TikTok: o que você precisa entender sobre a rede social do momento

TikTok: o que você precisa entender sobre a rede social do momento

Os números são de muito destaque e o uso do aplicativo se mostra muito divertido e amplo. O TikTok tem ganhado espaço no mercado, fazendo frente a concorrentes de peso, como Facebook e Instagram. O sucesso, no entanto, tem origem principal em uma eficiente estratégia de negócio.

Os aplicativos são mais úteis, funcionais e importantes desde que os smartphones surgiram. Paralelamente às funcionalidades que ajudam o cotidiano, há também o segmento de diversão.

Em meio a essa categoria, um aplicativo vem se destacando: o TikTok! Ele é a rede social do momento e está alcançando números muito relevantes de downloads desde 2018.

O TikTok tem feito barulho e disputa lugar com redes sociais já aclamadas, como Instagram e Facebook, graças ao seu direcionamento divertido e segmentação para o público jovem.

Ficou curioso para saber de onde vem tanto sucesso e por que ele é tão baixado? Neste post, você entenderá o que precisa saber sobre o TikTok e conhecerá mais alguns detalhes sobre esse aplicativo. Vamos lá?

Como o TikTok surgiu?

O TikTok é um aplicativo que surgiu a partir da fusão com o Musical.ly, que tinha um direcionamento voltado para a música.

Essa linha se manteve, porém, a proposta de seus criadores era expandir a atuação e realmente desenvolver um aplicativo que disputasse com os gigantes do segmento.

A partir desse movimento de fusão, novas ideias foram implementadas para uma abordagem diferente na oferta ao usuário. A proposta era levar um aplicativo mais completo e que, principalmente, permitisse interação entre os usuários.

Esse novo conceito fez com que o TikTok fosse mais do que somente um aplicativo de dublagem e música, se tornando uma rede social.

O que mais impressiona ao observar o TikTok é a velocidade com que ele conseguiu seu “boom”. A fusão com o Musical.ly aconteceu em agosto de 2018 e, em outubro do mesmo ano, o aplicativo já superava em número de downloads alguns gigantes como o Facebook, o YouTube e o Instagram.

Era um sinal de que, ao menos naquele momento, a estratégia parecia estar direcionada para o caminho certo.

O que motivou o crescimento do TikTok?

Os movimentos do TikTok no mercado foram devidamente pensados e estudados, o que ajuda a entender o seu crescimento.

A desenvolvedora do aplicativo é a chinesa ByteDance, que já tinha em sua estratégia a segmentação de mercado para o público jovem e o foco em música.

Ao observar o sucesso que o Musical.ly atingiu, os chineses entenderam que, ali, havia uma grande oportunidade de negócio.

A ByteDance adquiriu o Musical.ly, justamente, para ampliar a sua atuação. Assim, a empresa começou a explorar o mercado ocidental, que já estava habituado e engajado com o antigo aplicativo.

Essa estratégia foi um dos grandes segredos que resultaram no rápido avanço em downloads e no crescimento da popularidade do TikTok.

Tendo feito muito sucesso nos EUA, o Musical.ly também era chinês, ainda que tivesse uma sede na Califórnia. A partir disso, a popularização do antigo aplicativo aconteceu mais facilmente. Na fusão com o TikTok, esse movimento de rápida conquista de público foi natural.

Os valores da operação

A operação era ambiciosa, e os números envolvidos nela mostraram muito bem o quanto a ByteDance apostava que entrar no mercado americano seria um bom negócio.

A fusão entre TikTok e Musical.ly movimentou nada menos do que valores entre 800 milhões a 1 bilhão de dólares.

A transição

De certo modo, a transição da marca Musical.ly para TikTok foi um tanto quanto rápida e muito prática. O aplicativo simplesmente mudou de nome!

Quem tinha o Musical.ly instalado no smartphone percebeu de um dia para o outro que ele havia mudado de novo e, agora, funcionava de forma diferente. Apesar de questionável, essa alteração foi estratégica.

De maneira automática, a ByteDance aproveitou, em um primeiro momento, toda a base de usuários americanos que o Musical.ly tinha, apenas inserindo a nova proposta de aplicativo no antigo sistema.

Ainda que isso tenha causado certo impacto, com possíveis usuários desinstalando o aplicativo, outros foram pelo caminho da curiosidade. Ao perceberem um sistema mais interessante, o engajamento aconteceu.

Como foi o início do TikTok no mercado americano e mundial?

Talvez o que mais surpreenda no crescimento do TikTok seja a rápida ascensão que o aplicativo obteve em menos de um ano, indo além do mercado asiático.

Apesar de assustar quem vê de fora, todo esse movimento foi devidamente pensado. Afinal, qual empresa investiria 1 bilhão de dólares sem a certeza de que o negócio teria excelentes perspectivas de expansão?

Em apenas 3 meses do funcionamento do novo TikTok, 130 milhões de usuários ativos já podiam ser contabilizados no aplicativo. Números tão impactantes serviram para animar os investidores, que, naquele momento, entenderam que o planejamento realizado poderia ser alcançado.

A estratégia de negócio

No momento da fusão, a ByteDance tinha metas claras, e elas giravam em torno de números: 500 milhões de usuários ativos. A proposta era atingir essa marca para, então, recuperar todo o investimento obtido e começar a lucrar com o aplicativo.

O caminho parece aberto para isso, já que o número de downloads do aplicativo não para de subir. Só em dezembro de 2018, o TikTok foi baixado por 75 milhões de usuários, o que constituiu um recorde.

Hoje, o total de instalações em smartphones já atingiu a marca de 1 bilhão. Essa era a chancela que a ByteDance precisava para começar o projeto de lucratividade com o aplicativo.

A monetização

Apesar de ser totalmente gratuito, o TikTok tem amplas possibilidades de monetização, e foi justamente por isso que houve todo esse movimento de fusão.

A principal forma de ganhar dinheiro é muito simples: a publicidade. A partir de dezembro de 2018, os anúncios começaram a ser testados no aplicativo, e os usuários já puderam visualizar campanhas de empresas de todos os tipos.

Afinal, uma grande base de usuários ativos e números impactantes de downloads são um prato cheio para atrair anunciantes para o TikTok. Contudo, o aplicativo prezou por manter publicidade segmentada, ou seja, que realmente interesse aos usuários.

Por ter um público mais jovem, o espaço foi aberto para empresas que ofereçam produtos e serviços adequados a essa faixa etária.

Antes dos anúncios, no entanto, já havia uma forma de monetizar. Como há muitos perfis de artistas em início de carreira, o TikTok permitia doações de seguidores. Nessa oportunidade, a forma de lucrar era ficar com um percentual do dinheiro que era repassado às celebridades.

Como funciona o TikTok?

O TikTok é um aplicativo muito próximo da ideia do antigo Musical.ly: estimular a criatividade de músicos, permitindo que eles façam apresentações diante da câmera do smartphone por meio de conteúdo em vídeo.

No entanto, as mudanças do aplicativo trouxeram várias possibilidades de edições, além de funções como dublagem e muitas outras formas de gerar conteúdo.

O próprio aplicativo disponibiliza um acervo de canções que podem ser dubladas pelos usuários, o que torna o uso bem divertido.

Por estarem na plataforma há bastante tempo, muitas dessas pessoas já se tornaram bem populares e têm milhões de seguidores. Essa característica aproxima o TikTok das outras redes sociais, e esse novo formato foi fundamental para o crescimento do aplicativo.

Hoje, também há funções já vistas e exploradas para ganhar seguidores no Instagram, como filtros, adesivos e uma série de outras funções de edição. Juntos, esses elementos dão aos usuários as ferramentas necessárias para explorar a criatividade.

O uso vai muito além das dublagens e das músicas, com todo tipo de conteúdo divertido sendo gerado para um público jovem e que engaja com muita facilidade.

Como conseguir seguidores no InstagramPowered by Rock Convert

Hashtags

O aplicativo também permite segmentar os vídeos por meio de hashtag. Assim, como no Instagram, é possível encontrar diferentes temas com os termos inseridos após o “#”.

Para quem quer ganhar popularidade no TikTok, usar esse recurso é fundamental para ter visibilidade.

Mensagens

A maior proximidade com o conceito de rede social abriu espaço também para as mensagens diretas, também já muito utilizadas no Instagram.

Os usuários podem se comunicar de maneira mais efetiva com quem seguem, além de todos os outros perfis do TikTok.

Variedade de conteúdo

Ao acessar o TikTok atualmente, é possível perceber como o aplicativo não se limitou apenas à temática musical.

Os conteúdos são de todos os tipos, criados por pessoas de todas as idades, porém, sempre com uma característica principal: o humor.

Desde os vídeos fofinhos de cães e gatos até pessoas dançando, tudo ajuda a criar um ambiente leve e muito interessante ao usuário.

Musers

Os Musers estão para o TikTok assim como os youtubers estão para o YouTube. Esses usuários geram conteúdo há bastante tempo, se dedicando bastante à proposta da plataforma.

Por terem praticamente se profissionalizado, seus vídeos são mais famosos e acessados. Eles também fazem o papel dos influencers, tão comentados ultimamente, em especial, quando o assunto é marketing de influência.

Uso

Para começar a usar o TikTok é muito simples: basta baixar o aplicativo, que está disponível tanto para usuários iOS quanto Android. É possível sincronizar com contas como a do Twitter, Facebook ou Instagram, para ter um perfil rapidamente no aplicativo.

Todo o sucesso do TikTok tem uma explicação e, por trás dele, uma boa estratégia e um plano de negócio. A tendência é que ele cresça ainda mais, conquistando mais usuários e abrindo novas formas de monetizar.

Agora que já conhece esse verdadeiro fenômeno, veja este guia de tamanhos de vídeos para redes sociais em 2019 e melhore seus resultados em cada uma das plataformas!

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo