Por Redator Rock Content

um de nossos especialistas.

Publicado em 30 de outubro de 2020. | Atualizado em 19 de novembro de 2020


As lives permitiram que famosos e anônimos transmitissem os mais diversos conteúdos durante a pandemia. Para atender as necessidades de seus usuários, o Instagram aumentou o tempo de transmissão de vídeo ao vivo de 1 para 4 horas, passou a arquivá-los por 30 dias e criou a aba ‘’Live Now’’.

Com as normas de distanciamento social impostas pela pandemia de Covid-19, as empresas, artistas e demais profissionais tiveram que buscar novos meios de comunicação para continuar realizando as suas atividades. Nesse contexto, as lives ganharam notoriedade, tanto para fins de entretenimento quanto para trabalho. De olho nisso, o Instagram anunciou novidades que buscam aperfeiçoar esse recurso na sua plataforma.

Em entrevista ao Business Insider, a própria companhia informou que no mês de março de 2020 — início da pandemia — o número de lives realizadas na rede social aumentou em 70%. A grande demanda dos últimos meses gerou novas necessidades. Diante disso, o Instagram lançou essa semana três novidades que beneficiam os seus usuários.

Lives com 4 horas de duração

Antes das atualizações, as lives do Instagram poderiam ter até 1 hora de duração, o que nem sempre atendia as necessidades dos usuários. Assim, se tornou comum as pessoas optarem por outras plataformas para transmitir vídeos ao vivo mais longos, como o Youtube, Facebook e Twitch.

Agora, as lives poderão ter uma duração máxima de 4 horas, tendo como finalidade facilitar a vida de quem participa de eventos virtuais, incluindo professores, instrutores de yoga e fitness, artistas e músicos, por exemplo. Dessa forma, os usuários não terão mais interferências em suas transmissões, já que tinham que começar uma nova live ao fim dos 60 minutos, o que levava à perda de público.

A novidade coloca o Instagram em pé de igualdade com o Facebook, que possibilita vídeos ao vivo em dispositivos móveis por até 4 horas. Todos os usuários podem usufruir do novo recurso desde que estejam em situação regular, ou seja, não tenham cometido nenhuma violação de política ou propriedade intelectual.

Arquivo das lives por até 30 dias

Enquanto no Youtube um criador de conteúdo pode fazer uma live e a deixar salva no seu canal. No Instagram, para que isso fosse possível, era necessário salvar a transmissão, que ficava armazenada no rolo da câmera e, posteriormente, poderia ser publicada no feed do usuário pelo IGTV. Caso isso não acontecesse, os seguidores que não estavam online para acompanhar o vídeo ao vivo acabavam perdendo a oportunidade de assistir ao conteúdo.

Isso deixou de ser um problema, pois a rede social adicionou a opção de arquivar as lives por até 30 dias, de forma similar aos stories e posts do feed. Assim, os conteúdos transmitidos ficam disponíveis para os seguidores por mais tempo, o que contribui para aumentar a audiência e o alcance do perfil.

Aba ‘’Live Now’’

A terceira atualização do Instagram consiste na aba ‘’Live Now’’, que será disponibilizada no IGTV e no Explorar. Essa função reúne as lives que estão acontecendo no momento, permitindo que o usuário navegue e encontre transmissões do seu interesse dentro da plataforma.

Este ano, a rede social já tinha acrescentado atualizações, como a opção de acompanhar as lives pelo navegador e de doar dinheiro para os criadores de conteúdo. A plataforma tende a se aperfeiçoar cada vez mais para suprir as necessidades do seu público e, consequentemente, manter o engajamento dos usuários.

Com isso, o Instagram também ganha novas possibilidades para impulsionar os seus conteúdos e ampliar os seus resultados. Aliás, para saber como usar essa rede social na sua empresa, confira o artigo que produzimos a respeito!

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *