O que são índices de rentabilidade e como calcular?

Entenda o que são os índices de rentabilidade, para que servem e como você pode calcular esses indicadores sem muitas complicações!

    índices de rentabilidade para agências

    Uma agência precisa monitorar suas finanças de forma que seja possível calcular seus índices de rentabilidade e seus eventuais prejuízos. A intenção é evitar prejuízos e não os promover, mas todo negócio está sujeito a perdas, mesmo que a gestão seja eficiente.

    Existem ferramentas que ajudam a mensurar os rendimentos de sua agência. São os indicadores de rentabilidade, pois avaliar apenas o lucro líquido pode não ser suficiente para representar toda a capacidade econômica e financeira de sua agência. Veja a seguir o que são índices de rentabilidade e como calcular!

    O que são índices de rentabilidade?

    Um índice de rentabilidade é uma medida quantitativa baseada em cálculo simples que relaciona variáveis das demonstrações financeiras e contábeis da agência, especialmente a DRE, que é a Demonstração do Resultado de Exercício, e o Balanço Patrimonial. Assim, fica mais fácil realizar uma análise gerencial sobre a capacidade da agência de gerar retorno.

    Usar gratuitamente a Calculadora de Precificação Online

    Como calcular os índices de rentabilidade?

    Os índices de rentabilidade fazem a relação entre a DRE e certas variáveis do Balanço Patrimonial — mais especificamente do patrimônio líquido ou dos ativos. Primeiramente, é importante saber a diferença entre lucros e resultados.

    Na verdade, os lucros alcançados na DRE (bruto, líquido, operacional) recebem o nome de “resultados”. O lucro só existe efetivamente quando o resultado é positivo. Os resultados negativos são prejuízos.

    Para o índice de rentabilidade, as variáveis mais importantes da DRE que são usadas como comparação envolvem o patrimônio líquido, o ativo total, as receitas de vendas. Os principais resultados utilizados são: o lucro gerado pelos ativos (lucro operacional) e o lucro líquido, depois do Imposto de Renda.

    O índice de margem

    A margem é o valor que a agência ganha quando vende seus serviços/produtos. Trata-se de um índice que se divide em dois: margem operacional e margem líquida.

    A primeira mensura o que chamamos lucro puro de cada unidade que foi vendida, sem levar em conta as despesas financeiras e outras obrigações (como os tributos). Para saber o valor da margem operacional, divide-se o lucro operacional pelo total de unidades vendidas.

    A margem líquida, por sua vez, revela o grau de lucro líquido do negócio depois de serem descontados todos os gastos. Para isso, multiplica-se o lucro líquido por 100 e divide-se o resultado pelas vendas líquidas. O resultado final indicará o lucro da agência em relação a cada real de receita líquida.

    Fórmula: ML = LL x 100 / VL.

    O Índice de Ativos

    Para calcular esse índice, que é a rentabilidade do ativo, multiplica-se o lucro líquido por 100, dividindo o resultado pelo valor do ativo.

    Fórmula: RA (Retorno sobre o Ativo) = LL x 100 / VA.

    O ROI

    O ROI é o Retorno Sobre o Investimento. Ele mede o potencial de ganho da empresa. Para calculá-lo, divide-se o lucro líquido pelo ativo total da agência.

    Sua fórmula é a seguinte: ROI = LL / AT.

    O ROE

    O ROE é Retorno Sobre o Patrimônio. Sua finalidade é mensurar a capacidade de ganho dos proprietários, ou seja, o quanto de retorno uma agência pode gerar com o capital investido pelos acionistas. O cálculo é feito dividindo-se o lucro líquido pelo patrimônio líquido.

    Fórmula: ROE = LL / PL.

    O ROA

    O ROA também é um índice de rentabilidade — é o Retorno Operacional dos Ativos. Ele mensura o potencial da agência de gerar retorno por meio de sua principal atividade (atividade-fim). É uma relação entre o lucro operacional e o ativo total. Já vimos que o lucro operacional é o lucro que os ativos geram, sendo formado por:

    • A remuneração do capital próprio (acionistas/sócios) – lucro líquido;
    • A remuneração do capital de terceiros (credores) – despesas financeiras.

    Para calcular esse índice, divide-se o lucro operacional pelo ativo total.

    Fórmula: ROA = LO / AT.

    Para que servem esses índices?

    Avaliar os índices de rentabilidade da agência representa fazer um acompanhamento da saúde financeira dos negócios, permitindo resultados mais confiáveis em relação ao mercado.

    Com a ajuda de um índice de rentabilidade, pode-se confirmar que o negócio é atrativo para os investidores, obter créditos e comprovar as suas vantagens para os sócios e os acionistas, também chamados de “shareholders”.

    O diagnóstico que esses indicadores fornecem serve para a criação de soluções que elevam a eficiência da empresa, considerando a redução de gastos e o aumento da receita bruta, ou faturamento. Um dos objetivos de qualquer gestor é gerar o máximo possível de valor. Isso se torna possível mediante as análises de rentabilidade. 

    Quais as diferenças entre índice de rentabilidade e índice de lucratividade?

    Ainda é comum que as pessoas confundam os índices de rentabilidade com os de lucratividade, mas eles são diferentes. Os índices de lucratividade fazem a relação entre algum lucro da DRE com a receita líquida da DRE, que corresponde à receita de vendas. Eles são conhecidos também como “índices de margem” e podem ser obtidos pela avaliação vertical da DRE.

    Assim, a finalidade de um índice de lucratividade é mensurar a eficiência da empresa em gerar lucros com suas vendas, sejam de produtos, sejam de serviços. Quando o gestor analisa algum desses indicadores, ele pode identificar um caminho para eventuais problemas de eficiência dentro da agência. Entre os índices de lucratividade mais importantes estão:

    • A Margem Bruta (MB): relaciona o lucro bruto com a receita líquida (vendas), cuja fórmula é MB = LB / V;
    • Margem Operacional (MO): relaciona o lucro operacional com as vendas, cuja fórmula é MO = LO / V;
    • A Margem EBIT: EBIT é abreviação de Earnings Before Interest and Taxes, sendo o índice uma forma de mensurar o lucro operacional, deduzindo somente as despesas de vendas e administrativas (desconsiderando as despesas financeiras, operacionais ou não), cuja fórmula é MEBIT = EBIT / V;
    • Margem EBITDA: EBITDA é abreviação de Earnings Before Interest, Taxes, Depreciation and Amortization, sendo que o índice não considera nem as despesas financeiras, nem as consequências da depreciação e da amortização, cuja fórmula é MEBITDA = EBITDA / V;
    • A Margem Líquida (ML): relaciona o lucro líquido com as vendas, cuja fórmula é ML = LL / V.

    O índice de rentabilidade é, portanto, um valioso referencial do potencial geral de sua agência gerar retorno financeiro. O índice de lucratividade mede o potencial da empresa de gerar lucros a partir dos negócios efetivados. Ambos são importantes e devem ser calculados pelo gestor.

    Agora que você sabe o que são índices de rentabilidade, o que acha de aprender mais sobre gestão financeira? Existe um e-book feito especialmente sobre esse assunto!

    Compartilhe

    Inscreva-se em nosso blog

    Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

    Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

    Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade da Rock Content!

    Nosso site é otimizado para cada país em que operamos.

    Ir para site em Português ->