Vídeos corporativos: como usar esse recurso a favor do seu negócio?

Vídeos corporativos: como usar esse recurso a favor do seu negócio?

Uma boa empresa está sempre à procura de modos de se reinventar e de usufruir as novidades tecnológicas que vão surgindo rapidamente. Mas, com o tempo, inúmeras outras empresas vão pelo mesmo caminho. Como se destacar no meio disso tudo? Os vídeos corporativos podem ser a resposta!

A evolução tecnológica nos possibilita muitas facilidades no dia a dia, desde um simples pagamento até o contato profissional com alguém do outro lado do mundo.

Os vídeos já eram comuns há quase um século, quando o cinema começou a se popularizar e se espalhar por todo o planeta. Acompanhando essa evolução em plena era da transformação digital, se tornou uma parte essencial nos negócios de grandes, médias, pequenas e microempresas.

Isso porque o vídeo é uma ótima maneira de divulgar esse mundo tecnológico e de apresentar seu produto sem uma limitação regional, comum há algumas décadas.

Por isso mesmo, hoje, você é bombardeado por vídeos durante a maior parte do seu dia. Eles chegam pelo computador, pelo tablet, pelo celular, por televisores em transporte coletivo, bancos, hospitais e diversos outros estabelecimentos.

Parece irresistível apostar nisso, certo? Apesar disso, ainda existem muitas empresas atrasadas nesse assunto, na maioria das vezes, por falta de conhecimento e informação.

Sua empresa já passou ou ainda passa por isso? E, mesmo que já tenha passado, você ainda fica um pouco perdido sobre qual caminho começar a trilhar no mundo dos vídeos?

Então, descubra a seguir algumas boas práticas no uso desse recurso!

O que é um vídeo corporativo?

Pode existir uma pequena dúvida sobre os vídeos corporativos. Eles são a mesma coisa que um vídeo publicitário, por exemplo? São a mesma coisa que um vídeo institucional?

Saiba que não são, viu? Cada um desses representa um estilo de vídeo diferente, com distintos objetivos.

Na publicidade, por exemplo, um vídeo é construído para ter informações mais diretas do produto, mostrar o seu valor e a necessidade do cliente em adquiri-lo. A mensagem é criada com o objetivo de prender o espectador logo nos primeiros segundos de um vídeo curto, que terá entre 15 e 30 segundos.

Já o vídeo institucional é focado na apresentação da empresa, sua trajetória, sua visão de mundo e de mercado.

Um vídeo corporativo, por sua vez, tem como principal característica divulgar trabalhos já realizados, mostrar o potencial do seu serviço e apresentar um produto.

Além de ser direcionado a um público externo, também pode ser exibido dentro da própria empresa, procurando aumentar o engajamento de seus colaboradores, parceiros e sócios.

CONTEÚDOS RECOMENDADOS

👉 5 opções de câmera para gravar vídeos corporativos

👉 Vídeos para empresas B2B: entenda os melhores formatos de vídeo para apostar em sua estratégia!

👉 Vídeos animados para empresas: como você ainda não adotou essa solução?

Qual estilo de vídeo corporativo devo adotar?

Não existe uma regra quanto a isso, mas uma coisa que tem enorme valor ao criar um vídeo corporativo é a criatividade.

Buscar ser bem-humorado, mesclar estilos visuais diferentes e passar uma mensagem positiva são alguns elementos primordiais que sempre devem receber uma atenção especial nesse tipo de produção.

No entanto, vale estar atento ao que a marca pede. E, nesse aspecto, é possível recorrer a algumas dicas que podem facilitar um brainstorm e um briefing.

Recorra a técnicas de animação

Já mostramos aqui no blog como o Motion Graphics é uma verdadeira febre entre os vídeos corporativos e institucionais, pelo seu visual fluido e atrativo, além da sua semelhança e influência com o Design Gráfico.

Também existem diversas outras técnicas de animação que são amplamente utilizadas em vídeos corporativos como estratégia de marketing e de engajamento da própria empresa. É o caso da animação em recortes, animação em quadro branco, animação 3D, entre outros.

Mais do que o seu visual bonito e chamativo, o ponto principal em uma animação sempre será a mensagem. Para uma mensagem forte fazer parte disso, é preciso:

  • escrever um bom roteiro;
  • planejar um storyboard;
  • o ritmo da própria animação deve ajudar a contar a sua história, e não atrapalhar, com ações que não se encaixam no que é dito ou no objetivo central.

Não pense que, por ser animação, um vídeo corporativo corre o risco de ganhar um tom infantilizado.

Tudo depende da maneira como o planejamento acontece. Um vídeo como esse pode passar uma mensagem de seriedade mesmo com personagens caricatos e com algum tom de descontração em pontos específicos.

Utilize capturas de imagem

Aqui, a produção é bem diferente de uma animação, em alguns pontos. Para filmagens, é necessário muito mais do que apenas um computador e um ótimo software. O ideal é contar com boas câmeras, uma boa locação e atores que saibam o que estão interpretando, para dar naturalidade ao projeto.

Caso não utilize atores e sim um colaborador da própria empresa, vale buscar a maior afinidade possível com a mensagem, o que não é tão difícil, pois ninguém sabe tanto sobre o seu negócio quanto você mesmo. Portanto, é importante demonstrar autoridade no assunto.

Embora uma captura de imagem possa parecer algo extremamente trabalhoso, nem sempre precisa ser assim. Muitas agências trabalham com uma alta demanda e isso exige um maior senso de urgência nessas produções.

Uma boa produção pode ser realizada em um único dia. Basta saber aproveitar o que você tem disponível naquele momento.

Isso pode colaborar para uma visão mais crua do seu negócio, algo que se aproxima mais do seu público, especialmente, pela identificação que se cria ao conhecer visualmente um membro da empresa.

Por que eu deveria investir em vídeos corporativos?

Como mencionado no início deste post, o vídeo é um recurso extremamente importante para as empresas que querem se manter atualizadas e alinhadas ao seu público.

Isso significa que, a cada dia, mais empresas adotam esse tipo de estratégia e a concorrência fica cada vez mais competitiva. Não é nada interessante sua empresa ficar para trás, não é mesmo?

A vantagem é que muitas empresas que já utilizam vídeos ainda não experimentaram os efeitos de um vídeo corporativo. Algumas pensam que focar a publicidade é o suficiente ou que vídeos institucionais já englobam os corporativos.

Mas a verdade é que o vídeo corporativo tem o papel de acrescentar um degrau a mais na escada que o levará a um destaque certeiro.

Ele ajuda a consolidar a sua autoridade sobre determinado assunto ou produto, inserindo o consumidor dentro do seu negócio. Ele passa a se sentir mais parte disso tudo e você cria oportunidades para mostrar o grande diferencial frente ao tradicional e até mesmo frente ao que já é novidade.

Sua empresa gera mais valor e mais confiança. Consequentemente, receberá mais conversões, mais clientes e mais promotores.

Como começar?

Quer mais algumas dicas? Então, veja só quais aspectos você deve levar em consideração.

Conheça a sua persona

Uma das ações que pode gerar mais resultados para os seus projetos e estratégias envolvendo vídeos é estudar muito bem quem é a sua persona e qual será a sua comunicação com ela.

Saber o que ela pensa, o que espera, o que consome e quais são suas dores: tudo isso te proporciona um entendimento muito maior de como moldar a sua empresa com o foco certo, sem precisar atirar para todos os lados.

Isso poupa tempo, investimento e, assim, gera um retorno maior e mais rápido. Então, não deixe de aplicar esse conhecimento aos vídeos.

Guia para criação de personas

Saiba a sensação que você deseja passar

Uma das consequências em conhecer bem a persona para sua empresa é que isso ajuda a lançar uma luz sobre os trilhos que você deve seguir. Reflita sobre a imagem que você quer passar para o espectador, mais especificamente, a imagem da sua empresa, se tratando de um vídeo corporativo.

É recomendado definir o seu tom para passar as mensagens. Lembre-se de que você pode recorrer à seriedade ou à descontração, bastando entender o que se encaixa melhor no seu propósito.

Lembre-se do storytelling

Storytelling nada mais é do que a destreza em contar uma história envolvente, mesmo que seja curta. Se o seu projeto tem uma narrativa que desperte um grande interesse no usuário, significa que você está aplicando essa técnica.

Imagens bonitas podem chamar atenção em um primeiro olhar, mas apenas isso não vai reter seu público se a mensagem não aflorar o desejo em continuar assistindo e saber mais sobre o que você está apresentando.

Demonstrar a possibilidade de uma recompensa após adquirir o seu produto e descobrir coisas novas ao consumir o seu conteúdo em vídeo são alguns pontos que uma persona sempre vai buscar, independentemente de qual seja.

Defina com clareza aonde deseja chegar

Fixar esse ponto pode ajudar um público que ainda tenha dúvidas quanto a tomar uma decisão de compra, por exemplo. Isso é possível quando seu vídeo corporativo tem um objetivo bem traçado, passa clareza e firmeza, e aumenta a confiança do usuário.

Isso passa pela definição de qual é a linha de chegada, para que tipo de persona ele vai ser direcionado, qual é a repercussão que deseja fomentar etc.

Pegar todas as peças do quebra-cabeça e montar uma bela imagem do que você almeja com o seu negócio só tende a apresentar ótimos resultados.

Procure explicitar o seu diferencial

Com esse enorme sucesso e utilidade dos vídeos na estratégia de marketing digital, não é fácil se destacar apenas criando conteúdos padrões.

Aposte sempre em se diferenciar do que você já conhece. Se destaque nesse meio por meio de uma mescla de coisas que você consumiu durante a vida e crie algo novo, mas que tenha a sua identidade.

Assim, a sua marca se tornará inconfundível e permanecerá por mais tempo na cabeça do público. Este é o grande objetivo de toda grande empresa: estar sempre presente na vida de sua persona.

Não se esqueça de que a forma como se produz o vídeo é um ponto de valor para explorar a sua singularidade. Seja experimental sem se tornar abstrato para quem assiste, pois a clareza da mensagem ainda é o foco.

E então, pronto para investir na produção dos vídeos corporativos de sua empresa e alavancar o negócio? Aplique essas dicas e descubra como situações que antes eram burocráticas e chatas podem se tornar uma produção divertida e com ótimos resultados.

E, se você quer entender mais de estratégias de marketing em vídeo, não deixe de baixar nosso e-book gratuito sobre o assunto.

marketing em video

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo