Por Redator Rock Content

um de nossos especialistas.

Publicado em 4 de setembro de 2019. | Atualizado em 10 de setembro de 2019


O Twitter desativou temporariamente a funcionalidade de tuitar via mensagem de texto alguns dias depois que o recurso foi mal usado por hackers. Os invasores violaram a conta do CEO do Twitter, Jack Dorsey, para tuitar uma ofensa racial, ameaça de bomba e outras mensagens rudes.

A capacidade de tuitar via texto era bem importante para o Twitter no início da vida do serviço, mas, hoje, é um recurso relativamente ultrapassado da plataforma, já que a maioria das pessoas faz uso do aplicativo para celular.

O recurso, que permite que sejam publicados tweets na rede social por meio de mensagens, ainda existe, e permite que você envie um número de texto, como 40404, e tenha esse conteúdo postado em sua conta.

Apesar de inofensível, isso pode causar problemas reais quando o número de telefone de alguém é roubado, uma técnica que os hackers usam cada vez mais para comprometer as contas, em vista da falta de segurança sobre elas por parte das operadoras.

Pensando nisso, explicaremos neste conteúdo exatamente o que motivou a pausa temporária do serviço.Continue a leitura e confira!

Entenda por que a funcionalidade foi suspensa

Na sexta-feira passada, depois que os hackers tiveram acesso ao número de Dorsey, eles foram capazes de usar mensagens de texto para postar com seu nome de usuário, mesmo sem estar conectado à sua conta.

O Twitter diz que está fazendo a alteração “para proteger as contas das pessoas“. O serviço responsabilizou as operadoras de celular, dizendo que elas precisam solucionar vulnerabilidades que permitem esse tipo de uso indevido.

O Twitter também disse que precisava melhorar seu sistema de autenticação de dois fatores (2FA), que também depende de mensagens de texto e poderia ser comprometido da mesma maneira.

Parece que o recurso de texto para tuitar pode ser mantido desabilitado por algum tempo na maioria dos países. O Twitter afirmou que reativará o recurso em breve em países que dependem do SMS para uma comunicação confiável e que investirá em uma “estratégia de longo prazo” para o recurso, mas não deu detalhes sobre o que seria. 

O que aconteceu com o Twitter não é em sua maior parte culpa do serviço, mas sim da criação de uma funcionalidade que não previa o que vivemos hoje. O cenário atual tem como característica uma grande concentração de atividade e dados nos aparelhos celulares e pouca segurança quanto a eles por parte das operadoras telefônicas.

Por fim, com tais acontecimentos podemos ver que as empresas que dependem de plataformas tecnológicas para se estabelecer devem estar sempre atentas às políticas de segurança e os riscos que estão envolvidos.

Gostou de ficar por dentro dessa notícia, então confira algumas outras novidades sobre redes sociais!

Você também pode se interessar por estes outros conteúdos!
👉 Saiba como publicar e agendar postagens no Instagram e no IGTV
👉 Será possível seguir tópicos no Twitter: saiba mais!
👉 Google Shoelace: a nova rede social de eventos locais
👉 Instagram lançará 5 novos tipos de Boomerang e muito mais!

Este conteúdo é uma tradução adaptada do The Verge.

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *