Por Ana Júlia Ramos

Redatora freelancer da Rock Content

Publicado em 27 de abril de 2019. | Atualizado em 20 de setembro de 2019


Chamada de Twitter Live, a funcionalidade de transmissão ao vivo do Twitter pode ser uma excelente aliada na hora de produzir conteúdo de qualidade e gerar maior engajamento na rede social. Aprenda as melhores formas de desdobrar a ação na prática!

As principais redes sociais da atualidade vêm investindo constantemente em formas de tornar a produção de conteúdo mais natural e instantânea: Instagram Stories, WhatsApp Status e Facebook Live são alguns exemplos muito populares.

O Twitter Live é uma ferramenta ainda não muito utilizada quando comparada com o Stories, por exemplo, mas permite transformar as estratégias de marketing de qualquer negócio de forma simples e intuitiva.

Se você quer aprender a usar o recurso com o objetivo de melhorar a qualidade e o alcance do seu conteúdo, fique atento ao que temos a dizer!

O que é Twitter Live?

Twitter, rede social conhecida por ser uma espécie de “microblog”, foi criado em 2006 e revolucionou a forma de consumir informação e se relacionar online.

Em 13 anos desde sua criação, a plataforma fez história (literalmente): a Primavera Árabe, conjunto de protestos e revoluções por parte da população que lutava contra regimes autoritários em todo o Oriente Médio, foi difundida e apresentada ao mundo por usuários da rede social.

Foi justamente a necessidade de desenvolver novas formas de explorar conteúdo e informação em tempo real que levou à criação do Twitter Live. Antes do recurso, a plataforma tinha parceria com o Periscope (comprado pelo Twitter em 2015), aplicativo de streaming ao vivo.

Naquela época, ao criar uma live pelo Periscope, seria possível incorporá-la na timeline do Twitter. Cerca de um ano depois, porém, veio um grande anúncio: a possibilidade de criar vídeos ao vivo diretamente pelo microblog.

Você pode se interessar por esses outros conteúdos

👉 Como fazer uma auditoria em sua conta do Twitter – Rock Content

👉 Twitter Analytics: como usar a ferramenta do microblog

👉 Como usar o Twitter Cards para ter melhores resultados


Qual sua importância estratégica na produção de conteúdo digital?

Hoje em dia, é possível dizer que a maior parte do conteúdo consumido na internet consiste em vídeos. Dados apontados pela Cisco afirmam que, no ano de 2021, cerca de 80% de todo o tráfego da internet será feito por vídeos!

Isso significa que estamos vivendo um período crucial de mudanças no consumo de informação: a tendência é de que o texto funcione cada vez mais como forma de suporte para conteúdos em movimento.

Quando pensamos no live streaming, as estatísticas são igualmente positivas. Uma pesquisa divulgada pelo Livestream aponta comportamentos interessantes sobre o consumo desse tipo de formato:

  • 82% preferem entrar em contato com a live de uma marca, em vez de um blog post;
  • de 2015 para 2016, houve um aumento de 81% na audiência de vídeos ao vivo;
  • quando feitos ao vivo, conteúdos “por trás das câmeras”, de momentos descontraídos e não convencionais de uma página são os favoritos de 87% da audiência.

Por isso, é fundamental desenvolver estratégias que utilizem o recurso. Afinal, ninguém quer ficar para trás em um mercado altamente competitivo, não é mesmo?

Além do mais, por mais que os dados já apontem uma nova tendência de mercado, as transmissões ao vivo realizadas por marcas ainda não são tão populares no Brasil. E, quando são feitas, seguem uma noção altamente comum.

A possibilidade de desenvolver conteúdos em live aumenta as chances de se tornar parte de algo pioneiro por aqui.

Como fazer uma transmissão ao vivo no Twitter?

Fazer uma transmissão pelo Twitter Live é muito simples. Após abrir o aplicativo, você deve clicar no ícone que representa uma pena. Ele é exatamente o mesmo botão usado para escrever um tweet comum, então, não tem erro!

Depois, selecione a opção “ao vivo”. Ela fica localizada ao lado da câmera. Para que o recurso seja bem explorado, é importante garantir que tanto a captação de áudio quanto a de vídeo do dispositivo tenham boa qualidade.

twitter live

Após clicar no botão ao vivo, é ainda mais simples! A câmera já estará configurada (basta definir se o conteúdo será produzido na posição frontal ou não) e a transmissão foi iniciada.

O interessante do Twitter Live é a quantidade de itens explorados em tempo real: o público pode comentar diretamente no vídeo e as hashtags podem ser usadas na hora de divulgá-lo e aumentar o alcance, por exemplo.

Para ajudar você a se preparar, selecionamos algumas boas práticas para fazer uma transmissão com o uso do recurso.

Cuidado com o dispositivo de filmagem

Uma escolha errada pode atrapalhar toda a transmissão e prejudicar a visão que seus seguidores têm a respeito da página.

Antes de pensar em fazer uma live, escolha um dispositivo que conte com ferramentas de captação de áudio e vídeo de qualidade. Não é preciso investir em um celular de última geração, mas confirme que a resolução é suficiente para gerar imagem e sonoridade limpas.

Tenha uma boa conexão de internet

A qualidade da rede talvez seja o ponto de atenção mais importante. Afinal, não adianta ter o melhor aparelho caso a internet desencadeie problemas na transmissão. O transtorno gera travamento no vídeo, imagens desfocadas, som prejudicado e muita falta de paciência por parte do espectador.

Uma dica interessante é criar uma conta exclusivamente para testes. Antes de iniciar uma transmissão na sua conta oficial, certifique-se de que a conexão é suficiente e que tudo está ok.

Crie estratégias de busca

A hashtag e o nome da live farão toda a diferença na hora de atingir pessoas que ainda não seguem a sua página.

É importante pensar em palavras-chave atrativas e diretas para não enganar ou dificultar os mecanismos de busca do Twitter.

Além disso, tome muito cuidado com títulos sensacionalistas: quando o usuário clica no conteúdo esperando algo e encontra um resultado totalmente diferente, é provável que ele se transforme em um detrator da página, já que foi “enganado”. Seja claro e transparente a respeito do teor do conteúdo.

Tenha criatividade

Um cenário interessante faz toda a diferença no vídeo! Pense em locais estratégicos. Cuidado com a luz natural, posicione a luz artificial corretamente, e escolha algum ambiente que converse com sua marca e a proposta daquele conteúdo.

Quais são as principais vantagens em usar o recurso?

Depois de entender como funciona o Twitter Live, e aprender a fazer a sua primeira transmissão, é hora de entender na prática quais são as principais vantagens de fazer uso do recurso. Veja só!

Aproximação com o público

Muitas marcas já utilizam o Twitter como uma forma de se aproximar do cliente: a possibilidade de responder aos usuários de forma instantânea e direta fez com que a rede social se tornasse parte da estratégia de SAC.

O recurso é ótimo e deve sim continuar sendo utilizado, mas por que não desenvolver novas formas de se aproximar do público? O Twitter não deve ser visto como uma rede social de “perguntas e respostas”, e as transmissões ao vivo são uma forma de quebrar isso.

Vídeos ao vivo já contam com a característica de serem conteúdos naturais, instantâneos e “sem corte”, e isso faz toda a diferença na hora de se aproximar do público e da persona. Por isso, invista nas lives para mostrar a essência da sua marca.

Na era do Marketing de Influência e da valorização cada vez maior de figuras reais, capriche na personalização da marca!

Amplo destaque

O Twitter conta com uma ferramenta que destaca assuntos que estão em alta ao redor do mundo — os “Assuntos do Momento” (ou “Trending Topics” em inglês). Porém, como o volume de tweets diários é muito alto, é mais difícil ganhar o reconhecimento.

A boa notícia é que as lives contam com uma categoria própria! Quando a rede social entende que o seu conteúdo é relevante no momento, ele ganha destaque.

Conforme já adiantamos, o fato de uma quantidade menor de pessoas utilizar o recurso faz com que o reconhecimento seja mais alcançável.

Maior engajamento

Dados apontam que o engajamento de transmissões ao vivo é maior do que o de vídeos regulares. Com isso, nem precisamos dizer mais nada!

Engajamento maior significa a abertura de portas que atingem outras métricas importantes como a repostagem (chamada de retweets na rede social), curtidas e até mesmo compartilhamento do conteúdo em outras redes sociais a partir de depoimentos, prints ou divulgação do link daquele conteúdo.

Maior possibilidade de interação

Não é apenas sua página que estará promovendo conteúdo em tempo real! Conforme adiantamos por aqui, o leitor também pode comentar o que quiser à medida que a live é transmitida.

Ao mesmo tempo que o recurso é rico, é preciso se preparar para lidar com depoimentos ao vivo: aquela ideia de um conteúdo sem filtro realmente acontece. Por isso, prepare-se para a possibilidade de dar de cara com alguma reclamação ou até mesmo ofensa.

O ideal é não deixar transparecer (por meio de expressões faciais, por exemplo) comentários que podem prejudicar o andamento da sua transmissão.

Um dos pontos mais importantes na hora de criar estratégias do tipo é prezar pela transparência. Encontre um momento oportuno para conversar com aquela pessoa — quando o comentário for construtivo e realmente fizer sentido. Levar conversas desse tipo para o privado é a melhor ação.

Tenha em mente, acima de tudo, que, unida a um conteúdo de qualidade, a naturalidade fará toda a diferença na hora de conquistar o público!

Agora que você aprendeu a desenvolver estratégias incríveis com o Twitter Live, conheça mais sobre outras tendências das redes sociais no Social Media Trends, pesquisa voltada para o estudo do comportamento e hábitos de consumo dos brasileiros em plataformas online!

Social Media Trends 2019Powered by Rock Convert

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *