Por Cayo Woebcken

Freelancer da Rock Content.

Publicado em 10 de julho de 2019. | Atualizado em 11 de setembro de 2019


Você sabe o que é SMO? Nós te mostramos aqui o que é, como fazer e como evitar o famoso choque de conteúdo nas suas redes sociais!

A utilização de técnicas de SEO para aumentar o alcance do conteúdo produzido para internet é uma prática essencial para qualquer estratégia de Marketing Digital. A partir do entendimento dos critérios de algoritmos de busca, é possível garantir que o material criado pela empresa ranqueie entre os primeiros resultados das SERPs.

Contudo, dominar a página de resultados de pesquisa não é suficiente para uma marca que busca explorar ao máximo a relação com o público digital. O constante crescimento das redes sociais torna-as fundamentais para consolidar a presença online da companhia. Por isso, uma estratégia voltada para elas pode ser valiosa.

É aí que entra o SMO, conceito que, se aplicado corretamente, pode otimizar e maximizar o impacto causado pela utilização das redes sociais. Interessado? Continue lendo o artigo para conhecer as respostas para as seguintes perguntas:

  • O que é SMO?
  • Por que fazer SMO?
  • Quais são as principais diferenças entre SMO, SEO, SEM e SMM?
  • Quais são as principais técnicas de SMO?

O que é SMO?

SMO é a sigla utilziada para se referir ao conceito de Social Media Optmization que, em tradução livre para o português, significa Otimização de Mídias Sociais. A partir da utilização de técnicas específicas, a ideia é utilizar as redes sociais como um catalisador para crescer e consolidar a presença online da sua marca.

Para entender o SMO, é preciso ter em mente o crescimento sem precedentes que as redes sociais têm demonstrado nos últimos anos. Redes como o Instagram, em que 80% dos perfis seguem ao menos uma conta de marca, atraem cada vez mais investimento por parte de companhias que enxergam seu potencial.

Sendo assim, esses canais vêm se tornando peças centrais nas estratégias de Marketing de Conteúdo executadas mundo afora, o que causa um efeito colateral. É que o volume de produção de conteúdo atingiu níveis estratosféricos, o que dificulta a elaboração de posts originais e realmente pertinentes à persona.

O importante é que, com essa crescente onda de empresas investindo em redes sociais, o Google adaptou seu algoritmo para considerar o engajamento da sua página como um fator de ranqueamento.

Isso significa que, além das clássicas técnicas de SEO, agora é preciso produzir conteúdos que ganhem mais e mais curtidas e mais compartilhamentos do que o seu concorrente. Para isso, foi desenvolvido o SMO.

Por que investir em SMO?

No passado, era fácil visualizar a separação entre o marketing voltado para otimização de mecanismos de buscas (SEM) e o focado no uso de redes sociais (SMO). Essa linha, hoje, praticamente não existe mais. As duas estratégias não são apenas aliadas, mas sim essencialmente complementares.

Portanto, o primeiro e mais evidente motivo para aplicar técnicas de SMO é a importância delas para sua abordagem de SEO. Isso fica ainda mais claro com este estudo, que concluiu que 50% das companhias que não experienciam sucesso em SEO não se preocupam em integrar ambas as estratégias.

Assim, vamos imaginar que sua empresa conta com um alto nível de engajamento no Twitter. Embora esse fato não garanta um bom ranqueamento no Google, agregá-lo a uma boa estratégia de SEO vai potencializar os resultados obtidos. Em outras palavras, um equilíbrio entre SEO e SMO é fundamental para o sucesso do seu Marketing Digital.

A seguir, vamos nos aprofundar mais e detalhar os benefícios que o investimento em SMO pode trazer para o seu empreendimento. Acompanhe!

Redução do custo total em marketing em redes sociais

Hoje, qualquer orçamento que contemple os esforços de marketing e publicidade de uma empresa devem ter uma parte separada para o uso em redes sociais. Afinal, as plataformas de anúncios oferecidas por canais como o Facebook e o Instagram, embora pagas, possibilitam o lançamento de campanhas eficientes.

Acontece que essa eficiência só é possível a partir de estudos relacionados ao comportamento do consumidor, suas características demográficas e seus interesses. Isso porque os anúncios trabalham com uma ferramenta de segmentação, que facilita o direcionamento a um público extremamente específico.

Contudo, de nada adianta atrair a audiência até sua página se ela não corresponder a qualidade esperada. Sabe por quê?

As plataformas de anúncio realizam a cobrança de acordo com o cumprimento de metas. Se alguém visualizar o anúncio, realizar o engajamento esperado e, ainda assim, não se interessar pelo conteúdo, isso significa um investimento jogado fora. Como sabemos, é preciso estabelecer uma boa taxa de conversão.

Então, seja o acesso orgânico, seja ele gerado por anúncios, o fato é que a aplicação de técnicas de SMO aumenta as probabilidades de alguém se interessar pelo conteúdo oferecido pela página. Consequentemente, o retorno sobre investimento se torna maior, o que diminui o custo total do marketing voltado para redes sociais.

Guia do SEO 2.0Powered by Rock Convert

Otimização da integração entre redes sociais e outros canais

Se você tem experiência com a aplicação de estratégias de Marketing de Conteúdo, sabe que é essencial diversificar os canais em que os conteúdos são disponibilizados. Sabe também que não adianta contar com uma pluralidade de canais se eles não são integrados de forma coerente.

Isso vai desde o teor do conteúdo postado até mesmo as decisões relacionadas ao design da página. Afinal, tanto a mensagem passada pela marca quanto a sua identidade visual são elementos fundamentais para possibilitar um branding bem feito. Sendo assim, é preciso manter a coesão em todos os canais utilizados.

Dito isso, preocupar-se com a otimização de suas redes sociais facilita consideravelmente essa integração. Isso porque o SMO pode estabelecer as melhores práticas para a gestão das suas páginas, garantindo a entrega de qualidade.

Com a certeza de que os posts nas redes sociais são alinhados com os outros canais da empresa, você pode direcionar posts no seu blog ou website, por exemplo, para seu perfil. Assim, você gera um tráfego extremamente qualificado, aumentando a eficiência de investimentos na área.

Redução do risco de ‘choque de conteúdo’

Lembra que mencionamos que a produção global de conteúdo está passando por um crescimento exponencial e impondo um desafio para profissionais da área? Junto a isso, temos a limitação humana, que torna impossível o consumo de todos os materiais produzidos pela internet.

Esse fenômeno foi abordado por Mark Schaefer no livro The Content Code, lançado em 2014. Nele, o autor introduz o conceito de choque de conteúdo, que descreve exatamente o que você leu no último parágrafo.

Então, com uma oferta bem superior à demanda, é preciso encontrar soluções inteligentes para garantir que o seu conteúdo será consumido. A melhor forma de buscar esse objetivo é com a aplicação do SMO.

Com conteúdos otimizados e realmente relevantes, você se coloca um passo à frente da concorrência e tem a chance de colocar sua marca em uma posição de top of the mind. Isso significa que, quando postos diante de um conteúdo seu e de seu competidor, o consumidor não hesitará em clicar naquele que representa sua marca.

Maximização da interação e engajamento com o público

Atualmente, lidamos com um perfil de público chamado de consumidor 4.0. De acordo com Philip Kotler, isso quer dizer que a relação entre a marca e seus clientes é um fator cada vez mais fundamental para o sucesso do negócio. Isso porque o público atual enxerga as empresas como igual e, portanto, exige sua humanização.

Entendendo essa demanda, diversas marcas já investem em estratégias para se mostrarem acessíveis ao cliente. É por isso que muitas campanhas de email marketing utilizam o nome próprio do remetente, em uma tentativa de estreitar a relação com o lead.

Contudo, não há ferramenta melhor para criar esse relacionamento do que uma rede social. Posts de uma marca no Instagram, por exemplo, estimulam a audiência ao deixar um comentário ou uma curtida. Além de mostrar ao algoritmo que a pessoa se interessa pela página, isso abre espaço para uma interação.

Como o SMO visa aumentar as curtidas e comentários recebidos por post, podemos dizer que ele aumenta as chances de interação. Um público que dialoga com o negócio é fidelizado com maior facilidade. Assim, a estratégia resulta na geração de verdadeiros defensores da marca.

Quais são as principais diferenças entre SMO, SEO, SEM e SMM?

Se você leu até aqui, já sabe o que significa SMO e entende a importância de alinhar essa estratégia com o SEO. Além disso, falamos rapidamente sobre a tênue linha entre tais conceitos e o SEM. Muitas siglas diferentes, não é? Essa situação é bem corriqueira no Marketing Digital, exigindo bastante atenção.

Por isso, antes de nos dedicarmos a explicar as técnicas mais efetivas de Search Marketing Optimization, vamos reservar um espaço para apontar exatamente o que significam as principais siglas relacionadas ao marketing voltado para internet. Continue lendo e entenda as diferenças!

SEO

O SEO, como mencionamos lá no início do artigo, diz respeito ao conjunto de técnicas orgânicas utilizadas para otimizar o ranqueamento de um endereço de web nas SERPs, páginas de resultados de buscadores. É um conceito que integra e se alinha com o SMO.

SEM

Por sua vez, o SEM conta com uma abrangência mais ampla do que o SEO. O Search Engine Marketing, traduzido como Marketing para Mecanismos de Buscas, contempla todas as técnicas — pagas ou orgânicas — empregadas para otimizar os resultados em buscadores.

Embora possa soar semelhante com o SEO, o conceito tem diferenças fundamentais. Enquanto o SEO foca em pontos como escaneabilidade e uso de palavras-chave, o SEM pode incluir práticas como campanhas no Google Adwords ou a utilização de links patrocinados.

Você pode se interessar por estes outros conteúdos de SEO avançado!
👉 Resultados omitidos no Google: saiba o que fazer para voltar a rankear
👉 12 técnicas antigas de SEO que não funcionam mais!
👉 SEO Split Testing: como usar de testes A/B para rankear melhor
👉 Como rankear em primeiro no Google para qualquer palavra-chave?

SMM

O SMM está para o SMO como o SEM está para o SEO. Complicado? Vamos explicar! Lembra como o Search Engine Marketing tem uma abrangência maior do que as técnicas utilizadas no Search Engine Optmization? Então, o SMM, que significa Social Media Marketing, é mais amplo que o SMO.

Sendo assim, essa sigla representa todas as ações de marketing voltadas para redes sociais, sejam elas orgânicas, sejam elas pagas. A ideia é buscar formas de colocar a marca em uma posição que gere engajamento, relacionamento e oportunidades de negócio.

Quais as principais técnicas de SMO?

Como não poderia ser diferente, de nada adianta entender toda a teoria do SMO sem conhecer as melhores técnicas para sua aplicação. Afinal, é justo assumir que a concorrência vai adotar estratégia semelhante e, por isso, é preciso executá-la de forma excelente.

Abaixo, você vai encontrar as técnicas, práticas e estratégias que mais dão resultados na otimização das redes sociais.

Encontre a frequência ideal de postagem

Não é segredo que saber a frequência certa de postagem em seus perfis nas redes sociais é essencial para uma estratégia efetiva. Postar demais pode cansar sua persona, enquanto um baixo volume de posts pode fazer você cair em esquecimento.

Naturalmente, não há fórmula mágica para encontrar o equilíbrio perfeito entre muitos e poucos posts. Sendo assim, só há uma solução: realizar testes e mais testes.

Para realizar os experimentos, você pode adotar a seguinte estratégia: primeiro, para cada rede que você for testar, programe seus posts com uma frequência pré-determinada, duas horas, por exemplo.

Mantenha essa frequência por uma semana, período no qual você deverá acompanhar de perto suas métricas, como curtidas, nível de engajamento e cliques. Na semana seguinte, reduza a sua frequência e continue acompanhando as métricas.

Faça isso semana após semana, até ter dados suficientes para comparar e descobrir qual frequência de postagem maximizou mais seus resultados. A partir desse procedimento, você vai entender melhor o comportamento da persona e identificar os níveis de frequência que causam resultados mais positivos.

Descubra o melhor horário para postar

Além de calcular a frequência de postagem ideal, é essencial que você procure descobrir os melhores dias e horários para postar em cada rede social. Para tal, você pode seguir um procedimento parecido com o utilizado para identificar a regularidade ideal dos posts.

Para começar, crie uma lista com todos os seus posts antigos, as principais métricas referentes a eles e a data e horário de postagem de cada um. Ao avaliar essa lista, você deverá ser capaz de identificar tendências relativas ao momento da postagem.

Por exemplo, se você notar que 7 dos seus 10 posts mais curtidos no Facebook foram postados entre 13 h e 14 h, esse é um bom indicativo do melhor momento para fazer suas postagens.

Reutilize o conteúdo de forma estratégica

Fazer SMO também quer dizer ser inteligente com seu conteúdo nas redes sociais. O conceito de choque de conteúdo nos mostrou que criar um material satisfatório para publicar nos seus canais é uma tarefa cada vez mais desafiadora.

Isso porque só com um conteúdo realmente “sensacional” conseguiríamos ter o mesmo retorno que teríamos com um conteúdo “bom” há alguns anos. Dito isso, sabemos que é inviável produzir posts excelentes todos os dias e ainda manter o nível de frequência desejado.

Assim, é preciso reutilizar seu conteúdo de maneira inteligente. Aquele artigo para o qual você dedicou muita pesquisa e tempo pode servir como base para produzir conteúdos em outros formatos, como infográficos, webinars e ebooks. Dessa forma, você distribui melhor o foco do seu material.

Integre as redes sociais com outros canais de marketing

Já falamos que a integração com outros canais é fundamental para o sucesso de suas redes sociais, vice-versa. E quando falamos de outros canais, não nos restringimos ao seu blog ou website.

Ao incorporar um botão linkando suas redes sociais aos seus emails, você vai impulsionar sua taxa de abertura e conversão. Além disso, vai deixar claro para seus contatos que existem outros lugares na web em que eles podem se engajar com você.

Outro local interessante para a introdução de um link para as mídias sociais é a página de agradecimento da landing page. Aqui, vale lembrar que o texto da landing page em si não deve contar com nenhum tipo de link. Seu único objetivo é conseguir as informações de contato do lead. Já nas páginas de agradecimento, a ideia é válida.

Faça um conteúdo compartilhável

O compartilhamento do conteúdo postado por sua página é fundamental para aumentar o alcance da publicação. Por isso, a criação de conteúdos virais é uma estratégia frequentemente adotada por empresas em suas abordagens digitais.

Dito isso, é preciso ter cuidado para não forçar a barra e sinalizar à audiência que você está buscando a viralização. Ao menor sinal dessa intenção, o público pode ter uma reação negativa e acabar se distanciando da sua marca. Por isso, tenha sempre como foco a satisfação das necessidades e desejos da audiência.

Afinal, não é preciso apelar para estimular o compartilhamento. A utilização de elementos visuais, como imagens, gifs e vídeos, facilita a captura da atenção do público e aumenta as chances de engajamento com o post. Então, desde que dentro do contexto, não hesite em utilizar esse recurso.

Outra técnica interessante para incentivar a viralização é a simples utilização de uma CTA, ou seja, um pequeno texto estimulando uma ação por parte do público. Adicione um botão direto de compartilhamento à sua página e sugira que o público o utilize. É verdade que nem todos vão atender, mas pedir com sutileza não custa nada.

Não importa se a rede social mais utilizada em sua estratégia de Marketing Digital é o Pinterest, o Facebook, o Instagram ou outra. A utilização do conceito de SMO para guiar o gerenciamento da página é essencial para aumentar o ROI, reduzir os efeitos do choque de conteúdo e maximizar o relacionamento com o público.

E aí, pronto para otimizar suas redes sociais? Que tal continuar ampliando o conhecimento sobre o assunto? Neste post, passamos um passo a passo para você obter bons resultados com suas redes sociais. Confira!

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *