Por Gabriel Camargo

Redator freelancer da Rock Content.

Publicado em 10 de março de 2020. | Atualizado em 19 de junho de 2020


A Unique Selling Proposition é uma breve descrição do diferencial de um negócio, sendo a melhor forma de entender o que representa a sua organização e a faz tão diferente das demais.

A disputa no mercado pela atenção dos consumidores é cada vez maior e, por isso, é preciso encontrar maneiras de se diferenciar para conseguir mais vendas, uma tarefa que não é tão simples.

Afinal, dentro de um segmento específico, muitas vezes os concorrentes trabalham com o mesmo produto e/ou serviço. Por isso, o Unique Selling Proposition (USP) é algo essencial.

Na prática, o que diferencia a sua marca dos demais competidores? É a partir dessa resposta que você conquista sua persona.

Ainda que você queira oferecer uma experiência cada vez mais completa ao usuário, não adianta querer se diferenciar por ser bom em tudo. Mas você sabe o que diferencia a sua organização dos seus principais concorrentes?

Para solucionar essas suas dúvidas e ajudar você a criar uma USP para o seu negócio, vamos abordar os seguintes tópicos neste artigo:

Teve curiosidade e quer saber mais? Continue a leitura para começar a destacar a sua empresa de quem disputa a atenção dos usuários com você. Confira!

O que é Unique Selling Proposition?

Unique Selling Proposition é a definição concisa do que torna a sua empresa única para o seu público-alvo. Ou seja, o que o seu negócio oferece para o consumidor que não pode ser encontrado em outro lugar?

Na prática, representa a motivação para que, entre tantas opções em um segmento, o cliente escolha comprar com o seu negócio, em vez dos seus concorrentes.

O objetivo é conseguir definir a essência da sua empresa em apenas uma frase. Quando bem executados, a USP deve ser utilizada não apenas como slogan da sua companhia, mas também sempre estar permeando as suas ações e campanhas de Marketing.

É o verdadeiro diferencial competitivo para quem busca se destacar em um mercado cada vez mais acirrado.

Traduzindo o conceito para o português, torna mais fácil compreender o seu real significado e importância: proposta única de valor.

Mesmo que seja fundamental pensar na experiência do usuário como um todo e não limitar o seu negócio apenas a uma qualidade, certos “diferenciais” são feitos também por seus concorrentes. Ou seja, não diferenciam tanto a sua marca.

Sendo assim, uma USP qualificada pode ser aplicada, por exemplo, nas suas landing pages, garantindo que o usuário encontre exatamente o que de diferente ele vai encontrar ao acessar aquela página.

Para tornar ainda mais presente essa definição, a sua estratégia de email marketing também pode ser potencializada com seu uso, causando um impacto ainda maior no destinatário.

Quais são os benefícios de ter uma USP?

Por que, então, criar uma USP é tão importante para o seu negócio? Alguns benefícios já são o suficiente para que você comece a colocar esse conceito em prática.

Confira os principais!

Reforça a sua autoridade no assunto

A presença digital é um fator cada vez mais decisivo para convencer um consumidor a comprar com você. Ao mesmo tempo, porém, ela só é conquistada quando acompanhada de uma autoridade em determinado assunto.

Com uma USP, fica mais fácil e preciso determinar no que a sua empresa é especialista, em qual aspecto ela se sobressai e, assim, como é confiável.

Diferencia a sua marca das demais

Mas além de ser uma autoridade, é importante que a sua empresa seja diferente. Afinal, se o seu concorrente faz igual, quais são as motivações para o cliente comprar com você?

Quando a diferenciação é precisa, a USP acaba se tornando um recurso de convencimento. O preço em outra empresa, por exemplo, pode ser menor, mas o consumidor quer aquilo que somente você assegura.

Impacto nas vendas

A USP é um dos exemplos do que acontece quando as suas equipes de Marketing e Vendas trabalham em conjunto.

Uma definição precisa sobre o que torna a sua empresa diferente é uma maneira eficiente de se aproximar dos consumidores e, como consequência, conseguir mais vendas, por exemplo.

Quais são exemplos de Unique Selling Proposition para se inspirar?

Quais empresas conseguem compreender o conceito de Unique Selling Proposition e exemplificá-lo com precisão? Listamos os principais deles para que você se inspire.

Confira!

The Economist

O que pode diferenciar um jornal de outro? Dentro desse segmento, é ainda mais importante conseguir encontrar um diferencial, especialmente com tanta concorrência nas mídias digitais e mudanças impactantes no setor.

Apostando na facilidade com que é possível encontrar informações, o The Economist foca em uma análise mais aprofundada de cada história. Com a USP “You’ve seen the news, now discover the story”, o jornal deixa claro qual é o seu propósito.

Exemplo The Economist

Turkish Airlines

A empresa turca de aviação aposta no alcance da sua malha para conquistar o consumidor com “Voando para a maioria dos países”.

Uma curiosidade importante é compará-lo, por exemplo, ao USP da Emirates: “don’t just fly, fly better” (algo como “Não voe apenas, voe melhor”). Ou seja, uma abordagem completamente diferente dentro da mesma área de atuação.

Exemplo Unique Selling Proposition

Como criar uma Unique Selling Proposition?

Agora que você já sabe como a Unique Selling Proposition é fundamental para quem deseja se destacar no mercado e melhorar o desempenho de vendas, é hora de criá-la.

Veja o passo a passo que separamos para você!

1. Conheça o seu público

O primeiro passo para criar uma Unique Selling Proposition com eficiência e precisão é entender a fundo o seu público. Afinal, o diferencial a ser destacado precisa ser relevante para os consumidores que podem se interessar pela sua empresa.

Preferências, necessidades, desafios, objetivos e comportamento: essa é a melhor maneira de descobrir o que vai ser mais interessante.

2. Análise a sua concorrência

Outro ponto importante é conferir o que os seus concorrentes estão fazendo. Quais são as USPs de quem está competindo pelo mesmo consumidor?

A Emirates, por exemplo, foca na qualidade e na experiência dos voos; enquanto a Turkish Airlines, na sua abrangência de destinos. Conhecer como as outras marcas se vendem pode indicar alguns caminhos a serem explorados.

3. Descubra como o produto/serviço resolve o problema da persona

Agora, é hora de associar as necessidades da sua persona com o que a sua empresa oferece. Como os seus produtos e/ou serviços podem ser úteis para o consumidor?

Essa é a resposta mais importante para direcionar a criação da sua USP. O The Economist, por exemplo, não se vangloria pela velocidade das notícias, mas sim pela profundidade das suas análises.

4. Liste os seus principais benefícios

Após essas três etapas, uma dica importante é colocar no papel os seus principais diferenciais. Mas não se esqueça de sempre levar em consideração o que a sua persona enxerga em cada um deles.

A ideia da USP é justamente valorizar aquilo que é mais importante para o consumidor em potencial. Portanto, faça uma lista com os 3 ou 5 principais diferenciais do seu negócio.

5. Reduza essa lista

Por mais que os benefícios sejam os mais variados ao fazer negócio com a sua empresa, o consumidor não tem paciência para ficar vendo uma lista. É preciso ser breve e direto para cativar a atenção do usuário.

Listou as principais vantagens? Agora, corte essa lista e foque no que é realmente importante para a sua persona realizar uma compra.

6. Acerte o tom de voz

A sua definição pode até ser verdadeira, porém, mais importante do que isso, precisa estar no tom de voz adequado para dialogar com a sua persona.

Por mais precisa que seja, a USP só vai causar o impacto necessário se comunicar com as dores de quem está do outro lado. Além de ser uma forma de humanizar a sua marca, é eficiente para se tornar mais relevante ao usuário.

7. Faça uma promessa (e cumpra)

Quando a Turkish Airlines garante voos para a maioria dos países, ela não pode se dar ao luxo de restringir as suas viagens a menos destinos do que seus principais concorrentes. Por isso, ao fazer uma promessa em sua Unique Selling Proposition, é fundamental ter a capacidade de executá-la na prática.

8. Não tente abraçar tudo ao mesmo tempo

Saber as práticas que devem ser adotas é importante, mas também os erros que não podem ser cometidos. Abraçar tudo pode ser um desses.

Um e-commerce não pode querer se diferenciar por ter os melhores produtos, preços mais baixos e entrega mais rápida. No fim, alguma coisa vai ser abaixo do esperado e a sua marca passa a não ser lembrada por nada, no pior dos cenários.

Para quem não quer oferecer mais do mesmo aos seus consumidores, a Unique Selling Proposition é essencial. Além de fortalecer esse conceito internamente, ele pode ser trabalhado de forma eficiente nas suas campanhas de Marketing, por exemplo.

Como consequência, essa sucinta definição sobre o que torna o seu negócio único também contribui para alavancar as suas vendas.

A USP, porém, é apenas um dos fatores que vai ajudar você a potencializar o desempenho do seu negócio. Quer saber como a integração entre as suas equipes pode ser feita para conseguir resultados cada vez melhores?

Então, baixe o nosso ebook gratuito sobre Marketing e Vendas de Alta Performance!

Marketing e vendas de alta performance ebookPowered by Rock Convert

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *