Por Daniel Moraes

Redator Freelancer na Rock Content

Publicado em 10 de julho de 2019. | Atualizado em 4 de dezembro de 2019


Existem inúmeras técnicas de Marketing para melhorar os resultados do seu negócio. Separamos as 13 melhores nesse post, confira!

Como você encara o Marketing no seu negócio?

Se está atento às empresas mais bem-sucedidas do mundo, você sabe que não dá para sobreviver no mercado sem uma boa estratégia de atração e retenção.

E por isso você precisa selecionar (e aplicar no seu negócio!) as técnicas de marketing que são adequadas para o seu bolso e realmente ajudam a alavancar as suas vendas.

Mas por onde começar? 

O primeiro passo é conhecer o que tem disponível no mercado. Por isso, vamos mostrar agora 26 técnicas de marketing para você aplicar no seu negócio hoje mesmo!

1. Google Meu Negócio

Aparecer na 1ª página do Google está entre os principais alvos de equipes de marketing em empresas de todos os segmentos e tamanhos.

E você tem a chance de conseguir isso sem gastar nada com o Google Meu Negócio.

Ainda não sabe do que se trata? Nós explicamos!

A plataforma do Google é usada para divulgar negócios locais de pequeno e médio porte de forma a tornar a busca dos usuários mais simples e prática.

Você já buscou algum estabelecimento comercial ou empresa e encontrou uma descrição logo no topo da página de busca, com endereço, avaliações e até mapa para chegar lá?

Esse é um exemplo de negócio que usa essa ferramenta Google!

2. Sites de recomendações

Na sua área de atuação existem sites de recomendações ou de avaliações de cliente para cliente?Se sim, aproveite esses canais para causar uma boa impressão e interagir com os possíveis clientes.

Um setor que se beneficia muito desse tipo de plataforma é o de hotelaria e turismo, sites como Yelp, Kekanto e TripAdvisor são usados todos os dias por milhões de pessoas que buscam recomendações de lugares bacanas.

O Reclame Aqui também é um canal que você pode usar para reverter opiniões ruins de clientes insatisfeitos e até conquistar defensores para a sua marca.

3. SEO

SEO é a sigla de Search Engine Optimization, que traduzido para o português significa otimização para mecanismos de busca.

Esse termo se trata do conjunto de técnicas que são usadas para que as suas páginas na internet, como o seu blog ou o seu site, sejam otimizados.

Na prática isso quer dizer que, com o uso adequado do SEO, as suas páginas na web podem ter um bom ranqueamento em sites de pesquisa como o Google

Desse modo você atrai tráfego orgânico, aumenta os seus leads e, consequentemente, o faturamento da sua empresa.

4. Blog

Segundo a pesquisa Content Trends 2018, 73% das empresas usam Marketing de Conteúdo no Brasil, o que inclui manter blogs atualizados.

Quais são benefícios disso?

As empresas que usam blogs em suas estratégias têm o dobro de visitas em canais digitais em comparação com as que não usam.

As que publicam mais de 12 conteúdos por mês conseguem quase 4 vezes mais visitas.

A solução aqui é clara:

Crie um blog, publique apenas conteúdo de qualidade para o seu público (não apenas sobre o que você gosta de escrever) e tenha paciência.

5. Redes sociais

As redes sociais são plataformas online onde as pessoas vão para se conectar com outros indivíduos, ou marcas, que tenham alguns fatores comuns. 

Alguns deles podem ser: 

  • objetivos;
  • interesses;
  • localização;
  • visão de mundo. 

De modo resumido, quem procura uma rede social está buscando um espaço para socializar, seja de modo profissional ou pessoal.

As redes sociais mais usadas hoje em dia são o Facebook, o Instagram, o Twitter e o LinkedIn.

Marcar presença nas redes sociais faz com que a sua empresa consiga manter uma linha de comunicação aberta com os seus clientes. Fazer bom uso das ferramentas que elas disponibilizam pode ajudar a sua marca a ganhar uma forte visibilidade no mercado.

6. Conteúdo multimídia

Quando falamos em blog, você pensa em criar apenas textos escritos, de tamanhos variados? Se é isso o que vem à sua mente, é bom mudar de conceito.

Existem muitos formatos de conteúdo nos quais vale a pena investir para aumentar o alcance da sua mensagem e o engajamento do seu público.

Entre eles, podemos destacar:

O destaque dado aos vídeos não é sem motivos, temos razões válidas para acreditar que essa é a forma de marketing do futuro.

7. Marketing de Guerrilha

Quando você tem pouco dinheiro, muita criatividade e precisa chamar atenção para a sua empresa de forma urgente, o que fazer?

Use o Marketing de Guerrilha! Essa técnica exige um certo nível de ousadia, mas compensa muito o investimento.

Ela já foi usada (e continua a ser) por pequenas empresas, grandes marcas e organizações sem fins lucrativos.

A ideia é criar ações de marketing, seja de forma física ou digital, que sejam tão interessantes que se tornem impossíveis de ignorar e causem impacto no seu público.

Já mostramos alguns exemplos brilhantes que você pode usar como inspiração.

8. Marketing de Conteúdo

Se você já segue as dicas #1 e #3, sabe que o potencial que os sites de busca (alô, Google!) têm para aproximar possíveis clientes da sua empresa.

Criar conteúdo é uma das melhores formas de ser encontrado facilmente pelas pessoas que podem comprar de você.

Para isso, é preciso conhecer conceitos importantes, como:

9. Email Marketing

Para simplificar bem a explicação, podemos dizer que o marketing bem-feito envolve 2 etapas:

  • a 1ª é atrair a atenção para a mensagem da empresa;
  • a 2ª é manter o interesse ativo até a hora de fechar a venda.

Criar uma lista de Email Marketing está entre as melhores técnicas que você pode usar para completar a 2ª etapa.

O email apresenta vários benefícios que outros canais, como as redes sociais, não têm, apesar da sua evidente importância para a estratégia.

10. Criação de comunidades

Uma comunidade diz respeito a um grupo de pessoas que objetivos e gostos em comum. As pessoas ali presentes tem o mesmo propósito e compartilham algumas de suas vivências.

É preciso ter bem claro que, para que exista uma comunidade, é preciso ter troca de experiência, existir semelhanças entre as pessoas que fazem parte dela e um fator de motivação comum.

No mundo presencial, um excelente exemplo de comunidade são as Igrejas. Nelas as pessoas têm as mesmas crenças, vivências e preocupações, ou seja, se identificam como semelhantes.

Assim, fica mais fácil entender o tipo de ambiente que você deseja em uma comunidade. 

Isso pode ser feito criando-se grupos, como no Facebook ou no Whatsapp e colocando em contato as pessoas que se identificam umas com as outras e com o propósito da sua marca.

Lembre-se que é preciso pensar em como fazer o gerenciamento adequado da comunidade. Só assim as pessoas estarão em um ambiente que passe os valores que a sua empresa deseja. 

11. Mobile friendly

Mobile friendly, que traduzido livremente do inglês significa amigável aos dispositivos móveis, é um modo de programar sites que sejam responsivos e fáceis de usar tanto em aparelhos móveis, como celulares e tablets, como na tela de um computador.

Ao fazer isso, você foca na experiência do seu cliente, desde o primeiro clique na sua página.

Assim, você pode aumentar as suas vendas, afinal, o consumidor terá boas referências da sua empresa, e poderá acessar seu site facilmente, de qualquer lugar.

12. Podcasts

Podcasts diz respeito a episódios gravados em série que são transmitidos no mundo digital

Geralmente, esses episódios são áudios de uma entrevista ou gravações individuais onde um apresentador fala sobre um tema específico e de interesse do público.

A palavra podcast é resultado da junção das palavras iPod (mostrando que é algo portátil) e Brodcast (mostrando que é uma transmissão que segue o modelo de um rádio).

Para produzir esse tipo de conteúdo é preciso levar em conta quais são as necessidades da sua persona e também ter uma boa estrutura para produzir áudios de qualidade.

Por fazer bom uso dos podcasts você consegue agregar valor aquilo que é oferecido ao seu cliente.

13. Webinars

Webinaré uma abreviação de web based seminar. Em português, esse conjunto de palavras significa um seminário feito na internet

Ao fazer uso dele você pode gerar leads ou mesmo facilitar a conversão do seu cliente na próxima etapa da jornada dele.

O webinar também é muito eficaz para lidar com as pessoas na última fase do seu funil de vendas, ou seja, na etapa de decisão. Isso por que você consegue fazer abordagens mais diretas que levam o seu possível cliente a ação de compra.

Uma forma de enriquecer a experiência dos seus clientes é por oferecer webinars exclusivos, interações em tempo real e tutorias que ajudam no dia a dia da sua persona. Isso abre espaço para a fidelização.

14. Links patrocinados

Os já conhecidos anúncios não morreram, mas evoluíram muito. Se a sua empresa ainda investe em panfletos, carros de som ou anúncios no rádio, que tal escolher uma forma mais eficaz de se promover?

Os links patrocinados, como se chamam os anúncios feitos no Google e nas redes sociais, apresentam grande potencial de acelerar seu processo de vendas.

Por que usar essa técnica?

Porque está cada dia mais difícil criar uma audiência leal nas redes sociais sem investir em divulgação paga, e mesmo uma boa estratégia de SEO leva tempo até chegar nos primeiros resultados do Google.

15. Eventos

Se a sua empresa vende para outras empresas, os eventos podem ser boas oportunidades de expor seus produtos e serviços e de fechar vendas e parcerias valiosas.

Pensando ainda nesse cenário de empresas B2B, eventos da indústria podem ser boas ocasiões para aprender com outras empresas do setor as melhores maneiras de encontrar e converter novos clientes.

Se não tiver grandes eventos no seu setor de mercado ou região, aproveite a oportunidade e organize o seu próprio evento, isso colocará o seu negócio como referência de mercado.

16. Parcerias

Estamos tão acostumados a falar de concorrência e competitividade que é fácil desenvolver um certo espírito de independência, ou seja, achar que a única forma de alcançar seus objetivos é por fazer tudo sozinho.

No português mais claro possível: isso é a maior bobagem!

Desenvolver parcerias estratégicas é uma das maneiras mais rápidas e baratas de aumentar as vendas.

Você pode criar conteúdo, ações específicas de marketing ou até produtos e serviços em conjunto com outras empresas.

17. Programa de indicações

Muitas empresas dependem 100% de indicações para continuar na ativa. Isso não é saudável, pois está fora do controle do empreendedor, e as indicações podem falhar a qualquer momento.

Mas essa ideia é bastante válida enquanto uma técnica de marketing a ser combinada com várias outras, como as citadas até agora.

Um jeito de tornar as indicações mais previsíveis e escaláveis é criar um programa de indicações.

Empresas como Hotmail e Dropbox se tornaram cases de sucesso mundiais por usar programas bem elaborados de indicações.

Vale lembrar que elas usaram essa técnica quando ainda não tinham todo o poder de fogo atual para ações de marketing.

18. Atendimento ao cliente

Mesmo um bom produto, uma equipe qualificada de Marketing e um bom processo de vendas podem ser condenados por um atendimento ruim.

O atendimento ainda é desconsiderado como técnica de marketing, porque os empreendedores não param para pensar no que acontece depois da interação entre empresa e cliente.

Se o problema ou dúvida for solucionado com agilidade, linguagem amigável e disposição de ajudar, ele vai ficar satisfeito e até contar a outros sobre isso.

O contrário também é verdade:

Um atendimento lento, robótico e sem solução clara vai causar frustração e fazer o cliente compartilhar o sentimento negativo com outros.

Qual dos 2 você acha que vai ajudar a aumentar as suas vendas e manter os seus atuais clientes satisfeitos?

19. Landing pages

As Landing Pages são páginas da internet que podem aparecer no seu blog ou no seu site, com poucos elementos. O foco dela é ter uma chamada para ação  —  CTA  —  principal e evitar distrações para aumentar as chances de conversão.

Ela é uma grande aliada para que as visitas nas suas páginas da web passem do estágio de atração do seu funil de vendas. 

Mas como as landing pages funcionam?

Em uma página sem distrações, simples e objetiva, o seu cliente em potencial oferece informações pessoais, nome e e-mail de contato, em troca de algum conteúdo valioso para ele.

Isso abre a oportunidade de você ter um contato mais próximo com as pessoas interessadas nos seus produtos até que elas efetuem a compra.

20. Áudio marketing

O Áudio marketing é um tipo de conteúdo que as pessoas podem consumir enquanto estão fazendo outras coisas, como atividades físicas, limpando a casa, dirigindo ou mesmo comendo.

Esse termo, áudio marketing, diz respeito a um marketing de voz. Para fazer bom uso dessa técnica de venda você pode:

  • criar programas semelhantes aos de rádio;
  • fazer narrações
  • criar a possibilidade de uma pessoa ouvir o seu conteúdo no lugar de ler.

Essa estratégia também ajuda você a tornar as suas postagens mais acessíveis.

21. Influenciadores digitais

Os influenciadores digitais são pessoas que tem um público grande e engajado em sua rede social. Existem influenciadores de diversos segmentos, como empreendedorismo, educação, humor, estética e outros.

Você pode fazer bom uso deles por oferecer pagamentos para que eles divulguem os seus produtos. 

Para essa estratégia dar certo você precisa encontrar um influenciador digital que tem um público semelhante ao seu e tenha credibilidade no mercado.

Por isso, ele deverá testar os seus produtos ou fazer uso dos seus serviços antes de indicar isso para outras pessoas. Assim, o público terá confiança e vontade de conhecer o que você oferece.

22. Link building

De modo resumido o link building diz respeito ao seu empenho e tática para adquirir links de outros sites e também se tornar links de páginas externas. 

Isso é importante por que funciona como um sistema de indicações. Quanto mais páginas diferentes indicarem aquilo que você diz, mais os sites de buscas entende que o conteúdo que você oferece é bom.

Um modo de começar a fazer isso é linkar posts mais antigos do seu blog nos mais recentes.

23. Marketing viral

Marketing viral são os conteúdos que você cria para encorajar as pessoas a passarem a sua mensagem adiante, de modo que ele ganhe muita popularidade. 

Ele é focado na qualidade, afinal, é isso que o seu público busca para compartilhar o que você deseja. 

Em outras palavras o marketing viral só vai funcionar se os seus produtos ou serviços atenderem as expectativas do seu público.

24. Patrocínio

Para a usar o patrocínio, a sua empresa deve fornecer um recurso para alguma atividade ou um evento. Em troca disso, você forma uma associação com aquela atividade que patrocinou.

Um exemplo muito comum disso no Brasil são empresas que patrocinam times de futebol. Na camiseta dos jogadores ou mesmo no cartaz atrás da área de entrevistas, aparece os nomes das marcas.

Existem muitos modos de fazer isso, alguns deles são:

  • pagar uma cota;
  • oferecer pessoal para trabalhar no local;
  • ajudar a organizar a atividade;
  • doar os materiais necessários para o evento.

Esse é um excelente meio de ganhar visibilidade. Para isso dar certo você precisa pesquisar os eventos compatíveis com seu nicho e ver qual deles vale a pena apoiar.

25. Assessoria de imprensa

O tempo todo vemos notícias e histórias de empresas que alcançam os seus objetivos e causam impacto no mercado, mas você já parou para pensar em como essas notícias são descobertas?

É verdade que alguns conteúdos viralizam, porém, na maioria das vezes, existe o trabalho cuidadoso de profissionais especializados em colocar as notícias na frente das pessoas certas.

Contratar uma assessoria de imprensa pode alavancar a sua presença na mídia, nos blogs e nas redes sociais que o seu cliente ideal acompanha.

26. Merchandising

Merchandising é uma palavra em inglês para descrever a atividade de promover os produtos em seu ponto de venda.

Em outras palavras, merchandising é uma técnica de marketing que apresenta e repassa as informações dos produtos em ambiente próprio para convencer o seu cliente a comprar.

Ao fazer uso do merchandising você diminui os seus custos e aumenta a sua lucratividade, afinal, para o essa técnica de marketing dar certo você precisa atrair os clientes e entender o comportamento de compra deles.

Como você viu, existem muitas técnicas de marketing para você atrair e fidelizar os clientes. Selecione a que se encaixa melhor no seu perfil e comece a aplicar agora mesmo. 

Gostou de conhecer essas técnicas de marketing para aplicar no seu negócio? Quer saber mais sobre esse assunto? Veja agora como planejar e realizar essas pesquisas para conseguir ótimos resultados!

Pesquisas de Marketing

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *