinars, documentos e livros em PDF. Está associado à sua conta do LinkedIn e dá acesso a um grande número de materiais gratuitamente.

Você também pode se interessar por este conteúdo:
👉 Como editar PDF: altere aquivos em PDF de 3 formas diferentes

ISBNdb

Esse buscador possibilita localizar qualquer livro por nome, autor, gênero e cadastro ISBN. Da mesma forma, você também pode usar sites como Amazon ou os das próprias editoras.

Buscadores em fóruns

BoardReader

Se você quer realizar pesquisas em fóruns, esse mecanismo pode ser bastante útil.

Sites de busca de blogs

Blog Search Engine

O Blog Search Engine é um dos sites de busca onde você pode encontrar blogs e posts colocando a palavra-chave. Traz bons resultados, inclusive, em português.

Buscadores para músicas e filmes

AllMusic

O AllMusic é o mais completo buscador de cantores e músicas que existe no mundo. A ferramenta tem um recurso de pesquisa avançada que permite encontrar músicas, álbuns e artistas de qualquer país.

IMDB

O IMDB é um site de busca para procurar diretores, atores, séries e filmes.

Sites de busca de imagens e vídeos

Flickr

Esse conhecido site de pesquisa de imagens possibilita encontrar uma variedade de fotos, ilustrações e até mesmo vídeos.

Grande parte do conteúdo do Flickr tem direitos reservados, mas você pode encontrar alguns que não têm, ou que autorizam compartilhar com atribuição ao autor.

Pixabay

O Pixabay é um dos melhores sites de busca de imagens com licença para usar seu conteúdo livremente. Permite que você encontre uma variedade de fotos, ilustrações, infográficos e figuras em geral, livres de direitos. É recomendado atribuir a imagem ao seu autor, mas isso não é obrigatório.

Pinterest

O Pinterest é mais do que um site de pesquisa de imagens — é um buscador de conteúdo. Por meio de suas imagens publicadas, você pode encontrar conteúdo valioso.

Aqui, você encontra fotos, infográficos, ilustrações etc., que você pode arquivar dentro da própria plataforma.

Kit Marketing nas Redes SociaisPowered by Rock Convert

TinEye

O TinyEye funciona de forma inversa. Nele, você coloca a imagem e o motor de pesquisa informa onde você encontra essa imagem online.

A pesquisa pode ser feita de duas maneiras: com a imagem que você quer encontrar, ou colocando a URL onde está localizada a imagem que você quer. É uma excelente ferramenta para saber se alguém está usando suas imagens sem o seu consentimento.

Creative Commons Media

No Creative Commons Media, além de imagens, você encontra áudios e vídeos livres de direitos autorais. Se a sua pesquisa for para uso comercial ou se quiser fazer uma adaptação, é possível restringir a busca para esse tipo de arquivo.

O site acessa o banco de dados de outros buscadores e fornece os resultados que você está procurando.

Inclusive, estão lançando uma versão beta com mais opções, para que você possa realizar sua pesquisa avançada usando uma variedade de recursos que permitem restringir os resultados de acordo com a sua necessidade.

WikiMedia Commons

O WikiMedia Commons é outra excelente opção para procurar imagens. Aqui, você encontra uma grande variedade de imagens para compartilhar apenas com a atribuição ao autor.

Nos resultados, você pode ver as licenças de cada uma das imagens para saber como elas podem ser usadas. Além de imagens, você pode encontrar áudios e vídeos.

360 Daily

No 360 Daily, você encontra muitos vídeos em inglês. A plataforma ainda não lançou uma versão em português, mas, se a linguagem não for um impedimento, aqui, você terá uma grande variedade de opções.

Buscadores de menções e conteúdos

Keyhole

O Keyhole permite que você obtenha uma análise de conteúdo sobre sua marca. Você pode procurar por hashtag, palavras-chave, URLs ou menções de sua marca no Twitter ou no Instagram.

SocialMention

Com esse buscador, você pode monitorar suas redes sociais e descobrir as menções que sua marca teve.

BuzzSumo

O BuzzSumo mostra qual é o seu conteúdo com o melhor desempenho nas redes sociais. A versão gratuita é limitada. Você pode contratar a versão paga a partir de 79 dólares por mês.

Sites de busca de dados e estatísticas

SimilarWeb

O SimilarWeb permite obter informações e estatísticas de qualquer site. Não está disponível em português, mas analisa qualquer URL, independentemente do idioma.

BuiltWith

O BuiltWith dá acesso à informação sobre a tecnologia que um site utiliza. Com ele, você pode saber quais são os recursos que um site ou blog usa em termos de tecnologia. Você pode até descobrir o valor gasto aproximado do site com esses recursos.

Por que aprender sobre sites de busca

Como profissionais interessados em marketing, devemos ter plena compreensão sobre diversas áreas do conhecimento.

E, como também nos interessamos por Marketing Digital, devemos estar cientes de cada uma das propostas que a Internet nos oferece — por exemplo, os sites de pesquisa.

Como mencionamos no início do post, quando trabalhamos na Internet, devemos procurar a melhor posição nos buscadores. No entanto, muitas vezes, focamos apenas o Google, quando:

  • existem outros motores de busca que nosso público está usando e estamos desperdiçando seu potencial;
  • nosso negócio pode estar mais relacionado com outra modalidade de site de busca que não estamos considerando.

Basta pesquisar e conhecer profundamente as diretrizes de cada um para aparecer nas melhores posições dos resultados. Este post foi apenas uma visão muito global e superficial do que é o mundo dos buscadores.

O que cabe ressaltar aqui é que é preciso pensar nas necessidades que você tem como marca, empresa e até mesmo como usuário, para saber qual dará mais força em sua estratégia de busca e, por que não, SEO.

Gostou de conhecer sobre cada um desses sites de busca e quer saber mais sobre SEO? Então não se esqueça de baixar o guia mais completo da Internet sobre o assunto!

Guia do SEO 2.0Powered by Rock Convert

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *