Por Redator Rock Content

um de nossos especialistas.

Publicado em 17 de setembro de 2019. | Atualizado em 12 de março de 2020


O suporte para WordPress é decisivo para usuários com conhecimento técnico limitado que buscam resultados mais efetivos em sua estratégia de Marketing Digital. Veja quais situações são mais críticas e quais as opções desse suporte, que podem ser gratuitas ou pagas.

Quer saber como acionar o suporte para WordPress? WordPress é uma das plataformas de publicação de blog e CMS mais populares da atualidade, usado por profissionais de Marketing de Conteúdo, que compõe uma ampla gama de estratégias de Marketing Digital.

A ferramenta é incrivelmente útil para pessoas com conhecimento técnico limitado e, por isso, se tornou tão popular. Porém, para aproveitar ao máximo os recursos da plataforma e inibir erros que comumente podem prejudicar a experiência dos usuários, é necessário saber gerenciar todas as suas funcionalidades.

Se você tem um site pessoal ou corporativo, recebeu uma mensagem de erro ou simplesmente quer saber como aprender a lidar com essa ferramenta tão poderosa para sua estratégia, continue a leitura deste artigo!

Neste post, você verá:

Quais são as situações em que o suporte WordPress é indicado?

Devido às opções de personalização disponíveis, o back-end de cada site WordPress sempre será diferente. Isso pode ser frustrante, por exemplo, para agências que gerenciam várias contas de clientes e devem lidar com diferentes configurações.

Usuários que ainda não têm muitas experiências com a ferramenta também estão mais propensos a situações difíceis e, como a configuração é personalizada, não existe uma solução única para toda a plataforma.

Muitas situações rotineiras podem ser resolvidas com um pouco de paciência e consulta a sites e fóruns confiáveis, mas alguns problemas são mais sérios. Por esse motivo, é recomendável uma consulta ao suporte especializado. Listamos alguns exemplos dessas situações a seguir.

Personalização

A plataforma do WordPress possibilita completa personalização das páginas, em relação aos temas, definição de URL, a meta descrição e o título da página que aparecem nos mecanismos de pesquisa.

Muitos usuários querem que o site seja otimizado com técnicas de SEO e mídias sociais e possibilite análises aprofundadas dos dados gerados por tipos de acesso, por exemplo. Para isso, é necessário fazer o download de vários plugins, e isso significa alterar todo o cronograma de instalação para que o site funcione corretamente.

Existe uma grande variedade de opções que possibilitam a criação de um site único, para qualquer pessoa com o mínimo de conhecimento na ferramenta.

No entanto, à medida que o usuário se aprofunda em um modelo além dos recursos básicos, a curva de aprendizado se torna acentuada, já que layouts personalizados no WordPress exigem páginas totalmente codificadas.

A longo prazo, isso pode criar dificuldades significativas para indivíduos com pouco conhecimento, mesmo para realizar edições mais simples: opções de personalização mais avançadas demandam um entendimento sólido de diferentes linguagens de código.

Um profissional qualificado pode orientar o uso de plugins para componentes essenciais de uma estratégia de Marketing Digital, como e-mail e suporte a redes sociais, a fim de que as campanhas não sejam prejudicadas e sejam gerados relatórios que permitam aumentar a capacidade de adaptação do site às demandas e fortalecer as estratégias escolhidas a longo prazo.

Existem muitos plugins e alguns podem ser incompatíveis com o tema escolhido ou com outros complementos que são executados no site.

Além disso, mesmo se forem adicionados todos os plugins necessários, ainda é possível ficar em desvantagem, uma vez que, quanto mais plugins estiverem em funcionamento, mais lenta a navegação ficará, o que pode prejudicar a experiência do usuário final e o ranqueamento do site.

Segurança

O WordPress usa uma estrutura de código aberto para muitos aspectos do site, o que significa que os programadores podem acessar o código-fonte da página para ver seu funcionamento ou adaptá-lo com base em suas necessidades.

Ao mesmo tempo em que isso pode ser visto como um aspecto positivo, também pode aumentar a vulnerabilidade do site, uma vez que a transparência do código facilita a atuação de hackers, que sempre buscam falhas de segurança. Com um suporte dedicado, é possível minimizar os riscos e inibir esse tipo de atuação.

Atualizações

Justamente para inibir essas falhas de segurança, o WordPress lança muitas atualizações. Apesar de imprescindíveis, essa alteração pode fazer com que certos plugins se tornem incompatíveis. Essa é uma situação em que o suporte para WordPress também é essencial.

Velocidade

O tempo de carregamento de uma página é primordial para uma estratégia de marketing eficiente. Esse problema na velocidade pode ocorrer por excesso de plugins e um código genérico que não contribui para a funcionalidade geral do site.

Powered by Rock Convert

Entre as consequências do carregamento lento, a frustração dos visitantes é a mais prejudicial: ao deixarem o site, a empresa perde clientes de grande potencial de conversão. Além disso, o Google penaliza páginas de baixa velocidade ao prejudicar seu ranqueamento uma vez que usa esse aspecto em seu algoritmo para a classificação de relevância.

Você também pode se interessar por estes outros conteúdos!
👉 76 melhores plugins gratuitos de WordPress para blog [2020]
👉 O que fazer depois de instalar o WordPress: checklist completo – Rock Content
👉 Saiba como mudar o domínio no WordPress de forma simples!
👉 Conheça 12 ferramentas para otimizar imagens no WordPress

Como funciona o suporte para WordPress?

O suporte premium, mais rápido, dedicado e oficial do WordPress, é pago. Mas existem empresas que oferecem auxílio por uma taxa mensal, o que significa que também é possível obter respostas instantâneas de forma indireta.

Essas empresas geralmente são compostas por especialistas que lidam há muito tempo com a ferramenta: ajudam na manutenção e atualizações do site, backups, adição de CSS, respondem a perguntas, oferecem pacotes mais abrangentes, inclusive com plugins, e corrigem problemas desde violação de segurança até velocidade de carregamento da página.

A contratação de um desenvolvedor também pode ser uma forma mais econômica de resolver problemas e até receber auxílio na gestão do site em longo prazo.

Apesar disso, é possível aproveitar ao máximo as fontes oficiais de suporte, contanto que de maneira apropriada:

  • se a pergunta estiver relacionada ao uso do administrador do WordPress, comece pelas páginas de ajuda no próprio painel do WordPress;
  • pesquise no manual do desenvolvedor, a biblioteca é muito abrangente e certamente apontará a melhor resposta para uma pergunta relacionada à ferramenta;
  • use a caixa de pesquisa no canto superior direito do site WordPress.org, mas também cogite a possibilidade de usar ferramentas de pesquisa, como o Google, que pode direcionar para o site oficial e ainda corrige erros ortográficos e aponta uma gama mais ampla de resultados.

Existem opções de suporte para WordPress gratuitas?

O WordPress disponibiliza a opção de participação em fóruns, consulta a uma documentação bem abrangente para a resolução dos principais problemas encontrados pelos usuários no uso da ferramenta ou contato direto em tempo real.

Fóruns

Os fóruns são baseados na comunidade local, a participação é ilimitada e, devido ao alto nível de informação, é uma excelente oportunidade de aprender e compartilhar experiências na solução de problemas. São organizados em tópicos, para facilitar a busca do usuário e vão desde os mais populares até os resolvidos e não solucionados.

Para obter ajuda, basta criar um novo tópico no fórum apropriado; o usuário é encorajado a abrir uma demanda mesmo que seja similar a outro problema, já que sites são únicos e isso origina buscas diferentes. Além disso, é possível marcar a solicitação para receber as notificações por e-mail e acompanhar as respostas do tópico.

Após testar as soluções recomendadas, o usuário também é incentivado a voltar ao tópico com os resultados, para informar aos demais participantes se a solução funcionou ou não e, assim, ajudar outras pessoas depois, num processo colaborativo que engrandece cada vez mais a comunidade.

Outra forma de participação é oferecer ajuda: basta procurar um tema ou fórum de interesse e responder aos tópicos, por isso há uma lista de tópicos não respondidos.

Mesmo sem saber a resposta, o usuário também pode acompanhar a discussão, basta acionar o alerta de notificações para ver qualquer atualização e aprender um pouco mais sobre WordPress.

Documentação de suporte

O manual de suporte para WordPress contém dicas e conselhos para melhorar a experiência do usuário na plataforma. Também é elaborado pela comunidade a partir de dez anos de experiência do suporte dado ao WordPress.

A biblioteca de documentos e tutoriais também é composta por vídeos que auxiliam, inclusive, usuários sem experiência alguma em WordPress. É disponibilizado ainda um manual exclusivo para códigos, temas e plugins.

Suporte por bate-papo ao vivo

Embora não haja um número de contato do WordPress, os usuários podem obter assistência em tempo real, por meio do contato direto com o setor de engenharia da ferramenta. A opção está disponível para assinantes do WordPress que aderiram ao planos Pessoal, Premium ou Comercial.

O bate-papo está disponível 24 horas por dia, de segunda a sexta-feira e por algumas horas também no fim de semana. Para usar essa opção, basta preencher o formulário Fale Conosco durante o acesso à conta do WordPress. Se os profissionais estiverem ocupados, o usuário recebe uma resposta por e-mail.

Atenção, essa opção é limitada a algumas contas, ou seja, não está disponível para usuários com sites hospedados no WordPress.org ou para aqueles com contas gratuitas.

Muitos problemas podem se tornar frequentes no acesso ao WordPress. Alguns dos mais comuns incluem erros de sintaxe, nos plugins e de feeds RSS. Eles apontam mensagens de erro que, apesar de comuns e da ampla gama de recursos disponíveis para suporte, podem se tornar um grande inconveniente.

Por isso é importante entender melhor o funcionamento da plataforma para determinar a causa desse tipo de mensagem, realizar a correção e evitar acionar o suporte para WordPress.

Como a grande maioria é configurada de forma personalizada, pode ser difícil diagnosticar um problema específico e corrigir o erro sem ajuda de um desenvolvedor habilitado.

Selecionamos um conteúdo que pode ajudar a entender melhor esses erros: confira o artigo Aprenda a corrigir os 20 erros mais comuns do WordPress e aprofunde seus conhecimentos sobre essa ferramenta.

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *