Vendas online: as melhores dicas para aumentar seu faturamento

Vendas online: as melhores dicas para aumentar seu faturamento

Uma empresa que vende pela internet busca sempre potencializar seus resultados. Para isso, boas práticas, uma estratégia sólida e melhorias constantes são necessárias. Saber como posicionar seu produto online é fundamental e isso garante o sucesso das vendas.

As vendas online têm sido fonte de receita tanto para empresas que só atuam na Web quanto para aquelas que também têm lojas físicas. Nessa atividade, há vários meios de oferecer seus produtos e serviços na internet.

Para o consumidor, comprar sem sair de casa traz muitas vantagens e, para as empresas, essa modalidade também é interessante. No entanto, é preciso saber como atuar.

Seja e-commerce, seja marketplace, há diferentes plataformas em que os produtos podem ser expostos, e cada uma delas tem um alcance distinto ao público.

A amplitude da presença na Web na hora de vender é importante. Além disso, alcançar bons números de vendas está associado a boas práticas e estratégias bem definidas.

Neste post, você saberá como aumentar o seu faturamento por meio das vendas online! Saiba como colocar seus produtos na internet e veja quais vantagens sua empresa pode aproveitar.

Quais são as formas de fazer vendas online?

As vendas online precisam ser feitas em ambientes em que, antes de tudo, o consumidor se sinta seguro.

O medo de inserir dados do cartão de crédito ou de não receber o produto foram alguns fatores que impediram o avanço desse modelo de comércio há algum tempo.

Superada essa questão, é necessário reforçar a relação de confiança que o consumidor tem com a internet hoje.

Basicamente, há duas modalidades de plataforma de vendas na internet: marketplace e e-commerce. Talvez, você já tenha visto esses nomes por aí, mas não se deu conta de que eles são distintos. A seguir, entenda melhor como cada um funciona e de que forma eles podem ser úteis a vários tipos de empresas.

E-commerce

Esse é o modelo mais tradicional, que abrange as lojas online. São sites que vendem seus produtos, sendo responsáveis por todo o processo, desde o armazenamento até o envio ao consumidor.

Um e-commerce pode ser de uma própria empresa, em que ela venda os itens da sua marca, mas também há os sites de grandes varejistas, como os do setor esportivo. Nesse caso, eles vendem produtos de outras empresas.

O e-commerce é uma modalidade mais voltada às empresas que têm uma demanda sólida de produtos e um público bem segmentado. Nesse caso, vale a pena criar um site próprio para vender seus itens.

Os grandes varejistas também podem aproveitar essas vantagens, já que têm um grande alcance e ofertam produtos de diversas marcas.

Marketplace

marketplace tem um funcionamento bem diferente do e-commerce, a começar pela oferta de produtos.

Esse modelo de site tem uma amplitude alta de itens, e isso tem explicação: o marketplace vende itens de qualquer outra empresa.

Ele é, basicamente, uma grande vitrine virtual que reúne, expõe e vende produtos de outras marcas, seja de segmentos específicos, seja de qualquer tipo.

Algumas empresas escolhem expor seus produtos em marketplaces para terem mais visibilidade. Em contrapartida, quem controla essa modalidade de negócio busca um custo zero com logística, já que essas empresas apenas fazem o processo comercial, intermediando a compra.

Com isso, o faturamento é um percentual obtido em cada uma das vendas online realizadas no site.

Quais são as vantagens de vender pela internet?

As vendas online crescem ano após ano e esse não é um movimento de coincidência. Há razões concretas para que isso aconteça, e a internet é a grande “culpada” por tantas vantagens.

Uma empresa que sabe posicionar suas vendas na Web pode crescer muito. A seguir, confira quais são as vantagens de vender online e como elas impactam positivamente as empresas.

Alcançar o público certo

Atualmente, no que diz respeito ao relacionamento com o consumidor, a segmentação tem grande valor.

A internet permite que as empresas falem com quem realmente interessa. Nas vendas online, isso é fundamental, afinal, é importante oferecer seu produto para quem tem interesse nele.

As vendas online têm grande potencialização, justamente, pela possibilidade de direcionar anúncios para pessoas que se encaixam em grupos sociais relacionados com a marca. Por isso, ao posicionar um e-commerce, uma das grandes vantagens é não desperdiçar esforços.

Vender por mais de um canal

A internet cresceu junto com a era da transformação digital e isso trouxe mais canais dentro da própria Web.

Hoje, não é só por meio do e-commerce ou do marketplace que uma venda pode ser fechada. As redes sociais têm papel cada vez mais importante na hora de fechar uma venda.

Já existem recursos de compra no Instagram e no Facebook, por exemplo. Nesses ambientes, o público já consegue ver anúncios com preços e botões de compra. Ao clicar, são direcionados para o checkout do site. Assim, a partir de vários canais, é possível realizar vendas online.

Reduzir custos com lojas físicas

É natural que as lojas físicas demandem custos de manutenção. Aluguel de um ponto em um local estratégico, custos com energia e água, contratação de vendedores e uma série de outras despesas são comuns.

Tudo isso pode ser repensado com o empreendedorismo digital se a empresa tem uma atuação online eficaz.

Não quer dizer fechar lojas, mas saber que elas podem ser reduzidas em favor das vendas pela Web.

Assim, é possível ter menos pontos físicos e reduzir esse tipo de custo. Há também as empresas que são totalmente digitais, ou seja, vendem apenas pela internet.

Evitar limitações geográficas

A internet serviu para quebrar barreiras geográficas, tanto na comunicação quanto nas relações comerciais. Existem empresas que concentram sua atuação física em apenas algumas cidades.

Nesses casos, se atuam online, elas conseguem vender para quem está fora desse raio de abrangência.

O modelo de venda pela internet quebrou qualquer tipo de limitação. Se a sua marca favorita é de outro país, já é possível comprar esses produtos e receber na sua casa.

Isso é vantajoso no engajamento com o cliente e, naturalmente, potencializa ainda mais o faturamento.

Como vender online e potencializar os resultados?

Conseguir vendas online pode parecer simples à primeira vista, mas é uma atividade que requer planejamento estratégico e boas práticas em todas as etapas.

A seguir, veja o que deve ser feito para obter o sucesso no seu negócio online e potencializar ainda mais os resultados!

1. Garanta que o seu site seja responsivo

Em 2017, 27,3% das compras online foram feitas por meio de smartphones e tablets. O uso desses aparelhos já passou de tendência para realidade faz tempo, e sua empresa precisa estar preparada.

Para isso, é indispensável ter um site responsivo, ou seja, que se adapte a qualquer formato de tela. Isso garante uma experiência de navegação e compra perfeita, que seja confortável e agradável.

2. Segmente sua atuação

Uma empresa que vende na Web precisa definir bem para quem está vendendo. Para isso, conheça primeiramente seu público-alvo e defina a sua persona.

A partir de então, você saberá como se comunicar com seus clientes, por quais canais realizar suas vendas e como abordá-los. Além disso, pode também segmentar suas campanhas de divulgação pela Web.

3. Esteja em todos os canais possíveis

Seu público pode realizar compras a partir de qualquer canal. Se você está pronto para atendê-lo em todos eles, isso significa que será capaz de aumentar seu faturamento.

Por isso, não limite suas vendas apenas ao e-commerce. Anuncie nas redes sociais e também venda nos marketplaces. Inclusive, eles foram responsáveis por 31,5% das vendas da Web em 2017.

4. Invista em anúncios na Web

Os anúncios são excelentes estratégias para conseguir alcançar o seu público segmentado. Hoje, por meio de ferramentas como o Google Ads, você desenvolve boas campanhas para veicular sua publicidade por toda a internet.

O melhor é que não para por aí! Você também pode veicular anúncios no Facebook, no Instagram, no Twitter e YouTube, sempre avaliando em quais canais seu público está. Assim, seus anúncios são ainda mais certeiros e com um custo-benefício ideal.

CONTEÚDOS RECOMENDADOS

👉 Instagram Ads: como anunciar no Instagram passo a passo

👉 O Guia para criar uma campanha efetiva de Facebook Ads

👉 Twitter Ads: entenda por que você deve começar a usar essa ferramenta


5. Trabalhe na otimização de SEO

SEO é um conjunto de estratégias de otimização dos resultados em motores de busca, como o Google.

Essas melhorias são feitas nos e-commerces, deixando o site mais adequado para aparecer sempre no topo da busca que os usuários fazem na Web.

É fundamental sempre trabalhar nessas otimizações, já que isso garante que a sua empresa esteja em destaque e seja sempre encontrada.

6. Planeje seu funil de vendas

Um bom funil de vendas é capaz de converter alguém interessado em seus produtos em um cliente fiel. Para isso, capture leads e os eduque.

Não tente vender imediatamente para um usuário que acabou de conhecer a sua empresa. Ele ainda precisa de mais informações para ter confiança. O funil de vendas ajuda a definir uma estratégia até o momento final da conversão.

7. Proporcione uma experiência completa

Atualmente, o consumidor quer mais do que somente um bom produto: ele precisa de uma experiência completa.

Nas vendas online, isso significa um site de fácil navegação, um atendimento eficaz antes, durante e depois da compra, e uma postura adequada da empresa.

É fundamental se comunicar com a linguagem apropriada, ter empatia e se mostrar próximo ao seu público.

8. Mensure os resultados

A melhor forma de manter o crescimento das vendas é mensurar os resultados. Hoje, por meio de recursos como o Google Analytics, as empresas conseguem ter acesso a todos os dados relacionados às suas atividades.

É possível ver o número de vendas, quantas pessoas abandonam o carrinho, qual o tempo de permanência em uma página e uma série de outros dados. Eles ajudam a ter uma visão mais profunda e são a base para melhorias e mudanças.

As vendas online estão em alta e, com boas práticas e uma estratégia sólida, qualquer empresa consegue resultados satisfatórios! As dicas deste post podem ser de grande ajuda para você.

Agora, você deve estar se perguntando qual o melhor modelo para as suas vendas online, não é mesmo? Veja aqui as diferenças entre marketplace e e-commerce!

E-commerce Trends 2018Powered by Rock Convert

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo