Como fazer uma websérie: confira aqui tudo que é preciso

Saber como fazer uma websérie não é apenas descobrir como produzir um conteúdo diferenciado e atraente para o seu público: também se trata de adaptar as peças digitais a uma mudança de comportamento na Internet, para criar diferenciais em um ambiente sustentado pelo UGC — User Generated Content.

como fazer uma webserie

Websérie é uma peça visual, dinâmica e digital criada em capítulos, como séries de streaming e TV, mas cuja veiculação é feita exclusivamente na Internet. O conteúdo, portanto, tem episódios que comunicam informações ou contam uma história ao público.

As webséries não exigem o mesmo investimento de uma série tradicional, seja para criar, seja para manter as sequências que serão publicadas nos canais digitais. Com o Marketing de Conteúdo, elas podem ser são tão efetivas quanto um programa de grande repercussão nacional para a comunicação e o entretenimento do público.

Geralmente, as séries tradicionais têm um custo mais alto, destinado à contratação de uma equipe de trabalho e de atores experientes, à locação de cenários e ao lançamento das peças, o que demanda a participação de patrocinadores e empresas de mídia. Já a websérie requer apenas uma câmera e uma boa ideia, que possa ser sequenciada em um roteiro atraente e interessante aos expectadores.

Neste artigo, orientamos a produção desse tipo de conteúdo, listando tudo o que você precisa para fazer uma websérie de sucesso. Veja, a seguir:

    Por que vale a pena apostar nessa tendência?

    Todo o processo de criação, divulgação e distribuição de uma websérie tem um custo muito baixo, se compararmos ao de uma série tradicional. O elemento mais importante de uma websérie é o roteiro, porque você pode criar a temporada inteira de uma vez e, depois, distribuí-la em episódios, com uma frequência de publicação predefinida.

    Como a distribuição é feita pela Internet, você não precisa vender a sua ideia para canais e empresas do setor de mídia. Basta ter um plano bem fundamentado de Marketing para despertar o interesse de seus seguidores e da audiência que já acompanha a publicação de conteúdo em canais de rede social.

    A monetização acontece com a publicação de anunciantes no canal, assim como ocorre com os vídeos produzidos para o YouTube. Muitos criadores também optam pelo crowdfunding para obter capital e produzir a sua série na web, o que também é interessante. Isso porque os investidores têm coparticipação e maior interesse no sucesso do projeto, ajudando a divulgar e a distribuir as peças.

    Além disso, com uma websérie, o produtor de conteúdo cativa uma audiência para as suas publicações, edificando a sua marca na Internet. Como o formato é sequencial, o público tende a acompanhar mais de perto todas as suas postagens e atualizações nos canais em que a websérie será veiculada, e isso também favorece outros formatos publicados.

    Ao conectar o público a uma boa história, sua audiência retornará sempre em busca de novos projetos. Além de chamar a atenção para os seus produtos, você aumenta o engajamento do usuário em sua estratégia de marca, a partir da elaboração de conteúdos interativos.

    Quanto maior for a interação em uma conta, maior será a taxa de engajamento do perfil. Essa apuração é realizada por meio da divisão do número total de compartilhamentos, curtidas e comentários pela quantidade total de seguidores.

    Os algoritmos de redes sociais, buscadores e plataformas de streaming tendem a aumentar a visibilidade de conteúdos com maior potencial de engajamento e conversões. Isso é baseado em uma perspectiva analítica do comportamento dos usuários em publicações anteriores nesses mesmos locais.

    Se você publica uma websérie, portanto, e tem uma audiência cativa, que acompanha os capítulos, assiste o conteúdo até o final, curte, comenta e compartilha as informações de que gostou, a tendência é que o algoritmo considere você um criador de conteúdo de sucesso. Terá sempre uma boa taxa de engajamento e maior potencial de ganho (pode receber mais anunciantes, por exemplo).

    A lógica é a mesma para qualquer canal da Internet, e o resultado também afeta o cálculo da relevância do conteúdo na Internet. Isso significa melhores resultados de SEO (Search Engine Optimization).

    O que é preciso para fazer uma websérie?

    Vamos ao que interessa: como fazer uma websérie. Certamente, você não está pensando em pegar a câmera a começar a filmar sem um planejamento. Sabemos o quanto é importante organizar as ideias e manter um fluxo de trabalho para obter bons resultados. Por isso, veja a sequência de ações para criar uma websérie e garantir a satisfação da sua audiência.

    Escreva a sua ideia e planeje a quantidade de episódios

    O primeiro passo para criar uma websérie é passar a sua ideia para o papel. Crie a história completa, sem pensar na divisão dos capítulos, pois, assim, você garante a linearidade necessária para manter o interesse do público.

    Você precisará dividir a série somente depois de pronta, em miniepisódios de cerca de dois a cinco minutos. Crie um episódio piloto para a primeira temporada da série, para aumentar o interesse da audiência nesse contato inicial.

    Mas preste atenção: o usuário deve se conectar à história nos primeiros 15 segundos de cada episódio. Isso se aplica, especialmente, ao piloto.

    Esse gancho precisa estar presente no roteiro, por isso, é importante escrever a série inteira antes de começar a filmar. A quantidade final de episódios será determinada pelo tempo total de gravação, dividido pela duração de cada peça. Entretanto, as webséries são menores que as séries tradicionais, logo, não ultrapasse um total de dez episódios em cada temporada.

    Defina o budget do projeto

    Nesse estágio de pré-produção, você também precisa definir o orçamento do projeto. Para isso, faça um casting para saber quantas pessoas serão necessárias e quanto cada uma cobrará para interpretar o seu roteiro.

    Além disso, verifique a necessidade e o preço da locação de equipamentos de som, filmagem, iluminação, onde as gravações ocorrerão, quanto será necessário guardar para arcar com custos extras etc.

    Escolha o elenco e a equipe de trabalho

    Depois de delimitar o orçamento da sua websérie é hora de buscar o elenco e a equipe de trabalho. Para fazer as audições, tenha em mãos algumas cenas para que os candidatos interpretem no momento da avaliação.

    Além disso, defina as responsabilidades de direção, produção, filmagem, design de som e imagem, edição e divulgação. Você pode executar todos esses papéis, mas saiba que contar com ajuda profissional pode ser um grande diferencial para a sua produção.

    Mantenha atenção a outros aspectos

    A websérie precisa tratar de um tema condizente com o interesse da sua persona. Por isso, descubra quais as preferências, características e necessidades do seu público.

    Isso também ajuda a definir o tom de voz adequado para otimizar a comunicação: o conteúdo ficará mais atraente com uma linguagem técnica ou informal? Esse é um exemplo de decisão que você toma a partir das características da sua persona.

    Além disso, as pautas precisam estar sempre atualizadas, o conteúdo deve ser totalmente original e as publicações têm que obedecer a uma regularidade predefinida, que será informada ao público tão logo seja feito o lançamento da produção.

    Como fazer um roteiro de websérie?

    Você já documentou a sua história? Então, para transformá-la em uma websérie, será necessário roteirizá-la. Esse processo é semelhante à criação de um roteiro de vídeo:

    • onde as cenas ocorrerão;
    • quais as falas de cada personagem;
    • que efeitos serão integrados às gravações;
    • como será estabelecido o cronograma de filmagens;
    • como estará a disponibilidade dos participantes para as gravações, entre outras decisões.

    Organize as gravações para que a história seja contada de uma vez: assim, você não corre o risco de cometer erros de continuidade. Entretanto, se a produção das cenas não ocorrer como o planejado e a qualidade do resultado depender de mais horas de trabalho, não se preocupe. Basta manter os mesmos elementos do dia anterior.

    Numere as cenas e adicione o segundo exato em que uma fala se inicia. Inclua a narração e faça a descrição dos atos de forma objetiva, para não prejudicar o trabalho do motion designer. Siga esse padrão para a criação dos roteiros de vídeo para manter a unicidade do fluxo de trabalho até o resultado final.

    Opte por frases diretas e mais curtas, pois isso melhora a locução, tornando o conteúdo mais inteligível e menos cansativo. A objetividade é essencial, mas você também não deve negligenciar a qualidade do resultado e a capacidade de comunicar as informações com clareza. Para isso, mantenha um volume de 120 a 150 palavras por minuto, usando pausas estratégicas para facilitar a compreensão do conteúdo.

    A contagem de tempo para a sincronização das falas com as cenas pode ser feita com ferramentas gratuitas, disponíveis na Internet, como o Copywritely, uma calculadora que estima o tempo da locução pela quantidade de palavras. Além disso, organize o texto para criar um efeito sonoro agradável — uma dica para melhorar esse aspecto é ler o material em voz alta.

    Depois de determinar o tempo de duração da websérie, faça um planejamento para adequar os capítulos na temporada, adequando a estrutura da narrativa e sempre inserindo elementos que chamem a atenção do público para o próximo episódio.

    Como divulgar e distribuir a sua websérie?

    A distribuição do conteúdo pode ser feita em plataformas como o YouTube ou o Vimeo, depende do público que você espera alcançar. Além disso, aplique as boas práticas de Marketing nas redes sociais para a divulgação da sua websérie: assim, é possível gerar mais impacto e visibilidade online.

    Você ainda pode aumentar a repercussão da sua série participando de festivais. Notifique o seu público na véspera do lançamento de um novo episódio, publique trailers e crie conteúdos que complementem a experiência, descrevendo os bastidores das gravações, por exemplo.

    A transformação digital tornou possível criar materiais diversos para alcançar públicos cada vez maiores. O desenvolvimento de webséries é uma prova disso, e tem tudo para ajudar a estabelecer uma conexão maior com seu público.

    Agora que você sabe como fazer uma websérie, que tal conhecer alguns equipamentos que podem potencializar a qualidade das suas produções?

    Compartilhe
    facebook
    linkedin
    twitter
    mail

    Inscreva-se em nosso blog

    Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

    Posts Relacionados

    Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

    Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade da Rock Content!