As 10 redes sociais mais usadas no Brasil em 2024

Descubra as 10 redes sociais mais usadas no Brasil em 2024 e como sua empresa pode aproveitar essas plataformas para melhorar a interação com o público e aumentar as vendas. Inclui análise detalhada do uso de redes como WhatsApp, YouTube, Instagram e mais.

Atualizado em: 29/04/2024

Precisando de conteúdo para sua empresa? Encontre os melhores escritores em WriterAccess!

Você sabe quais são as 10 redes sociais mais usadas no Brasil em 2024? Será que seu negócio está presente nas principais delas? As redes sociais não são apenas entretenimento, elas vão além: são uma maneira de empresas e clientes se relacionarem e fazerem negócios.

Com a diversidade de plataformas disponíveis, cada uma oferece oportunidades únicas para conectar-se com públicos específicos e ampliar sua presença online.

Logo, você precisar buscar estratégias de marketing e vendas para atingir os milhares de usuários dessas redes. Tenha em mente que, segundo o Relatório Global de Visão Geral Digital 2024, produzido em parceria com a Meltwater e We Are Social e divulgado no início de 2024, existem agora 5 bilhões de usuários de mídias sociais identificados ao redor do mundo, o que equivale a pouco mais de 62% da população global total.

Para isso, conheça quais são maiores redes sociais usadas no Brasil e como pensar em estratégias nas mais requisitadas para conquistar consumidores.


    Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

    Não se preocupe, não fazemos spam.

    Quais são as 10 redes sociais mais usadas no Brasil em 2024?

    Talvez você acredite que a rede social mais usada no Brasil em 2024 seja o Instagram. Está enganado: é o WhatsApp. Mas logo em seguida vem, sim, o Instagram, seguido do Facebook e ele, o fenômeno TikTok.

    Vamos conferir os números? Eles vêm todos do Data Report 2024 Brasil, também produzido em parceria com a Meltwater e We Are Social, e representam a porcentagem de usuários de internet de 16 a 64 anos que usam cada plataforma mensalmente:

    • WhatsApp: 93.4%
    • Instagram: 91.2%
    • Facebook: 83.3%
    • TikTok: 65.1%
    • Facebook Messenger: 60.8%
    • Telegram: 56.5%
    • Pinterest: 46.7%
    • Kuaishou (Kwai): 46.1%
    • X (Twitter): 44.4%
    • LinkedIn: 37.2%

    De acordo com a pesquisa, os brasileiros passam uma média diária de 3h37 minutos em redes sociais.

    Com relação ao uso, procurar produtos e serviços vem como terceiro motivo para utilizar redes sociais, logo atrás de manter contato com amigos e família e ver novidades:

    Veja quais tem atraído a atenção do público de acordo com o relatório.

    1. WhatsApp

    Segundo o levantamento da Digital 2024: Brasil, o WhatsApp é usado por 93,4% da população brasileira. Um dos motivos é que diversas operadoras trazem em seus pacotes de internet uso ilimitado.

    As empresas costumam usar o aplicativo para manterem contato com seus clientes e fornecedores por meio do WhatsApp Business.

    Além de enviar atualizações e notificações sobre produtos e serviços, dá para usá-lo para suporte ao cliente, oferecendo respostas imediatas e personalizadas que ajudam a construir um relacionamento sólido com o consumidor.

    Sem falar que tivemos a implementação das Comunidades. Essa nova funcionalidade permite agrupar vários chats sob um mesmo teto, facilitando a gestão de comunicações em grande escala e permitindo que as empresas criem subgrupos para diferentes áreas ou temas, como suporte, ofertas exclusivas, e feedback dos clientes.

    Por exemplo, um varejista pode ter comunidades separadas para promoções, novidades de produtos e um grupo de VIPs, oferecendo conteúdos específicos e promovendo um engajamento mais direcionado e eficaz.

    2. Instagram

    Apesar de não ser a mais usada, o Data Report 2024 mostra que o Instagram é considerada a rede social preferida de 35,9% dos usuários. De acordo com a pesquisa We Are Social e da Meltwater, o Instagram abocanha 134.6 milhões de usuários no Brasil.

    No Instagram, as empresas podem explorar diversas formas de interação e promoção, desde postagens regulares até Stories, Reels e Lives, para aumentar o engajamento e a visibilidade da marca.

    Essa plataforma é ideal para estratégias de marketing visual e storytelling, permitindo que empresas criem narrativas envolventes e apresentem seus produtos de maneira criativa e autêntica.

    O Instagram também oferece ferramentas robustas para anúncios segmentados, que ajudam a alcançar públicos específicos, gerar leads e aumentar vendas,

    3. Facebook

    O Facebook foi uma rede social que ficou por muito tempo em primeiro lugar e dominava o mercado antes de aparecerem seus concorrentes. Embora tenha perdido posições, a rede social conta com mais de 111 milhões de usuários no Brasil.

    No Facebook, as empresas têm à disposição uma plataforma versátil para engajar audiências, promover produtos e serviços, e gerar conversões através de conteúdo dinâmico e interativo.

    Com funcionalidades que incluem postagens, vídeos, eventos e grupos, além de recursos avançados de segmentação de anúncios, o Facebook permite uma comunicação direta e personalizada com diferentes segmentos de público.

    4. TikTok

    A queridinha do momento, principalmente dos jovens, o TikTok foi um canal de entretenimento durante a pandemia e ganhou posição diante das outras redes sociais.

    Hoje são mais 98 milhões de pessoas com mais de 19 anos utilizando o aplicativo no Brasil, e ele é, atualmente, o app no qual os usuários mais passam tempo: foram mais de 30h mensais somente via usuários Android. O segundo lugar, ocupado pelo WhatsApp, tem pouco mais de 24h.

    Dependendo do perfil do seu negócio, essa rede pode fazer muito sentido para suas estratégias de anúncios e de ganho de autoridade.

    Para ter ideia, entre outubro de 2023 e janeiro de 2024, o alcance de anúncios continuou a crescer, adicionando mais 3.6 milhões de usuários, representando um aumento de 3.8% em apenas três meses.

    Essa ascensão constante reflete não apenas a popularidade crescente do TikTok, mas também o seu potencial significativo como plataforma de marketing, especialmente considerando que, no início de 2023 a 2024, o alcance dos anúncios aumentou em impressionantes 16 milhões de usuários, ou seja, 19.9% a mais em relação ao período anterior. Isso destaca a eficácia e o alcance cada vez maior do TikTok no mercado brasileiro

    A plataforma é ideal para campanhas de branding que utilizam formatos visuais e musicais atraentes, como vídeos curtos, desafios de hashtag e colaborações com influenciadores.

    As funcionalidades de anúncios do TikTok permitem segmentação detalhada e insights em tempo real, facilitando a criação de conteúdo altamente envolvente e adaptado aos interesses do público-alvo. Além disso, o TikTok for Business oferece soluções para lojas virtuais diretamente na plataforma, ampliando as possibilidades de conversão direta e interação com os consumidores.

    O potencial do TikTok é enorme, além da plataforma ser uma referência com relação à atualização. Marcela Berti, Business Partnership Manager no TikTok, comenta sobre a preocupação da plataforma de não só melhorar a UX, mas contribuir para a estratégia das marcas:

    “O TikTok tem sido uma referência em inovação dentro da tecnologia digital de uma maneira geral, está constantemente introduzindo novos recursos e atualizações para melhorar não só a experiência do usuário mas também estrategicamente para todas as marcas

    5. Facebook Messenger

    O Messenger é a ferramenta de mensagens instantâneas que faz parte do Facebook. Antigamente, ficava dentro da plataforma, agora tem um app separado para baixar no celular e no computador.

    Além de mensagens, podem ser enviados stories, bots e respostas inteligentes, ótimos para negócios. Se for fazer anúncios, o alcance estimado é de mais de 56 milhões de pessoas em nosso país.

    6. LinkedIn

    No Brasil, são 68 milhões de membros, de acordo com o Data Report: Brasil 2024.

    As empresas também podem utilizar recursos como grupos e páginas da empresa para engajar diretamente com sua comunidade, promover eventos e recrutar talentos, aproveitando o vasto alcance e as funcionalidades interativas da rede.

    É importante notar que as ferramentas de publicidade do LinkedIn apresentam dados de alcance de público baseados no total de membros registrados, e não nos usuários ativos mensais, que são a base das estatísticas de alcance de anúncios publicadas pela maioria das outras plataformas de mídia social.

    Como resultado, esses números do LinkedIn não são diretamente comparáveis com as estatísticas de outras plataformas de mídia social apresentadas nesta página.

    No LinkedIn, as empresas, sobretudo quem trabalha com B2B, podem explorar um ambiente profissional para fortalecer sua marca e gerar oportunidades de negócio. A plataforma é ideal para a publicação de conteúdo relacionado à indústria, artigos de liderança de pensamento (thought leadership) e atualizações corporativas que atraem profissionais e tomadores de decisão.

    Além disso, o LinkedIn Ads permite segmentar campanhas com precisão, alcançando públicos específicos com base em setores, funções profissionais e senioridade.

    7. Pinterest

    No início de 2024, a plataforma alcançou 37,14 milhões de usuários no Brasil. Esse número representava 17,1% da população total do país. A distribuição de gênero entre o público de anúncios mostrava que 66,8% eram mulheres e 25,7% eram homens, com os usuários de gênero ‘não especificado’ completando a estatística.

    Além disso, a audiência de anúncios do Pinterest no Brasil teve um aumento significativo de 9,1 milhões de usuários, ou 32,4%, entre o início de 2023 e o início de 2024. Esse crescimento expressivo destaca o crescente potencial da plataforma como um canal vital para estratégias de marketing direcionadas.

    Ideal para marcas de moda, decoração, culinária e qualquer setor que beneficie de apresentações visuais atraentes, o Pinterest permite que empresas criem pinos patrocinados que direcionam tráfego diretamente para seus sites.

    Além disso, as funcionalidades do Pinterest como boards temáticos e pinos ricos, que incluem informações extras como preços e disponibilidade de produtos, ajudam a capturar a atenção de potenciais clientes no momento em que estão mais receptivos a novas ideias e produtos.

    O Pinterest é uma rede social que serve de referências para guardar suas inspirações e fazer upload de imagens que considera importante divulgar.

    8. X (ex-Twitter)

    Embora tenha sido muito popular em 2009, o Twitter experimentou uma queda de audiência ao longo dos anos, porém, viu uma reviravolta em seus números em 2020, chegando a 19 milhões de usuários ativos no Brasil, muitos buscando notícias de forma rápida e atualizada.

    Os números continuaram a melhorar, e em 2024, a plataforma, agora conhecida como X, registrou 22 milhões de usuários no Brasil. Essa cifra representa que o alcance de anúncios da X no Brasil equivalia a 10.2% da população total na época.

    Essencial para estratégias de marketing de conteúdo e relações públicas, o X permite que as marcas publiquem atualizações em tempo real, interajam com os usuários através de tweets e respostas e participem de tendências e discussões atuais para aumentar a visibilidade.

    Empresas podem usar o X para impulsionar campanhas, promover eventos e lançar produtos, maximizando o alcance e engajamento com um público global.

    9. Snapchat

    No Brasil, o Snapchat em janeiro de 2024 tinha 6.84 milhões de usuários. Essa rede tenta se manter no mercado com a novidade de seu storie. Mesmo não sendo um canal nichado tem público específico, podendo criar imagens por geolocalização. Ainda, é recomendada para trazer engajamento de usuários para eventos.

    10. Kwai

    Você pode não ter ouvido falar muito sobre ele, mas o Kwai está se tornando um gigante silencioso nas redes sociais no Brasil. O Data Report mostra que ele é usado por 46,1% dos brasileiros com internet.

    Este aplicativo de vídeos curtos, menos conhecido mundialmente, também é originário da China, como o TikTok, e já conquistou mais de 60 milhões de usuários no país — que se dedicam diariamente a mais de uma hora de consumo de vídeos, de acordo com reportagem da revista Exame.

    Ainda segundo a reportagem, desde 2019, foi feito um investimento de R$ 7 bilhões no mercado brasileiro, com o Kwai buscando integrar as estratégias bem-sucedidas de sua origem chinesa com as características únicas do Brasil.,

    11. YouTube

    Em 2024, o YouTube não entrou nas opções de resposta do Data Report 2024, por isso, não consta na lista das redes sociais mais acessadas. Porém, vale ter em mente a força da plataforma de vídeos: são 144 milhões de pessoas que veem e postam vídeos mensalmente no Brasil.

    Para ter uma ideia, anúncios no YouTube alcançaram 76.6% da base total de usuários de internet no Brasil (independentemente da idade) em janeiro de 2023.

    As empresas podem aproveitar o Marketing no YouTube como uma plataforma dinâmica para ampliar sua presença de marca e engajamento, criando conteúdo em vídeo direcionado, que inclua tutoriais, bastidores, depoimentos de clientes e transmissões ao vivo. Isso ajuda a construir uma conexão mais pessoal com o público.

    Além disso, as vastas ferramentas de publicidade do YouTube permitem que as empresas atinjam um público amplo ou altamente específico, melhorando a visibilidade e potencialmente aumentando as taxas de conversão através de segmentação precisa

    Como escolher a melhor rede social para sua empresa?

    Normalmente, os gestores das empresas ficam em dúvidas em qual rede social seu negócio deve estar presente. Todavia, um fator precisa ser levado em consideração, além dos seguidores, se o perfil de sua marca se encaixa naquela plataforma.

    Por exemplo, se você tem um restaurante e visa divulgar seus produtos e conhecimento o LinkedIn não é indicado, pois é uma rede social direcionada ao B2B.

    Dessa maneira, aprenda a seguir como fazer uma escolha acertada.

    • Analise a concorrência: verifique onde seu adversário marca presença e analise o engajamento dos consumidores deles para saber em qual atuam mais;
    • Avalie a audiência dos concorrentes: pesquise a audiência das empresas para entender seu o alcance;
    • Empregue ferramentas de pesquisa: com elas poderá avaliar como está a concorrência com maior agilidade;
    • Observe o volume da audiência: veja como anda seu público antes de fazer anúncio e qual o potencial de alcance no e-commerce;
    • Use as ferramentas de busca: as redes sociais têm motores de busca que procuram por seus interesses, palavras-chave, habilidades;
    • Participe de comunidades e grupos: isso ajuda a identificar os melhores clientes nas redes sociais.

    Quais são as mais utilizadas no mundo?

    De acordo com o levantamento da We Are Social e Meltwater, o top 5 redes sociais mais usadas no mundo em 2024 são Facebook, YouTube, WhatsApp, Instagram e TikTok, com algumas ocupando posições mais elevadas devido à popularidade em países como China (caso do WeChat).

    Veja a seguir o quadro completo:

    Se deseja tirar o máximo de potencial de uma das 10 redes sociais mais usadas no Brasil em 2024, avalie qual delas faz mais sentido para seu negócio e onde está seu público-alvo e persona. Mas lembre-se também de fazer um bom planejamento para que suas ações tenham resultados.

    Para realmente transformar sua estratégia de redes sociais e garantir que seu conteúdo ressoe com sua audiência, a expertise é fundamental.

    Conte com a WriterAccess, que dispõe de mais de 15.000 freelancers especializados, incluindo copywriters, estrategistas, redatores e designers. Experimente nossos serviços gratuitamente e veja a diferença que a expertise certa pode fazer!

    Compartilhe
    facebook
    linkedin
    twitter
    mail

    CONTEÚDO CRIADO POR HUMANOS

    Encontre os melhores freelancers de conteúdo no WriterAccess.

    CONTEÚDO CRIADO POR HUMANOS

    Encontre os melhores freelancers de conteúdo em WriterAccess.

    Diana Martins Rock author vector
    SEO Planner

    Inscreva-se em nosso blog

    Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

    Compre conteúdo de alta qualidade com a WriterAccess.

    Tenha acesso a mais de 15.000 freelancers especializados em redação, edição, tradução, design e muito mais, prontos para serem contratados.

    Fale com um especialista e amplie seus resultados de marketing.

    A Rock Content oferece soluções para produção de conteúdo de alta qualidade, aumento do tráfego orgânico e conversões, e construção de experiências interativas que transformarão os resultados da sua empresa ou agência. Vamos conversar.